Notícias

CASTELO BRANCO: FESTIVAL LEVA ARTISTAS E ARTE URBANA A QUATRO ALDEIAS DO CONCELHO

Escrito por RCM em 2016-02-15 12:08:11

CASTELO BRANCO: FESTIVAL LEVA ARTISTAS E ARTE URBANA A QUATRO ALDEIAS DO CONCELHO

O segundo Festival Aldeias Artísticas vai ter lugar em maio. A iniciativa que pretende levar a arte urbana a aldeias do concelho de Castelo Branco, conta com a adesão de mais de 200 artistas. "Este ano, recebemos mais de 200 candidaturas de artistas nacionais e estrangeiros para participar no festival, que decorre na última semana de maio", disse Nuno Leão, um dos responsáveis da associação Terceira Pessoa. O certame, tal como na primeira edição, decorre nas aldeias de Barbaído, Chão da Vã, Freixial do Campo e Juncal do Campo, onde os artistas participantes desenvolvem com as comunidades locais espaços de arte, música, dança, cinema e outras iniciativas. A organização está a sentir algumas dificuldades devido à falta de apoios, apesar do impacto que o evento teve em 2015, afirmou Nuno Leão. "Apesar do sucesso da edição anterior, o impacto não se fez sentir ao nível de apoios. Nesta altura, o 'Aldeias Artísticas' não tem qualquer apoio específico para a sua realização", sublinhou.  

13 DE FEVEREIRO - DIA MUNDIAL DA RÁDIO

Escrito por RCM em 2016-02-13 13:27:13

13 DE FEVEREIRO - DIA MUNDIAL DA RÁDIO

Desde 2012 que é comemorado oficialmente o 13 de Fevereiro como Dia Mundial da Rádio. A data escolhida pela UNESCO para a comemoração coincide com o dia em que em 1946 a Radio ONU foi estabelecida numa resolução das Nações Unidas.  Começou a transmitir desde a sede na Nações Unidas em Nova Iorque, em onda curta para o resto do mundo. Noticiários e programas com cinco línguas oficiais da ONU - Chinês, Inglês, Francês, Russo e Espanhol - durante 9 a 12 horas por dia. A Rádio mesmo após o aparecimento da televisão manteve-se firme como meio de escuta ao longo de várias gerações, mantendo-se como um meio de contacto regular e permanente, mesmo numa época onde desde há 20 anos a internet foi tomando posição como plataforma de divulgação artística, cultural, educacional e informativa.  A rádio adaptou-se no tempo. As novas tecnologias e equipamentos foram integrados. A  mobilidade, criatividade e interactividade que as novas plataformas introduziram no ambiente digital, não são senão a mesma lógica e ADN que a rádio sempre posicionou. A Rádio como plataforma de debate e comunicação, promoção cultural ou de informação em situações de emergência social. Uma plataforma para divulgar artistas, talentos, factos e histórias.

GOVERNO VOLTA A PERMITIR CAÇA NA SERRA DA MALCATA

Escrito por RCM em 2016-02-12 12:35:27

GOVERNO VOLTA A PERMITIR CAÇA NA SERRA DA MALCATA

A Quercus denunciou, esta sexta-feira, a decisão do Governo de permitir a caça na Reserva Natural da Serra da Malcata considerando que não tem fundamentação científica e coloca em risco a recuperação de espécies como o lince ou o lobo. "A Quercus contesta esta opção do Governo, pois a mesma pode colocar em causa a recuperação de várias espécies que se encontram a recuperar na zona, como o corço, o veado ou o coelho, e ainda de espécies em perigo como o lince, o lobo ou o abutre-preto", destacou. Realçando não estarem contra a caça, actividade que é possível exercer "na maioria do território português", os ambientalistas defendem que "esta decisão do Governo carece de qualquer fundamentação científica, não se conhecendo até à data nenhum estudo sobre as populações de espécies que possam vir a ser exploradas cinegeticamente". A Câmara Municipal de Penamacor há muito que defende a criação de uma zona de caça municipal na Serra da Malcata. O presidente da câmara levou em 2014 o assunto a uma reunião no Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas. O autarca de Penamacor acredita que a criação desta reserva de caça pode ser uma mais valia no âmbito da candidatura apresentada para a inclusão da Malcata na carta europeia de turismo sustentável.

LINHA DA BEIRA BAIXA: COMBOIOS NO TROÇO COVILHÃ/GUARDA SÓ EM 2018

Escrito por RCM/Jornal Público em 2016-02-11 13:37:57

LINHA DA BEIRA BAIXA: COMBOIOS NO TROÇO COVILHÃ/GUARDA SÓ EM 2018

O troço entre Covilhã e Guarda só vai estar concluído e pronto para receber comboios em 2018. A informação é avançada pelo jornal Público. O troço em causa tem apenas 46 quilómetros e é fundamental para voltar a integrar a linha da Beira Baixa na rede ferroviária nacional visto que na Guarda entronca na linha da Beira Alta, constituindo assim uma segunda via de ligação à fronteira de Vilar Formoso. Numa analogia com a rodovia, seria como se a A23 só existisse até à Covilhã sem ter continuidade até à A25 na Guarda. A inexistência desta ligação tem saído cara aos operadores ferroviários (CP, CP Carga e Takargo) porque, quando há descarrilamentos na linha da Beira Alta, são obrigados a fazer transbordos rodoviários ou a suprimir os comboios, o que não aconteceria se pudessem circular pela Beira Baixa. A retoma dos trabalhos de modernização da linha da Beira Baixa entre Covilhã e Guarda só terá início em 2017. Os trabalhos deverão estar concluídos em finais 2018.

FALTA DE NEVE CAUSA PREJUIZO AVULTADO NAS PISTAS DE ESQUI DA SERRA DA ESTRELA

Escrito por RCM/Lusa em 2016-02-10 13:36:24

FALTA DE NEVE CAUSA PREJUIZO AVULTADO NAS PISTAS DE ESQUI DA SERRA DA ESTRELA

As pistas de esqui da Serra da Estrela ainda não abriram este inverno, devido à falta de neve. O director-geral da estância adiantou hoje que o prejuízo é já superior a meio milhão de euros. “Reportando-nos ao último ano, e sem termos em conta as perspectivas de crescimento que tínhamos para 2016, estamos seguramente a falar de mais de meio milhão de euros de prejuízo”, afirmou Carlos Varandas, em declarações à agência Lusa. O responsável explicou que as poucas vezes que caiu neve na Serra da Estrela não foi em quantidade suficiente para pôr a funcionar as pistas. Além disso as temperaturas que se têm registado também não permitiram recorrer à produção de neve artificial. “Temos condições técnicas para fazê-lo, mas com temperaturas elevadas como as deste ano torna-se impossível”, acrescentou.  

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 |

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-17 18:56:45

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

PATRIMÓNIO CULTURAL E TURISMO SUSTENTÁVEL DE GERAÇÃO PARA GERAÇÃO   O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se celebra a 18 de Abril, este ano tem como tema “Conhecer, Explorar, Partilhar”, pretende promover os monumentos e sítios históricos e valorizar o património português, ao mesmo tempo que tenta alertar para a necessidade da sua conservação e protecção. Em cada terra, erguem-se monumentos que nos levam para as nossas origens, para as nossas raízes.  Castelos, muralhas, pelourinhos, pontes, museus, igrejas, alminhas e casas senhoriais dão forma e beleza a tantos povos espalhados nas encostas, nas planícies e nos vales de um território tão esquecido.  “Património Cultural e Turismo Sustentável” é o desafio do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se assinala, na quarta-feira, 18 de Abril de 2018. A data pretende promover os monumentos e sítios históricos e valorizar o património português, ao mesmo tempo que tenta alertar para a necessidade da sua conservação e protecção. Instituída a 18 de Abril de 1982 pelo ICOMOS – Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios, uma associação de profissionais da conservação do património, esta data foi aprovada pela UNESCO em 1983.  

Ler mais

MONSANTO ELEITO DESTINO CINCO ESTRELAS

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-14 20:38:50

MONSANTO ELEITO DESTINO CINCO ESTRELAS

A aldeia histórica de Monsanto foi distinguida com o galardão Portugal Cinco Estrelas, que visa premiar o que de melhor existe no país, desde marcas empresariais aos ícones do património nacional. O galardão foi entregue a 12 de Abril em Lisboa, numa gala no Teatro Thalia, e recebido por Armindo Jacinto, Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. “Este é mais um reconhecimento de Monsanto como destino de excelência, a somar a outros igualmente espontâneos como a eleição de Monsanto nas 30 aldeias e vilas mais bonitas da Europa por 300 profissionais da Associação de Agências de Viagem do Japão ou a reportagem elogiosa que a BBC dedica este mês a Monsanto”, refere Armindo Jacinto. Após as distinções internacionais que Monsanto tem merecido nos últimos anos, o reconhecimento acontece agora também no mercado interno. O prémio Cinco Estrelas vem reforçar o prestígio e a notoriedade de Monsanto, mas também do concelho de Idanha-a-Nova e do território do Geopark Naturtejo – Geoparque Mundial da UNESCO, que tem na “Aldeia Mais Portuguesa” um dos seus principais ícones. Esta foi a primeira edição do galardão Portugal Cinco Estrelas, criado para distinguir os principais recursos patrimoniais que caracterizam e valorizam o nosso país e o tornam num destino verdadeiramente cinco estrelas, bem como as marcas exclusivamente de origem portuguesa. Monsanto foi um dos vencedores ao nível do património nacional, na categoria “Aldeias e Vilas”, após mais de 200 mil votos online.

Ler mais

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO

Facebook

Escrito por rcm em 2018-04-06 10:58:10

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO EM MONSANTO...Vale mais tarde do que nunca... Maria Leonor Carvalhão Buescu (1932-1999), investigadora, ensaísta e professora universitária, foi homenageada, a título póstumo, com a atribuição do seu nome a um largo em Monsanto, sua terra natal. A cerimónia teve lugar no passado dia 31 de Março, reunindo familiares e amigos num largo junto da casa onde residiram os seus falecidos pais. Pelo seu trabalho em prol da cultura portuguesa, o nome desta Monsantina, já há muito que também faz parte da toponímia de Lisboa e da Amadora.  

Ler mais

PALESTRA " A CULTURA CELTA NA BEIRA BAIXA"

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-02 16:19:08

PALESTRA

Ler mais

PÁSCOA FELIZ PARA SI, FAMÍLIA E AMIGOS

Facebook

Escrito por RCM em 2018-03-28 12:38:47

PÁSCOA FELIZ PARA SI, FAMÍLIA E AMIGOS

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2018 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line