Notícias

LUÍS RAPOSO RECONDUZIDO NA DIRECÇÃO DO MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA

Escrito por RCM em 2012-04-09 14:19:32

LUÍS RAPOSO RECONDUZIDO NA DIRECÇÃO DO MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA

O Dr. Luís Raposo continuará a ser o Director do Museu Nacional de Arqueologia, instalado no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, A injustiça foi rreparada por vontade do Secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas e de milhares de pessoas que criaram uma incomparável cadeia de solidariedade com Luís Raposo, ao saberem da decisão da sua não recondução no lugar que já desempenha há mais de quinze anos. Regionalmente houve muitas poucas vozes que se ouviram contra a injustiça da não recondução de Luís Raposo na Direcção do Museu Nacional de Arqueologia. Muitos optaram pelo silêncio cúmplice e ao nível institucional só sabemos do protesto da Sociedade dos Amigos do Museu de Francisco Tavares Proença Júnior, sediado na cidade de Castelo Branco.  

TRADIÇÕES ANCESTRAIS DA SEMANA SANTA NO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Escrito por RCM em 2012-04-05 13:10:42

TRADIÇÕES ANCESTRAIS DA SEMANA SANTA NO CONCELHO DE  IDANHA-A-NOVA

O afastamento dos centros urbanos, a iliteracia, a implantação cristã e o empenho de leigos e sacerdotes na transmissão da memória explicam que as tradições da Semana Santa no concelho de Idanha-a-Nova sejam provavelmente caso único em Portugal. O concelho do distrito de Castelo Branco “é de uma riqueza extraordinária nas manifestações de piedade popular que não existem noutras regiões de Portugal”, afirmou António Catana, o autor do livro “Mistérios da Semana Santa em Idanha”, lançado recentemente. A herança é explicada pelo “isolamento”, o “analfabetismo”, a marca deixada pelos Templários durante século e meio, período em que construíram sete castelos, número sem par noutro concelho do país, e os dois conventos franciscanos erguidos na região contribuíram para a implantação cristã e cuidado na preservação da memória e que as tradições da Semana Maior se mantivessem até hoje, explicou António Catana. O autor sublinhou que a herança dos ritos e cantos religiosos tem sido preservada por “uma mão cheia de guardiões”, que a sabem transmitir com “amor, devoção e respeito, contagiando cada vez mais os visitantes”.

NATALIDADE E ESPERANÇA EM MONSANTO

Escrito por RCM em 2012-04-02 12:06:23

NATALIDADE E ESPERANÇA EM MONSANTO

Os índices de natalidade em Monsanto, e, infelizmente, em todo o interior do país, são muito preocupantes. Na freguesia de Monsanto o número de óbitos, em média anual, tem rondado a meia centena, sobretudo de pessoas idosas. Lamentavelmente, no núcleo histórico da Aldeia Mais Portuguesa, nos últimos nove anos, apenas se registaram dois nascimentos. O último aconteceu, curiosamente, no passado dia de São Valentim. Na pequena comunidade local causou natural e justa alegria ter visto a luz do mundo o mais jovem monsantino, Afonso Agnelo Roque, filho do jovem casal Helena Agnelo e João Roque, a quem desejamos as maiores venturas, que bem merecem, até por terem tido a coragem e a generosidade de deixarem a grande cidade e virem viver para estas terras da “província”, tão abandonadas e esquecidas pelos senhores do Terreiro do Paço. Para eles muitas felicidades e esperança no futuro. Que outros jovens casais apostem, com confiança, na sua fixação na nossa histórica e secular aldeia, também, muito rica em potencialidades turísticas.  

CANDIDTATOS AO MUNICÍPIO IDANHENSE

Escrito por RCM em 2012-04-01 00:14:54

CANDIDTATOS AO MUNICÍPIO IDANHENSE

A corrida para a Presidência do Município Idanhense já começou. O primeiro a anunciar a sua candidatura às próximas eleições à cadeira maior do concelho de Idanha foi o já assumido candidato pelo PS, Armindo Jacinto, actual Vice-Presidente. Ao que nos consta o PSD vai apresentar, muito em breve, um candidato “ganhador”. Sabemos, também, que em torno do Vereador do PSD, na Câmara de Idanha, Luís Filipe Rodrigues, se está a gerar uma “vaga de fundo” no sentido de ele se apresentar na corrida, na sua qualidade de independente. Contactado pela RCM o ainda representante do PSD na CMIN não nos confirmou nem desmentiu tal eventualidade, afirmando-nos que o futuro a Deus pertence… (nunca se deve dizer “desta água não beberei”). Da “candidatura à ganhadura vai uma caminhada muito dura” e o CDS , também, não quer deixar os seus “créditos por mãos alheias”. O mesmo se poderá dizer da CDU que vai, igualmente, entrar nesta luta.

ABRAÇO DO CRISTO REI DE DILI – TIMOR-LESTE

Escrito por Rui Pedro Fonseca em Dili - Timor-Leste em 2012-03-25 16:35:22

ABRAÇO DO CRISTO REI DE DILI – TIMOR-LESTE

Regressei hoje a Dili para tentar ir amanhã para Maubisse. Estive alguns dias, no interior profundo deste jovem país independente, nomeadamente em Baucau, Lautém e Los Palos, de onde fui à pequenina ilha de Jaco, mas não tem sido fácil viajar pelos transportes locais. No primeiro dia em Los Palos queria ir para Tutuala, mas não havia autocarro e no segundo dia, também não devido a avaria mecânica. Como não tenho muito tempo tentei ir directamente para Díli, mas apenas havia transporte ás 3 da manhã pelo que fui para Baucau de MIkrolet; passei lá a noite e ás 5 da manhã apanhei um autocarro de volta para Dili, que só apareceu as 7 da manhã! Hoje desejava alugar uma mota para ir para Maubisse, mas como é fim de semana estava tudo já reservado. Amanhã vou tentar outra vez e se não conseguir tenho mesmo de ir de autocarro. No Colégio das Irmãs Canossianas conheci uma senhora muito simpática e o seu marido, que me levaram, de carro, a vários sítios espectaculares da cidade de Díli e arredores. Disseram-me que é sua grande vontade irem, em breve, como peregrinos a Fátima. Em 1999 tiveram de fugir para a ilha de Atauro por causa da guerra da ocupação indonésia.. Um casal muito simpático e prestável, mesmo não me conhecendo de lado nenhum…Receber um jovem Português foi para eles uma sincera alegria!

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 |

FESTIVAL GIACOMETTI

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-14 15:11:05

FESTIVAL GIACOMETTI

FESTIVAL DE HOMENAGEM A MICHEL GIACOMETTI EM FERREIRA DO ALENTEJO – 30 de Maio a 2 de Junho MÚSICA, GASTRONOMIA, ARTES & OFÍCIOS, DANÇA, ANTROPOLOGIA E CINEMA. Este evento anual, acolhe para si desafios culturais ao chamar um espectacular cartaz nacional e internacional de várias expressões contemporâneas, fazendo co-habitar tradição e atitude inovadora. O incontornável etno-musicólogo da salvaguarda da Cultura Popular Portuguesa, Michel Giacometti, oriundo da Córsega, deixou-nos um manancial de documentos fotográficos, sonoros e escritos, assim como uma extraordinária colecção de instrumentos musicais e objectos etnográficos, uma herança patrimonial determinante para o entendimento do contexto social, político e cultural do mundo português arcaico, infelizmente em desintegração.  Este homem tanto nos inspira e nos estimula na preservação da NOSSA TRADIÇÃO.   ………………………………………………………………   AS GUARDIÃS DA ARTE DE TOCAR ADUFE Dia 1 de Junho em Ferreira do Alentejo   Concerto pelas Adufeiras de Monsanto, numa interligação especial da artista Celina da Piedade, que toca também com dois grupos corais femininos de Ferreira do Alentejo e com o seu convidado especial Tim (vocalista dos Xutos e Pontapés), que invulgarmente vai tocar viola campaniça. O icónico Tim dos Xutos e Pontapés, diz estar encantado de se juntar às Adufeiras de Monsanto, tanto mais que vai ser um momento triunfal pois estarão dois grupos femininos de cante alentejano também em cima do palco.  O grupo das Adufeiras de Monsanto é reconhecido internacionalmente e faz jus às suas raízes nas tradições ancestrais da Aldeia Mais Portuguesa, uma terra rica em lendas ligadas aos rituais da Primavera.  Promovendo o extraordinário património cultural de Monsanto com os seus fatos coloridos, canções e ritmos do adufe, um instrumento feminino por excelência que trespassou contextos religiosos e teve a sua proliferação na Península Ibérica nos séculos XI e XII.  Na sua constituição actual, as Adufeiras de Monsanto, oferecem um autêntico privilégio para os que assistem às suas actuações. A não perder pelas 21:30 na PRAÇA COMENDADOR INFANTE PASSANHA EM FERREIRA DO ALENTEJO.

Ler mais

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-05 14:12:17

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Ler mais

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-02 19:32:20

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

  Rádio Clube de Monsanto há 34 anos ao Serviço do Território da Idanha, no País e no Mundo. “O nosso passado é a nossa MEMÓRIA e o que a nossa MEMÓRIA não guarda nunca ocorreu ainda que tenha ocorrido”.

Ler mais

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Facebook

Escrito por CMIN em 2019-04-30 14:43:54

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Ler mais

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-04-17 13:01:43

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA

NO CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA UM TESTEMUNHO DE AFONSO ALMEIDA BRANDÃO     Na sua fase inicial de vida é sabido que ainda chegou a exercer Medicina cerca de um ano. Posteriormente, a sua veia de Escritor falou mais forte e acabaria por escrever vários Livros excepcionais que deixaria a Título Póstumo. Conheci o Fernando Namora nos inícios da Década de 80 Anos, da 2º Metade do Séc. XX.   Ele no Inverno refugiava-se na aldeia do Magoito (localidade a cerca de 10 Km. de Sintra), na Vivenda do dono da Editora das EDIÇÕES 70, para escrever. Chegava a ficar por lá 3 a 4 meses alojado. Vinha à Vila almoçar por volta das 15 horas (sempre no Café Lé) e, à noite, ficava por casa a ver TV, outras vezes a ouvir Música Clássica ou a escrever. Invariavelmente, bebia um Chá acompanhado de uma Torradas. Deitava-se, regra geral, entre as 3 e as 4 horas da madrugada.    Eu e o Eng. Eduardo Silva --- o dono das EDIÇÕES 70, à época --- cedia-lhe a sua Vivenda gratuitamente para ele escrever. Raro era o dia em que nós os três não estávamos juntos. EU vivia no Magoito com a minha ex-Mulher (e que por lá continua) e o Eduardo vinha de Lisboa ao Magoito, todos os dias, e ficava instalado na Residencial Central, do velho Nuro Gulamhussen, um comerciante de nacionalidade indiana, mas naturalizado português há muitos anos.      Estas estadias do Fernando Namora, no Inverno, na Aldeia do Magoito, foram frequentes ao longo de vários anos. A Amizade entre AMBOS (Escritor e Editor) era uma Amizade antiga de tempos de Escola e Meninice). Recordo, com saudade, estes encontros.Já lá vão quase 40 Anos, como o Tempo passa, Meu Deus!   Por vezes EU e o Eduardo íamos visitá-lo à noite. Do Centro da Aldeia e do Café onde estávamos, à casa onde se encontrava o Fernando Namora, eram 600 metros, mais coisa-menos coisa. Aparecíamos de surpresa e ele ficava feliz por nos ver.    Numa certa noite chegou mesmo a desabafar: «Ainda bem que vocês apareceram. Estou sem paciência para escrever, não sai nada de jeito... Vamos comemorar, ouvir música e conversar. A escrita fica para amanhã...». E os três acabávamos, assim, por entrar pela Noite dentro, ao som de música Clássica (na maioria das vezes, com trechos de Chopin), tendo como única companhia uma garrafa de Whisky.Velho -- 12 Anos, um pacote de Bolacha Maria e muita conversa animada e bem disposta.   Ambos já não estão entre nós, infelizmente.Tenho Saudades, imensas Saudades deles e daquele Tempo.  São tempos que não voltam mais... nunca mais... Ficaram "enterrados" no Passado...   Recordo-os, agora e hoje, com os olhos marejados de lágrimas, estes dois bons Amigos Nobres --- e que faziam o favor de me aturar e acolher nos seus convívios e serões inesquecíveis...   Paz à Vossa Alma e até um Dia!   Afonso Almeida Brandão

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line