Notícias

IDANHA-A-NOVA: DESCIDA DO RIO ERGES ESTÁ DE VOLTA NO DIA 25

Escrito por RCM em 2017-03-16 11:09:25

IDANHA-A-NOVA: DESCIDA DO RIO ERGES ESTÁ DE VOLTA NO DIA 25

A XIV Descida do Rio Erges está marcada para 25 de março, com início nas Termas de Monfortinho e a terminar em Salvaterra do Extremo. A iniciativa une por águas estas duas povoações raianas, no concelho de Idanha-a-Nova, mobilizando canoístas portugueses e espanhóis, com ou sem experiência, num encontro de promoção da canoagem. A organização do evento é da Associação de Clubes de Canoagem da Região da Beira Baixa e do Ayuntamiento de Zarza La Mayor (Espanha), em parceria com o Município de Idanha-a-Nova, União das Freguesias de Monfortinho e Salvaterra do Extremo, Deputación de Cáceres, entre outras entidades. Mais informações através dos contactos 962 765 105 ou accrbeirabaixa@hotmail.com.

CCDR ENCERRA EMPRESA DE VILA VELHA DE RODÃO POR RISCO PARA A SAÚDE PÚBLICA

Escrito por RCM/Lusa em 2017-03-13 16:08:41

CCDR ENCERRA EMPRESA DE VILA VELHA DE RODÃO POR RISCO PARA A SAÚDE PÚBLICA

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) encerrou a empresa Centroliva, de Vila Velha de Ródão, com base no risco para o ambiente e para a saúde pública. O Ministério do Ambiente explica, num comunicado enviado à agência Lusa, que a decisão da CCDRC foi tomada na sexta-feira, sendo que esta medida cautelar de encerramento determinou que fossem desligadas as caldeiras da unidade fabril. "A decisão tem por base a existência de risco para o ambiente, para a qualidade do ar e para a saúde pública", lê-se no documento. A empresa de Vila Velha de Ródão, no distrito de Castelo Branco, dedicava-se ao processamento de bagaço e produção de energia e em Fevereiro de 2016 tinha sido intimada a "adoptar as medidas necessárias" ao exercício da sua actividade "sem incumprimentos ambientais".  

COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DA BEIRA BAIXA LANÇA GUIA PARA PROMOVER A REGIÃO

Escrito por RCM/Lusa em 2017-03-10 15:58:23

COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DA BEIRA BAIXA LANÇA GUIA PARA PROMOVER A REGIÃO

A Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa apresentou esta semana o guia de destinos “Terras de Excelência”, que reúne em 480 páginas informação sobre o património natural, histórico e imaterial da região. “Hoje a marca Beira Baixa fica reforçada com este livro. Temos trabalhado e feito um esforço no sentido da valorização da marca. Começámos com os nossos produtos e promovendo o que é mais genuíno”, disse o presidente da CIMBB, Luís Correia, em Castelo Branco. O guia dá a conhecer o território da Beira Baixa – constituído pelos municípios de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão – de uma perspectiva mais ampla do que a de um comum guia turístico. Destacam-se, por exemplo, os produtos e produtores agro-alimentares. A edição do guia vai ser lançada oficialmente na Bolsa de Turismo de Lisboa, no dia 15 de março, entre as 14:00 e as 16:00, período dedicado à promoção do território da Beira Baixa no ‘stand’ do Turismo Centro de Portugal. O secretário executivo da CIMBB, Joaquim Morão, mostrou-se satisfeito com o resultado conseguido no guia, ilustrado com fotografias, infografias e mapas: “Este livro espelha tudo o que de melhor temos, sobretudo a natureza que ainda não está divulgada”.

CÂMARA DA COVILHÃ CONTESTA EVENTUAL EXPLORAÇÃO MINEIRA NA ARGEMELA

Escrito por RCM/Lusa em 2017-03-08 16:28:56

CÂMARA DA COVILHÃ CONTESTA EVENTUAL EXPLORAÇÃO MINEIRA NA ARGEMELA

A Câmara da Covilhã anunciou que o executivo aprovou por unanimidade uma moção de protesto relativa à eventual concessão mineira na Serra da Argemela, que abrange a área da União das Freguesias de Barco e Coutada, naquele concelho do distrito de Castelo Branco. "Esta moção visa garantir que todos os procedimentos relativos a este tipo de concessões serão escrupulosamente cumpridos, de modo a salvaguardar o interesse das populações e a preservação do valor patrimonial e natural desta região", refere um comunicado enviado à agência Lusa. Esta moção surge depois de em fevereiro ter sido publicado em Diário da República o pedido de concessão de exploração mineira para uma área superior a 400 hectares na Serra da Argemela, abrangendo freguesias do Fundão e da Covilhã. O pedido motivou já uma manifestação popular realizada na freguesia do Barco, concelho da Covilhã.

MANIFESTAÇÃO CONTRA A POLUIÇÃO NO RIO TEJO EM VILA VELHA DE RODÃO

Escrito por RCM/Lusa em 2017-03-03 16:54:30

MANIFESTAÇÃO CONTRA A POLUIÇÃO NO RIO TEJO EM VILA VELHA DE RODÃO

Cerca de 400 cidadãos são aguardados na manifestação organizada pelo Movimento pelo Tejo - proTEJO, que vai decorrer no sábado em Vila Velha de Rodão contra a poluição naquele rio, e à qual aderiram também associações ambientalistas espanholas. Em declarações à agência Lusa, Paulo Constantino, porta-voz do proTEJO, movimento ambientalista com sede em Vila Nova da Barquinha, no distrito de Santarém, disse hoje que "o protesto pacífico contra os níveis de poluição no rio Tejo tem registado forte adesão, com cerca de 400 pessoas inscritas", que vão deslocar-se de vários pontos da região centro em autocarros cedidos por autarquias e particulares. A manifestação, que começa às 15:00 no cais fluvial de Vila Velha de Rodão com poesia e música por Manuel Costa Alves, terá intervenções de microfone aberto por Paulo Constantino, do proTEJO, de cidadãos e organizações membros do Movimento pelo Tejo, partidos políticos, outras associações e instituições, ao que se seguirá um desfile apeado desde o cais fluvial até à entrada da fábrica da Celtejo, onde será lido o manifesto do proTEJO.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 | 254 |

LEI DA TRANSPARÊNCIA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-23 18:07:32

LEI DA TRANSPARÊNCIA

LEI DA TRANSPARÊNCIA   NFORMAÇÃO INSTITUCIONAL DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO (Publica-se nos termos da Lei da transparência nos meios da comunicação social) Director Executivo: Professor Joaquim Manuel da Fonseca a) - Capital Social: 142.047,72 €; b) - Sócio único e detentor da totalidade do capital social da empresa MONSANTORÁDIO; c) - Administrador e Gestor da RCM: http://www.radiomonsanto.pt/…/pdf/administrador_e_gestor.pdf d) - Responsável pela orientação e pela supervisão do conteúdo das emissões da RCM; e) - Estatuto Editorial da RCM: http://www.radiomonsanto.pt/ficheiros/pdf/estatuto.pdf

Ler mais

SECRETARIA DE ESTADO DAS FLORESTAS EM CASTELO BRANCO

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-20 13:53:13

SECRETARIA DE ESTADO DAS FLORESTAS EM CASTELO BRANCO

    O Governo vai instalar em Castelo Branco a Secretaria de Estado Conservação da Natureza, Florestas e do Ordenamento do Território. O antigo Presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova regressa assim a Castelo Branco, onde no último ano trabalhou como Secretário de Estado da Valorização do Interior. O Governo retirou a Secretaria de Estado da Valorização do Interior de Castelo Branco, transferindo-a para Bragança, onde começou a funcionar na segunda-feira.

Ler mais

DESPREZO PELA BEIRA INTERIOR

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-19 10:29:56

DESPREZO PELA BEIRA INTERIOR

DESPREZO PELA BEIRA INTERIOR   O Governo extinguiu a Secretaria de Estado da Valorização do Interior em Castelo Branco pouco mais de um ano depois de ter anunciado a sua instalação na cidade. A União dos Sindicatos de Castelo Branco diz que o interior "fica a ver navios". O organismo passa a estar sediado em Bragança, terra da nova titular da pasta, Isabel Ferreira. A ministra da Coesão Territorial, afirmou que este “é um sinal de que o Governo quer associar o conhecimento, as instituições de ensino superior, as autarquias e as associações empresariais para o desenvolvimento do Interior”, dizendo ainda que com a escolha de Bragança “é muito mais fácil aos actores que temos aqui no território ir bater à porta da Senhora Secretária de Estado e da sua equipa, e porque para nós é mais fácil acompanhar o que se passa no território, sempre de braço dado com os actores locais”. No comunicado em que anuncia a nova morada não é feita qualquer referência à anterior localização em Castelo Branco. A Secretaria de Estado da Valorização do Interior foi criada em Outubro do ano passado e teve como titular João Paulo Catarino, que com o novo Governo transitou para a pasta das florestas. Para os sindicatos da CGTP não faz sentido instalar a secretaria de estado consoante a origem do titular da pasta e demonstra a “ausência de uma verdadeira politica para o Interior e de coesão territorial”, com uma “lógica de ziguezague, traduzida em constantes mudanças de sedes e de rumo” com o objectivo de “esconder o falhanço das políticas e fazer crer que algo está a ser feito, com o único fito de criar expectativas (falsas) nas populações e fazer que anda sem andar”.   Reconquista - 18/11/2019

Ler mais

ARMINDO JACINTO JÁ ANUNCIOU QUE SE VAI RECANDIDATAR À CAMARA MUNICIPAL DE IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-16 14:26:07

ARMINDO JACINTO JÁ ANUNCIOU QUE SE VAI RECANDIDATAR À CAMARA MUNICIPAL DE IDANHA-A-NOVA

  O Presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, é bacharel em engenharia de produção agrícola, pela Escola Superior Agrária de Castelo Branco e antigo funcionário da CGD, será de novo candidato nas próximas Eleições Autárquicas, que irão ocorrer em 2021, como informou, de maneira informal, a uma rádio local da região. É a sua terceira e última candidatura ao Município raiano, em conformidade com a legislação em vigor. O autarca socialista foi vereador e vice-Presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, em regime de permanência, de Janeiro de 2002 até Junho de 2013. Assumiu nessa data as funções de Presidente interino, após a renúncia de Álvaro Rocha. Três meses depois realizaram-se as eleições Autárquicas e Armindo Jacinto foi a votos, tendo ganho aquele que foi o seu primeiro mandato como Presidente eleito. Em 2017 voltou a ser eleito.  “A educação tem sido uma estratégia política seguida no concelho de Idanha-a-Nova, desde o berçário ao ensino superior. Uma estratégia que já deu frutos, pois a título de exemplo, passamos de zero para uma centena de bebés inscritos no berçário, pois fizemos já a matrícula 107”. Recordamos que este foi também o tema que levou à reabertura da escola de Monsanto. “A escola de Monsanto foi fechada pelo Ministério da Educação, mas conseguimos que fosse reaberta e, como resultado, já aumentarem os alunos de uma para duas turmas, tal como aconteceu em Penha Garcia”, acrescentando que “o investimento numa educação de qualidade aumenta também a qualidade de vida”.

Ler mais

ESTAÇÃO REPETIDORA DA RCM NAS TERMAS DE MONFORTINHO

Facebook

Escrito por RCM em 2019-11-15 14:47:17

ESTAÇÃO REPETIDORA DA RCM NAS TERMAS DE MONFORTINHO

  ...................................................... Por motivos de ordem técnica a estação repetidora da Rádio Clube de Monsanto, a operar na Serra de Monfortinho, nos 107.8 Mhz, não esteve no ar nestes últimos dias. ................................................... Devido aos maus acessos os técnicos tiveram dificuldades em proceder às necessárias reparações em tempo mais célere, dado que também levaram os equipamentos a pé e às costas num percurso de cerca de dois quilómetros. .................................................. Do facto pedimos desculpas e a melhor compreensão aos habituais ouvintes da zona da fronteira Luso-Espanhola, que foram privados da nossa emissão.

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line