Notícias

ESPECIALISTA DIZ QUE CONTAMINAÇÃO EM QUEIJOS DE IDANHA-A-NOVA “NÃO É NORMAL”

Escrito por RCM/Lusa em 2016-02-05 12:39:02

ESPECIALISTA DIZ QUE CONTAMINAÇÃO EM QUEIJOS DE IDANHA-A-NOVA “NÃO É NORMAL”

A especialista em segurança alimentar Paula Teixeira disse à Lusa que a contaminação pela bactéria ‘listeria’ verificada na Cooperativa de Produtores de Queijo em Idanha-a-Nova “não é nada normal”. “Isto [a contaminação] não é nada normal: 39 amostras positivas em 52 lotes. Diria que não foi uma contaminação que ocorreu de ontem para hoje”, afirmou a especialista em segurança alimentar e investigadora da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica do Porto. A Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) mandou destruir recentemente 29 toneladas de queijo produzidas na Cooperativa de Produtores de Idanha-a-Nova, devido à presença da bactéria ‘listeria monocytogenes’. Paula Teixeira admitiu que, tendo em consideração a sua experiência com outros casos semelhantes, “provavelmente” a bactéria “está de alguma forma instalada no local de produção”.

VILA VELHA DE RODÃO: QUERCUS EXIGE ENCERRAMENTO DE CENTRAL NUCLEAR

Escrito por RCM/Lusa em 2016-02-04 14:24:00

VILA VELHA DE RODÃO: QUERCUS EXIGE ENCERRAMENTO DE CENTRAL NUCLEAR

A associação ambientalista Quercus exige o encerramento da central nuclear espanhola de Almaraz, situada a 100 quilómetros de Portugal, e alertou que o país não está preparado para lidar com um acidente grave. O jornal espanhol El Pais noticiou esta semana que inspectores do Conselho de Segurança Nuclear espanhol (CSN)“têm alertado para falhas no sistema de arrefecimento de serviços essenciais da central nuclear”, tendo relatado que “cinco inspectores consideraram que não há garantias suficientes de que as bombas de água do sistema de serviços essenciais operem com normalidade”. Segundo a Quercus, aquela central nuclear tem “tido incidentes com regularidade, existindo situações em que já foram medidos níveis de radioactividade superior aos permitidos”. “Portugal pode vir a ser afectado caso ocorra um acidente grave, quer por contaminação das águas, quer por contaminação atmosférica, pela grande proximidade geográfica existente”, alerta a Quercus. A Quercus sublinha também que “Portugal não revela estar minimamente preparado para lidar com um cenário daquele tipo”, que afectaria a zona fronteiriça, em especial do distrito de Castelo Branco, concelho de Vila Velha de Rodão.  

COMISSÃO DE UTENTES VOLTA A REIVINDICAR A ABOLIÇÃO DE PORTAGENS NA A23

Escrito por RCM/Lusa em 2016-02-04 14:19:41

COMISSÃO DE UTENTES VOLTA A REIVINDICAR A ABOLIÇÃO DE PORTAGENS NA A23

A Comissão de Utentes da A23 voltou esta semana a reivindicar a abolição das portagens naquela via e prometeu endurecer a luta com várias acções de rua. Marco Gabriel, membro da Comissão de Utentes reiterou os argumentos contra o pagamento de portagens nesta ex-Scut (via sem custos para o utilizador), cujos valores são mais caros do que os praticados na A1 (auto-estrada do norte). O facto de contribuírem para o aumento das desigualdades entre Litoral e Interior, de não existirem vias alternativas, de contribuírem para o aumento da sinistralidade nas estradas nacionais ou de penalizarem cidadãos e empresas foram alguns dos aspectos apontados pelos intervenientes. A auto-estrada da Beira Interior atravessa os distritos da Guarda, Castelo Branco, Santarém e Portalegre, e permite a ligação entre Torres Novas e a Guarda.

FADO E MÚSICA TRADICIONAL NO FESTIVAL DO AZEITE E FUMEIRO DE PROENÇA-A-VELHA

Escrito por RCM em 2016-02-02 17:09:17

FADO E MÚSICA TRADICIONAL NO FESTIVAL DO AZEITE E FUMEIRO DE PROENÇA-A-VELHA

A música tradicional portuguesa e o fado vão animar o XIV Festival do Azeite e Fumeiro. O certame acontece em Proença-a-Velha, no fim-de-semana de 6 e 7 de fevereiro e conta com a participação de vários grupos do concelho de Idanha-a-Nova. Durante as tardes de sábado e domingo, sobem ao palco grupos de adufeiras e de cantares. No sábado, pelas 20 horas, há uma Grande Noite de Fados com as vozes de António Pinto Bastos, Rita Inácio e Luís Caeiro, enquanto no domingo actua o artista Augusto Canário. O certame, que decorre no Núcleo Museológico do Azeite – Lagares de Proença-a-Velha, conta ainda com expositores de produtos regionais, tasquinhas, animação infantil, arruadas, workshops, live cooking, demonstração da produção de enchido tradicional e o 8º Passeio de BTT “Rota do Azeite”. O Festival do Azeite e Fumeiro é organizado pelo Município de Idanha-a-Nova e pela Junta de Freguesia de Proença-a-Velha.

AIDA RECHENA QUER APLICAR MODELO DA MUSEOLOGIA SOCIAL NO MUSEU DO CHIADO

Escrito por RCM/Lusa em 2016-02-01 15:03:54

AIDA RECHENA QUER APLICAR MODELO DA MUSEOLOGIA SOCIAL NO MUSEU DO CHIADO

A nova directora do Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado, Aida Rechena, vai aplicar o conceito da museologia social como modelo de trabalho naquela instituição de Lisboa, que, no ano passado, recebeu cerca de 51.000 visitantes. Na primeira entrevista desde a entrada em funções no Museu do Chiado, há menos de um mês, Aida Rechena sublinhou o "aumento significativo" do número de visitantes no ano passado - mais de 10 mil do que em 2014 -, relacionando-o com a abertura do novo espaço, com entrada pela rua Capelo, onde outrora funcionou o Governo Civil de Lisboa. Natural da aldeia de Monsanto, Aida Rehena foi directora do Museu Francisco Tavares Proença Júnior, em Castelo Branco, desde 2005, função que acumulou com a direcção do Museu da Guarda, entre 2012 e setembro passado. Foi distinguida em 2012 pela Associação Portuguesa de Museologia, pela tese de doutoramento "Sociomuseologia e Género. Imagens da Mulher em exposições de Museus Portugueses".  

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 |

FAMÍLIA PAULOURO SAI DO “JORNAL DO FUNDÃO”

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-22 12:51:56

FAMÍLIA PAULOURO SAI DO “JORNAL DO FUNDÃO”

Na quinta-feira, 12 de Abril, a família Paulouro vendeu à Global Media Group os 39% de capital que mantinha no Jornal do Fundão (JF). Termina, deste modo, a história ímpar de uma publicação, nascida em 1946, que, pela defesa da Beira interior e, sobretudo, pela qualidade dos seus suplementos culturais, teve uma dimensão nacional e de referência na luta contra a ditadura. Há tempos calaram a Rádio Jornal do Fundão...por sinal ligada, directa ou indirectamente, ao mesmo grupo. ………………………………………… “Agora, pela primeira vez, a família de António Paulouro deixará, com mágoa, de ter qualquer responsabilidade nos destinos do “Jornal do Fundão”, que configura um património inestimável na história da imprensa portuguesa. Termina um ciclo de 72 anos.” Aqui fica o nosso muito sincero abraço solidário.

Ler mais

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-17 18:56:45

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

PATRIMÓNIO CULTURAL E TURISMO SUSTENTÁVEL DE GERAÇÃO PARA GERAÇÃO   O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se celebra a 18 de Abril, este ano tem como tema “Conhecer, Explorar, Partilhar”, pretende promover os monumentos e sítios históricos e valorizar o património português, ao mesmo tempo que tenta alertar para a necessidade da sua conservação e protecção. Em cada terra, erguem-se monumentos que nos levam para as nossas origens, para as nossas raízes.  Castelos, muralhas, pelourinhos, pontes, museus, igrejas, alminhas e casas senhoriais dão forma e beleza a tantos povos espalhados nas encostas, nas planícies e nos vales de um território tão esquecido.  “Património Cultural e Turismo Sustentável” é o desafio do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se assinala, na quarta-feira, 18 de Abril de 2018. A data pretende promover os monumentos e sítios históricos e valorizar o património português, ao mesmo tempo que tenta alertar para a necessidade da sua conservação e protecção. Instituída a 18 de Abril de 1982 pelo ICOMOS – Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios, uma associação de profissionais da conservação do património, esta data foi aprovada pela UNESCO em 1983.  

Ler mais

MONSANTO ELEITO DESTINO CINCO ESTRELAS

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-14 20:38:50

MONSANTO ELEITO DESTINO CINCO ESTRELAS

A aldeia histórica de Monsanto foi distinguida com o galardão Portugal Cinco Estrelas, que visa premiar o que de melhor existe no país, desde marcas empresariais aos ícones do património nacional. O galardão foi entregue a 12 de Abril em Lisboa, numa gala no Teatro Thalia, e recebido por Armindo Jacinto, Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. “Este é mais um reconhecimento de Monsanto como destino de excelência, a somar a outros igualmente espontâneos como a eleição de Monsanto nas 30 aldeias e vilas mais bonitas da Europa por 300 profissionais da Associação de Agências de Viagem do Japão ou a reportagem elogiosa que a BBC dedica este mês a Monsanto”, refere Armindo Jacinto. Após as distinções internacionais que Monsanto tem merecido nos últimos anos, o reconhecimento acontece agora também no mercado interno. O prémio Cinco Estrelas vem reforçar o prestígio e a notoriedade de Monsanto, mas também do concelho de Idanha-a-Nova e do território do Geopark Naturtejo – Geoparque Mundial da UNESCO, que tem na “Aldeia Mais Portuguesa” um dos seus principais ícones. Esta foi a primeira edição do galardão Portugal Cinco Estrelas, criado para distinguir os principais recursos patrimoniais que caracterizam e valorizam o nosso país e o tornam num destino verdadeiramente cinco estrelas, bem como as marcas exclusivamente de origem portuguesa. Monsanto foi um dos vencedores ao nível do património nacional, na categoria “Aldeias e Vilas”, após mais de 200 mil votos online.

Ler mais

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO

Facebook

Escrito por rcm em 2018-04-06 10:58:10

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO EM MONSANTO...Vale mais tarde do que nunca... Maria Leonor Carvalhão Buescu (1932-1999), investigadora, ensaísta e professora universitária, foi homenageada, a título póstumo, com a atribuição do seu nome a um largo em Monsanto, sua terra natal. A cerimónia teve lugar no passado dia 31 de Março, reunindo familiares e amigos num largo junto da casa onde residiram os seus falecidos pais. Pelo seu trabalho em prol da cultura portuguesa, o nome desta Monsantina, já há muito que também faz parte da toponímia de Lisboa e da Amadora.  

Ler mais

PALESTRA " A CULTURA CELTA NA BEIRA BAIXA"

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-02 16:19:08

PALESTRA

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2018 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line