Notícias

CÂMARA APRESENTA PROVIDÊNCIA CAUTELAR CONTRA O FECHO DO COMPLEXO ESCOLAR DE MONSANTO

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-07-02 15:29:56

CÂMARA APRESENTA PROVIDÊNCIA CAUTELAR CONTRA O FECHO DO COMPLEXO ESCOLAR DE MONSANTO

O Complexo Escolar de Monsanto foi requalificado, mas pode vir a fechar. A Câmara de Idanha-a-Nova vai apresentar uma providência cautelar contra o encerramento do Complexo Escolar de Monsanto, anunciou esta quarta-feira o município. Em comunicado, o presidente do município explica que «será apresentada uma providência cautelar contra o encerramento» daquele complexo escolar, «com os argumentos que viabilizam o funcionamento daquele estabelecimento de educação no próximo ano lectivo». Armindo Jacinto tinha afirmado, no início de Junho, que no município de Idanha-a-Nova não iria fechar nenhuma escola do primeiro ciclo. O presidente do Municipio sublinhou ainda que «todo este investimento não pode cair e as escolas têm que se manter. Isso foi explicado e defendido nas reuniões com a DGEstE e eles compreenderam». Agora, o município confronta-se com o possível encerramento do Complexo Escolar de Monsanto, assunto que foi já objecto de discussão em Assembleia Municipal.

BOOM FESTIVAL: MAIS DE 22 MIL BILHETES VENDIDOS EM 152 PAÍSES

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-07-02 12:04:55

BOOM FESTIVAL: MAIS DE 22 MIL BILHETES VENDIDOS EM 152 PAÍSES

A organização do Boom Festival 2014, que decorre em Idanha-a-Nova entre 04 e 11 de agosto, revelou esta semana já ter vendido mais de 22 mil bilhetes "online" para participantes de 152 países. "Para a edição de 2014, temos já confirmada a venda de 22 mil bilhetes, sendo que 10% dos ingressos foram vendidos em Portugal e os restantes foram vendidos a participantes de outros 152 países", disse em Idanha-a-Nova um membro da organização. Alfredo Vasconcelos, que participou numa reunião que juntou as várias entidades civis e militares envolvidas na logística deste festival bienal, explicou que estão a ser vendidos bilhetes "em mais de 2.200 cidades do mundo". A comercialização dos ingressos começou 280 dias antes da realização do Boom Festival e, segundo Alfredo Vasconcelos, a organização "vive inteiramente do dinheiro dos bilhetes e da colaboração da Câmara de Idanha-a-Nova", pois são proibidas quaisquer marcas dentro do recinto do festival.

AUTARQUIA DE PENAMACOR QUER COMPRAR ANTIGO EXTERNATO PARA CRIAR CENTRO DE ESTÁGIOS

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-07-01 14:00:18

AUTARQUIA DE PENAMACOR QUER COMPRAR ANTIGO EXTERNATO PARA CRIAR CENTRO DE ESTÁGIOS

A Câmara de Penamacor pretende comprar o edifício do antigo Externato Nossa Senhora do Incenso, num investimento de 345 mil euros, para o transformar num centro de estágios para jovens, disse o presidente do município. António Luís Beites deu a conhecer a intenção da autarquia durante a última Assembleia Municipal de Penamacor e explicou que o processo negocial já está em curso, que deve ser concluído "nos próximos dias" e que pretende colmatar uma necessidade verificada no âmbito da estratégia de cativação de pessoas para o concelho. "A estratégia que delineamos para Penamacor é a de atrair pessoas para o concelho, principalmente jovens. Nesse sentido, temos estado a trabalhar com várias entidades espanholas, as quais nos disseram que, havendo instalações, muito mais se podia fazer, nomeadamente realizar intercâmbios ao longo de todo o ano. Por isso, parece-nos que devemos aproveitar esta janela de oportunidade", justificou.

EMPRESA DE IDANHA-A-NOVA LANÇA NOVA MELANCIA

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-06-30 16:44:52

EMPRESA DE IDANHA-A-NOVA LANÇA NOVA MELANCIA

A empresa Hortas D'Idanha vai introduzir na campanha deste ano a melancia preta riscada, uma nova variedade que se junta à melancia riscada e à melancia sem semente. "A exemplo daquilo que tem sido a nossa preocupação em anos anteriores, este ano lançamos no mercado a melancia preta riscada", disse hoje à agência Lusa fonte da direcção da empresa. Joaquim Soares, vereador da Câmara de Idanha-a-Nova e dirigente da Hortas D'Idanha, empresa participada pelo município, por produtores e agentes económicos locais, explicou que esta nova variedade pretende responder aos anseios do mercado nacional, cuja maior fatia de comercialização é de melancia preta. "Há dois anos, lançámos a melancia sem semente riscada e este ano a nossa preocupação centrou-se na procura de uma melancia preta riscada. A melancia tradicional da região é a melancia riscada", sublinhou. A maior parte da produção da nova variedade de melancia produzida na campina de Idanha-a-Nova é oriunda da incubadora de base rural da herdade do Couto da Várzea.    

MONSANTO: ARMINDO JACINTO ESTÁ CONTRA O ENCERRAMENTO DA ESCOLA DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

Escrito por RCM em 2014-06-28 14:03:02

MONSANTO: ARMINDO JACINTO ESTÁ CONTRA O ENCERRAMENTO DA ESCOLA DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

O presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova está contra o encerramento da escola do 1º ciclo do Ensino Básico de Monsanto.  A autarquia não concorda com a decisão da tutela prevista na actual reordenação da rede escolar do concelho de Idanha. Na lista dos estabelecimentos de ensino básico que o Ministério da Educação pretende que não abram no próximo ano lectivo, está a escola de Relva em Monsanto. De sublinhar que estava previsto pela autarquia que os alunos desta escola fossem agregados no Complexo Escolar de Monsanto, onde funciona o Jardim de Infância, para ali terem aulas no próximo ano lectivo. O presidente da Câmara de Idanha-a-Nova escreveu esta semana uma carta à Delegada Regional de Educação do Centro dando conta da discordância do município face à decisão do Ministério da Educação.  

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 |

FAMÍLIA PAULOURO SAI DO “JORNAL DO FUNDÃO”

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-22 12:51:56

FAMÍLIA PAULOURO SAI DO “JORNAL DO FUNDÃO”

Na quinta-feira, 12 de Abril, a família Paulouro vendeu à Global Media Group os 39% de capital que mantinha no Jornal do Fundão (JF). Termina, deste modo, a história ímpar de uma publicação, nascida em 1946, que, pela defesa da Beira interior e, sobretudo, pela qualidade dos seus suplementos culturais, teve uma dimensão nacional e de referência na luta contra a ditadura. Há tempos calaram a Rádio Jornal do Fundão...por sinal ligada, directa ou indirectamente, ao mesmo grupo. ………………………………………… “Agora, pela primeira vez, a família de António Paulouro deixará, com mágoa, de ter qualquer responsabilidade nos destinos do “Jornal do Fundão”, que configura um património inestimável na história da imprensa portuguesa. Termina um ciclo de 72 anos.” Aqui fica o nosso muito sincero abraço solidário.

Ler mais

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-17 18:56:45

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

PATRIMÓNIO CULTURAL E TURISMO SUSTENTÁVEL DE GERAÇÃO PARA GERAÇÃO   O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se celebra a 18 de Abril, este ano tem como tema “Conhecer, Explorar, Partilhar”, pretende promover os monumentos e sítios históricos e valorizar o património português, ao mesmo tempo que tenta alertar para a necessidade da sua conservação e protecção. Em cada terra, erguem-se monumentos que nos levam para as nossas origens, para as nossas raízes.  Castelos, muralhas, pelourinhos, pontes, museus, igrejas, alminhas e casas senhoriais dão forma e beleza a tantos povos espalhados nas encostas, nas planícies e nos vales de um território tão esquecido.  “Património Cultural e Turismo Sustentável” é o desafio do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se assinala, na quarta-feira, 18 de Abril de 2018. A data pretende promover os monumentos e sítios históricos e valorizar o património português, ao mesmo tempo que tenta alertar para a necessidade da sua conservação e protecção. Instituída a 18 de Abril de 1982 pelo ICOMOS – Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios, uma associação de profissionais da conservação do património, esta data foi aprovada pela UNESCO em 1983.  

Ler mais

MONSANTO ELEITO DESTINO CINCO ESTRELAS

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-14 20:38:50

MONSANTO ELEITO DESTINO CINCO ESTRELAS

A aldeia histórica de Monsanto foi distinguida com o galardão Portugal Cinco Estrelas, que visa premiar o que de melhor existe no país, desde marcas empresariais aos ícones do património nacional. O galardão foi entregue a 12 de Abril em Lisboa, numa gala no Teatro Thalia, e recebido por Armindo Jacinto, Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. “Este é mais um reconhecimento de Monsanto como destino de excelência, a somar a outros igualmente espontâneos como a eleição de Monsanto nas 30 aldeias e vilas mais bonitas da Europa por 300 profissionais da Associação de Agências de Viagem do Japão ou a reportagem elogiosa que a BBC dedica este mês a Monsanto”, refere Armindo Jacinto. Após as distinções internacionais que Monsanto tem merecido nos últimos anos, o reconhecimento acontece agora também no mercado interno. O prémio Cinco Estrelas vem reforçar o prestígio e a notoriedade de Monsanto, mas também do concelho de Idanha-a-Nova e do território do Geopark Naturtejo – Geoparque Mundial da UNESCO, que tem na “Aldeia Mais Portuguesa” um dos seus principais ícones. Esta foi a primeira edição do galardão Portugal Cinco Estrelas, criado para distinguir os principais recursos patrimoniais que caracterizam e valorizam o nosso país e o tornam num destino verdadeiramente cinco estrelas, bem como as marcas exclusivamente de origem portuguesa. Monsanto foi um dos vencedores ao nível do património nacional, na categoria “Aldeias e Vilas”, após mais de 200 mil votos online.

Ler mais

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO

Facebook

Escrito por rcm em 2018-04-06 10:58:10

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO EM MONSANTO...Vale mais tarde do que nunca... Maria Leonor Carvalhão Buescu (1932-1999), investigadora, ensaísta e professora universitária, foi homenageada, a título póstumo, com a atribuição do seu nome a um largo em Monsanto, sua terra natal. A cerimónia teve lugar no passado dia 31 de Março, reunindo familiares e amigos num largo junto da casa onde residiram os seus falecidos pais. Pelo seu trabalho em prol da cultura portuguesa, o nome desta Monsantina, já há muito que também faz parte da toponímia de Lisboa e da Amadora.  

Ler mais

PALESTRA " A CULTURA CELTA NA BEIRA BAIXA"

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-02 16:19:08

PALESTRA

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2018 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line