Notícias

CÂMARA APRESENTA PROVIDÊNCIA CAUTELAR CONTRA O FECHO DO COMPLEXO ESCOLAR DE MONSANTO

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-07-02 15:29:56

CÂMARA APRESENTA PROVIDÊNCIA CAUTELAR CONTRA O FECHO DO COMPLEXO ESCOLAR DE MONSANTO

O Complexo Escolar de Monsanto foi requalificado, mas pode vir a fechar. A Câmara de Idanha-a-Nova vai apresentar uma providência cautelar contra o encerramento do Complexo Escolar de Monsanto, anunciou esta quarta-feira o município. Em comunicado, o presidente do município explica que «será apresentada uma providência cautelar contra o encerramento» daquele complexo escolar, «com os argumentos que viabilizam o funcionamento daquele estabelecimento de educação no próximo ano lectivo». Armindo Jacinto tinha afirmado, no início de Junho, que no município de Idanha-a-Nova não iria fechar nenhuma escola do primeiro ciclo. O presidente do Municipio sublinhou ainda que «todo este investimento não pode cair e as escolas têm que se manter. Isso foi explicado e defendido nas reuniões com a DGEstE e eles compreenderam». Agora, o município confronta-se com o possível encerramento do Complexo Escolar de Monsanto, assunto que foi já objecto de discussão em Assembleia Municipal.

BOOM FESTIVAL: MAIS DE 22 MIL BILHETES VENDIDOS EM 152 PAÍSES

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-07-02 12:04:55

BOOM FESTIVAL: MAIS DE 22 MIL BILHETES VENDIDOS EM 152 PAÍSES

A organização do Boom Festival 2014, que decorre em Idanha-a-Nova entre 04 e 11 de agosto, revelou esta semana já ter vendido mais de 22 mil bilhetes "online" para participantes de 152 países. "Para a edição de 2014, temos já confirmada a venda de 22 mil bilhetes, sendo que 10% dos ingressos foram vendidos em Portugal e os restantes foram vendidos a participantes de outros 152 países", disse em Idanha-a-Nova um membro da organização. Alfredo Vasconcelos, que participou numa reunião que juntou as várias entidades civis e militares envolvidas na logística deste festival bienal, explicou que estão a ser vendidos bilhetes "em mais de 2.200 cidades do mundo". A comercialização dos ingressos começou 280 dias antes da realização do Boom Festival e, segundo Alfredo Vasconcelos, a organização "vive inteiramente do dinheiro dos bilhetes e da colaboração da Câmara de Idanha-a-Nova", pois são proibidas quaisquer marcas dentro do recinto do festival.

AUTARQUIA DE PENAMACOR QUER COMPRAR ANTIGO EXTERNATO PARA CRIAR CENTRO DE ESTÁGIOS

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-07-01 14:00:18

AUTARQUIA DE PENAMACOR QUER COMPRAR ANTIGO EXTERNATO PARA CRIAR CENTRO DE ESTÁGIOS

A Câmara de Penamacor pretende comprar o edifício do antigo Externato Nossa Senhora do Incenso, num investimento de 345 mil euros, para o transformar num centro de estágios para jovens, disse o presidente do município. António Luís Beites deu a conhecer a intenção da autarquia durante a última Assembleia Municipal de Penamacor e explicou que o processo negocial já está em curso, que deve ser concluído "nos próximos dias" e que pretende colmatar uma necessidade verificada no âmbito da estratégia de cativação de pessoas para o concelho. "A estratégia que delineamos para Penamacor é a de atrair pessoas para o concelho, principalmente jovens. Nesse sentido, temos estado a trabalhar com várias entidades espanholas, as quais nos disseram que, havendo instalações, muito mais se podia fazer, nomeadamente realizar intercâmbios ao longo de todo o ano. Por isso, parece-nos que devemos aproveitar esta janela de oportunidade", justificou.

EMPRESA DE IDANHA-A-NOVA LANÇA NOVA MELANCIA

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-06-30 16:44:52

EMPRESA DE IDANHA-A-NOVA LANÇA NOVA MELANCIA

A empresa Hortas D'Idanha vai introduzir na campanha deste ano a melancia preta riscada, uma nova variedade que se junta à melancia riscada e à melancia sem semente. "A exemplo daquilo que tem sido a nossa preocupação em anos anteriores, este ano lançamos no mercado a melancia preta riscada", disse hoje à agência Lusa fonte da direcção da empresa. Joaquim Soares, vereador da Câmara de Idanha-a-Nova e dirigente da Hortas D'Idanha, empresa participada pelo município, por produtores e agentes económicos locais, explicou que esta nova variedade pretende responder aos anseios do mercado nacional, cuja maior fatia de comercialização é de melancia preta. "Há dois anos, lançámos a melancia sem semente riscada e este ano a nossa preocupação centrou-se na procura de uma melancia preta riscada. A melancia tradicional da região é a melancia riscada", sublinhou. A maior parte da produção da nova variedade de melancia produzida na campina de Idanha-a-Nova é oriunda da incubadora de base rural da herdade do Couto da Várzea.    

MONSANTO: ARMINDO JACINTO ESTÁ CONTRA O ENCERRAMENTO DA ESCOLA DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

Escrito por RCM em 2014-06-28 14:03:02

MONSANTO: ARMINDO JACINTO ESTÁ CONTRA O ENCERRAMENTO DA ESCOLA DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

O presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova está contra o encerramento da escola do 1º ciclo do Ensino Básico de Monsanto.  A autarquia não concorda com a decisão da tutela prevista na actual reordenação da rede escolar do concelho de Idanha. Na lista dos estabelecimentos de ensino básico que o Ministério da Educação pretende que não abram no próximo ano lectivo, está a escola de Relva em Monsanto. De sublinhar que estava previsto pela autarquia que os alunos desta escola fossem agregados no Complexo Escolar de Monsanto, onde funciona o Jardim de Infância, para ali terem aulas no próximo ano lectivo. O presidente da Câmara de Idanha-a-Nova escreveu esta semana uma carta à Delegada Regional de Educação do Centro dando conta da discordância do município face à decisão do Ministério da Educação.  

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 | 254 |

LEI DA TRANSPARÊNCIA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-23 18:07:32

LEI DA TRANSPARÊNCIA

LEI DA TRANSPARÊNCIA   NFORMAÇÃO INSTITUCIONAL DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO (Publica-se nos termos da Lei da transparência nos meios da comunicação social) Director Executivo: Professor Joaquim Manuel da Fonseca a) - Capital Social: 142.047,72 €; b) - Sócio único e detentor da totalidade do capital social da empresa MONSANTORÁDIO; c) - Administrador e Gestor da RCM: http://www.radiomonsanto.pt/…/pdf/administrador_e_gestor.pdf d) - Responsável pela orientação e pela supervisão do conteúdo das emissões da RCM; e) - Estatuto Editorial da RCM: http://www.radiomonsanto.pt/ficheiros/pdf/estatuto.pdf

Ler mais

SECRETARIA DE ESTADO DAS FLORESTAS EM CASTELO BRANCO

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-20 13:53:13

SECRETARIA DE ESTADO DAS FLORESTAS EM CASTELO BRANCO

    O Governo vai instalar em Castelo Branco a Secretaria de Estado Conservação da Natureza, Florestas e do Ordenamento do Território. O antigo Presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova regressa assim a Castelo Branco, onde no último ano trabalhou como Secretário de Estado da Valorização do Interior. O Governo retirou a Secretaria de Estado da Valorização do Interior de Castelo Branco, transferindo-a para Bragança, onde começou a funcionar na segunda-feira.

Ler mais

DESPREZO PELA BEIRA INTERIOR

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-19 10:29:56

DESPREZO PELA BEIRA INTERIOR

DESPREZO PELA BEIRA INTERIOR   O Governo extinguiu a Secretaria de Estado da Valorização do Interior em Castelo Branco pouco mais de um ano depois de ter anunciado a sua instalação na cidade. A União dos Sindicatos de Castelo Branco diz que o interior "fica a ver navios". O organismo passa a estar sediado em Bragança, terra da nova titular da pasta, Isabel Ferreira. A ministra da Coesão Territorial, afirmou que este “é um sinal de que o Governo quer associar o conhecimento, as instituições de ensino superior, as autarquias e as associações empresariais para o desenvolvimento do Interior”, dizendo ainda que com a escolha de Bragança “é muito mais fácil aos actores que temos aqui no território ir bater à porta da Senhora Secretária de Estado e da sua equipa, e porque para nós é mais fácil acompanhar o que se passa no território, sempre de braço dado com os actores locais”. No comunicado em que anuncia a nova morada não é feita qualquer referência à anterior localização em Castelo Branco. A Secretaria de Estado da Valorização do Interior foi criada em Outubro do ano passado e teve como titular João Paulo Catarino, que com o novo Governo transitou para a pasta das florestas. Para os sindicatos da CGTP não faz sentido instalar a secretaria de estado consoante a origem do titular da pasta e demonstra a “ausência de uma verdadeira politica para o Interior e de coesão territorial”, com uma “lógica de ziguezague, traduzida em constantes mudanças de sedes e de rumo” com o objectivo de “esconder o falhanço das políticas e fazer crer que algo está a ser feito, com o único fito de criar expectativas (falsas) nas populações e fazer que anda sem andar”.   Reconquista - 18/11/2019

Ler mais

ARMINDO JACINTO JÁ ANUNCIOU QUE SE VAI RECANDIDATAR À CAMARA MUNICIPAL DE IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-16 14:26:07

ARMINDO JACINTO JÁ ANUNCIOU QUE SE VAI RECANDIDATAR À CAMARA MUNICIPAL DE IDANHA-A-NOVA

  O Presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, é bacharel em engenharia de produção agrícola, pela Escola Superior Agrária de Castelo Branco e antigo funcionário da CGD, será de novo candidato nas próximas Eleições Autárquicas, que irão ocorrer em 2021, como informou, de maneira informal, a uma rádio local da região. É a sua terceira e última candidatura ao Município raiano, em conformidade com a legislação em vigor. O autarca socialista foi vereador e vice-Presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, em regime de permanência, de Janeiro de 2002 até Junho de 2013. Assumiu nessa data as funções de Presidente interino, após a renúncia de Álvaro Rocha. Três meses depois realizaram-se as eleições Autárquicas e Armindo Jacinto foi a votos, tendo ganho aquele que foi o seu primeiro mandato como Presidente eleito. Em 2017 voltou a ser eleito.  “A educação tem sido uma estratégia política seguida no concelho de Idanha-a-Nova, desde o berçário ao ensino superior. Uma estratégia que já deu frutos, pois a título de exemplo, passamos de zero para uma centena de bebés inscritos no berçário, pois fizemos já a matrícula 107”. Recordamos que este foi também o tema que levou à reabertura da escola de Monsanto. “A escola de Monsanto foi fechada pelo Ministério da Educação, mas conseguimos que fosse reaberta e, como resultado, já aumentarem os alunos de uma para duas turmas, tal como aconteceu em Penha Garcia”, acrescentando que “o investimento numa educação de qualidade aumenta também a qualidade de vida”.

Ler mais

ESTAÇÃO REPETIDORA DA RCM NAS TERMAS DE MONFORTINHO

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-15 14:47:17

ESTAÇÃO REPETIDORA DA RCM NAS TERMAS DE MONFORTINHO

  ...................................................... Por motivos de ordem técnica a estação repetidora da Rádio Clube de Monsanto, a operar na Serra de Monfortinho, nos 107.8 Mhz, não esteve no ar nestes últimos dias. ................................................... Devido aos maus acessos os técnicos tiveram dificuldades em proceder às necessárias reparações em tempo mais célere, dado que também levaram os equipamentos a pé e às costas num percurso de cerca de dois quilómetros. .................................................. Do facto pedimos desculpas e a melhor compreensão aos habituais ouvintes da zona da fronteira Luso-Espanhola, que foram privados da nossa emissão.

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line