Notícias

AGRICULTURA BIOLÓGICA E BIODINÂMICA EM DEBATE NO CENTRO CULTURAL RAIANO

Escrito por RCM em 2016-10-24 14:54:54

AGRICULTURA BIOLÓGICA E BIODINÂMICA EM DEBATE NO CENTRO CULTURAL RAIANO

Durante dois dias especialistas nacionais e internacionais estiveram reunidos em Idanha-a-Nova para debater a importância da agricultura biológica e biodinâmica. O auditório do Centro Cultural Raiano foi o local escolhido para a realização da conferência “Agricultura com futuro, Hoje!”. Em debate esteve a biodinâmica e o ciclo de vida orgânico da agricultura numa conferência que pretendeu sensibilizar para as vantagens dos produtos biológicos. Diversos temas cruciais para a agricultura sustentável foram apresentados, discutidos e aprofundados em 6 workshops. O encontro que terminou no sábado foi organizado pela Living Seeds Sementes Vivas S.A, Câmara Municipal Idanha-a-Nova e Associação Biodinâmica de Portugal (ABIOP), juntou em Idanha-a-Nova, vários especialistas mundiais em agricultura biológica e biodinâmica. Para André Tranquilini, o gerente agrícola da Living Seeds este ciclo de conferência pretendeu promover a partilha de conhecimento. A proximidade com a comunidade local é para a Living Seeds um elemento importante e a ideia de organizar a conferência é exemplo desse mesmo conceito.

MUSEU DA RÁDIO

Escrito por RCM em 2016-10-19 18:23:12

MUSEU DA RÁDIO

Em Alcobaça está a ser construído um Museu da Rádio. Considerado como uma das grandes prioridades da política cultural da Câmara Municipal de Alcobaça, as previsões aprontam para a abertura de portas do novo museu a 18 de Maio do próximo ano, data em que se assinala o Dia Internacional dos Museus. A estrutura museológica será instalada junto ao Mosteiro de Alcobaça, e deverá albergar as mais de 5.000 peças de equipamentos técnicos de radiodifusão e de telecomunicações que constituíam uma colecção particular de José Madeira Neves, antigo funcionário da Emissora Nacional. 

IDANHA-A-NOVA RECEBE CONFERÊNCIA “AGRICULTURA COM FUTURO: HOJE!”

Escrito por RCM em 2016-10-18 14:23:07

IDANHA-A-NOVA RECEBE CONFERÊNCIA “AGRICULTURA COM FUTURO: HOJE!”

O Centro Cultural Raiano (CCR), em Idanha-a-Nova, vai receber nos dias 21 e 22 de outubro a conferência “Agricultura com Futuro: Hoje!”. Neste encontro vão participar especialistas internacionalmente reconhecidos, provenientes de Portugal, Suíça, Alemanha, Reino Unido, Espanha, México, Holanda, França, Áustria e Brasil. Ao longo de dois dias, pretende-se consciencializar para o modo de produção biológico e biodinâmico e o ciclo de vida orgânico da agricultura, para as suas complexidades e desafios, mas também para as vantagens dos produtos biológicos, tanto a nível global como para Portugal, em particular. A organização é da Living Seeds – Sementes Vivas, Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e ABIOP – Associação Biodinâmica de Portugal. A participação está aberta a todos os interessados. Inscrições e mais informações junto da Living Seeds – Sementes Vivas, através dos contactos +351 912 944 961 (Hugo Zina) ou no sítio www.ls-sv.eu no separador Eventos.

UM SÓ REGULADOR PARA A COMUNICAÇÃO SOCIAL

Escrito por Correio da Manhã em 2016-10-17 12:22:46

UM SÓ REGULADOR PARA A COMUNICAÇÃO SOCIAL

Por Sandra Rodrigues dos Santos | CORREIO DA MANHÃ |16.10.16   Elemento da ERC defende revisão das leis para os media à luz das novas realidades. A legislação nacional relativa aos meios de comunicação social precisa de uma revisão urgente e que ponha fim aos conflitos existentes entre os três órgãos reguladores do sector. A defesa de um modelo regulatório integrado é feita por Raquel Alexandra, membro do Conselho Directivo da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) na sua tese de doutoramento, entretanto publicada em livro. "Actualmente há várias injustiças na legislação, que impõe um escrutínio muito mais rigoroso aos meios de comunicação social do que a empresas que, não estando registadas como tal, acabam por exercer actividades semelhantes decorrentes das novas realidades", afirmou Raquel Alexandra ao Correio da Manhã. Ressalvando que não lhe compete decidir como é que essa revisão deve ser feita, a antiga jornalista aponta o exemplo espanhol. "As várias vertentes da regulação da comunicação social foram reunidas sob uma única entidade que conta com subreguladores com competências bem definidas para cada área, facilitando a articulação entre si", refere. No seu livro, ‘Constituição, Lei e Regulação dos Media’, Raquel Alexandra aponta aquilo que considera uma "autofagia regulatória" com a ERC, Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) e Autoridade da Concorrência (AdC) a partilharem competências semelhantes, por um lado, e a terem atribuídas competências que entram em conflito.   

VILA VELHA DE RODÃO: CUSTÓDIO CASTELO NA CASA DE ARTES E CULTURA DO TEJO

Escrito por RCM em 2016-10-11 14:08:35

VILA VELHA DE RODÃO: CUSTÓDIO CASTELO NA CASA DE ARTES E CULTURA DO TEJO

O músico Custódio Castelo apresenta no dia 29 de outubro, o seu mais recente trabalho “Maturus”. O concerto vai ter lugar às 21:00. na Casa de Artes e Cultura do Tejo, em Vila Velha de Ródão. O único guitarrista no mundo que tem e toca uma guitarra siamesa, que une as guitarras de Lisboa e Coimbra numa mesma caixa de ressonância, vai apresentar os temas do seu último álbum, o terceiro de originais. Guitarrista, compositor e produtor ao longo de 25 anos de carreira, Custódio Castelo vai trazer ao auditório da Casa de Artes e Cultura do Tejo, José Raimundo ao piano; Miguel Carvalhinho na guitarra clássica; Pedro Ladeira no clarinete; Carlos Menezes no contrabaixo e Rui Gonçalves na bateria. Ao longo da sua carreira, o músico português acompanhou fadistas, como Amália Rodrigues, Ana Moura, Mísia, Cristina Branco, Mafalda Arnauth, Mariza, entre outros.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 |

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-04-17 13:01:43

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA

NO CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA UM TESTEMUNHO DE AFONSO ALMEIDA BRANDÃO     Na sua fase inicial de vida é sabido que ainda chegou a exercer Medicina cerca de um ano. Posteriormente, a sua veia de Escritor falou mais forte e acabaria por escrever vários Livros excepcionais que deixaria a Título Póstumo. Conheci o Fernando Namora nos inícios da Década de 80 Anos, da 2º Metade do Séc. XX.   Ele no Inverno refugiava-se na aldeia do Magoito (localidade a cerca de 10 Km. de Sintra), na Vivenda do dono da Editora das EDIÇÕES 70, para escrever. Chegava a ficar por lá 3 a 4 meses alojado. Vinha à Vila almoçar por volta das 15 horas (sempre no Café Lé) e, à noite, ficava por casa a ver TV, outras vezes a ouvir Música Clássica ou a escrever. Invariavelmente, bebia um Chá acompanhado de uma Torradas. Deitava-se, regra geral, entre as 3 e as 4 horas da madrugada.    Eu e o Eng. Eduardo Silva --- o dono das EDIÇÕES 70, à época --- cedia-lhe a sua Vivenda gratuitamente para ele escrever. Raro era o dia em que nós os três não estávamos juntos. EU vivia no Magoito com a minha ex-Mulher (e que por lá continua) e o Eduardo vinha de Lisboa ao Magoito, todos os dias, e ficava instalado na Residencial Central, do velho Nuro Gulamhussen, um comerciante de nacionalidade indiana, mas naturalizado português há muitos anos.      Estas estadias do Fernando Namora, no Inverno, na Aldeia do Magoito, foram frequentes ao longo de vários anos. A Amizade entre AMBOS (Escritor e Editor) era uma Amizade antiga de tempos de Escola e Meninice). Recordo, com saudade, estes encontros.Já lá vão quase 40 Anos, como o Tempo passa, Meu Deus!   Por vezes EU e o Eduardo íamos visitá-lo à noite. Do Centro da Aldeia e do Café onde estávamos, à casa onde se encontrava o Fernando Namora, eram 600 metros, mais coisa-menos coisa. Aparecíamos de surpresa e ele ficava feliz por nos ver.    Numa certa noite chegou mesmo a desabafar: «Ainda bem que vocês apareceram. Estou sem paciência para escrever, não sai nada de jeito... Vamos comemorar, ouvir música e conversar. A escrita fica para amanhã...». E os três acabávamos, assim, por entrar pela Noite dentro, ao som de música Clássica (na maioria das vezes, com trechos de Chopin), tendo como única companhia uma garrafa de Whisky.Velho -- 12 Anos, um pacote de Bolacha Maria e muita conversa animada e bem disposta.   Ambos já não estão entre nós, infelizmente.Tenho Saudades, imensas Saudades deles e daquele Tempo.  São tempos que não voltam mais... nunca mais... Ficaram "enterrados" no Passado...   Recordo-os, agora e hoje, com os olhos marejados de lágrimas, estes dois bons Amigos Nobres --- e que faziam o favor de me aturar e acolher nos seus convívios e serões inesquecíveis...   Paz à Vossa Alma e até um Dia!   Afonso Almeida Brandão

Ler mais

HOMENAGEM AO MÉDICO E ESCRITOR FERNANDO NAMORA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-04-11 10:16:54

HOMENAGEM AO MÉDICO E ESCRITOR FERNANDO NAMORA

HOMENAGEM AO MÉDICO E ESCRITOR FERNANDO NAMORA NO CENTENÁRIO DO SEU NASCIMENTO (15 DE ABRIL DE 1919 - 2019)       A Sociedade dos Amigos do Museu de Francisco Tavares Proença Júnior promove na sexta-feira, pelas 18 horas, uma homenagem a Fernando Namora.   A apresentação de “A medicina em Fernando Namora como celebração dos valores humanos” está a cargo de António Lourenço Marques Gonçalves da Sociedade dos Amigos do Museu de Francisco Tavares Proença Júnior e director dos cadernos de Cultura : Medicina da Beira Interior.   A cerimónia de homenagem do centenário de nascimento de Fernando Namora vai contar também com o testemunho de Joaquim Manuel da Fonseca, amigo de Fernando Namora e director da Rádio Clube de Monsanto.   Vai ainda ser feita uma leitura de textos do escritor por Otília Duarte, Mariana Galeano e Ana Celeste Azevedo.   O Museu de Francisco Tavares Proença Júnior tem no seu acervo, duas telas de Fernando Namora que revelam uma das suas facetas artística mais desconhecida e um raro e original relatório médico da sua passagem pela freguesia de Tinalhas, documento que será editado num dos próximos números da revista da “Materiaes”, órgão da Sociedade dos Amigos do Museu.   O ano de 2019 vai também trazer a reedição das obras de Fernando Namora, como a “A noite e a madrugada”, drama que decorre na fronteira de Penha Garcia.   Fernando Namora nasceu a 15 de Abril de 1919 em Condeixa-a-Nova.   Faleceu em Lisboa em 1989.   Médico de profissão foi autor de uma extensa obra, bastante divulgada e traduzida em várias línguas nas décadas de 70 e 80 do século XX , que tiveram nas paisagens geográficas e humanas da Beira Baixa , principalmente a aldeia de Monsanto os seus cenários literários.  

Ler mais

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-04-08 13:44:37

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA

EM CASTELO BRANCO ASSINALA-SE O CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA,  QUE FOI GRANDE AMIGO DE MONSANTO, ONDE TEVE CASA E A FAMÍLIA AINDA MORA.

Ler mais

MONSANTO CINCO ESTRELAS

Facebook

Escrito por CMIN em 2019-04-05 11:51:26

MONSANTO CINCO ESTRELAS

A aldeia histórica de Monsanto, no concelho de Idanha-a-Nova, voltou a ganhar o Prémio Cinco Estrelas Regiões, que distingue ícones regionais de referência nacional que são reconhecidos pelos portugueses como sendo extraordinários. Monsanto, que já havia sido considerado um destino Cinco Estrelas em 2018, renova o título este ano. O Município de Idanha-a-Nova congratula todos os monsantinos, idanhenses, visitante e turistas que estão na origem desta segunda vitória consecutiva no Prémio Cinco Estrelas. Este galardão é mais um reconhecimento de Monsanto como destino de excelência, na linha de outras distinções como é a eleição frequente para listas de melhores vilas e aldeias do mundo. De acordo com a organização do concurso, o Prémio Cinco Estrelas Regiões “é um sistema de avaliação que identifica o melhor que existe em cada uma das 20 regiões (18 distritos + regiões autónomas) ao nível de recursos naturais, gastronomia, arte e cultura, empresas, património e outros ícones regionais de referência nacional”. Através de uma votação nacional os portugueses identificaram, para cada um dos distritos, o que consideram extraordinário a vários níveis. A cerimónia de entrega dos prémios deste ano terá lugar na cidade de Viseu, no dia 17 de Maio.

Ler mais

FEIRA RAIANA EM IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-03-20 13:02:51

FEIRA RAIANA EM IDANHA-A-NOVA

IADNHA-A-NOVA ACOLHE MAIS UMA EDIÇÃO DA FEIRA RAIANA

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line