Notícias

EDUCAÇÃO: ASSOCIAÇÃO DOS AUTARCAS SOCIAIS-DEMOCRATAS ACUSA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DE “CEGUEIRA” E “DESORIENTAÇÃO”

Escrito por Lusa / RCM em 2010-09-09 12:47:22

EDUCAÇÃO: ASSOCIAÇÃO DOS AUTARCAS SOCIAIS-DEMOCRATAS ACUSA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DE “CEGUEIRA” E “DESORIENTAÇÃO”

O presidente da associação dos autarcas sociais-democratas, Manuel Frexes, acusa o Ministério da Educação de «cegueira» e «desorientação», ao indicar o encerramento de escolas quando novos centros educativos estão incompletos, avança a agência Lusa. «O que ficou combinado, e que os autarcas querem ver respeitado, é que os encerramentos só ocorram face à anuência dos representantes eleitos pelo povo», defendeu o também presidente da câmara do Fundão. Manuel Frexes argumentou que se houvesse o «mínimo de bom-senso e disponibilidade para acompanhar o que se passa no terreno, 90 por cento dos problemas no início deste ano lectivo não se iriam verificar». A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) pediu na terça-feira uma reunião urgente à ministra da Educação, por ter indicação de que «algumas escolas foram encerradas sem o consentimento dos municípios», contrariamente ao que foi protocolado.

POLÍCIA JUDICIÁRIA FOI CHAMADA A INVESTIGAR INCÊNDIO NO INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

Escrito por Lusa / RCM em 2010-09-08 12:39:10

POLÍCIA JUDICIÁRIA FOI CHAMADA A INVESTIGAR INCÊNDIO NO INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

A Polícia Judiciária foi chamada a investigar as causas do incêndio que, na madrugada de hoje, deflagrou no armazém do Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ) em Castelo Branco, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros. O fogo eclodiu às 03:24 e entrou em fase de rescaldo cerca das 07:00, segundo o comandante distrital de operações de socorro, Rui Esteves, que disse que "parte da fábrica foi danificada", mas a "zona de escritório não foi afectada". O responsável técnico das instalações de Castelo Branco do ISQ, Vasco Pires, considerou, entretanto, ser "ainda muito cedo" para determinar as causas do incêndio, adiantando que o fogo começou numa área onde se encontravam dois camiões que ficaram completamente destruídos.

MEL DO FUNDÃO JÁ TEM CERTIFICADO DE QUALIDADE

Escrito por RCM em 2010-09-01 13:17:24

MEL DO FUNDÃO JÁ TEM CERTIFICADO DE QUALIDADE

O processo de certificação teve início em Março de 2009 e foi atribuído em Agosto, tornando a Casa do Mel, sediada na freguesia de Bogas de Cima, concelho do Fundão, a única do género certificada. O processo garante e certifica a qualidade e o nível de segurança alimentar, no âmbito da própria extracção e embalamento do mel, que mantém as suas propriedades e qualidade única. Desta forma é valorizado o mel como produto devidamente certificado para poder entrar nos circuitos comerciais, sob marca própria. A Casa do Mel faz parte de uma rede de espaços temáticos denominada ‘Casas da Floresta’.

MINISTRO DA AGRICULTURA DIZ QUE REFLORESTAÇÃO AVANÇA APÓS INTERVENÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE SOLOS

Escrito por Terras da Beira / RCM em 2010-08-31 12:46:19

MINISTRO DA AGRICULTURA DIZ QUE REFLORESTAÇÃO AVANÇA APÓS INTERVENÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE SOLOS

O ministro da Agricultura, António Serrano, admitiu esta semana que a reflorestação das áreas ardidas na Serra da Estrela só deverá ocorrer após a intervenção de recuperação de solos, apontando para Março de 2011.  «O fundamental agora, que temos que garantir, é a intervenção, nos terrenos, de emergência pós incêndios» através de medidas que «estão a ser programadas», disse o ministro aos jornalistas em Seia, onde iniciou uma visita às áreas ardidas naquela zona do distrito da Guarda. Segundo António Serrano, a Autoridade Florestal Nacional está a elaborar os relatórios da área ardida nos concelhos da região da Serra da Estrela tudo apontando para a destruição de mais de 4500 hectares de área.

DESENRAÍZAM O HOMEM DO SEU PASSADO

Escrito por RCM / Isabel Cabral em 2010-08-27 17:52:35

DESENRAÍZAM O HOMEM DO SEU PASSADO

TODOS os DISCURSOS políticos dos partidos ABORDAM, ANO após ANO, na abertura da “saison” ou no fecho, em encontros programados ou avulsos, AS MESMAS questões comuns, embora VISTAS segundo as suas PARTICULARES DIOPTRIAS ...– saúde, justiça social, educação…            NINGUÉM FALA do HOMEM do FUTURO- o futuro DESENRAIZADO. NÃO APENAS porque nasce uma criança numa ambulância algures no anonimato de uma qualquer estrada - nasce-se ao Km “x” ou “y” e não numa aldeia, vila … NÃO APENAS porque FECHA uma ESCOLA, e um povoado do Portugal “PROFUNDO” se torna num TIJOLO mais para a CONSTRUÇÃO de um Portugal DESERTIFICADO, enquanto as SUAS CRIANÇAS se PERDEM na igualdade cinzenta da grande CIDADE… SIM porque está a ser DESTRUÍDO o nosso PATRIMÓNIO. Seguem-se, do norte ao sul do País, os atentados AUTORIZADOS ou CONSENTIDOS. Primeiro uma CASA, depois uma RUA, um SOLAR e a sua TORRE do século XIII, uma igreja, um convento... Em MONSANTO, a aldeia mais portuguesa de Portugal, DERRUBA-SE uma a casa judaica para pseudo recuperação do PATRIMÒNIO JUDAICO!!! Assim, ÀS CLARAS, sem alvará, NO SIMPLEX… DESAPARECEM as Associações de defesa do património. DESILUDIDAS, as VOZES dos cidadãos, GUARDIÃES das nossas REFERÊNCIAS culturais, das nossas MEMÓRIAS COMUNS, CALAM-SE, remetem-se ao SILÊNCIO. SEM ELES, os MESMOS de sempre - as instituições de interesses ou de ignorância – ENCARTADOS e AUTORIZADOS, INDIFERENTES à destruição dos nosso património histórico e cultural, destroem as nossas raízes e assim, DESENRAÍZAM o HOMEM DO SEU PASSADO, DESENRAÍZAM O HOMEM DO FUTURO ............................. RCM  / Isabel Veiga Cabral, em 27 de Agosto de 2010 ..................... PODE OUVIR O ÁUDIO NO DETALHE DESTA NOTÍCIA

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 |

CONTRA O LÍTIO

Facebook

Escrito por LUSA em 2019-06-01 10:14:07

CONTRA O LÍTIO

Idanha-a-Nova manifesta-se contra pedidos de prospecção mineira no concelho A Câmara de Idanha-a-Nova manifestou-se contra a possibilidade de prospecção e pesquisa de depósitos minerais no concelho por considerar que irá prejudicar a estratégia de desenvolvimento do município.   A nossa posição, nesta fase, foi de estar contra este tipo de acção, apesar de saber que estamos a falar de um fase inicial de prospecção", afirmou hoje à agência Lusa, o presidente deste município do distrito de Castelo Branco.   Armindo Jacinto explica que a autarquia tomou uma posição que teve em conta as questões técnicas do processo e teve em linha de conta a forma como poderia ser defendida a posição de Idanha-a-Nova.   "Tomámos uma posição pública contra [a prospecção] e tecnicamente defendemos esta nossa posição", sustentou. O autarca entende que, apesar de se falar de prospecção, o processo pode pôr em causa a estratégia de desenvolvimento delineada para o concelho. "O que temos conseguido em Idanha-a-Nova, de valorização do património histórico, cultural e natural, estes processos de prospecção, em tudo vem prejudicar a nossa estratégia de desenvolvimento sustentado e colocar em causa toda a estratégia delineada pelo município", concluiu. A área em causa é a denominada "Carrapeteiro" e abrange os concelhos de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Fundão e Penamacor, num total de 429,014 quilómetros quadrados. A empresa Fortescue Metals Group Exploration Pty Ltd. requereu direitos de prospecção e pesquisa de depósitos minerais de ouro, prata, chumbo, zinco, cobre, lítio, tungsténio, estanho e outros depósitos minerais ferrosos e minerais metálicos associados neste concelho. LUSA

Ler mais

FESTIVAL GIACOMETTI

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-14 15:11:05

FESTIVAL GIACOMETTI

FESTIVAL DE HOMENAGEM A MICHEL GIACOMETTI EM FERREIRA DO ALENTEJO – 30 de Maio a 2 de Junho MÚSICA, GASTRONOMIA, ARTES & OFÍCIOS, DANÇA, ANTROPOLOGIA E CINEMA. Este evento anual, acolhe para si desafios culturais ao chamar um espectacular cartaz nacional e internacional de várias expressões contemporâneas, fazendo co-habitar tradição e atitude inovadora. O incontornável etno-musicólogo da salvaguarda da Cultura Popular Portuguesa, Michel Giacometti, oriundo da Córsega, deixou-nos um manancial de documentos fotográficos, sonoros e escritos, assim como uma extraordinária colecção de instrumentos musicais e objectos etnográficos, uma herança patrimonial determinante para o entendimento do contexto social, político e cultural do mundo português arcaico, infelizmente em desintegração.  Este homem tanto nos inspira e nos estimula na preservação da NOSSA TRADIÇÃO.   ………………………………………………………………   AS GUARDIÃS DA ARTE DE TOCAR ADUFE Dia 1 de Junho em Ferreira do Alentejo   Concerto pelas Adufeiras de Monsanto, numa interligação especial da artista Celina da Piedade, que toca também com dois grupos corais femininos de Ferreira do Alentejo e com o seu convidado especial Tim (vocalista dos Xutos e Pontapés), que invulgarmente vai tocar viola campaniça. O icónico Tim dos Xutos e Pontapés, diz estar encantado de se juntar às Adufeiras de Monsanto, tanto mais que vai ser um momento triunfal pois estarão dois grupos femininos de cante alentejano também em cima do palco.  O grupo das Adufeiras de Monsanto é reconhecido internacionalmente e faz jus às suas raízes nas tradições ancestrais da Aldeia Mais Portuguesa, uma terra rica em lendas ligadas aos rituais da Primavera.  Promovendo o extraordinário património cultural de Monsanto com os seus fatos coloridos, canções e ritmos do adufe, um instrumento feminino por excelência que trespassou contextos religiosos e teve a sua proliferação na Península Ibérica nos séculos XI e XII.  Na sua constituição actual, as Adufeiras de Monsanto, oferecem um autêntico privilégio para os que assistem às suas actuações. A não perder pelas 21:30 na PRAÇA COMENDADOR INFANTE PASSANHA EM FERREIRA DO ALENTEJO.

Ler mais

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-05 14:12:17

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Ler mais

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-02 19:32:20

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

  Rádio Clube de Monsanto há 34 anos ao Serviço do Território da Idanha, no País e no Mundo. “O nosso passado é a nossa MEMÓRIA e o que a nossa MEMÓRIA não guarda nunca ocorreu ainda que tenha ocorrido”.

Ler mais

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Facebook

Escrito por CMIN em 2019-04-30 14:43:54

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line