Notícias

QUERCUS QUER QUE O GOVERNO DIGA NÃO À CENTRAL NUCLEAR DE ALMARAZ

Escrito por RCM em 2017-01-11 11:51:42

QUERCUS QUER QUE O GOVERNO DIGA NÃO À CENTRAL NUCLEAR DE ALMARAZ

A associação ambientalista Quercus disse hoje que é fundamental que o Governo português diga, de forma inequívoca, que não quer a central nuclear de Almaraz a funcionar depois de 2020. Em comunicado a Quercus explica que vai estar presente na quinta-feira, a partir das 18:00, em frente ao consulado espanhol em Lisboa, na manifestação antinuclear, pelo encerramento da central nuclear espanhola de Almaraz. Esta acção de protesto foi convocada pelo Movimento Ibérico Antinuclear (MIA), de que a Quercus faz parte, e pretende mais uma vez exigir que os Governos português e espanhol tomem medidas no sentido de colocar em marcha o encerramento de Almaraz. A central de Almaraz tem tido incidentes com regularidade e Portugal pode vir a ser afectado, caso ocorra um acidente grave, quer por contaminação das águas, uma vez que a central se situa numa albufeira afluente do rio Tejo, quer por contaminação atmosférica, pela grande proximidade geográfica existente. Além disto, os ambientalistas referem que Portugal "não revela estar minimamente preparado para lidar com um cenário deste tipo, pelo que, a acontecer um acidente grave, isso traria certamente sérios impactes imediatos para toda a zona fronteiriça, em especial para os distritos de Castelo Branco e Portalegre".

MÁRIO SOARES PARTE AOS 92 ANOS

Escrito por ZAP/LUSA em 2017-01-07 18:33:16

MÁRIO SOARES PARTE AOS 92 ANOS

O antigo Presidente da República faleceu este sábado no hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde estava internado desde dezembro passado. De acordo com o diretor clínico do Hospital da Cruz Vermelha, Manuel Pedro Magalhães, o ex-Presidente da República faleceu este sábado, às 15h28m, aos 92 anos de idade, na“presença constante” dos seus filhos, Isabel e João Soares. Mário Alberto Nobre Lopes Soares nasceu a 7 de dezembro de 1924, na cidade de Lisboa, tendo estado omnipresente na vida pública do país, tanto nas décadas anteriores à revolução de 25 de Abril de 1974, como nos primeiros 40 anos da democracia portuguesa. Licenciou-se na Universidade de Lisboa, primeiro em Ciências Histórico-Filosóficas, em 1951, e depois em Direito, no ano de 1957. Desempenhou os mais altos cargos em Portugal e a sua vida confunde-se com a própria história da democracia: combateu a ditadura, foi fundador do PS e Presidente da República. Preso político e posteriormente exilado em São Tomé e Príncipe e em França durante a ditadura, Soares regressou “em ombros” à sua pátria em 1974 para desempenhar as pastas dos Negócios Estrangeiros dos primeiros governos provisórios, liderar os I, II e IX Governos Constitucionais (1976-78 e 1983-85), até chegar à Presidência da República, no Palácio de Belém, onde ficaria por dois mandatos (1986-1996). Foi o responsável por pedir a adesão à então Comunidade Económica Europeia (CEE), em 1977, e a assinar o respetivo tratado, em 1985. Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República recordou Soares como “um lutador pela liberdade” e prometeu que o seu legado vai ser honrado, “um combate que iremos vencer, dele nunca desistiremos, tal como Mário Soares nunca desistiu de um Portugal diferente, Europa livre no que era decisivo foi sempre vencedor“. António Costa, que está numa visita de seis dias à Índia, teve conhecimento da morte do histórico socialista em Nova Deli. O primeiro-ministro deixou os seus pêsames à família mas anunciou que não vai cancelar a visita de Estado. “Perdemos hoje aquele que tantas vezes foi o rosto e voz da nossa liberdade. (…) Ser-lhe-emos eternamente gratos”, afirmou Costa anunciou que vão ser decretados três dias de luto nacional e que serão prestadas “honras de funeral de Estado”. ZAP // Lusa

AS PRIMEIRAS AMEAÇAS DO ANO

Escrito por José Faustino em 2017-01-04 13:17:32

AS PRIMEIRAS AMEAÇAS DO ANO

Sem querer lançar o pânico, antes pelo contrário, vou falar das duas primeiras ameaças que desde já temos de enfrentar. Uma delas já era esperada, a outra é uma surpresa pela maneira e circunstâncias em que aparece. A esperada é o aumento do salário mínimo nacional – com todas as implicações que terá na massa salarial do sector – constituindo o primeiro desafio que as rádios têm pela frente, conseguindo vencê-lo, ou não, sem recorrerem ao despedimento de funcionários. Apesar de tudo, acredito que, com um esforço hercúleo, as rádios mais uma vez vencerão este desafio, pelo menos, nesta primeira investida de início de ano, mas como é facilmente previsível a ofensiva contra as micro empresas não vai ficar por aqui, sendo possível ainda um novo aumento durante este ano, tudo dependendo da força dos Sindicatos e dos parceiros da coligação que suportam parlamentarmente o Governo. As rádios têm conseguido aguentar até aqui, com grande sacrifício, as sucessivas investidas que o Estado tem infligido ao sector – constituído maioritariamente por micro e pequenas empresas – não se sabendo até quando será isso possível. A outra, inesperada, grande ameaça que paira sobre as rádios, não vindo do Governo, vem daqueles que deviam olhar para as rádios como suas parceiras e aliadas e não como mera fonte, de rendimentos, mas que o Estado tanto tem protegido através de diversa legislação produzida sobre a matéria ao longo dos tempos, ostracizando as rádios e prejudicando os seus direitos. Refiro-me às entidades representantes dos direitos conexos ao direito de autor, GDA – Cooperativa de Gestão dos Direitos dos Artistas, Intérpretes ou Executantes, CRL e Audiogest – Associação para a Gestão e Distribuição de Direitos (produtores fonográficos), unidas na plataforma “PassMúsica” que resolveram, após um silêncio de cinco anos, colocar as rádios locais perante uma enorme ameaça, apresentando a exigência da cobrança de direitos a estas pequenas rádios. É natural que cada sector defenda os seus interesses e que o Estado procure uma melhoria de vida para os cidadãos, mas os direitos de uns não podem ser o fim ou a morte de outros e o Estado deve defender todos por igual e quando tiver de discriminar que o faça em favor dos mais desprotegidos. Ora acontece que as rádios são a parte mais fraca e, infelizmente, a menos protegida. Como sabemos estamos sozinhos, por nossa própria conta e risco, não podemos contar com a ajuda do Estado, a única força que dispomos é a da nossa unidade e a capacidade que tivermos de mobilizar os cidadãos para as nossas causas. Temos de pensar bem na nossa vida e defender o nosso direito de existência.   JOSÉ FAUSTINO – Presidente da Associação Portuguesa de Radiodifusão

A RÁDIO CLUBE DE MONSANTO DESEJA-LHE UM BOM ANO DE 2017

Escrito por RCM em 2017-01-01 13:12:12

A RÁDIO CLUBE DE MONSANTO DESEJA-LHE UM BOM ANO DE 2017

RUI ESTEVES É O NOVO COMANDANTE NACIONAL OPERACIONAL DA PROTECÇÃO CIVIL

Escrito por RCM em 2016-12-29 11:34:03

RUI ESTEVES É O NOVO COMANDANTE NACIONAL OPERACIONAL DA PROTECÇÃO CIVIL

O comandante nacional operacional da Protecção Civil, José Manuel Moura, vai deixar o cargo. José Manuel Moura já tem substituto: Rui Esteves, actual comandante distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco. A proposta de substituição de José Manuel Moura por Rui Esteves foi feita pelo novo presidente da Autoridade Nacional de Protecção Civil, Joaquim Leitão, e aceite pelo Ministério da Administração Interna. A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, defendeu entretanto que é "absolutamente natural" a nomeação de um novo comandante para a Protecção Civil. Muitos dos dirigentes da ANPC (Autoridade Nacional de Protecção Civil) estão em regime de substituição. Há um novo presidente, que tem toda a legitimidade para escolher e propor uma nova equipa para trabalhar com ele”. Todos os comandantes distritais de Operações de Socorro estavam em comissão de serviço quando o actual Governo assumiu funções, que decidiu não renovar essas comissões e deixar a decisão para o final deste ano. O presidente da Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais, Fernando Curto, já saudou a escolha de Rui Esteves, sublinhando o seu percurso e experiência. “Estamos satisfeitos com a escolha. Tem todas as condições para fazer um bom comando”, disse à Lusa.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 |

IDANHA-A-NOVA CAPITAL DA SUSTENTABILIDADE E DA CRIATIVIDADE

Facebook

Escrito por RCM em 2018-10-13 15:56:52

IDANHA-A-NOVA  CAPITAL DA SUSTENTABILIDADE E DA CRIATIVIDADE

Programa completo dos eventos agendados Idanha-a-Velha / 2 a 4 de novembro Nas Terras do Rei Wamba…há Sementes! Conferência "De sementes felizes a alimentos saudáveis" Encontro Internacional de Alimentação Saudável, Produção Biológica e Biodinâmica, com a presença de participantes e oradores de vários países do mundo. Moraleja (ESPANHA) / 8 e 9 de novembro Fórum Mundial de Inovação Rural Onde Idanha se apresenta como a 1ª Bio Região em Portugal. Monsanto / 8 a 11 de novembro Lendas do Castelo - Histórias da Aldeia Entre a Noite e a Madrugada I-Danha Food Lab Um encontro mundial de empresas de inovação tecnológica sobre economia verde, com a presença de participantes e oradores de vários países. O tema vai ao encontro dos objetivos do Dia Mundial do Turismo. Idanha-a-Nova / 13 de novembro Sessão Pública - Estratégia Nacional de Agricultura Biológica Geopark Naturtejo / 13 e 14 de novembro Encontro de Empresários Espanhóis Idanha-a-Velha / 15 a 17 de novembro Cimeira "Destinos de Turismo Sustentáveis" Participação de diferentes organismos nacionais e internacionais como a Organização Mundial do Turismo, ONU, Turismo de Portugal, entre outros. 23 de novembro a 8 de dezembro Fora do Lugar - Festival Internacional de Músicas Antigas

Ler mais

HOTEL DO TEMPLO EM IDANHA-A-VELHA

Facebook

Escrito por RCM em 2018-10-11 17:36:41

HOTEL DO TEMPLO EM IDANHA-A-VELHA

A apresentação do projecto Hotel do Templo, decorreu no passado dia 10 de Outubro, na Casa do Concelho de Idanha-a-Nova, com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Manuel Mendes Godinho. O Hotel do Templo localiza-se na Civitas Igaeditanorum, a antiga Egitânia, a árabe La Jdanyia e hoje a aldeia histórica de Idanha-a-Velha.  Esta cidade, com 2 mil anos de História, está ligada à História da nossa civilização ocidental. Aqui nasceu o Papa São Dâmaso, o 1º Pontífice, que criou a Bíblia, fez de Roma a sede da Cristandade e obteve o reconhecimento do Cristianismo como religião oficial. Iniciou o uso das Bulas, enquanto expressão legal do poder temporal do Papa, usando como seu selo o Anel Papal e deu início à celebração do Advento, à consagração dos festejos do Dia de Natal, através da Missa do Galo. A Civitas Igaeditanorum que recebeu pregação do Apóstolo São Paulo, foi também berço de reis visigodos, governadores islâmicos, como o Rei Wamba, o wali Ibn Marwan, o imã que liderou a 1ª revolta xiita da História Saqiya ibn Abd al Wahid. Conquistada e reconquistada, por sarracenos e cristãos, como Carlos Magno e Hashim Abd al-Haziz. São os Templários e Gualdim Pais, seu Mestre, que recebe a doação de Idanha-a-Velha, que vai ajudar a estabelecer as fronteiras de Portugal, nos equilíbrios Políticos e Militares com Castela e com o Islão. O futuro Hotel do Templo, Casa dos Templários, entre Muralhas Romanas, Património Nacional, será um espaço diferenciador de toda a oferta existente, um hotel temático, uma experiência inesquecível, que o vai transportar ao Segredo dos Templários de uma forma que nunca imaginou e onde os hóspedes poderão viver o imaginário dos mistérios e lendas das Histórias da nossa História, com que sempre sonhámos. Durante esta sessão, o Município de Idanha-a-Nova irá também associar-se às comemorações dos 900 anos da fundação dos Templários, pela ONG, OSMTH, que vão decorrer em 2019, em Portugal, com iniciativas a partir da Civitas Igaeditanorum, a Egitânia, La Jdanyia, a Velha Idanha. O projecto do Hotel do Templo irá contemplar 45 quartos numa área total de 5740m2, vai ser lançado em concurso público, no âmbito do projecto REVIVE, Reabilitação, Património e Turismo, promovido pelo Governo Português.  

Ler mais

VAMOS AJUDAR OS NOSSOS BOMBEIROS DE IDANHA

Facebook

Escrito por RCM em 2018-10-09 14:46:05

VAMOS AJUDAR OS NOSSOS BOMBEIROS DE IDANHA

VAMOS AJUDAR OS NOSSOS BOMBEIROS DE IDANHA  

Ler mais

TRIBUTO A CRISTIANO ROLANDO

Facebook

Escrito por ZAP em 2018-10-01 19:16:43

TRIBUTO A CRISTIANO ROLANDO

Revelada “a verdade escondida” da saída de Ronaldo do Real Madrid   Há novas revelações sobre as razões que levaram Cristiano Ronaldo a deixar o Real Madrid e a rumar à Juventus, depois de ter feito história no clube espanhol. O jornal El Mundo revela essa “verdade escondida”. Num artigo intitulado “A verdade escondida da saída de Ronaldo”, o El Mundo relata que a transferência do craque do Real Madrid começou a desenhar-se na noite de 11 de Maio de 2017. Naquela data, Cristiano Ronaldo reuniu o seu staff de confiança, com advogados e assessores, para abordar o problema que teve com o Fisco espanhol e que o levou a ter que assumir quatro crimes fiscais e a pagar uma multa de 18,8 milhões de euros. “Quem é o responsável por tudo isto?”, perguntou Ronaldo nessa quente reunião, como relata o El Mundo. “Doutor, disse-lhe que não queria riscos”, terá dito ao advogado Carlos Osório que terá engendrado o esquema assente em paraísos fiscais, para pagar menos impostos, que levou o atleta a violar a Lei do Fisco de Espanha. “Não tenho estudos. A única coisa que fiz na minha vida foi jogar futebol, mas não sou estúpido e não confio em ninguém. Por isso, quando contrato um assessor, pago-lhe sempre 30% mais do que pede, porque não quero problemas”, terá dito ainda Ronaldo.

Ler mais

COMEMORAÇÃO DOS 130 ANOS DA FILARMÓNICA IDANHENSE

Facebook

Escrito por RCM em 2018-09-08 14:39:32

COMEMORAÇÃO DOS 130 ANOS DA FILARMÓNICA IDANHENSE

A Filarmónica Idanhense, no âmbito das comemorações do seu 130º aniversário, realiza um conjunto de actividades com o intuito de trazer a cultura ao povo. Uma dessas actividades é a "estreia" em 2018 de um novo conceito de apresentação junto da população, o "Bandas na Praça", que pretende voltar a levar as Filarmónicas às praças e largos das nossas Vilas e Aldeias, como era apanágio em outros tempos e também trazer a debate, com as F-Talks (conversas Filarmónicas) o momento das Filarmónicas e a sua importância no mundo rural, no seu desenvolvimento social, económico e turístico. O primeiro momento do "Bandas na Praça" acontece a 30 de Setembro de 2018 em Monsanto. Pela proximidade do 1 de Outubro, celebra-se também o Dia Mundial da Música e aproveita-se o local e a data para estrear e oferecer à população de Monsanto a obra composta em Idanha-a-Nova com o título de "Mons Sanctus", uma abertura sinfónica precisamente para assinalar os 80 anos da conquista do 1.º lugar no concurso da Aldeia Mais Portuguesa de Portugal. O programa completo do dia 30 de Setembro, em Monsanto, é o seguinte: 15:00 - Arruada (do Baluarte ao Posto de Turismo de Monsanto); 15:30 - F-Talks (conversa/debate) sobre o trabalho das Filarmónicas e a sua importância nos territórios do mundo rural, onde serão convidados como oradores dois Presidentes de Junta de Freguesia e Músicos Filarmónicos; 16:30 - Arruada com as duas Filarmónicas; 17:00 - Concertos (Largo da Misericórdia); 18:30 - Apresentação da Abertura "Mons Sanctus" executada pelas duas Filarmónicas em conjunto.

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2018 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line