Notícias

ESGIN-IPCB CELEBRA 25 ANOS DE CRIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR EM IDANHA-A-NOVA

Escrito por em 2016-12-05 14:26:01

ESGIN-IPCB CELEBRA 25 ANOS DE CRIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR EM IDANHA-A-NOVA

A Escola Superior de Gestão do Instituto Politécnico de Castelo Branco comemora os 25 anos de criação do Ensino Superior em Idanha-a-Nova. A sessão solene de celebração do aniversário terá lugar no dia 6 de dezembro, no Auditório Professor Domingos Rijo, pelas 9:30. A história do Ensino Superior em Idanha-a-Nova começa com a criação da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Castelo Branco (ESTIG), que iniciou as suas actividades em 1991, na vila de Idanha-a-Nova, com os cursos de bacharelato em Contabilidade e Gestão Financeira e Contabilidade e Gestão de Pessoal. Mais tarde, em 1997, extingue-se a ESTIG e é criada a Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova (ESGIN). Para assinalar os 25 anos foi realizado um filme e elaborado um livro intitulados “25 anos de Ensino Superior em Idanha-a-Nova – Os trilhos da Memória”, que serão apresentados na sessão solene. A cerimónia de comemoração integra ainda, uma Oração de Sapiência proferida pela Professora Doutora Helena Freitas, Coordenadora da Unidade de Missão para a Valorização do Interior; uma homenagem às entidades e individualidades responsáveis pela criação/desenvolvimento do Ensino Superior em Idanha-a-Nova e a inauguração de uma Galeria de Directores.

ANIVERSÁRIO DO ACIDENTE (?) DE CAMARATE

Escrito por RCM em 2016-12-04 14:01:33

ANIVERSÁRIO DO ACIDENTE (?) DE CAMARATE

1º DE DEZEMBRO COMEMORADO COM PATRIOTISMO

Escrito por RCM em 2016-12-01 14:29:05

1º DE DEZEMBRO COMEMORADO COM PATRIOTISMO

Ao som do Hino da Restauração, tocado na sede da Rádio Clube de Monsanto, foi hoje, cerca do meio-dia, colocada uma coroa de flores, na base do Memorial aos antigos Combatentes. Foram depois transmitidas na antena da emissora da Aldeia Mais Portuguesa, numa emissão especial, diversas canções com poemas de Portugalidade, nas vozes de Adriano Correia de Oliveira, Nuno da Câmara Pereira, José Campos e Sousa, Pedro Barroso, Teresa Tapadas e Amália Rodrigues.  

FALECEU O CANTOR ARLINDO DE CARVALHO

Escrito por RCM em 2016-11-29 10:03:48

FALECEU O CANTOR ARLINDO DE CARVALHO

As cerimónias fúnebres têm lugar na Soalheira, esta quarta-feira, pelas 15 horas. A Música Portuguesa está de luto, com tão grande perda. Arlindo de Carvalho, grande amigo da RCM desde 1985. A NOSSA HOMENAGEM E INDELÉVEL SAUDADE. Faleceu no sábado sábado, no Hospital Amadora-Sintra, vítima de doença súbita, Arlindo de Carvalho, o autor, compositor e interprete Arlindo de Carvalho, nascido na Soalheira-Fundão, no dia 27 de Abril de 1930. Muitas das suas músicas, como Fadinho Serrano, Chapéu Preto, Comboio da Beira Baixa, Aldeia de Monsanto, Penamacor, Trova da Guarda, Cantiga do Oledo, Marcha de Castelo Branco, Cova da Minha Beira, Soalheira e tantas outras, foram popularizadas nas vozes de artistas nacionais e internacionais, como Amália Rodrigues, Gina Maria, Tonicha, Rão Kyao, Júlio Pereira, Maria Mendes, Orquestra Típica Albicastrense, Richard Winsboroug, Carlos Guilherme,etc. Foi professor na sua terra natal, no Porto, em Lisboa e ainda na Alemanha e França, onde esteve exilado.   QUE REPOUSE EM PAZ JUNTO DO PAI CELESTE.  

FISCALIZAÇÃO A POLUIÇÃO NO TEJO RESULTA EM 41 MANDATOS E 3 PARTICIPAÇÕES CRIMINAIS

Escrito por RCM/Lusa em 2016-11-27 11:17:28

FISCALIZAÇÃO A POLUIÇÃO NO TEJO RESULTA EM 41 MANDATOS E 3 PARTICIPAÇÕES CRIMINAIS

Um total de 234 operadores económicos foram fiscalizados para controlo de descargas de águas residuais, tendo sido emitidos 41 mandados ou notificações e realizadas três participações criminais ao Ministério Público, revela um relatório sobre poluição no Tejo. O relatório da Comissão de Acompanhamento sobre Poluição no Rio Tejo, agora apresentado pelo ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, em Vila Velha de Rodão, explica que foi realizada uma acção integrada de fiscalização, com várias entidades envolvidas. A Inspecção Geral da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território (IGAMAOT) agregou toda a informação relacionada com a acção integrada de fiscalização que marcou o início dos trabalhos da comissão e, no âmbito da qual, foram lavrados 33 autos de notícia, que estão em fase de instrução. Em 2015, os problemas de poluição no rio Tejo constituíram uma preocupação acrescida, principalmente devido à fraca pluviosidade registada associada a temperaturas elevadas e, em janeiro de 2016, foi criada a Comissão de Acompanhamento sobre a Poluição no rio Tejo.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 |

Convenção Nacional de Rádios 2019

Facebook

Escrito por RCM em 2019-10-10 18:27:51

Convenção Nacional de Rádios 2019

    A Associação Portuguesa de Radiodifusão organiza, no próximo dia 26 de Outubro, na Vila de Mafra, a Convenção Nacional de Rádios 2019.   Este evento no salão Nobre do Edifício Municipal de Serviços (Loja do Cidadão), conta com o apoio da Rádio do Concelho de Mafra, da Câmara Municipal de Mafra, da ERC, da Sitemaster, da Delta Cafés e da Fastprint.   Neste dia de trabalho destinado apenas aos associados da APR serão analisadas as seguintes matérias:   Manhã:   - Análise da situação actual; - Medidas a tomar; - Contencioso com a PassMúsica.   Tarde:   - Galgar o futuro próximo; - Da programação linear para a não linear; - Produção de conteúdos híbridos; - Plataforma digital.

Ler mais

TAMBÉM NA BEIRA INTERIOR O PS GANHA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-10-07 10:07:17

TAMBÉM NA BEIRA INTERIOR O PS GANHA

FELICITAÇÕES E PARABÉNS AOS VENCEDORES. Aos “derrotados” desejamos que tenham energia e motivação para continuarem na luta em prol dum Portugal mais justo e próspero, em paz social. Os 45,5 % de abstencionistas que meditem nas consequências por não terem cumprido o seu dever cívico… O Partido Socialista, vencedor das eleições legislativas de ontem, é também o grande dominador nos resultados da Beira Interior, ganhando nos distritos de Castelo Branco e Guarda e aumentando o número de deputados de quatro para cinco. O PSD elege apenas dois. Se em Castelo Branco o triunfo é uma repetição do que aconteceu em 2015, na Guarda é uma reviravolta, pois há quatro anos tinha sido o PSD a vencer. No distrito de Castelo Branco, o PS reforçou ainda mais o seu domínio, conseguindo este ano uma vitória esmagadora com 40,88% dos votos, contra apenas 26,33% do PSD. É uma diferença superior a 14 por cento, quando em 2015 tinha sido apenas de três por cento. Em termos de eleição de deputados pelo círculo, os socialistas elegem Hortense Martins, Eurico Brilhante Dias e Nuno Fazenda. O PSD elege apenas Cláudia André. Na terceira posição continua o Bloco de Esquerda (11,05%), seguido de CDU (4,75%), CDS (3,71%), PAN (2,38%) e Chega (1,27%). Por concelho, os socialistas mantêm as vitórias no Fundão, Covilhã, Belmonte, Castelo Branco, Idanha-a-Nova e Vila velha de Ródão e conquistam Penamacor e Proença-a-Nova (que há quatro anos haviam votado PSD). O PSD vence em três concelhos “habituais” na zona do Pinhal: Oleiros, Sertã e Vila de Rei. A abstenção no distrito subiu e foi de 44,91% (em 2015 foi 42,54%).  

Ler mais

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-14 13:04:30

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

             O SITE DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO JÁ ULTRAPASSOU OS 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES DE CIBERNAUTAS DO PAÍS E DO MUNDO.     Pode escutar a RCM em :   FM: 98.7 Mhz e 107.8 Mhz   em   www.radiomonsanto.pt   ou:   www.radiomonsanto.radios.pt   e ainda acompanhar a RCM na página   www.facebook.com/radiomonsanto    

Ler mais

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-08 19:54:23

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

O SITE DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO JÁ ULTRAPASSOU OS 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES DE CIBERNAUTAS DO PAÍS E DO MUNDO.     Pode escutar a RCM em :   FM: 98.7 Mhz e 107.8 Mhz   em:   www.radiomonsanto.pt   ou:   www.radiomonsanto.radios.pt   e ainda acompanhar a RCM na página:   www.facebook.com/radiomonsanto                

Ler mais

TOLERÂNCIA ZERO PARA A PROPAGANDA DOS POLÍTICOS

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-03 17:49:33

TOLERÂNCIA ZERO PARA A PROPAGANDA DOS POLÍTICOS

  A RÁDIO CLUBE DE MONSANTO não vai acompanhar as iniciativas locais no âmbito das eleições do próximo dia 6 de Outubro. A RCM decidiu voltar a boicotar a cobertura jornalística às iniciativas desenvolvidas localmente pelos vários candidatos às eleições legislativas.  À semelhança daquela que foi a posição assumida noutras circunstâncias por esta emissora, e por várias outras rádios locais do país, e recentemente na campanha para as eleições europeias, a RCM vai continuar sem acompanhar as acções de campanha promovidas localmente pelos candidatos a deputados à Assembleia da República. Na base desta decisão estão uma série de entraves que têm vindo a ser colocados às rádios locais, com decisões que podem levar, no limite, ao fechar de portas de várias estações emissoras.  “Os problemas das rádios portuguesas já são há muito tempo conhecidos pela classe política, mas a situação das rádios de proximidade está, em nosso entender, numa fase crítica, decisiva até". A não emissão de tempos de antena e a situação dos pagamentos dos direitos conexos são apenas duas das matérias referidas, sendo que "O Estado não defende os direitos das rádios locais", e que "os políticos não ouvem as rádios", por isso, "chegou o momento das rádios não ouvirem os políticos".

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line