Notícias

POLÍTICAS AMBIENTAIS: MAIS DE 100 PESSOAS DESCEM O TEJO EM CANOAS

Escrito por Lusa / RCM em 2010-05-04 15:02:44

POLÍTICAS AMBIENTAIS: MAIS DE 100 PESSOAS DESCEM O TEJO EM CANOAS

Mais de uma centena de pessoas vão descer o Tejo em canoas, desde a barragem de Cedilho até Vila Velha de Ródão, no próximo domingo, numa iniciativa transfronteiriça para chamar a atenção para os problemas do rio. Paulo Constantino, do movimento ProTejo, disse à agência Lusa que as organizações portuguesas e espanholas que promovem este "Vogar Contra a Indiferença" esperam a participação de meio milhar de pessoas na iniciativa. "Esta é uma forma de mostrar porque é que vale a pena preservar o rio e o património que lhe está associado e denunciar o que tem vindo a causar efeitos nefastos à água do Tejo, como a poluição agrícola e industrial e mesmo nuclear (dada a existência da central de Almaraz)", disse.

ABERTURA DE CONCURSO PARA POUSADA DA SERRA DA ESTRELA

Escrito por RCM em 2010-04-29 16:33:43

ABERTURA DE CONCURSO PARA POUSADA DA SERRA DA ESTRELA

O anúncio de abertura do concurso internacional para a construção da Pousada da Serra da Estrela, a edificar no edifício do ex - Sanatório dos Ferroviários, foi esta quarta-feira publicado em Diário da Republica. A ENATUR, dá assim início definitivo à recuperação de um ex-líbris da Serra da Estrela. O valor do preço base do procedimento é de 13.500.000,00€ o que faz com que esta obra seja a de maior impacto dos últimos anos nesta Região. O prazo de execução será de 16 meses. O concurso foi igualmente publicado no Jornal Oficial da União Europeia.

MOBILIDADE: ESPECIALISTAS APONTAM FALTA DE PREVISÃO DAS CONSEQUÊNCIAS DE ALGUMAS DECISÕES URBANÍSTICAS

Escrito por Expresso em 2010-04-29 14:45:39

MOBILIDADE: ESPECIALISTAS APONTAM FALTA DE PREVISÃO DAS CONSEQUÊNCIAS DE ALGUMAS DECISÕES URBANÍSTICAS

A falta de previsão das consequências de algumas decisões urbanísticas na mobilidade e a deficiente coordenação dos sistemas de transportes foram algumas das falhas encontradas pelas equipas do Projecto Mobilidade Sustentável, que hoje serão apresentadas. Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Amarante, Arcos de Valdevez, Barcelos, Beja, Cantanhede, Fafe, faro, Mértola, Ourique, Ponta Delgada, Portimão, Santarém e Viana do Castelo foram alguns dos 40 municípios seleccionados para este projecto, que envolveu diversos organismos estatais e centros de investigação.

DOIS MÉDICOS MULTADOS EM 32 MIL EUROS POR ESCREVEREM A SÓCRATES EM PAPEL DO HOSPITAL

Escrito por Público em 2010-04-29 13:55:32

DOIS MÉDICOS MULTADOS EM 32 MIL EUROS POR ESCREVEREM A SÓCRATES EM PAPEL DO HOSPITAL

Polémico em todo o país, o fecho de algumas maternidades iniciado em 2006 também acendeu paixões nos distritos da Guarda e Castelo Branco. Foi nesse quadro que os médicos do Hospital da Guarda (Hospital de Sousa Martins), actualmente integrado na ULSG, pediram no ano passado a Sócrates que clarificasse a sua posição sobre o assunto. Fizeram-no em papel timbrado do hospital, no qual recolheram as assinaturas de 56 médicos daquela unidade, e resolveram dar conhecimento a mais 17 entidades. O envelope dirigido ao primeiro-ministro foi encaminhado para o expediente da ULSG, de onde seguiu para São Bento a 8 de Setembro. Pouco depois foram ali entregues mais 17 envelopes, contendo outras tantas cópias do abaixo-assinado, para serem enviadas aos seus destinatários, incluindo a administração da unidade.

JORNAL O DISTRITO DE PORTALEGRE PUBLICA ÚLTIMO NÚMERO ESTA QUINTA-FEIRA

Escrito por Lusa em 2010-04-28 12:43:16

JORNAL O DISTRITO DE PORTALEGRE PUBLICA ÚLTIMO NÚMERO ESTA QUINTA-FEIRA

O director do jornal "O Distrito de Portalegre", Nuno Folgado, revelou terça-feira à agência Lusa que o último número daquele semanário vai para as bancas quinta-feira, após 126 anos de existência. “Este projecto vai acabar esta quinta feira. Não conseguimos alcançar a viabilidade económica que desejávamos”, declarou. “Apesar do esforço efectuado na reestruturação do jornal em Janeiro de 2009, o passivo é de décadas e a escassez de publicidade levou a administração a tomar esta decisão”, explicou. O jornal, que cumpre hoje 126 anos de existência, pertence à empresa Tipografia Nuno Alvares, propriedade da Diocese de Portalegre e Castelo Branco e do Seminário Diocesano de Portalegre e Castelo Branco.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 |

Convenção Nacional de Rádios 2019

Facebook

Escrito por RCM em 2019-10-10 18:27:51

Convenção Nacional de Rádios 2019

    A Associação Portuguesa de Radiodifusão organiza, no próximo dia 26 de Outubro, na Vila de Mafra, a Convenção Nacional de Rádios 2019.   Este evento no salão Nobre do Edifício Municipal de Serviços (Loja do Cidadão), conta com o apoio da Rádio do Concelho de Mafra, da Câmara Municipal de Mafra, da ERC, da Sitemaster, da Delta Cafés e da Fastprint.   Neste dia de trabalho destinado apenas aos associados da APR serão analisadas as seguintes matérias:   Manhã:   - Análise da situação actual; - Medidas a tomar; - Contencioso com a PassMúsica.   Tarde:   - Galgar o futuro próximo; - Da programação linear para a não linear; - Produção de conteúdos híbridos; - Plataforma digital.

Ler mais

TAMBÉM NA BEIRA INTERIOR O PS GANHA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-10-07 10:07:17

TAMBÉM NA BEIRA INTERIOR O PS GANHA

FELICITAÇÕES E PARABÉNS AOS VENCEDORES. Aos “derrotados” desejamos que tenham energia e motivação para continuarem na luta em prol dum Portugal mais justo e próspero, em paz social. Os 45,5 % de abstencionistas que meditem nas consequências por não terem cumprido o seu dever cívico… O Partido Socialista, vencedor das eleições legislativas de ontem, é também o grande dominador nos resultados da Beira Interior, ganhando nos distritos de Castelo Branco e Guarda e aumentando o número de deputados de quatro para cinco. O PSD elege apenas dois. Se em Castelo Branco o triunfo é uma repetição do que aconteceu em 2015, na Guarda é uma reviravolta, pois há quatro anos tinha sido o PSD a vencer. No distrito de Castelo Branco, o PS reforçou ainda mais o seu domínio, conseguindo este ano uma vitória esmagadora com 40,88% dos votos, contra apenas 26,33% do PSD. É uma diferença superior a 14 por cento, quando em 2015 tinha sido apenas de três por cento. Em termos de eleição de deputados pelo círculo, os socialistas elegem Hortense Martins, Eurico Brilhante Dias e Nuno Fazenda. O PSD elege apenas Cláudia André. Na terceira posição continua o Bloco de Esquerda (11,05%), seguido de CDU (4,75%), CDS (3,71%), PAN (2,38%) e Chega (1,27%). Por concelho, os socialistas mantêm as vitórias no Fundão, Covilhã, Belmonte, Castelo Branco, Idanha-a-Nova e Vila velha de Ródão e conquistam Penamacor e Proença-a-Nova (que há quatro anos haviam votado PSD). O PSD vence em três concelhos “habituais” na zona do Pinhal: Oleiros, Sertã e Vila de Rei. A abstenção no distrito subiu e foi de 44,91% (em 2015 foi 42,54%).  

Ler mais

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-14 13:04:30

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

             O SITE DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO JÁ ULTRAPASSOU OS 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES DE CIBERNAUTAS DO PAÍS E DO MUNDO.     Pode escutar a RCM em :   FM: 98.7 Mhz e 107.8 Mhz   em   www.radiomonsanto.pt   ou:   www.radiomonsanto.radios.pt   e ainda acompanhar a RCM na página   www.facebook.com/radiomonsanto    

Ler mais

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-08 19:54:23

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

O SITE DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO JÁ ULTRAPASSOU OS 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES DE CIBERNAUTAS DO PAÍS E DO MUNDO.     Pode escutar a RCM em :   FM: 98.7 Mhz e 107.8 Mhz   em:   www.radiomonsanto.pt   ou:   www.radiomonsanto.radios.pt   e ainda acompanhar a RCM na página:   www.facebook.com/radiomonsanto                

Ler mais

TOLERÂNCIA ZERO PARA A PROPAGANDA DOS POLÍTICOS

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-03 17:49:33

TOLERÂNCIA ZERO PARA A PROPAGANDA DOS POLÍTICOS

  A RÁDIO CLUBE DE MONSANTO não vai acompanhar as iniciativas locais no âmbito das eleições do próximo dia 6 de Outubro. A RCM decidiu voltar a boicotar a cobertura jornalística às iniciativas desenvolvidas localmente pelos vários candidatos às eleições legislativas.  À semelhança daquela que foi a posição assumida noutras circunstâncias por esta emissora, e por várias outras rádios locais do país, e recentemente na campanha para as eleições europeias, a RCM vai continuar sem acompanhar as acções de campanha promovidas localmente pelos candidatos a deputados à Assembleia da República. Na base desta decisão estão uma série de entraves que têm vindo a ser colocados às rádios locais, com decisões que podem levar, no limite, ao fechar de portas de várias estações emissoras.  “Os problemas das rádios portuguesas já são há muito tempo conhecidos pela classe política, mas a situação das rádios de proximidade está, em nosso entender, numa fase crítica, decisiva até". A não emissão de tempos de antena e a situação dos pagamentos dos direitos conexos são apenas duas das matérias referidas, sendo que "O Estado não defende os direitos das rádios locais", e que "os políticos não ouvem as rádios", por isso, "chegou o momento das rádios não ouvirem os políticos".

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line