Notícias

DEMOLIÇÃO DO PATRIMÓNIO SECULAR JUDAICO EM MONSANTO

Escrito por RCM em 2010-09-14 00:59:52

DEMOLIÇÃO DO PATRIMÓNIO SECULAR JUDAICO EM MONSANTO

Segundo informação da Delegação de Castelo Branco da Direcção Regional de Cultura do Centro, com a referência S-2010/239451, de 27 de Agosto de 2010, a que gentilmente tivemos acesso, as obras com a finalidade de resolver um problema estrutural da habitação que estaria a pôr em risco a segurança de pessoas e bens, foram objecto de análise pela referida Delegação e mereceram a aprovação por parte do IGESPAR, estão devidamente autorizadas pelas entidades competentes, e consistem em “…APENAS TRABALHOS DE VEDAÇÃO, ESCORAMENTO E LIMPEZA de forma a evitar mais danos na construção e possam prevenir perigos para a via pública...".+++++++++++++++++ +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ O desenrolar, no local, desta escandalosa situação, de duvidosa legalidade, tem vindo a merecer o protesto da população da aldeia histórica de Monsanto, que até já se manifestou em recente sessão pública da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova.  A RCM desde 17 de Julho de 2010 que denuncia este atentado ao Património Judaico,  sem ter ainda conseguido SENSIBILIZAR quem de direito!!!. Mas as imagens valem mais do que mil palavras e os nossos cibernautas podem ajuizar e ver tudo em:   www.radiomonsanto.pt

MONSANTINOS LEVAM À REUNIÃO DE CÂMARA O CASO DA DEMOLIÇÃO DE UM IMÓVEL SECULAR JUDAICO

Escrito por GAZETA DO INTERIOR / RCM em 2010-09-02 17:35:15

MONSANTINOS LEVAM À REUNIÃO DE CÂMARA O CASO DA DEMOLIÇÃO DE UM IMÓVEL SECULAR JUDAICO

Cerca de 20 populares da Freguesia de Monsanto marcaram presença na última reunião de Câmara de Idanha, que decorreu na sexta-feira, com o objectivo de pedir ao executivo que interviesse “de forma eficaz” no caso da demolição de uma casa secular judia, situada na rua principal da aldeia histórica. O tema já fez correr tinta nos jornais regionais, mas “como só vemos a situação a piorar, resolvemos vir cá expor o caso ao senhor presidente”. Os populares dizem mesmo ser um “atentado ao património". Por outro lado, os populares estão apreensivos por não terem informação de como a intervenção de reconstrução desta casa vai ser feita. Álvaro Rocha deu garantias de que a casas seria alvo de obras, feitas por obrigatoriedade da sua proprietária, a jornalista destacada em Estrasburgo, Fernanda Gabriel. Álvaro Rocha ouviu todas as críticas dos populares e garantiu que a Câmara contactou o Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (IGESPAR) que enviou um relatório “das obras a efectuar pela proprietária que foi notificada”. Das obras constam a limpeza do entulho, a recolocação das paredes e a colocação do telhado. (Inês Monteiro - 1 de Setembro de 2010)+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ Através dum ADVOGADO DE LISBOA pretende-se intimidar a Rádio Clube de Monsanto, estação emissora da “Aldeia Mais Portuguesa”, por ter denunciado a destruição deste Património Secular Judaico em Monsanto, pertença da referida jornalista portuguesa colocada em Estrasburgo.   Citamos algumas das ameaças que já são do conhecimento público e que foram gentilmente transmitidas a Joaquim Fonseca, director da Rádio Clube de Monsanto:   “…cesse, com efeitos imediatos, com estas intervenções, nomeadamente que:   - retire do portal da Rádio Clube de Monsanto os dois comunicados que aí constam; - não volte a ler qualquer destes comunicados na antena da Rádio Clube de Monsanto; - não volte a criar notícias sobre estes factos (falsos) sob a forma de notícia do portal ou em antena; - não volte a difundir estes factos (falsos) por panfletos ou sob qualquer outra forma ou suporte, nomeadamente em blogs.   …seremos forçados a recorrer a Tribunal, tanto em sede de pedido de indemnização como, se for o caso, a nível criminal, pela prática do crime de difamação…”          

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PATRIMÓNIO JUDAICO

Escrito por RCM em 2010-08-23 13:24:59

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PATRIMÓNIO JUDAICO

Ao que conseguimos apurar o senhor Nuno Oliveira terá apresentado, em tempos, um projecto de candidatura para subsídio ao abrigo do Plano de Acção da Rede de Alojamento das Aldeias Históricas de Portugal e do Judaísmo – Casas de Monsanto, num investimento previsto de trezentos e sessenta mil euros. Tal como era nossa obrigação deontológica, a RCM divulgou no passado dia 17 de Julho, que a família Oliveira procedeu, simplesmente, à demolição do edifício secular judaico, situado na rua principal da aldeia, sem qualquer prévio cuidado ou numeração das pedras, com vista a uma futura e séria reconstrução, dentro do mais elementar respeito pela manutenção das fachadas tradicionais, e, não roubar o espaço da via pública, na Rua do Sol Velho, como já é bem evidente no local. Alertadas as entidades oficiais ordenaram, como lhes competia, a paragem deste atentado contra o património da Aldeia Mais Portuguesa. Mas hoje, dia 23 de Agosto, com muita surpresa, os habitantes da aldeia deram-se conta de que as obras recomeçaram! Salvo melhor opinião, e, com o devido respeito, o parecer do IGESPAR e o projecto para a realização destas obras, a serem eventualmente subsidiadas com os dinheiro dos contribuintes, neste território classificado, deviam ser do conhecimento geral e do domínio público. Mas de aviso de obras ou de aprovação ou de licenciamento do projecto de restauro ou de recuperação do edifício não há qualquer sinal da parte da autarquia de Idanha-a-Nova . Assim, parece-nos que a legislação estará a ser, habilidosamente, contornada e a Lei, afinal, não é mesmo igual para todos! Não nos deixaremos intimidar. Continuaremos a proclamar as verdades, mesmo que nos mandem a GNR ao Rádio ou façam de nós "queixinhas" ao ICP/ANACOM ou à ERC.

CASA SECULAR JUDIA DEMOLIDA EM MONSANTO SEM AVISO DE OBRAS OU DE LICENCIAMENTO

Escrito por RCM em 2010-07-17 15:21:13

CASA SECULAR JUDIA DEMOLIDA EM MONSANTO SEM AVISO DE OBRAS OU DE LICENCIAMENTO

ÁGUA CAMARÁRIA É GASTA SEM QUALQUER CONTADOR... INVASÃO DA VIA PÚBLICA. E SEU CONSEQUENTE ESTREITAMENTO...................Moradores de Monsanto manifestaram já o seu descontentamento pela forma como está a ser feita a demolição da casa secular judia, situada na rua principal da aldeia histórica e mais portuguesa de Portugal. Falam em atentado ao património, mas a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova  garante que a fachada vai ser reposta e a casa devidamente recuperada. Os populares estão apreensivos e não sabem como tal intervenção vai acontecer visto que as pedras estão a ser retiradas sem qualquer cuidado e nem sequer estão a ser numeradas. Aviso de obras ou de licenciamento por parte da autarquia nem sinal... Entretanto o empreiteiro, para minimizar o efeito da poeirada está, já há mais de uma semana, a gastar água da rede camarária sem qualquer contador... E ainda dizem os transgressores que está tudo legal. Clamam os populares que afinal a Lei não é igual para todos.

PAÍS GOVERNADO AO ACASO

Escrito por RCM em 2010-09-11 12:02:08

PAÍS GOVERNADO AO ACASO

“ORDINARIAMENTE todos os ministros são inteligentes, escrevem bem, discursam com cortesia e pura dicção, vão a faustosas inaugurações e são excelentes convivas. Porém, são nulos a resolver crises. Não têm a austeridade, nem a concepção, nem o instinto político, nem a experiência que faz o ESTADISTA. É assim que há muito tempo em Portugal são regidos os destinos políticos. Política de acaso, política de compadrio, política de expediente. País governado ao acaso, governado por vaidades e por interesses, por especulação e corrupção, por privilégio e influência de camarilha, será possível conservar a sua independência?”   (Eça de Queiroz, em 1867 in “O distrito de Évora”)

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 |

RÁDIO TEMÁTICA MUSICAL EM VENDA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-03-04 10:20:11

RÁDIO TEMÁTICA MUSICAL EM VENDA

RÁDIO TEMÁTICA MUSICAL VENDE PARCIAL OU TOTALMENTE O SEU CAPITAL SOCIAL. ………………………………………… A RÁDIO CLUBE DE MONSANTO PROCURA UMA PARCERIA TOTAL OU PARCIAL PARA A CONTINUIDADE DA ACTIVIDADE RADIOFÓNICA, NAS FREQUÊNCIAS DE 98.7 Mhz e 107,8 Mhz do FM, ATRIBUIDAS AO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA - CASTELO BRANCO. ………………………………………… RÁDIO CLUBE DE MONSANTO - Líder de audiência no distrito de Castelo Branco e uma das Rádios Portuguesas mais ouvidas na Internet. Centro Emissor em Monsanto; Estação repetidora nas Termas de Monfortinho; Delegação em Castelo Branco; cobertura geográfica dos distritos da Guarda, Castelo Branco, Portalegre e Extremadura Espanhola. Três estúdios (de emissão e de produção), equipados com a mais moderna tecnologia no sector da radiodifusão e da automação. ………………………………………………… Os interessados podem contactar para: 277 314 415, 969 216 305; geral@radiomonsanto.pt ou para a Rua dos Cebolinhos, nº.4 – 6060-091 MONSANTO IDN.  

Ler mais

NOVO ANO – MELHORES DIAS PARA AS RÁDIOS LOCAIS?

Facebook

Escrito por RCM em 2018-12-31 16:34:21

NOVO ANO – MELHORES DIAS PARA AS RÁDIOS LOCAIS?

  Sendo a radiodifusão um serviço cultural de interesse público não tem merecido o devido reconhecimento pelo Estado Português, sendo até praticamente ignorado nos últimos anos.  Poderá dizer-se numa óptica optimista que o sector está estabilizado, mas também não será incorrecto afirmar que ele se encontra estagnado. É bom ter a noção da realidade. O Estado parece apostado na “morte lenta” das micro e pequenas empresas, onde se incluem a maioria das rádios portuguesas. Foi, aliás, aproveitando as leis desfavoráveis para as rádios, mas altamente benéficas para os representantes do direito de autor e direitos conexos, que a PassMúsica desencadeou uma ofensiva perante as rádios locais para além de tudo o que é razoável. Continua a ser correcto e actual afirmar-se que as rádios locais se encontram confrontadas com quatro grandes ameaças: 1. Ofensiva da PassMúsica, referente aos direitos conexos; 2. Constrangimentos causados pelo Estado, nomeadamente, excesso de regulamentação, regulação e fiscalização; 3. Dificuldades de mercado, causadas pela crise económica, sem perspécticas de regressão; 4. Concorrência de novos meios tecnológicos, através da internet. A Rádio Clube de Monsanto desde sempre tem sobrevivido com graves dificuldades financeiras e carência de recursos humanos, próprias duma aldeia do interior profundo. Esperamos que no Novo Ano de 2019 a situação melhore um pouquinho…para podermos comemorar os 34 anos ao serviço do Regionalismo e da Música Portuguesa, na sua companhia amiga. Vamos resistir enquanto tivermos forças, em homenagem e preito de reconhecimento ao nosso fiel auditório, que muito nos tem ajudado desde 1985. Bem hajam e votos de excelente Ano Novo, sobretudo com saúde, paz, esperança e luz, não esquecendo as comunidades da diáspora, que nos acompanham, em todo o mundo, através do nosso site www.radiomonsanto.pt já com 9.397.034 de visitas.  

Ler mais

IDANHA APROVA ORÇAMENTO DE 24 MILHÕES PARA 2019

Facebook

Escrito por RCM em 2018-12-03 10:10:07

IDANHA APROVA ORÇAMENTO DE 24 MILHÕES PARA 2019

  A Câmara de Idanha-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, aprovou a proposta de orçamento para 2019, no valor de 24 milhões de euros, mais dois milhões face ao orçamento deste ano, foi hoje anunciado. O orçamento foi aprovado por maioria pelo executivo de maioria socialista, com o voto contra do vereador do PSD. Segundo o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, o orçamento para 2019 reflecte o investimento na captação de programas comunitários que o executivo conseguiu durante este ano. "2019 será um ano de muita exigência para a concretização dos projectos que temos em curso, nomeadamente no âmbito da economia verde e na afirmação de Idanha-a-Nova como biorregião", disse. O autarca adianta que vai ser um orçamento de continuidade e de afirmação da estratégia definida pelo município em áreas como a social ou a economia, com destaque para sectores como a educação, saúde e habitação. "Estamos apostados na captação de empresas inovadoras no sentido de criar mais riqueza e emprego e trazer e fixar mais famílias para o concelho", sustentou. Armindo Jacinto sublinha ainda o "forte investimento" que vai ser feito na habitação, sobretudo com a implementação de planos de acção para a reabilitação urbana em todas as freguesias de Idanha-a-Nova e não apenas na sede de concelho.  

Ler mais

NÃO QUEREMOS SUBSÍDIOS DO ESTADO.

Facebook

Escrito por RCM em 2018-11-29 15:15:28

NÃO QUEREMOS SUBSÍDIOS DO ESTADO.

SENHOR PRESIDENTE DA REPÚBLICA NÓS, COMO RÁDIO LOCAL, NÃO QUEREMOS SUBSÍDIOS DO ESTADO. ................................................................................................. Queremos tão só e apenas que não nos castiguem com taxas e taxinhas, e cada dia com mais e mais exigências, inadmissíveis e absolutamente injustificadas. Até porque prestamos um SERVIÇO DE UTILIDADE PÚBLICA.   A Rádio Clube de Monsanto – A VOZ DA PORTUGALIDADE - tem um historial de 33 anos de sobrevivências com as maiores dificuldades financeiras e graves carências de recursos humanos. Simplesmente porque teimamos em resistir neste interior profundo e abandonado pelos mandantes do poder nacional e local. Estamos também a pagar o preço de sempre ter querido estar ao lado dos mais humildes, dos que lutam pela liberdade e pelos seus elementares direitos a uma digna vivência social. A liberdade é muito bonita…mas tem-nos dado muitas chatices. Mas queremos continuar a ser livres. Só não sabemos até quando temos forças para nos aguentar nesta dura batalha. Mas duma coisa temos a certeza: SÓ CAIREMOS DE PÉ. E se verdadeiramente quer ajudar a Comunicação Social, senhor Presidente da República, faça chegar este nosso angustiante apelo ao Governo que o senhor Professor Marcelo Rebelo de Sousa “teima em trazer ao colo”, com todo o devido respeito que nos merece o Supremo Magistrado da Nação.

Ler mais

O MADEIRO EM PENAMACOR

Facebook

Escrito por RCM em 2018-11-22 09:36:09

O MADEIRO EM PENAMACOR

  Recorde-se o Penamacor Vila Madeiro ganhou fama de ser o maior do país. Todos os anos, com o aproximar do Natal, por todas as freguesias do concelho, os jovens em idade de cumprir o serviço militar unem-se para cortar e transportar os troncos que alimentarão a fogueira para aquecer o Menino Jesus. O grande monte de madeira, depositado no adro da igreja, é ateado ao cair da noite do dia 24, à excepção de Penamacor, que arde de 23 para 24, e mantém-se aceso durante vários dias. Depois da ceia de Natal, a população reúne-se em redor da fogueira, num gesto ritual de fraterno encontro. Em Penamacor, a chegada do Madeiro tem data marcada e o acto assume foros de festividade. De facto, no dia 8 de Dezembro, a população acorre generosamente à rua para saudar o cortejo de tractores e reboques, em número que procura sempre bater o antecedente, onde os jovens do ano, dantes só os rapazes e agora também as raparigas, empoleirados nos troncos, atiram à rebatina os frutos do ramo de laranjeira que a praxe manda trazer, cantando acompanhados à concertina.      

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line