Notícias

CTT LANÇAM CONJUNTO DE SELOS QUE HOMENAGEIA BORDADO DE CASTELO BRANCO

Escrito por RCM em 2011-06-29 11:15:00

CTT LANÇAM CONJUNTO DE SELOS QUE HOMENAGEIA BORDADO DE CASTELO BRANCO

Os Ctt lançaram ontem um conjunto de selos cujo motivo é o bordado de Castelo Branco. A emissão filatélica “Bordados Tradicionais Portugueses” é uma iniciativa que homenageia a arte tradicional portuguesa do bordado, fortemente associada às identidades regionais do país, em particular ao sexo feminino. O selo alusivo ao bordado de Castelo Branco reproduz um pormenor de uma “Entrecama”,da colecção do Museu Nacional de Arte Antiga, tem o valor facial de 0,57 euros e baseia-se numa foto da dupla Paulo Cintra/Laura Castro Caldas. A colecção, com design de Sofia Raposo, integra uma emissão de 6 selos, com valores faciais entre os 0,32 e 1 euro, e ainda um bloco com 1 selo, com o preço de 1,75 euros.

ESTUDO ENTREGUE À TROIKA PROPÕE FECHO DE 800 KM DE LINHA FÉRREA

Escrito por Público em 2011-06-28 14:47:50

ESTUDO ENTREGUE À TROIKA PROPÕE FECHO DE 800 KM DE LINHA FÉRREA

Documento feito, à revelia da Refer, pelo anterior Governo do PS deixa a rede ferroviária circunscrita basicamente ao eixo Braga-Faro, Beira Alta e Beira Baixa. Restantes linhas seriam amputadas ou desapareceriam. A concretizar-se, será uma razia idêntica à do fim dos anos de 1980, quando Portugal encerrou 800 quilómetros de linhas de caminho-de-ferro, sobretudo no Alentejo e em Trás-os-Montes. O Governo de José Sócrates propôs à troika o encerramento de 794 quilómetros de vias-férreas, também com particular incidência no Norte e no Alentejo, mas desta vez incluindo algumas linhas do litoral, como a própria Linha do Oeste, que seria encerrada entre Louriçal e Torres Vedras (127 quilómetros). O estudo foi realizado, à revelia da Refer, por uma equipa conjunta do Ministério das Finanças e do Ministério das Obras Públicas e Transportes. E consolida o fim das linhas que até agora estavam encerradas "provisoriamente" à espera de obras de modernização (Corgo, Tâmega, Tua e troços Figueira da Foz-Pampilhosa e Guarda-Covilhã, num total de 192 quilómetros).

IDANHA-A-NOVA CRIA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE RURAL

Escrito por Lusa / RCM em 2011-06-27 12:02:41

IDANHA-A-NOVA CRIA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE RURAL

A Câmara de Idanha-a-Nova vai acolher a partir deste ano projectos de jovens agricultores que se queiram instalar nos 530 hectares da Incubadora de Empresas de Base Rural do concelho, anunciou a autarquia. O município, a Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC) e o Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) assinaram recentemente os contratos e protocolos de criação da incubadora. A estrutura vai entregar parcelas de terreno da Herdade do Couto da Várzea que pertencem ao Ministério da Agricultura e eram campos de experimentação agrícola, mas que deixaram de ser utilizados. O município vai pagar 50 mil euros por ano pelo arrendamento dos terrenos, “um valor vantajoso”, considera o presidente Álvaro Rocha, para que ali se possam “viabilizar boas ideias”.

QUINZE DISTRITOS DE PORTUGAL CONTINENTAL SOB AVISO AMARELO

Escrito por RCM em 2011-06-24 11:26:08

QUINZE DISTRITOS DE PORTUGAL CONTINENTAL SOB AVISO AMARELO

Quinze distritos de Portugal Continental estão esta sexta-feira sob aviso amarelo devido às previsões de valores muito elevados de temperatura máxima, de acordo com dados actualizados às 6h45 no site da Internet do Instituto de Meteorologia (IM). Em aviso amarelo estão os distritos de Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Aveiro, Leiria, Santarém, Castelo Branco, Guarda, Coimbra, Portalegre, Évora, Beja, Lisboa, Setúbal. Este aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro, prolonga-se até ao final do dia de domingo. O IM prevê para hoje céu limpo e subida da temperatura máxima, com Lisboa a chegar aos 32 graus, Faro aos 31 e Porto aos 28.

GOVERNADORES CIVIS PEDIRAM DEMISSÃO COMO SINAL POLÍTICO AO NOVO EXECUTIVO

Escrito por RCM em 2011-06-23 13:13:00

GOVERNADORES CIVIS PEDIRAM DEMISSÃO COMO SINAL POLÍTICO AO NOVO EXECUTIVO

Os governadores civis pediram a demissão dos cargos. A decisão foi tomada depois de Pedro Passos Coelho ter confirmado que não vai nomear ninguém para os cargos. O governo anunciou ontem que a gestão provisória dos governos civis fica a cargo dos secretários distritais. O governador civil da Guarda, Santinho Pacheco explicou que «não pode haver duas leituras» da lei e com a tomada de posse do novo Governo era imperioso dar um sinal eminentemente político» ao novo primeiro-ministro. Não vai haver substituições porque o primeiro-ministro já anunciou que não irão nomear novos governadores civis.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 |

MONSANTO VERDE MAIS UM PROJECTO INOVADOR APRESENTADO EM PARIS

Facebook

Escrito por CMIN em 2018-05-25 09:33:05

MONSANTO VERDE  MAIS UM PROJECTO INOVADOR APRESENTADO EM PARIS

O Município de Idanha-a-Nova esteve presente, com um stand, no Salão do Imobiliário e do Turismo Português em Paris, representado pelo presidente da autarquia, Armindo Jacinto. Esta presença, entre os dias 18 e 20 de Maio, foi organizada em parceria com o projecto inovador Monsanto Verde, que está a ser desenvolvido por investidores franceses na aldeia histórica de Monsanto e foi lançado oficialmente no salão parisiense. Este empreendimento captou a atenção do jornal francês “Le Figaro”, que destacou a criação de “uma quinta biológica com 40 moradias ecológicas disponíveis em 238 hectares”, num projecto que visa integrar todas as componentes do desenvolvimento sustentável, nomeadamente a economia colaborativa, funcional, societal, circular e ecológica. Em comunhão com a natureza, pretende-se criar um espaço social, ecológico e economicamente responsável que se venha a assumir como o empreendimento de desenvolvimento sustentável mais completo até hoje em Portugal. Mais informações em http://monsantoverde.com/. Durante os dias do Salão do Imobiliário, que contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, o Município de Idanha-a-Nova promoveu a estratégia para o concelho, nas suas diferentes vertentes, divulgando as potencialidades de um território com três selos UNESCO e que é a primeira Bio Região portuguesa. 

Ler mais

ESTAÇÃO BASE DO SIRESP EM MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM em 2018-05-22 18:27:51

ESTAÇÃO BASE DO SIRESP EM MONSANTO

Foi hoje concluída a instalação de modernos equipamentos de ligação ao satélite. Mais um compromisso do SIRESP (Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal), no sentido de que as comunicações não irão falhar, e assim ser providenciada uma melhor protecção às populações.  

Ler mais

ALERTAS DUMA INVESTIGADORA UNIVERSITÁRIA

Facebook

Escrito por LUSA/PÚBLICO em 2018-05-17 13:31:05

ALERTAS DUMA INVESTIGADORA UNIVERSITÁRIA

"...Face à especulação imobiliária na rede “Aldeias Históricas de Portugal”, há casais jovens que são levados a escolher residência fora da aldeia. Segundo Paula Reis, a esta situação soma-se a ausência de serviços como farmácia, centro de saúde ou transportes públicos, que também não ajuda a estancar o despovoamento da maioria das aldeias. O diagnóstico das 12 aldeias, com base em dados entre 2001 e 2011, deixa transparecer a situação de despovoamento: a percentagem de jovens recuou 3,69%, a população idosa aumentou 2,16%, há três aldeias que não registaram qualquer nascimento (Idanha-a-Velha, Castelo Rodrigo e Piódão) e, dos 7.885 edifícios recenseados, 24,5% necessitavam, em 2011, de reparações. Em dez anos, as doze aldeias perderam, no total, 683 pessoas, havendo casos de grande recuo populacional como Castelo Mendo (-35%), Monsanto (-28,5%), Sortelha (-23,3%) ou Piódão (-20,5%)."

Ler mais

DIA DE PORTUGAL NOS EUA

Facebook

Escrito por RCM em 2018-05-16 14:34:42

DIA DE PORTUGAL NOS EUA

DIA DE PORTUGAL NOS EUA (em Newark e Bethlehem e ainda no edifício-sede das Nações Unidas em Nova Iorque).   Diversas Comunidades Portuguesas nos EUA também celebram Portugal em homenagem ao Dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas.   De festas de gala em homenagem aos luso-americanos, que muito valor dão às Comunidades Portuguesas a festivais, desfiles, concertos e animação de rua, Portugal vai ser ouvido, visto e sentido um pouco por todo o lado nos EUA.            O Adufe da Beira Baixa, o Corridinho do Algarve e o Fandango do Ribatejo nos EUA vão participar nas celebrações do Dia de Portugal.   As Adufeiras de Monsanto, o Rancho Folclórico de São Bartolomeu de Messines (Silves) e o Rancho Folclórico “Os Camponeses” de Riachos (Torres Novas) vão realizar um conjunto de actuações entre 8 e 10 de Junho no âmbito das festividades do Dia de Portugal em Newark e Bethlehem e ainda no edifício-sede das Nações Unidas em Nova Iorque.    

Ler mais

COMBATE A INCÊNDIOS

Facebook

Escrito por ZAP/LUSA em 2018-05-09 16:40:28

COMBATE A INCÊNDIOS

O comandante do Grupo Especial de Combate Contra Incêndios (GIPS) da GNR afirma num email interno que “não tem meios necessários” básicos, como luvas, fatos, telemóveis, carros ou computadores, para trabalhar no combate aos incêndios. No email interno a que o Público teve acesso, o major Cura Marques, admite que, a uma semana de terminarem a formação, os GIPS “ainda não têm equipamento de proteção individual como luvas, carros, rádios, telemóveis, computadores ou impressoras, nem sequer condições de descanso em todos os centros de meios aéreos onde vão ficar sediados”.

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2018 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line