Notícias

IDANHA-A-NOVA: FEIRA RAIANA PODERÁ MUDAR DE MOLDES E JUNTAR-SE ÁS FESTAS DA VILA

Escrito por RCM em 2009-11-19 12:30:51

IDANHA-A-NOVA: FEIRA RAIANA PODERÁ MUDAR DE MOLDES E JUNTAR-SE ÁS FESTAS DA VILA

Álvaro Rocha quer saber se pode ou não contar com Espanha para a realização da Feira Raiana. Durante a cerimónia de revisão de fronteiras entre o concelho de Idanha-a-Nova e a zona da raia espanhola, o presidente da câmara lembrou que já por duas vezes os espanhóis falharam na realização desta feira. Álvaro Rocha alertou que caso Espanha não demonstre interesse em organizar o evento condignamente Idanha-a-Nova não vai esperar muito mais tempo e assume a responsabilidade de organizar anualmente a feira.   “Podemos não fazer uma feira tão grande como aquela, mas fazemos uma feira mais dedicada a um produto artesanal de excelência. Tentaremos juntar as festas de Idanha com a feira e se calhar a conjugação dos dois esforços leva a que se possa vir a fazer a Feira Raiana todos os anos “ concluiu o autarca.

FUNDÃO: INCÊNDIO DESTRUIU PARTE DE FÁBRICA DE PRODUTOS METÁLICOS E ELECTRÓNICOS

Escrito por Lusa / RCM em 2009-11-18 12:10:39

FUNDÃO: INCÊNDIO DESTRUIU PARTE DE FÁBRICA DE PRODUTOS METÁLICOS E ELECTRÓNICOS

Um incêndio destruiu hoje de madrugada parte de uma fábrica de produtos metálicos e electrónicos na zona industrial do Fundão. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco disse à agência Lusa que as chamas atingiram uma secção de maquinaria da empresa J3lp - Fabrico de Produtos Metálicos. O alerta para o incêndio foi dado às 04:39, tendo entrado em fase de rescaldo às 06:23. O fogo foi combatido pelos bombeiros do Fundão e Castelo Branco, que mobilizaram, no total, 26 bombeiros e 10 viaturas.

ACTO DE REVISÃO DE FRONTEIRAS PROPICIA O CONVÍVIO E APROXIMA PORTUGAL E ESPANHA-ÁLVARO ROCHA

Escrito por RCM em 2009-11-16 13:38:32

ACTO DE REVISÃO DE FRONTEIRAS PROPICIA O CONVÍVIO E APROXIMA PORTUGAL E ESPANHA-ÁLVARO ROCHA

Durante este fim-de-semana as zonas raianas de Portugal e Espanha voltaram a encontrar-se para promover a cooperação entre os dois países. O acto oficial de revisão de fronteiras decorreu no sábado em Santiago de Alcântara, Espanha. O presidente da Câmara de Idanha-a-Nova e o Alcaide de Santiago de Alcântara estão disponíveis no futuro para dar continuidade a este acto simbólico de revisão de fronteiras, como plataforma de convivência entre os dois lados da fronteira. Há muitos portugueses a viver em Santiago de Alcântara e muitas famílias espanholas a viver por exemplo no Rosmaninhal. Mas antes o intercâmbio era mais fácil. Agora devido à barragem de Cedilhos a comunicação está mais difícil como referiu o alcaide Juan Garlito Batalha.

COVILHÃ: REDES SOCIAIS JUNTAM ANTIGOS ALUNOS NA BEIRA INTERIOR

Escrito por Sol / RCM em 2009-11-12 13:08:40

COVILHÃ: REDES SOCIAIS JUNTAM ANTIGOS ALUNOS NA BEIRA INTERIOR

Espalhados pelo mundo do trabalho ao longo das últimas décadas, licenciados pela Universidade da Beira Interior têm-se reencontrado na Internet. Vindos da América, de África e de todo o país, antigos alunos daquela instituição juntam-se agora na Covilhã. Tudo começou nas redes sócias da Internet. Licenciado em Química Industrial na Universidade da Beira Interior, Pedro Mamede lançou o grupo 'Bons Tempo na UBI' no Facebook de forma a reunir antigos estudantes daquela instituição. O grupo cresceu e culmina este fim-de-semana, com um encontro entre sexta-feira e domingo, na Covilhã, que já conta com mais de 200 inscrições, com pessoas oriundas de todo o país, bem como de Angola, dos Estados Unidos e do Canadá.

CASTELO BRANCO: ASSALTANTE QUE BALEOU AGENTE PUNIDO COM 17 ANOS

Escrito por Lusa / RCM em 2009-11-12 12:32:19

CASTELO BRANCO: ASSALTANTE QUE BALEOU AGENTE PUNIDO COM 17 ANOS

O Tribunal de Castelo Branco condenou ontem a 17 anos de cadeia, o homem que, em 27 de Janeiro deste ano, tentou assaltar uma ourivesaria no centro da cidade e, na fuga, baleou um agente da PSP. Contudo, como o arguido tinha saído da cadeia em Maio de 2008, em liberdade condicional, cometendo estes crimes durante esse período, vai ter de cumprir a pena que lhe faltava da condenação anterior o que, segundo o seu defensor judicial, pode elevar a pena a cerca de 20 anos.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 |

Convenção Nacional de Rádios 2019

Facebook

Escrito por RCM em 2019-10-10 18:27:51

Convenção Nacional de Rádios 2019

    A Associação Portuguesa de Radiodifusão organiza, no próximo dia 26 de Outubro, na Vila de Mafra, a Convenção Nacional de Rádios 2019.   Este evento no salão Nobre do Edifício Municipal de Serviços (Loja do Cidadão), conta com o apoio da Rádio do Concelho de Mafra, da Câmara Municipal de Mafra, da ERC, da Sitemaster, da Delta Cafés e da Fastprint.   Neste dia de trabalho destinado apenas aos associados da APR serão analisadas as seguintes matérias:   Manhã:   - Análise da situação actual; - Medidas a tomar; - Contencioso com a PassMúsica.   Tarde:   - Galgar o futuro próximo; - Da programação linear para a não linear; - Produção de conteúdos híbridos; - Plataforma digital.

Ler mais

TAMBÉM NA BEIRA INTERIOR O PS GANHA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-10-07 10:07:17

TAMBÉM NA BEIRA INTERIOR O PS GANHA

FELICITAÇÕES E PARABÉNS AOS VENCEDORES. Aos “derrotados” desejamos que tenham energia e motivação para continuarem na luta em prol dum Portugal mais justo e próspero, em paz social. Os 45,5 % de abstencionistas que meditem nas consequências por não terem cumprido o seu dever cívico… O Partido Socialista, vencedor das eleições legislativas de ontem, é também o grande dominador nos resultados da Beira Interior, ganhando nos distritos de Castelo Branco e Guarda e aumentando o número de deputados de quatro para cinco. O PSD elege apenas dois. Se em Castelo Branco o triunfo é uma repetição do que aconteceu em 2015, na Guarda é uma reviravolta, pois há quatro anos tinha sido o PSD a vencer. No distrito de Castelo Branco, o PS reforçou ainda mais o seu domínio, conseguindo este ano uma vitória esmagadora com 40,88% dos votos, contra apenas 26,33% do PSD. É uma diferença superior a 14 por cento, quando em 2015 tinha sido apenas de três por cento. Em termos de eleição de deputados pelo círculo, os socialistas elegem Hortense Martins, Eurico Brilhante Dias e Nuno Fazenda. O PSD elege apenas Cláudia André. Na terceira posição continua o Bloco de Esquerda (11,05%), seguido de CDU (4,75%), CDS (3,71%), PAN (2,38%) e Chega (1,27%). Por concelho, os socialistas mantêm as vitórias no Fundão, Covilhã, Belmonte, Castelo Branco, Idanha-a-Nova e Vila velha de Ródão e conquistam Penamacor e Proença-a-Nova (que há quatro anos haviam votado PSD). O PSD vence em três concelhos “habituais” na zona do Pinhal: Oleiros, Sertã e Vila de Rei. A abstenção no distrito subiu e foi de 44,91% (em 2015 foi 42,54%).  

Ler mais

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-14 13:04:30

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

             O SITE DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO JÁ ULTRAPASSOU OS 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES DE CIBERNAUTAS DO PAÍS E DO MUNDO.     Pode escutar a RCM em :   FM: 98.7 Mhz e 107.8 Mhz   em   www.radiomonsanto.pt   ou:   www.radiomonsanto.radios.pt   e ainda acompanhar a RCM na página   www.facebook.com/radiomonsanto    

Ler mais

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-08 19:54:23

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

O SITE DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO JÁ ULTRAPASSOU OS 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES DE CIBERNAUTAS DO PAÍS E DO MUNDO.     Pode escutar a RCM em :   FM: 98.7 Mhz e 107.8 Mhz   em:   www.radiomonsanto.pt   ou:   www.radiomonsanto.radios.pt   e ainda acompanhar a RCM na página:   www.facebook.com/radiomonsanto                

Ler mais

TOLERÂNCIA ZERO PARA A PROPAGANDA DOS POLÍTICOS

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-03 17:49:33

TOLERÂNCIA ZERO PARA A PROPAGANDA DOS POLÍTICOS

  A RÁDIO CLUBE DE MONSANTO não vai acompanhar as iniciativas locais no âmbito das eleições do próximo dia 6 de Outubro. A RCM decidiu voltar a boicotar a cobertura jornalística às iniciativas desenvolvidas localmente pelos vários candidatos às eleições legislativas.  À semelhança daquela que foi a posição assumida noutras circunstâncias por esta emissora, e por várias outras rádios locais do país, e recentemente na campanha para as eleições europeias, a RCM vai continuar sem acompanhar as acções de campanha promovidas localmente pelos candidatos a deputados à Assembleia da República. Na base desta decisão estão uma série de entraves que têm vindo a ser colocados às rádios locais, com decisões que podem levar, no limite, ao fechar de portas de várias estações emissoras.  “Os problemas das rádios portuguesas já são há muito tempo conhecidos pela classe política, mas a situação das rádios de proximidade está, em nosso entender, numa fase crítica, decisiva até". A não emissão de tempos de antena e a situação dos pagamentos dos direitos conexos são apenas duas das matérias referidas, sendo que "O Estado não defende os direitos das rádios locais", e que "os políticos não ouvem as rádios", por isso, "chegou o momento das rádios não ouvirem os políticos".

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line