Notícias

ÓBIDOS E IDANHA-A-NOVA PREPARAM PROGRAMA QUE LIGA MÚSICA E LITERATURA

Escrito por RCM/Lusa em 2016-06-05 16:10:06

ÓBIDOS E IDANHA-A-NOVA PREPARAM PROGRAMA QUE LIGA MÚSICA E LITERATURA

Óbidos e Idanha-a-Nova, as duas cidades criativas reconhecidas pela UNESCO na zona centro do país, participam na cimeira mundial de Pequim onde acordarão uma programação conjunta no âmbito dos respectivos festivais de literatura e de música. "Sendo as duas únicas cidades criativas [em Portugal] e ambas localizadas na região centro do país consideramos interessante desenvolver uma estratégia conjunta de promoção e enriquecimentos dos programas culturais", disse à agência Lusa a vereadora da Cultura da câmara de Óbidos, Celeste Afonso. A ideia é criar uma programação comum com eventos produzidos no âmbito do Festival Fora do Lugar (realizado em Idanha-a-Nova e dedicado à música antiga) e do Fólio (Festival de literatura de Óbidos). A par, "haverá lugar a novas iniciativas, como por exemplo, residências literárias, de âmbito nacional, a realizar em Idanha e outras, no campo da música, a realizar em Óbidos", explicou a vereadora. A parceria vai ser definida durante a segunda Cimeira Mundial das Cidades Criativas da UNESCO, que decorre em Pequim, República Popular da China, entre segunda e quarta feira, sob o tema "Rede de Cidades Criativas da UNESCO: uma alavanca para o desenvolvimento urbano sustentável ".    

TERMAS DE MONFORTINHO VÃO SER ADQUIRIDAS POR SOCIEDADE COM SEDE EM IDANHA-A-NOVA

Escrito por RCM/Lusa em 2016-06-02 12:19:28

TERMAS DE MONFORTINHO VÃO SER ADQUIRIDAS POR SOCIEDADE COM SEDE EM IDANHA-A-NOVA

O complexo termal de Monfortinho vai ser adquirido pela Xipu, uma sociedade com sede em Idanha-a-Nova, liderada por António Trigueiros de Aragão. O objectivo imediato passa pela manutenção do seu funcionamento. "A sociedade prometeu adquirir as termas de Monfortinho e o objectivo passa por manter o complexo termal em funcionamento e estudar a viabilidade da industrialização das águas", disse hoje à agência Lusa António Trigueiros de Aragão. As termas de Monfortinho, em Idanha-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, tinham como proprietários uma sociedade ligada ao universo do grupo Espírito Santo. "Trata-se de uma operação entre privados que envolve um investimento avultado para a região", sublinhou António Trigueiros de Aragão. Este responsável adianta que a Beira Baixa necessita de manter e desenvolver projectos que tenham a ver com os atributos e potencialidades da região. António Trigueiros de Aragão não esconde que a sociedade que lidera quer potenciar as termas de Monfortinho tendo em mira o mercado ibérico.  

IDANHA-A-NOVA: ORGANIZAÇÃO DO BOOM FESTIVAL REJEITA ACUSAÇÕES SOBRE POLUIÇÃO

Escrito por RCM em 2016-06-02 12:13:33

IDANHA-A-NOVA: ORGANIZAÇÃO DO BOOM FESTIVAL REJEITA ACUSAÇÕES SOBRE POLUIÇÃO

O Boom Festival foi recentemente alvo de acusações sobre as suas práticas ambientais, designadamente referentes à poluição da água da Albufeira Marechal Carmona, bem como do solo da Herdade da Granja. Agora em comunicado a organização do Festival rejeita as acusações e defende que "as mesmas são falsas e sem qualquer fundamento, visando unicamente denegrir a imagem do festival na vertente em que mais tem trabalhado e pela qual é mais reconhecido internacionalmente". No mesmo comunicado, os organizadores do festival que tem lugar em Agosto em Idanha dizem ainda que no "âmbito da investigação subsequente a tais acusações foram chamadas a intervir várias entidades, mais concretamente, o Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente (SPNA), a Polícia Judiciária e a Agência Portuguesa do Ambiente que concluíram pela qualidade da água e do solo e pelo total respeito da legislação em vigor referentes a estas matérias. Em consequência, tais acusações não mereceram provimento, tendo sido arquivadas pelas instâncias judiciais. O Boom Festival é o evento nacional com maior reconhecimento mundial em termos de ambiente e um dos internacionais mais premiados pela sua política de sustentabilidade ambiental, tendo sido distinguido em 2008, 2010, 2012 e 2014 com o “Outstanding Greener Festival Award”, o prémio mundial mais importante de eventos sustentáveis atribuído por uma instituição sem fins lucrativos."

CANÇÕES DO CANTE EM IDANHA-A-NOVA

Escrito por RCM em 2016-05-27 15:45:36

CANÇÕES DO CANTE EM IDANHA-A-NOVA

A Filarmónica Idanhense apresenta no próximo dia 11 de Junho, pelas 21h30, no Centro Cultural Raiano em Idanha-a-Nova, o concerto “Canções do Cante”. Neste espectáculo, construído em Idanha-a-Nova pela Filarmónica Idanhense, encontram-se no mesmo palco a própria Filarmónica e as vozes de Janita Salomé, Vitorino Salomé e dos Cantadores do Redondo, unindo duas distinções da UNESCO: o Cante (Património Imaterial da Humanidade em 2014) e Idanha-a-Nova (Cidade Criativa no âmbito da Música). Participam também como convidadas especiais as Adufeiras de Idanha-a-Nova. “Canções do Cante” é a 11ª produção do projecto “Canções…”, um evento pioneiro em Portugal no âmbito da música filarmónica, que, iniciado em 2011 pela Filarmónica Idanhense, é dedicado única e exclusivamente à música portuguesa, aos seus autores, cantores e múltiplas formas de execução. Após o Canções ter dedicado concertos à música da Beira Baixa (2012) e ao Fado (2013), dedica este concerto ao Cante Alentejano. Os bilhetes podem ser adquiridos na Filarmónica Idanhense (dias úteis das 09:00 às 18:00) ou através dos contactos 926 938 535 e geral@filarmonicaidn.com.

FESTIVAL DA PAISAGEM NO TERRITÓRIO DA NATURTEJO

Escrito por RCM em 2016-05-27 15:42:43

FESTIVAL DA PAISAGEM NO TERRITÓRIO DA NATURTEJO

O Geopark Naturtejo promove a partir deste sábado e até ao dia 12 de junho o Festival da Paisagem 2016. O evento apresenta 15 iniciativas que representam e promovem a natureza, cultura e produtos locais do território. Em comunicado, o Geopark Naturtejo explica que o festival começa este sábado com a realização da GeoRota do Orvalho, na Serra do Muradal, em Oleiros, distrito de Castelo Branco, e termina com um jantar teatralizado no miradouro do Cabeço Mosqueiro do Orvalho. Durante todo fim-de-semana, os apreciadores dos sabores locais têm no Rosmaninhal (Idanha-a-Nova) o Festival do Borrego e, no domingo, em Penamacor, decorre uma caminhada na Aldeia de João Pires em busca das suas geoformas graníticas. Esta é uma das várias propostas lançadas pelo município de Penamacor em associação com juntas de freguesia e empresas locais para conhecer o seu património geológico recentemente reconhecido pela UNESCO no âmbito do Geopark Naturtejo. Ainda em Penamacor, no dia 03 de junho decorre a Oficina dos Fósseis, no Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches, e a 12 de junho, realiza-se a caminhada "Natureza sem Fronteiras", na Serra da Malcata. No dia 05 de junho realiza-se em Oleiros a Festa da Espiga do Estreito e no último fim-de-semana do Festival da Paisagem decorre a Rota dos Fósseis de Penha Garcia. A fechar o Festival, a freguesia de Segura, em Idanha-a-Nova, recebe a II Festa das Migas para celebrar um dos contextos gastronómicos regionais mais diversificados e populares. Este ano, o Festival da Paisagem celebra também os 10 anos de reconhecimento internacional do Geopark Naturtejo como território UNESCO.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 | 254 | 255 |

UM BOM ANO PARA TODOS

Facebook

Escrito por RCM em 2020-01-01 16:37:13

UM BOM ANO PARA TODOS

  Já estamos no novo ano, o ano do duplo 20, foi um ano referido para muita coisa, mas não passou de meras referências.   Dum modo geral, a nível económico e político, nada se espera de novo, o Governo continuará a sua evolução na continuidade, tentando equilibrar as contas públicas, com reduzido investimento público e com uma pesada carga fiscal.   Não se afigura grande vontade em contrariar a crise existente na generalidade da comunicação social, todavia têm-se verificado várias pressões, especialmente do Senhor Presidente da República que não perde uma única ocasião para se referir ao assunto.   Acresce a este problema a agudização da crise no sector da imprensa e, por arrastamento, grandes dificuldades para um número significativo de jornalistas, o que sensibiliza mais os políticos do que a situação da Rádio e dos seus profissionais, muitos deles também jornalistas. Porém, se qualquer medida for tomada, dificilmente o sector da Rádio será excluído, ainda que beneficie muito menos do que a Imprensa.   Existe a dúvida, mas também a esperança, sempre a esperança… de que talvez um dia percebam mesmo o problema, poderá ser neste novo ano, assim o desejamos.

Ler mais

PETIÇÃO PÚBLICA EM DEFESA DO ENSINO SUPERIOR EM IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-12-28 19:12:57

PETIÇÃO PÚBLICA  EM DEFESA DO ENSINO SUPERIOR EM IDANHA-A-NOVA

    Para que a Escola Superior de Gestão se mantenha com a sede, na Vila de Idanha-a-Nova, o Movimento pela sua Autonomia pede aos naturais, residentes e amigos do Concelho de Idanha-a-Nova e aos que defendem o interior do País, que assinem, com a máxima urgência, a petição pública que está on line, no facebook, ou em folhas de papel, distribuídas por todas as freguesias do Concelho. Este território não pode ser mais esvaziado. Este povo raiano não merece ser castigado. Contamos consigo, para garantir um futuro melhor para os nossos filhos e netos. Bem-haja.

Ler mais

LEI DA TRANSPARÊNCIA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-23 18:07:32

LEI DA TRANSPARÊNCIA

LEI DA TRANSPARÊNCIA   NFORMAÇÃO INSTITUCIONAL DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO (Publica-se nos termos da Lei da transparência nos meios da comunicação social) Director Executivo: Professor Joaquim Manuel da Fonseca a) - Capital Social: 142.047,72 €; b) - Sócio único e detentor da totalidade do capital social da empresa MONSANTORÁDIO; c) - Administrador e Gestor da RCM: http://www.radiomonsanto.pt/…/pdf/administrador_e_gestor.pdf d) - Responsável pela orientação e pela supervisão do conteúdo das emissões da RCM; e) - Estatuto Editorial da RCM: http://www.radiomonsanto.pt/ficheiros/pdf/estatuto.pdf

Ler mais

SECRETARIA DE ESTADO DAS FLORESTAS EM CASTELO BRANCO

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-20 13:53:13

SECRETARIA DE ESTADO DAS FLORESTAS EM CASTELO BRANCO

    O Governo vai instalar em Castelo Branco a Secretaria de Estado Conservação da Natureza, Florestas e do Ordenamento do Território. O antigo Presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova regressa assim a Castelo Branco, onde no último ano trabalhou como Secretário de Estado da Valorização do Interior. O Governo retirou a Secretaria de Estado da Valorização do Interior de Castelo Branco, transferindo-a para Bragança, onde começou a funcionar na segunda-feira.

Ler mais

DESPREZO PELA BEIRA INTERIOR

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-19 10:29:56

DESPREZO PELA BEIRA INTERIOR

DESPREZO PELA BEIRA INTERIOR   O Governo extinguiu a Secretaria de Estado da Valorização do Interior em Castelo Branco pouco mais de um ano depois de ter anunciado a sua instalação na cidade. A União dos Sindicatos de Castelo Branco diz que o interior "fica a ver navios". O organismo passa a estar sediado em Bragança, terra da nova titular da pasta, Isabel Ferreira. A ministra da Coesão Territorial, afirmou que este “é um sinal de que o Governo quer associar o conhecimento, as instituições de ensino superior, as autarquias e as associações empresariais para o desenvolvimento do Interior”, dizendo ainda que com a escolha de Bragança “é muito mais fácil aos actores que temos aqui no território ir bater à porta da Senhora Secretária de Estado e da sua equipa, e porque para nós é mais fácil acompanhar o que se passa no território, sempre de braço dado com os actores locais”. No comunicado em que anuncia a nova morada não é feita qualquer referência à anterior localização em Castelo Branco. A Secretaria de Estado da Valorização do Interior foi criada em Outubro do ano passado e teve como titular João Paulo Catarino, que com o novo Governo transitou para a pasta das florestas. Para os sindicatos da CGTP não faz sentido instalar a secretaria de estado consoante a origem do titular da pasta e demonstra a “ausência de uma verdadeira politica para o Interior e de coesão territorial”, com uma “lógica de ziguezague, traduzida em constantes mudanças de sedes e de rumo” com o objectivo de “esconder o falhanço das políticas e fazer crer que algo está a ser feito, com o único fito de criar expectativas (falsas) nas populações e fazer que anda sem andar”.   Reconquista - 18/11/2019

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2020 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line