Notícias

BIBLIOMÓVEL DE PROENÇA-A-NOVA DIVULGADA NO CHILE

Escrito por RCM em 2014-11-13 15:23:30

BIBLIOMÓVEL DE PROENÇA-A-NOVA DIVULGADA NO CHILE

A experiência da Bibliomóvel, que desde 2006 percorre o concelho de Proença-a-Nova, foi divulgada na semana passada em dois eventos relacionados com a leitura realizados no Chile.  No II encontro nacional da rede de Bibliotecas Itinerantes do Chile, a biblioteca móvel partilhou, como convidada estrangeira, as estratégias e actividades desenvolvidas. O encontro, por sua vez, esteve integrado no III Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas, cujo programa incluiu um painel em que a Bibliomóvel, uma biblioteca itinerante do sul do Chile e a rede de bibliotecas itinerantes da Catalunha foram apresentadas como exemplos de boas práticas.  Este ano com o tema “Leituras em movimento”, o seminário internacional decorreu durante quatro dias e debateu temas relacionados com a função social das bibliotecas, os novos formatos de leitura, a inovação no fomento da leitura e as extensões bibliotecárias.  

ACADEMIA SÉNIOR DE PENAMACOR CELEBROU DIA DE S. MARTINHO

Escrito por RCM em 2014-11-13 15:22:35

ACADEMIA SÉNIOR DE PENAMACOR CELEBROU DIA DE S. MARTINHO

A Academia Sénior de Penamacor celebrou, na passada 3ª-feira, o Dia de S. Martinho com o tradicional magusto, onde foram recriados antigos costumes e hábitos ancestrais. Comer castanhas e beber jeropiga fizeram parte da festa popular que está associada a uma lenda, a qual dizia que um soldado romano de nome Martinho (mais tarde conhecido como São Martinho), ao passar a cavalo por um mendigo quase nú, como não tinha nada para lhe dar, cortou a sua capa ao meio com a sua espada, estava um dia chuvoso e diz-se que, nesse preciso momento, parou de chover, derivando daí a expressão, “Verão de São Martinho”. Para além da castanha, os alunos e professores juntaram à mesa a mais diversa doçaria confeccionada pelos próprios e degustada numa tarde diferente que conjugou o sabor das castanhas assadas com o ritmo da animação. O primeiro magusto da Academia Sénior de Penamacor faz parte do plano de actividades e representa uma resposta aos desejos dos alunos e professores, permitindo a partilha de momentos únicos de animação e convívio.  

IDANHA-A-NOVA PRESIDE À SECÇÃO DE MUNICÍPIOS DE BAIXA DENSIDADE E DO MUNDO RURAL

Escrito por RCM em 2014-11-13 15:21:43

IDANHA-A-NOVA PRESIDE À SECÇÃO DE MUNICÍPIOS DE BAIXA DENSIDADE E DO MUNDO RURAL

O presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, foi eleito presidente da Mesa da Secção de Municípios de Baixa Densidade e do Mundo Rural, criada no âmbito da Associação Nacional dos Municípios Portugueses (ANMP). A Mesa, eleita por unanimidade, é ainda composta por vice-presidente: Paulo Fernandes (presidente da Câmara do Fundão); vice-presidente: José Calixto (presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz); secretário: Fernando Queiroga (presidente da Câmara de Boticas); secretário: António Valério (presidente da Câmara de Alvito). A Secção envolve 129 municípios de norte a sul do país e irá trabalhar sobre as problemáticas da baixa densidade e do mundo rural. No quadro do plano de actividades da Secção, que inicia agora o mandato 2014-2017, Armindo Jacinto considera que existe um conjunto de outros assuntos a trabalhar, nomeadamente no que toca ao direito a serviços de proximidade, entre os quais a educação, a saúde, a segurança e a justiça.  

DOCUMENTÁRIO SOBRE JOEL PINA ESTREIA NO MUSEU DO FADO

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-11-04 16:13:59

DOCUMENTÁRIO SOBRE JOEL PINA ESTREIA NO MUSEU DO FADO

Um documentário sobre o músico Joel Pina, de 94 anos, ainda em actividade, viola baixo que acompanhou, entre outros, Amália Rodrigues, Maria Teresa de Noronha e Frei Hermano da Câmara, estreia esta quarta-feira, em Lisboa. O músico, que começou por tocar guitarra portuguesa e bandolim, é um dos pioneiros da introdução da viola baixo no fado, por iniciativa de Martinho d`Assunção, de quem era aluno. Joel Branco fez parte do Conjunto de Guitarras de Martinho d`Assunção, assim como do de Raul Nery e, durante 38 anos, até à morte da fadista, acompanhou Amália Rodrigues. O documentário, intitulado "Joel Pina, o professor", de Ivan Dias, que já realizou outros trabalhos fílmicos sobre o fado, é apresentado na quarta-feira, às 19:00, no Museu do Fado, em Lisboa, com a presença do músico e do realizador. João Borges Pina, de nome de baptismo, nasceu na aldeia de Rosmaninhal, no concelho de Idanha-a-Nova, profissionalizou-se em 1949, e ainda hoje toca. As Adufeiras de Monsanto realizaram vários concertos com o conceituado viola baixo, nomeadamente no espectáculo “Raízes rurais paixões urbanas” da autoria de Ricardo Pais, com apresentações no Olimpia de Paris e que esteve em cena em diversos palcos nacionais.

NEVE CAIU PELA PRIMEIRA VEZ E ENCERRA ESTRADAS NA SERRA DA ESTRELA

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-11-04 13:02:57

NEVE CAIU PELA PRIMEIRA VEZ E ENCERRA ESTRADAS NA SERRA DA ESTRELA

A neve caiu hoje pela primeira vez este outono na Serra da Estrela e obrigou ao corte de estradas do maciço central, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda. Segundo o CDOS, os troços Piornos/Cruzamento da Torre (troço 11), Cruzamento da Torre/Torre (12) e Lagoa Comprida/Cruzamento da Torre (13) foram encerrados pelas 05:00 de hoje. Devido à queda de neve, pelas 08:30 também foram fechados à circulação rodoviária os troços Portela do Arão/Lagoa Comprida (troço 01) e Lagoa Comprida/Sabugueiro (troço 02). Fonte do Centro de Limpeza de Neve da Estradas de Portugal disse à Lusa, pelas 09:00, que continuava a nevar e na área das suas instalações, nos Piornos, os termómetros marcavam um grau negativo. A primeira neve do outono, que começou a cair pelas 04:30, «é pouca coisa», referiu a fonte, embora suficiente para fechar as estradas do ponto mais alto da Serra da Estrela. «Se continuar a nevar, é difícil reabrir as estradas», disse, não adiantando previsões para a reabertura dos troços encerrados à circulação automóvel. Em relação ao último ano, este primeiro nevão surge mais cedo, pois em 2013 as primeiras neves aconteceram a 16 de novembro.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 |

Convenção Nacional de Rádios 2019

Facebook

Escrito por RCM em 2019-10-10 18:27:51

Convenção Nacional de Rádios 2019

    A Associação Portuguesa de Radiodifusão organiza, no próximo dia 26 de Outubro, na Vila de Mafra, a Convenção Nacional de Rádios 2019.   Este evento no salão Nobre do Edifício Municipal de Serviços (Loja do Cidadão), conta com o apoio da Rádio do Concelho de Mafra, da Câmara Municipal de Mafra, da ERC, da Sitemaster, da Delta Cafés e da Fastprint.   Neste dia de trabalho destinado apenas aos associados da APR serão analisadas as seguintes matérias:   Manhã:   - Análise da situação actual; - Medidas a tomar; - Contencioso com a PassMúsica.   Tarde:   - Galgar o futuro próximo; - Da programação linear para a não linear; - Produção de conteúdos híbridos; - Plataforma digital.

Ler mais

TAMBÉM NA BEIRA INTERIOR O PS GANHA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-10-07 10:07:17

TAMBÉM NA BEIRA INTERIOR O PS GANHA

FELICITAÇÕES E PARABÉNS AOS VENCEDORES. Aos “derrotados” desejamos que tenham energia e motivação para continuarem na luta em prol dum Portugal mais justo e próspero, em paz social. Os 45,5 % de abstencionistas que meditem nas consequências por não terem cumprido o seu dever cívico… O Partido Socialista, vencedor das eleições legislativas de ontem, é também o grande dominador nos resultados da Beira Interior, ganhando nos distritos de Castelo Branco e Guarda e aumentando o número de deputados de quatro para cinco. O PSD elege apenas dois. Se em Castelo Branco o triunfo é uma repetição do que aconteceu em 2015, na Guarda é uma reviravolta, pois há quatro anos tinha sido o PSD a vencer. No distrito de Castelo Branco, o PS reforçou ainda mais o seu domínio, conseguindo este ano uma vitória esmagadora com 40,88% dos votos, contra apenas 26,33% do PSD. É uma diferença superior a 14 por cento, quando em 2015 tinha sido apenas de três por cento. Em termos de eleição de deputados pelo círculo, os socialistas elegem Hortense Martins, Eurico Brilhante Dias e Nuno Fazenda. O PSD elege apenas Cláudia André. Na terceira posição continua o Bloco de Esquerda (11,05%), seguido de CDU (4,75%), CDS (3,71%), PAN (2,38%) e Chega (1,27%). Por concelho, os socialistas mantêm as vitórias no Fundão, Covilhã, Belmonte, Castelo Branco, Idanha-a-Nova e Vila velha de Ródão e conquistam Penamacor e Proença-a-Nova (que há quatro anos haviam votado PSD). O PSD vence em três concelhos “habituais” na zona do Pinhal: Oleiros, Sertã e Vila de Rei. A abstenção no distrito subiu e foi de 44,91% (em 2015 foi 42,54%).  

Ler mais

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-14 13:04:30

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

             O SITE DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO JÁ ULTRAPASSOU OS 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES DE CIBERNAUTAS DO PAÍS E DO MUNDO.     Pode escutar a RCM em :   FM: 98.7 Mhz e 107.8 Mhz   em   www.radiomonsanto.pt   ou:   www.radiomonsanto.radios.pt   e ainda acompanhar a RCM na página   www.facebook.com/radiomonsanto    

Ler mais

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-08 19:54:23

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

O SITE DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO JÁ ULTRAPASSOU OS 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES DE CIBERNAUTAS DO PAÍS E DO MUNDO.     Pode escutar a RCM em :   FM: 98.7 Mhz e 107.8 Mhz   em:   www.radiomonsanto.pt   ou:   www.radiomonsanto.radios.pt   e ainda acompanhar a RCM na página:   www.facebook.com/radiomonsanto                

Ler mais

TOLERÂNCIA ZERO PARA A PROPAGANDA DOS POLÍTICOS

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-03 17:49:33

TOLERÂNCIA ZERO PARA A PROPAGANDA DOS POLÍTICOS

  A RÁDIO CLUBE DE MONSANTO não vai acompanhar as iniciativas locais no âmbito das eleições do próximo dia 6 de Outubro. A RCM decidiu voltar a boicotar a cobertura jornalística às iniciativas desenvolvidas localmente pelos vários candidatos às eleições legislativas.  À semelhança daquela que foi a posição assumida noutras circunstâncias por esta emissora, e por várias outras rádios locais do país, e recentemente na campanha para as eleições europeias, a RCM vai continuar sem acompanhar as acções de campanha promovidas localmente pelos candidatos a deputados à Assembleia da República. Na base desta decisão estão uma série de entraves que têm vindo a ser colocados às rádios locais, com decisões que podem levar, no limite, ao fechar de portas de várias estações emissoras.  “Os problemas das rádios portuguesas já são há muito tempo conhecidos pela classe política, mas a situação das rádios de proximidade está, em nosso entender, numa fase crítica, decisiva até". A não emissão de tempos de antena e a situação dos pagamentos dos direitos conexos são apenas duas das matérias referidas, sendo que "O Estado não defende os direitos das rádios locais", e que "os políticos não ouvem as rádios", por isso, "chegou o momento das rádios não ouvirem os políticos".

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line