XXI aniversário do Rádio Clube de Monsanto

Fazer anos é difícil!

 

Mensagem do Director da RCM
Dr. Joaquim Fonseca

 

A Rádio Clube de Monsanto completa neste 14 de Agosto o seu 21.º Aniversário ao serviço do regionalismo. Nos dias que correm e mais concretamente, nestas terras da Beira Baixa é muito complicado a uma Rádio dita local sobreviver. Muitas críticas e louvores. Com frontalidade, arrostamos com algumas más vontades e indisponibilidades porque, nem sempre, a quem informa, é possível agradar nem satisfazer exigências egocêntricas de quem detém o poder.
Não tem sido nada fácil !... As dificuldades, todavia, agravam-se de dia para dia. Como as criadas à comunicação social pelo próprio Governo, com o lançamento de pesadas taxas e normas penalizadoras. Depois, as que são próprias duma situação económica difícil, do país e da região, que resultaram na redução drástica da publicidade comercial e a morosidade na sua cobrança. Os impostos nas empresas de comunicação social são iguais às demais pelo que, também aqui, a máquina governativa nos asfixia.
Já passaram 21 anos...
Foram tempos de muita persistência, abnegação, coragem e sacrifício para manter no ar esta voz independente, numa luta balizada pela defesa intransigente deste interior profundo e abandonado.
A RCM caminhou sempre indiferente às pressões dos grupos económicos, políticos e religiosos. Os ídolos de pés de barro entendem que as pessoas só pensam, dizem e agem para ganhar protagonismo. Todavia, por muito incómodo que seja para esses senhores, não é assim. As pessoas e as instituições, como a RCM, pensam, dizem o que pensam e têm, felizmente, o direito de o fazer. O RCM não é uma caixa de ressonância de caciquismos e anacronismos inúteis, instalados à revelia de uma opinião pública democrática.
A vida é feita das nossas atitudes. Os homens valem pelo que fazem e pelo que são, e não pelo que têm ou pela posição efémera que ocupam nos cargos públicos ou privados.
A RCM tem, desde a primeira hora, um projecto regionalista, claramente apoiado por milhares e milhares de ouvintes, na certeza de que o seu microfone não é a voz do dono, de qualquer dono. Esta Rádio tem o preço da liberdade e da isenção.
Não conhecemos outra forma de fazer Rádio e, por isso, não somos um boletim municipal nem veículo de propaganda política.
A RCM reafirma, sem qualquer medo e pelas vezes que for preciso, que sempre estará na primeira linha, conjuntamente com todos que estejam seriamente apostados na criação das mais valias necessárias para salvaguardar o futuro da nossa terra e da nossa região.
Quem poderá contestar e ter medo desta nossa postura? De que alguém mostre fazer mais e melhor sem dependências ou sem pedir favores e fazer vénias? Medo de não poderem controlar e comprar organismos, associações, clubes desportivos, através da concessão de subsídios e donativos com o dinheiro dos cidadãos?
A essência de uma estação emissora radiofónica é delimitada por alguns parâmetros: informar, recrear, formar e no caso das rádios regionais, motivar os ouvintes para a região, seus valores patrimoniais, cultural e sócio-económico e, de forma mais lata no caso português, para os valores que cimentam a nossa identidade como nação.
O grande triunfo da RCM é a cultura da Portugalidade e difusão dos seus valores mais intrínsecos. Vinga a música portuguesa, aquela que o povo, erudito ou não, entende, que canta e cantarola nas lides das campinas de Idanha, nas montanhas da Estrela, São Mamede ou Gardunha, nas olgas e chãos da Cova da Beira, dos Vales do Tejo ao Ponsul, do Zêzere ao Côa e Mondego e agora em tudo o mundo, graças à magia da Internet.
A isenção informativa foi sempre o objectivo a atingir pela RCM. Como homens, senhores de subjectividade e interpretação própria, admitimos que, por vezes o não tenhamos conseguido. Mas acreditem que tivemos tal pensamento e meta, sempre presentes...
Somos uma voz livre e independente e assim queremos continuar sempre, mesmo sabendo das muitas dificuldades financeiras e humanas que tal coerência implicará na vida do dia a dia desta Rádio oficial do concelho da Idanha, mas também de Portugal, agora escutada em todo o mundo, através da Internet.
A RCM é por mérito próprio, líder distrital de audiência e a segunda Rádio Portuguesa mais ouvida no mundo, simplesmente, porque o povo está com a sua Rádio e esta só ao povo serve. A nossa página na Internet, apresentada em Novembro de 2005, regista, nesta data, 42.126 visitantes dos cinco continentes. De todos temos recebido manifestações de muito apreço e carinho, que muito nos estimulam a continuar nesta caminhada, que já dura há vinte e um anos. O nosso sincero agradecimento também aos senhores anunciantes e ouvintes em geral, pela sua preferência e solidária amizade.
Queremos realçar que desde 1985 sempre mantivemos rigorosa independência e autonomia em relação ao poder autárquico Idanhense. É, porém, de toda a justiça salientar que, em relação ao actual executivo camarário, o relacionamento tem sido muito cordial, de estreita colaboração e dentro de parâmetros do mais absoluto respeito institucional. Por isso, hoje e aqui, deixamos uma palavra de simpatia ao senhor Engenheiro Álvaro Rocha, pela sua clarividência e postura na Presidência da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, na defesa da causa pública e pelo êxito da recente aprovação, pela UNESCO, da candidatura do Geoparque Naturtejo, de que o território da Idanha, também faz parte.
Este nosso XXI aniversário não é celebrado com festas e foguetes. Preferimos investir em muito trabalho, novos equipamentos e, assim, servir cada vez melhor o nosso vasto auditório. O sucesso da página da RCM na Internet vai ser ampliado através da sua apresentação, também, em versão inglesa, para uma maior promoção das nossas terras e gentes no espaço mundial.
Brevemente, graças à instalação de novas ferramentas tecnológicas, todos aqueles que nos sintonizam, no seu computador, poderão ter acesso às fotos dos álbuns, e, bem assim, aos nomes das músicas e dos respectivos artistas que passam na antena da RCM.
Contamos com o seu apoio para celebrarmos muitos outros aniversário ao serviço
da nossa terra e de Portugal.

A todos o nosso abraço de penhorado Bem-haja.

Portugal Ultramarathon Beira Baixa conta já com 10 nacionalidades

Facebook

Escrito por RCM em 2018-06-22 19:50:36

Portugal Ultramarathon Beira Baixa conta já com 10 nacionalidades

  A IV edição do desafio decorrerá de 26 a 29 de julho de 2018 O desafio que transcende os limites físicos e psicológicos de quem participa nesta aventura continua a ter reflexos além-fronteiras. Nesta IV edição do evento, de 26 a 29 de julho de 2018, estarão presentes atletas de 10 nacionalidades diferentes, sendo 60% estrangeiros. Brasil, Espanha, Luxemburgo, EUA, Argentina, Dinamarca, França, Japão são alguns dos países que compões o leque de participantes da Portugal Ultramarathon Beira Baixa 2018. Este desafio, das maiores distâncias do mundo, atravessa uma natural paisagem, percorrendo concelhos como Penamacor, Idanha-a-Nova, Vila Velha de Rodão, Proença-a-Nova, Oleiros e Castelo Branco, em Portugal. Um percurso com 281 km desenhado por trilhos florestais e pedestres, caminhos rurais e estradas de asfalto, com passagem pelo Geopark Naturtejo, castelos, Aldeias de Xisto e praias fluviais. Um duro desafio físico que os inscritos terão que concluir, guiados por GPS, no máximo em 66 horas. Inspirada na prova estadunidense Bardwater e na brasileira BR135+, a Portugal Ultramarathon relaciona-se pelas condições climatéricas similares, em que alguns locais de prova as temperaturas sobem muito facilmente acima dos 40ºC. Uma viagem de conhecimento do próprio eu e de um território! As inscrições estão a decorrer em http://horizontes.pt/2018/index.php/produto/kit-pt281/ e a participação poderá ser feita de forma individual, em dupla, tripla ou quadra.    

Ler mais

COMEMORAÇÕES DO DIA DE PORTUGAL NOS EUA

Facebook

Escrito por RCM em 2018-06-03 11:33:14

COMEMORAÇÕES DO DIA DE PORTUGAL NOS EUA

PARTICIPAÇÃO DAS ADUFEIRAS DE MONSANTO por convite do Cônsul de Portugal em Newark-Estados Unidos da América, senhor Doutor Pedro Oliveira     Dia 8 Actuação de 20 minutos nas Nações Unidas; Actuação de 15 minutos no New Jersey Performing Arts Center - o principal centro cultural de Nova Jérsia - Primeira cidade e maior centro da comunidade portuguesa nos EUA.   Dia 9 Actuação de 20 minutos em Bethlelem, Pensilvânia; Actuação de 30 minutos no Sport Club Português, Newark   Dia 10 Participação na parada do Dia de Portugal; Actuação de 30 minutos no Festival de Folklore  

Ler mais

O PRESIDENTE MARCELO DEFENDE NECESSIDADE DE ACORDO ENTRE AUTORES E RÁDIOS QUANTO A MÚSICA

Facebook

Escrito por RCM em 2018-05-27 12:18:54

O PRESIDENTE MARCELO DEFENDE NECESSIDADE DE ACORDO ENTRE AUTORES E RÁDIOS QUANTO A MÚSICA

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu a necessidade de um acordo entre a Sociedade Portuguesa de Autores (SPA e Direitos Conexos) e as rádios, em questão de música, e sobre a importância de uma “comunicação social forte”. Ontem, no encerramento do Congresso da Associação Portuguesa de Radiodifusão, em declarações aos jornalistas, o Chefe de Estado indicou ter participado no evento para dar um “abraço de solidariedade e também a esperança de haver um acordo”. “Se é possível haver um acordo com a SPA em relação a outros autores, tem de haver um acordo em relação aos autores no domínio da música. Sabemos que não há rádio sem música e que pode ser incomportável uma solução sem acordo. E uma a uma, várias rádios começam a ter problemas graves, se as exigências nesse domínio forem também muito pesadas”, disse.  

Ler mais

MONSANTO VERDE MAIS UM PROJECTO INOVADOR APRESENTADO EM PARIS

Facebook

Escrito por CMIN em 2018-05-25 09:33:05

MONSANTO VERDE  MAIS UM PROJECTO INOVADOR APRESENTADO EM PARIS

O Município de Idanha-a-Nova esteve presente, com um stand, no Salão do Imobiliário e do Turismo Português em Paris, representado pelo presidente da autarquia, Armindo Jacinto. Esta presença, entre os dias 18 e 20 de Maio, foi organizada em parceria com o projecto inovador Monsanto Verde, que está a ser desenvolvido por investidores franceses na aldeia histórica de Monsanto e foi lançado oficialmente no salão parisiense. Este empreendimento captou a atenção do jornal francês “Le Figaro”, que destacou a criação de “uma quinta biológica com 40 moradias ecológicas disponíveis em 238 hectares”, num projecto que visa integrar todas as componentes do desenvolvimento sustentável, nomeadamente a economia colaborativa, funcional, societal, circular e ecológica. Em comunhão com a natureza, pretende-se criar um espaço social, ecológico e economicamente responsável que se venha a assumir como o empreendimento de desenvolvimento sustentável mais completo até hoje em Portugal. Mais informações em http://monsantoverde.com/. Durante os dias do Salão do Imobiliário, que contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, o Município de Idanha-a-Nova promoveu a estratégia para o concelho, nas suas diferentes vertentes, divulgando as potencialidades de um território com três selos UNESCO e que é a primeira Bio Região portuguesa. 

Ler mais

ESTAÇÃO BASE DO SIRESP EM MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM em 2018-05-22 18:27:51

ESTAÇÃO BASE DO SIRESP EM MONSANTO

Foi hoje concluída a instalação de modernos equipamentos de ligação ao satélite. Mais um compromisso do SIRESP (Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal), no sentido de que as comunicações não irão falhar, e assim ser providenciada uma melhor protecção às populações.  

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2018 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line