Notícias

AUTARQUIA DE PENAMACOR QUER COMPRAR ANTIGO EXTERNATO PARA CRIAR CENTRO DE ESTÁGIOS

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-07-01 14:00:18

AUTARQUIA DE PENAMACOR QUER COMPRAR ANTIGO EXTERNATO PARA CRIAR CENTRO DE ESTÁGIOS

A Câmara de Penamacor pretende comprar o edifício do antigo Externato Nossa Senhora do Incenso, num investimento de 345 mil euros, para o transformar num centro de estágios para jovens, disse o presidente do município. António Luís Beites deu a conhecer a intenção da autarquia durante a última Assembleia Municipal de Penamacor e explicou que o processo negocial já está em curso, que deve ser concluído "nos próximos dias" e que pretende colmatar uma necessidade verificada no âmbito da estratégia de cativação de pessoas para o concelho. "A estratégia que delineamos para Penamacor é a de atrair pessoas para o concelho, principalmente jovens. Nesse sentido, temos estado a trabalhar com várias entidades espanholas, as quais nos disseram que, havendo instalações, muito mais se podia fazer, nomeadamente realizar intercâmbios ao longo de todo o ano. Por isso, parece-nos que devemos aproveitar esta janela de oportunidade", justificou.

EMPRESA DE IDANHA-A-NOVA LANÇA NOVA MELANCIA

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-06-30 16:44:52

EMPRESA DE IDANHA-A-NOVA LANÇA NOVA MELANCIA

A empresa Hortas D'Idanha vai introduzir na campanha deste ano a melancia preta riscada, uma nova variedade que se junta à melancia riscada e à melancia sem semente. "A exemplo daquilo que tem sido a nossa preocupação em anos anteriores, este ano lançamos no mercado a melancia preta riscada", disse hoje à agência Lusa fonte da direcção da empresa. Joaquim Soares, vereador da Câmara de Idanha-a-Nova e dirigente da Hortas D'Idanha, empresa participada pelo município, por produtores e agentes económicos locais, explicou que esta nova variedade pretende responder aos anseios do mercado nacional, cuja maior fatia de comercialização é de melancia preta. "Há dois anos, lançámos a melancia sem semente riscada e este ano a nossa preocupação centrou-se na procura de uma melancia preta riscada. A melancia tradicional da região é a melancia riscada", sublinhou. A maior parte da produção da nova variedade de melancia produzida na campina de Idanha-a-Nova é oriunda da incubadora de base rural da herdade do Couto da Várzea.    

MONSANTO: ARMINDO JACINTO ESTÁ CONTRA O ENCERRAMENTO DA ESCOLA DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

Escrito por RCM em 2014-06-28 14:03:02

MONSANTO: ARMINDO JACINTO ESTÁ CONTRA O ENCERRAMENTO DA ESCOLA DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

O presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova está contra o encerramento da escola do 1º ciclo do Ensino Básico de Monsanto.  A autarquia não concorda com a decisão da tutela prevista na actual reordenação da rede escolar do concelho de Idanha. Na lista dos estabelecimentos de ensino básico que o Ministério da Educação pretende que não abram no próximo ano lectivo, está a escola de Relva em Monsanto. De sublinhar que estava previsto pela autarquia que os alunos desta escola fossem agregados no Complexo Escolar de Monsanto, onde funciona o Jardim de Infância, para ali terem aulas no próximo ano lectivo. O presidente da Câmara de Idanha-a-Nova escreveu esta semana uma carta à Delegada Regional de Educação do Centro dando conta da discordância do município face à decisão do Ministério da Educação.  

PENAMACOR: AUTARQUIA CRITICA DECISÃO DO GOVERNO DE FECHAR ESCOLA COM MAIS DE 21 ALUNOS

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-06-28 14:01:02

PENAMACOR: AUTARQUIA CRITICA DECISÃO DO GOVERNO DE FECHAR ESCOLA COM MAIS DE 21 ALUNOS

O presidente da Câmara de Penamacor, António Luís Beites, classifica como "escandalosa" e "lamentável" a decisão do Governo de encerrar a escola e o jardim-de-infância de Aldeia do Bispo, que no conjunto têm 36 crianças. "É uma decisão absolutamente escandalosa, lamentável e que vai contra tudo o que tinha ficado acertado em reunião", afirmou. O autarca explicou que a intenção de fechar a escola, que tem 23 alunos (mais do que os 21 indicados como limite), e também o jardim-de-infância (13 crianças), situação que o município "repudia", tal como já voltou a ser dado a conhecer à tutela, em nova exposição enviada ao Ministério da Educação e Ciência (MEC). "Não podemos aceitar porque estamos a falar de um espaço que, mesmo sem incluirmos as crianças do jardim-de-infância, tem um número de alunos mais do que suficiente para funcionar. Depois, estamos a falar de uma escola que foi parcialmente recuperada pela autarquia, que tem condições e que os encarregados de educação querem continuar a ver a funcionar", sublinhou. Entre os argumentos, o município apresenta ainda a questão dos encargos financeiros que o transporte das crianças implicará.

SCUTVIAS: NOVO REGIME DE CONCESSÃO PARA A23 ENTRA EM VIGOR ATÉ AO FINAL DO ANO

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-06-28 13:58:34

SCUTVIAS: NOVO REGIME DE CONCESSÃO PARA A23 ENTRA EM VIGOR ATÉ AO FINAL DO ANO

O director-geral da Scutvias disse esta semana que a negociação com o Estado para a mudança de regime de concessão da auto-estrada da Beira Interior (A23) está fechada e deverá entrar em vigor até final do ano "Fechamos este mês a negociação [do novo contrato de concessão] com o Estado" e se "tudo correr bem, pode acontecer que seja assinado em Outubro", revelou Pinho Martins, na sede da Scutvias, em Lardosa (Castelo Branco). Com o novo regime, a empresa passa a ficar com a receita do valor cobrado nas portagens e assume também o risco de tráfego, ao contrário daquilo que acontece com as restantes concessionárias que estão ao abrigo do regime de disponibilidade. Questionado sobre a possibilidade do novo regime permitir uma redução no preço das portagens na A23, o director-geral da Scutvias afirmou que irá trabalhar nesse sentido "porque a Portvias [entidade à qual compete a cobrança de portagens], apesar de ficar num modelo de negócio diferente, não pode por sua livre iniciativa baixar o preço das portagens".  

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 |

FESTIVAL GIACOMETTI

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-14 15:11:05

FESTIVAL GIACOMETTI

FESTIVAL DE HOMENAGEM A MICHEL GIACOMETTI EM FERREIRA DO ALENTEJO – 30 de Maio a 2 de Junho MÚSICA, GASTRONOMIA, ARTES & OFÍCIOS, DANÇA, ANTROPOLOGIA E CINEMA. Este evento anual, acolhe para si desafios culturais ao chamar um espectacular cartaz nacional e internacional de várias expressões contemporâneas, fazendo co-habitar tradição e atitude inovadora. O incontornável etno-musicólogo da salvaguarda da Cultura Popular Portuguesa, Michel Giacometti, oriundo da Córsega, deixou-nos um manancial de documentos fotográficos, sonoros e escritos, assim como uma extraordinária colecção de instrumentos musicais e objectos etnográficos, uma herança patrimonial determinante para o entendimento do contexto social, político e cultural do mundo português arcaico, infelizmente em desintegração.  Este homem tanto nos inspira e nos estimula na preservação da NOSSA TRADIÇÃO.   ………………………………………………………………   AS GUARDIÃS DA ARTE DE TOCAR ADUFE Dia 1 de Junho em Ferreira do Alentejo   Concerto pelas Adufeiras de Monsanto, numa interligação especial da artista Celina da Piedade, que toca também com dois grupos corais femininos de Ferreira do Alentejo e com o seu convidado especial Tim (vocalista dos Xutos e Pontapés), que invulgarmente vai tocar viola campaniça. O icónico Tim dos Xutos e Pontapés, diz estar encantado de se juntar às Adufeiras de Monsanto, tanto mais que vai ser um momento triunfal pois estarão dois grupos femininos de cante alentejano também em cima do palco.  O grupo das Adufeiras de Monsanto é reconhecido internacionalmente e faz jus às suas raízes nas tradições ancestrais da Aldeia Mais Portuguesa, uma terra rica em lendas ligadas aos rituais da Primavera.  Promovendo o extraordinário património cultural de Monsanto com os seus fatos coloridos, canções e ritmos do adufe, um instrumento feminino por excelência que trespassou contextos religiosos e teve a sua proliferação na Península Ibérica nos séculos XI e XII.  Na sua constituição actual, as Adufeiras de Monsanto, oferecem um autêntico privilégio para os que assistem às suas actuações. A não perder pelas 21:30 na PRAÇA COMENDADOR INFANTE PASSANHA EM FERREIRA DO ALENTEJO.

Ler mais

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-05 14:12:17

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Ler mais

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-02 19:32:20

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

  Rádio Clube de Monsanto há 34 anos ao Serviço do Território da Idanha, no País e no Mundo. “O nosso passado é a nossa MEMÓRIA e o que a nossa MEMÓRIA não guarda nunca ocorreu ainda que tenha ocorrido”.

Ler mais

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Facebook

Escrito por CMIN em 2019-04-30 14:43:54

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Ler mais

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-04-17 13:01:43

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA

NO CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA UM TESTEMUNHO DE AFONSO ALMEIDA BRANDÃO     Na sua fase inicial de vida é sabido que ainda chegou a exercer Medicina cerca de um ano. Posteriormente, a sua veia de Escritor falou mais forte e acabaria por escrever vários Livros excepcionais que deixaria a Título Póstumo. Conheci o Fernando Namora nos inícios da Década de 80 Anos, da 2º Metade do Séc. XX.   Ele no Inverno refugiava-se na aldeia do Magoito (localidade a cerca de 10 Km. de Sintra), na Vivenda do dono da Editora das EDIÇÕES 70, para escrever. Chegava a ficar por lá 3 a 4 meses alojado. Vinha à Vila almoçar por volta das 15 horas (sempre no Café Lé) e, à noite, ficava por casa a ver TV, outras vezes a ouvir Música Clássica ou a escrever. Invariavelmente, bebia um Chá acompanhado de uma Torradas. Deitava-se, regra geral, entre as 3 e as 4 horas da madrugada.    Eu e o Eng. Eduardo Silva --- o dono das EDIÇÕES 70, à época --- cedia-lhe a sua Vivenda gratuitamente para ele escrever. Raro era o dia em que nós os três não estávamos juntos. EU vivia no Magoito com a minha ex-Mulher (e que por lá continua) e o Eduardo vinha de Lisboa ao Magoito, todos os dias, e ficava instalado na Residencial Central, do velho Nuro Gulamhussen, um comerciante de nacionalidade indiana, mas naturalizado português há muitos anos.      Estas estadias do Fernando Namora, no Inverno, na Aldeia do Magoito, foram frequentes ao longo de vários anos. A Amizade entre AMBOS (Escritor e Editor) era uma Amizade antiga de tempos de Escola e Meninice). Recordo, com saudade, estes encontros.Já lá vão quase 40 Anos, como o Tempo passa, Meu Deus!   Por vezes EU e o Eduardo íamos visitá-lo à noite. Do Centro da Aldeia e do Café onde estávamos, à casa onde se encontrava o Fernando Namora, eram 600 metros, mais coisa-menos coisa. Aparecíamos de surpresa e ele ficava feliz por nos ver.    Numa certa noite chegou mesmo a desabafar: «Ainda bem que vocês apareceram. Estou sem paciência para escrever, não sai nada de jeito... Vamos comemorar, ouvir música e conversar. A escrita fica para amanhã...». E os três acabávamos, assim, por entrar pela Noite dentro, ao som de música Clássica (na maioria das vezes, com trechos de Chopin), tendo como única companhia uma garrafa de Whisky.Velho -- 12 Anos, um pacote de Bolacha Maria e muita conversa animada e bem disposta.   Ambos já não estão entre nós, infelizmente.Tenho Saudades, imensas Saudades deles e daquele Tempo.  São tempos que não voltam mais... nunca mais... Ficaram "enterrados" no Passado...   Recordo-os, agora e hoje, com os olhos marejados de lágrimas, estes dois bons Amigos Nobres --- e que faziam o favor de me aturar e acolher nos seus convívios e serões inesquecíveis...   Paz à Vossa Alma e até um Dia!   Afonso Almeida Brandão

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line