Notícias

BANCO ALIMENTAR: PORTUGUESES AJUDAM MENOS 15%

Escrito por RCM em 2014-12-01 12:09:46

BANCO ALIMENTAR: PORTUGUESES AJUDAM MENOS 15%

O Banco Alimentar Contra a Fome de Castelo Branco recolheu este fim-de-semana na sua zona de intervenção mais de 17 toneladas de alimentos. Este número foi conseguido nos concelhos de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Proença-a-Nova, Vila Velha de Ródão e Penamacor. Para os responsáveis que coordenaram esta enorme operação de recolha de alimentos, em termos logísticos a mesma decorreu muito bem, tendo, contudo, sido registada uma diminuição na quantidade total de alimentos recolhidos, relativamente a campanhas idênticas realizadas em anos anteriores. O momento de crise que o país atravessa não será alheio a esta situação. As dificuldades económicas dos portugueses reflectiram-se na recolha de alimentos do último fim-de-semana, realizada pelos Bancos Alimentares Contra a Fome. «Há o mesmo número de doações, mas os sacos vêm menos cheios», revela Isabel Jonet. O balanço apresenta um corte de 15% em relação ao ano passado. Ainda assim, foram recolhidas 2.325 toneladas de alimentos. A campanha foi realizada em 1.995 superfícies comerciais e contou com a colaboração de 42 mil voluntários.  

FESTIVAL FORA DO LUGAR REGRESSA A IDANHA-A-NOVA

Escrito por RCM em 2014-11-26 13:10:35

FESTIVAL FORA DO LUGAR REGRESSA A IDANHA-A-NOVA

O Fora do Lugar arranca este fim-de-semana em Monsanto com um concerto de João Hasselberg. O espectáculo acontece esta sexta-feira pelas 21h30m na Capela de S.Pedro de Vir-a-Corça. O músico apresenta um diálogo entre os seus dois discos como líder: Whatever it is you’re seeking, won’t come in the form you’re expecting (Sintoma Records 2013) e Truth has to be given in riddles (Sintoma Records 2014). A terceira edição do Fora do Lugar, Festival Internacional de Músicas Antigas, começa esta sexta-feira e decorre até 13 de Dezembro, no concelho de Idanha-a-Nova. O festival surge da parceria entre a produtora Arte das Musas e o Município de Idanha-a-Nova e conta com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura e da Direcção Geral das Artes. Nesta terceira edição, o Festival traz a Idanha nomes sonantes do panorama nacional e internacional da música antiga e de cruzamento como a catalã Arianna Savall (filha de Jordi Savall) ou Galandum Galundaina. Na área do cinema e da fotografia, está programada a estreia nacional de uma curta-metragem do jovem realizador francês Nino Laisné – “En présence” -, com legendagem em português ou a exposição “Barra das Almas” do fotógrafo Valter Vinagre. A entrada em todos os concertos é livre, sujeita à lotação das salas.    

CRISTINA RODRIGUES PREPARA PEÇA TÊXTIL ONDE UTILIZA O BORDADO DE CASTELO BRANCO

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-11-26 13:02:05

CRISTINA RODRIGUES PREPARA PEÇA TÊXTIL ONDE UTILIZA O BORDADO DE CASTELO BRANCO

Cristina Rodrigues está a trabalhar num bordado de Castelo Branco, que ficará em exposição permanente numa igreja inglesa. A arquitecta está a preparar uma peça têxtil, produzida por artesãs de Castelo Branco, Idanha-a-Nova e Amarante, que vai ficar em exposição permanente na Catedral de Manchester. Este trabalho surge na sequência de um outro, uma manta de 63 adufes trabalhada por mulheres portuguesas que vivem naquela região de Inglaterra, instalado desde julho na catedral inglesa. Na nova peça, a artista vai utilizar o bordado de Castelo Branco, que ficará em exposição permanente na Catedral de Manchester".  A obra está já a ser executada e a artista portuguesa está a trabalhar em conjunto com o Museu Francisco Tavares Proença Júnior, de Castelo Branco. Cristina Rodrigues, arquitecta e artista portuguesa que divide a vida entre Manchester, em Inglaterra, e Idanha-a-Nova, onde tem o seu ateliê em Portugal, explicou à lusa que está a usar uma nova técnica na produção da peça, feita com seda, linho e algodão, e que, no final, terá um tamanho de sete por 10 metros.

CANAL DE TV NA INTERNET PARA VALORIZAR A SERRA DA ESTRELA

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-11-21 14:09:28

CANAL DE TV NA INTERNET PARA VALORIZAR A SERRA DA ESTRELA

Um canal de televisão na Internet para a Serra da Estrela aposta na valorização de "uma região que está a ficar esquecida".  O jornalista responsável pelo projecto acredita que esta iniciativa deverá contribuir para inverter esta tendência. Paulo Leitão, também fundador do canal Centro TV, com sede em Oliveira do Hospital, que emite também através da Internet, salientou que "depois do desaparecimento da Região de Turismo da Serra da Estrela e sua inserção no Turismo do Centro" aquele território do interior "tem perdido população e ficado órfão em termos informativos". O jornalista disse à lusa que sentia a necessidade de um canal como este", que se propõe "fazer um serviço público", com vídeo, fotografia e texto, dirigido aos concelhos da Guarda, Manteigas, Gouveia, Seia, Celorico da Beira e Covilhã. Paulo Leitão acrescentou que o Canal Serra da Estrela, a funcionar desde a semana passada, é uma nova plataforma agregadora de notícias sobre a maior montanha de Portugal continental.

IDANHA-A-NOVA PREPARA CANDIDATURA Á REDE DE CIDADES CRIATIVAS

Escrito por RCM/ Diário Digital em 2014-11-18 12:48:27

IDANHA-A-NOVA PREPARA CANDIDATURA Á REDE DE CIDADES CRIATIVAS

A Comissão Consultiva da candidatura de Idanha-a-Nova à Rede de Cidades Criativas da UNESCO, no âmbito da Música, reuniu recentemente para preparar o projecto que deverá ser submetido em março de 2015. A riqueza patrimonial do concelho, onde assume expressão a herança cultural associada à música, fundamenta esta candidatura após trabalho de inventariação, preservação e divulgação da identidade musical e cultural de Idanha-a-Nova, suas características etnográficas e etnológicas. Para o presidente da Comissão da Candidatura, Carlos Medeiros, da IPI Consulting Network, Idanha-a-Nova “conquistou o direito a candidatar-se” a Cidade da Música.  “Tem uma identidade intimamente ligada à música, aposta em infra-estruturas criativas, investiga profundamente as suas tradições, acolhe um número raro e diversificado de grupos tradicionais e promove, ao longo do ano, uma quantidade impressionante de eventos ligados à música, desde a electrónica mais moderna aos sons tradicionais ou às composições eruditas”, afirmou o responsável. O adufe, representante maior da riqueza e da tradição musical de Idanha-a-Nova, inspirou o símbolo desta primeira candidatura portuguesa a Cidade da Música da UNESCO.  

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 | 254 | 255 | 256 | 257 |

CONFIRMADO IC31 VIA TERMAS DE MONFORTINHO

Facebook

Escrito por RCM em 2020-10-13 18:05:07

CONFIRMADO IC31 VIA TERMAS DE MONFORTINHO

CONFIRMADO IC31 VIA TERMAS DE MONFORTINHO Cimeira Luso-Espanhola confirma IC31   O IC31 (ligação da auto-estrada A23 a Espanha via Termas de Monfortinho) está confirmado no acordo entre os governos de Portugal e de Espanha para uma estratégia comum de desenvolvimento da fronteira nos próximos anos. O compromisso foi anunciado na 31ª Cimeira Luso-Espanhola, que decorreu no dia 9 de Outubro, na Guarda, com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa, e do seu homólogo espanhol, Pedro Sánchez. A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, que tem acompanhado os desenvolvimentos recentes no processo, congratula-se com este acordo para construção do IC31, uma ligação rodoviária que vai fazer de Termas de Monfortinho a grande porta de entrada do Centro de Portugal. A obra é assim confirmada no acordo entre os governos de Portugal e de Espanha sobre a rede de ligações rodoviárias a desenvolver nos dois países. O IC31 irá unir a autovia espanhola EX-A1 (através de Moraleja) e a auto-estrada portuguesa A23, com travessia da fronteira em Termas de Monfortinho.

Ler mais

CONCRETIZAÇÃO DO IC31...FINALMENTE ?

Facebook

Escrito por CMIN/RCM em 2020-08-27 18:10:27

CONCRETIZAÇÃO DO IC31...FINALMENTE ?

CONCRETIZAÇÃO DO IC31…FINALMENTE?       A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, em comunicado que nos foi enviado, congratula-se por a via IC31 – Castelo Branco/Termas de Monfortinho, que ligará a A23 a Espanha, constar entre as obras previstas no Plano Nacional de Investimentos 2030.   Na próxima cimeira luso-espanhola, que deverá realizar-se na Guarda, entre o final de Setembro e início de Outubro, espera-se que o IC31 seja apresentado como um dos projectos que vão melhorar as ligações transfronteiriças, que têm previsto um investimento de cerca de 80 milhões de euros e um prazo de construção entre 2024 e 2030.   O Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, adianta que “o projecto do IC31 é estruturante para a região Centro de Portugal e para o país no seu todo. É um investimento que irá gerar desenvolvimento económico e social, aproximar Portugal da Europa, aumentar a competitividade territorial e reforçar a coesão interna do nosso país”. “Trata-se de uma infra-estrutura rodoviária da maior importância e a sua concretização irá afirmar as Termas de Monfortinho como a grande porta de entrada do Centro de Portugal, para turistas e mercadorias”, afirma o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova.   Saúda-se, assim, o facto do IC31 estar entre os investimentos estratégicos que Portugal decidiu lançar esta década, num compromisso que não deve ficar condicionado às alterações de ciclo político.   A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova compromete-se a acompanhar a evolução da implementação do plano rodoviário nacional.   Em articulação com o Programa de Coesão Territorial, este plano define o IC31 nos investimentos públicos necessários para fomentar a economia e aumentar a coesão territorial e a dinamização da mobilidade nas regiões do interior.   …………………………………………………......   A Rádio Clube de Monsanto tem no seu site www.radiomonsanto.pt um inquérito sobre esta matéria da concretização do IC31 e num universo de já 31. 876 votantes, o resultado é o seguinte:   SIM…………..2,6% NÃO………..94,4% Talvez……….....3%   …………………………………………………......   Portanto vamos confiar e esperar para ver…

Ler mais

BEM-HAJA AOS AMIGOS DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM em 2020-08-15 18:03:08

BEM-HAJA AOS AMIGOS DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO

BEM-HAJA AOS AMIGOS DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO ……………………………………………............................. Um sincero bem-haja a quantos se associaram, pessoalmente, por telefone ou por outros meios, ao dia de mais um aniversário da Rádio Clube de Monsanto, e nos felicitaram pela passagem dos 35 anos desta modesta Voz da Portugalidade ao serviço da Aldeia Histórica de Monsanto, do concelho de Idanha-a-Nova, da região e do país. Julgo que concordarão que tentámos, com esforço e dedicação, cumprir a nossa Missão, o melhor que sabíamos, podíamos, e… nos deixaram levar a “Carta a Garcia”. Essas cativantes gentilezas e generosidades, da parte de inúmeros amigos-ouvintes, dalgumas entidades oficiais e de associações culturais, etc., muito nos sensibilizam e nos estimulam a CONTINUAR EM FRENTE. Que Deus nos proteja e os nossos ouvintes e anunciantes nos ajudem a chegar até aos 36 anos… o que está a ser muito difícil. Em boa verdade temos que o dizer... com imensa pena, pois prezamos e temos a maior consideração e respeito pelos melhores ouvintes do mundo, os quais sempre estiveram connosco desde 1985. Obrigado, saúde e prosperidade para todo o nosso maravilhoso auditório.

Ler mais

14 DE AGOSTO DE 1985

Facebook

Escrito por RCM em 2020-08-14 09:17:34

14 DE AGOSTO DE 1985

14 DE AGOSTO DE 1985 – 14 DE AGOSTO DE 2020       35 ANOS DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO ao Serviço do Regionalismo, da Música Portuguesa e da marca IDANHA.   BEM HAJA PELA SUA COMPANHIA AMIGA.

Ler mais

RÁDIOS LOCAIS ESTÃO NO LIMIAR DO ENCERRAMENTO

Facebook

Escrito por "JORNAL DA MADEIRA" em 2020-07-17 00:00:00

RÁDIOS LOCAIS ESTÃO NO LIMIAR DO ENCERRAMENTO

RÁDIOS LOCAIS ESTÃO NO LIMIAR DO ENCERRAMENTO “JORNAL DA MADEIRA”  - 17 DE JULHO DE 2020 ............................................................   Segundo informações recolhidas pela ARIC – Associação de Rádios muitas estações de rádio local de norte a sul do continente e regiões autónomas, estarão a ponderar fechar nas próximas semanas. O diminuto volume de receitas e o avolumar de custos durante estes meses de pandemia, isso vai obrigar. Em nota publicada, a ARIC diz que "os empresários não conseguem suportar mais o volume crescente de despesas e as Associações ou Cooperativas proprietárias das licenças de emissão radiofónica, só esperam a realização das respectivas Assembleias Gerais para uma tomada de decisão". Refere também que, "depois dos funcionários e colaboradores terem desistido de apoiar projectos, onde existem vários meses de salários em atraso e muitas contas para pagar, chegou agora altura dos fornecedores de energia eléctrica considerarem a hipótese de cortar o fornecimento, pois a paciência e a solidariedade também têm os seus limites. E sem energia, os emissores calar-se-ão de vez". Sobre as comunicações, a ARIC diz saber de redacções sem telefone há vários meses, e que para obtenção de notícias ou confirmação de informações, são os próprios jornalistas que recorrem a meios próprios e telemóveis particulares. Em contacto com a Secretaria de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, esta Associação não conseguiu obter uma resposta sobre o timing efectivo de concretização do apoio do Estado aos media, através da compra de publicidade institucional antecipada. Cinco meses depois de apresentadas as primeiras medidas de apoio às empresas devido à Covid-19, o dia a dia das empresas de comunicação social em geral e para as rádios em particular, já passou pelos estágios de emergência, aflição, pânico e está prestes a passar para o estágio de fecho iminente. Entretanto, a ARIC já elaborou um conjunto de medidas muito concretas que apresentou ao Governo, que se aceites suavizariam as dificuldades vividas. "Porém, até agora nada aconteceu e, assim, as rádios não conseguem continuar", avisa.   .............................................................. A LENTA ASFIXIA DAS RÁDIOS LOCAIS.   TEMOS QUE DENUNCIAR:     CADA DIA ESTÁ MAIS DIFÍCIL DE CONTINUAR A MANTER NO AR A RÁDIO CLUBE DE MONSANTO. TEMOS DE VENDER OU MESMO FECHAR, COM NATURAL DESENCANTO E DESAGRADO. AS DIMINUTAS RECEITAS NÃO DÃO PARA AGUENTAR POR MUITO MAIS TEMPO. A SITUAÇÃO FOI DRASTICAMENTE AGRAVADA COM A PANDEMIA. E AS PROMETIDAS AJUDAS (MESMO AS MIGALHAS) TARDAM EM CHEGAR.  

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2020 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line | Política de cookies | Política de privacidade