Notícias

PORTAGENS NAS AUTO-ESTRADAS VÃO SUBIR 2,03% EM 2013

Escrito por Lusa / RCM em 2012-11-13 16:52:02

PORTAGENS NAS AUTO-ESTRADAS VÃO SUBIR 2,03% EM 2013

Mais um aumento para 2013. Os preços das portagens nas auto-estradas e ex-SCUT vão aumentar cerca 2,03% em Janeiro, de acordo com a fórmula de cálculo que resulta da taxa de inflação homóloga, hoje divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística. A fórmula que estabelece como é feito o aumento do preço das portagens em cada ano está prevista no decreto-lei nº 294/97, e estabelece que o aumento a praticar em cada ano tem como referência a taxa de inflação homóloga sem habitação no Continente conhecida até dia 15 de Novembro do ano anterior, data em que os concessionários devem comunicar ao Governo as suas propostas de aumentos dos preços.

AUTARQUIA DE CASTELO BRANCO CRITICA REDUÇÂO DE FREGUESIAS

Escrito por Lusa / RCM em 2012-11-09 13:09:05

AUTARQUIA DE CASTELO BRANCO CRITICA REDUÇÂO DE FREGUESIAS

O presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Joaquim Mourão, critica a proposta de redução do número de freguesias neste concelho de 25 para 19. Joaquim Mourão afirma que esta reforma não se justifica num território tão grande como o de Castelo Branco e sublinha que neste caso nem se coloca o problema de redução de despesa. A Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território propõe a redução de pelo menos 23 freguesias do distrito de Castelo Branco. O concelho de Castelo Branco poderá perder seis das 25 freguesias, de acordo com a proposta de reorganização do território que foi apresentada para análise na Assembleia da República. A Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território propõe a agregação de Cafede e Póvoa de Rio de Moinhos, Juncal do Campo e Freixial do Campo, Ninho do Açor e Sobral do Campo, Escalos de Baixo e Mata, Escalos de Cima e Lousa e finalmente Cebolais de Cima e Retaxo. Idanha-a-Nova, com 17 freguesias, deverá perder quatro, o mesmo número apontado para a Sertã, que tem actualmente 14 freguesias.

DETECTADA TUBERCULOSE E BSE EM BOVINOS À SOLTA EM IDANHA-A-NOVA

Escrito por Lusa / RCM em 2012-11-09 13:03:18

DETECTADA TUBERCULOSE E BSE EM BOVINOS À SOLTA EM IDANHA-A-NOVA

As autoridades veterinárias preveem abater até final do mês os cerca de 250 animais que andam à solta sem controlo em Idanha-a-Nova, depois de terem detectado BSE num desses bovinos que tinha sido vendido para consumo humano Desde 2004, existe uma manada de animais em Idanha-a-Nova não controlada sob o ponto de vista de maneio, cruzada com raças bravas e com problemas sanitários. "Recentemente" foi detectado um caso de BSE (encefalopatia espongiforme bovina, vulgarmente conhecida como doença das vacas loucas) num desses animais, que fora vendido pelo dono para abate e posterior consumo humano, disse à Lusa o director-geral de Alimentação e Veterinária, sem no entanto especificar a data em que foi detectada a doença.

PROJECTO BIBLIOTECA MÓVEL DE PROENÇA-A-NOVA VOLTA A SER DISTINGUIDO

Escrito por Lusa / RCM em 2012-11-08 13:10:15

PROJECTO BIBLIOTECA MÓVEL DE PROENÇA-A-NOVA VOLTA A SER DISTINGUIDO

A biblioteca móvel de Proença-a-Nova foi considerada um dos melhores projectos de promoção da leitura do espaço ibero-americano. O anúncio foi feito pelo Centro Regional para o Fomento do Livro na America Latina e Caribe, um organismo ligado à Unesco. O projecto de Proença-a-Nova coordenado por Nuno Marçal é o único da Peninsula Ibérica a merecer este elogio, ao lado de países como o Chile, México, Panamá ou Venezuela. Nuno Marçal disse à agência Lusa que este é mais um reconhecimento do seu trabalho nas aldeias de Proença-a-Nova. O bibliotecário foi premiado em Espanha pela Associação de Profissionais de Bibliotecas Móveis. Em 2010 foi também nomeado para o Astrid Lindgren Memorial Award, um prémio de promoção da leitura.

VITOR GASPAR NÃO GARANTE RESULTADOS

Escrito por Expresso / RCM em 2012-11-06 14:35:12

VITOR GASPAR NÃO GARANTE RESULTADOS

O ministro das Finanças admitiu esta manhã, numa reunião com os deputados da comissão parlamentar de acompanhamento do Memorando de Entendimento, que a execução da estratégia orçamental definida pelo Governo após a 5ª reavaliação da troika "não garante que tudo se passará como previsto". "Em situação de crise, as previsões macroeconómicas tendem a ser menos precisas em termos qualitativos e quantitativos", frisou Vítor Gaspar, lembrando que "vivemos numa situação em que prevalecem riscos e incertezas muito consideráveis", e chamando a atenção para as "perspectivas de evolução da economia europeia singularmente incertas" Foi neste quadro que o ministro das Finanças sublinhou que o ajustamento português vai demorar bastante tempo. "Vai demorar anos para se assegurar uma posição orçamental prudente", avisou, acrescentando que "serão necessárias algumas décadas para atingir níveis de endividamento público abaixo 60% [do PIB] previstos no Tratado de Lisboa"."

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 |

FESTIVAL GIACOMETTI

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-14 15:11:05

FESTIVAL GIACOMETTI

FESTIVAL DE HOMENAGEM A MICHEL GIACOMETTI EM FERREIRA DO ALENTEJO – 30 de Maio a 2 de Junho MÚSICA, GASTRONOMIA, ARTES & OFÍCIOS, DANÇA, ANTROPOLOGIA E CINEMA. Este evento anual, acolhe para si desafios culturais ao chamar um espectacular cartaz nacional e internacional de várias expressões contemporâneas, fazendo co-habitar tradição e atitude inovadora. O incontornável etno-musicólogo da salvaguarda da Cultura Popular Portuguesa, Michel Giacometti, oriundo da Córsega, deixou-nos um manancial de documentos fotográficos, sonoros e escritos, assim como uma extraordinária colecção de instrumentos musicais e objectos etnográficos, uma herança patrimonial determinante para o entendimento do contexto social, político e cultural do mundo português arcaico, infelizmente em desintegração.  Este homem tanto nos inspira e nos estimula na preservação da NOSSA TRADIÇÃO.   ………………………………………………………………   AS GUARDIÃS DA ARTE DE TOCAR ADUFE Dia 1 de Junho em Ferreira do Alentejo   Concerto pelas Adufeiras de Monsanto, numa interligação especial da artista Celina da Piedade, que toca também com dois grupos corais femininos de Ferreira do Alentejo e com o seu convidado especial Tim (vocalista dos Xutos e Pontapés), que invulgarmente vai tocar viola campaniça. O icónico Tim dos Xutos e Pontapés, diz estar encantado de se juntar às Adufeiras de Monsanto, tanto mais que vai ser um momento triunfal pois estarão dois grupos femininos de cante alentejano também em cima do palco.  O grupo das Adufeiras de Monsanto é reconhecido internacionalmente e faz jus às suas raízes nas tradições ancestrais da Aldeia Mais Portuguesa, uma terra rica em lendas ligadas aos rituais da Primavera.  Promovendo o extraordinário património cultural de Monsanto com os seus fatos coloridos, canções e ritmos do adufe, um instrumento feminino por excelência que trespassou contextos religiosos e teve a sua proliferação na Península Ibérica nos séculos XI e XII.  Na sua constituição actual, as Adufeiras de Monsanto, oferecem um autêntico privilégio para os que assistem às suas actuações. A não perder pelas 21:30 na PRAÇA COMENDADOR INFANTE PASSANHA EM FERREIRA DO ALENTEJO.

Ler mais

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-05 14:12:17

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Ler mais

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-02 19:32:20

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

  Rádio Clube de Monsanto há 34 anos ao Serviço do Território da Idanha, no País e no Mundo. “O nosso passado é a nossa MEMÓRIA e o que a nossa MEMÓRIA não guarda nunca ocorreu ainda que tenha ocorrido”.

Ler mais

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Facebook

Escrito por CMIN em 2019-04-30 14:43:54

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Ler mais

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-04-17 13:01:43

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA

NO CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO NAMORA UM TESTEMUNHO DE AFONSO ALMEIDA BRANDÃO     Na sua fase inicial de vida é sabido que ainda chegou a exercer Medicina cerca de um ano. Posteriormente, a sua veia de Escritor falou mais forte e acabaria por escrever vários Livros excepcionais que deixaria a Título Póstumo. Conheci o Fernando Namora nos inícios da Década de 80 Anos, da 2º Metade do Séc. XX.   Ele no Inverno refugiava-se na aldeia do Magoito (localidade a cerca de 10 Km. de Sintra), na Vivenda do dono da Editora das EDIÇÕES 70, para escrever. Chegava a ficar por lá 3 a 4 meses alojado. Vinha à Vila almoçar por volta das 15 horas (sempre no Café Lé) e, à noite, ficava por casa a ver TV, outras vezes a ouvir Música Clássica ou a escrever. Invariavelmente, bebia um Chá acompanhado de uma Torradas. Deitava-se, regra geral, entre as 3 e as 4 horas da madrugada.    Eu e o Eng. Eduardo Silva --- o dono das EDIÇÕES 70, à época --- cedia-lhe a sua Vivenda gratuitamente para ele escrever. Raro era o dia em que nós os três não estávamos juntos. EU vivia no Magoito com a minha ex-Mulher (e que por lá continua) e o Eduardo vinha de Lisboa ao Magoito, todos os dias, e ficava instalado na Residencial Central, do velho Nuro Gulamhussen, um comerciante de nacionalidade indiana, mas naturalizado português há muitos anos.      Estas estadias do Fernando Namora, no Inverno, na Aldeia do Magoito, foram frequentes ao longo de vários anos. A Amizade entre AMBOS (Escritor e Editor) era uma Amizade antiga de tempos de Escola e Meninice). Recordo, com saudade, estes encontros.Já lá vão quase 40 Anos, como o Tempo passa, Meu Deus!   Por vezes EU e o Eduardo íamos visitá-lo à noite. Do Centro da Aldeia e do Café onde estávamos, à casa onde se encontrava o Fernando Namora, eram 600 metros, mais coisa-menos coisa. Aparecíamos de surpresa e ele ficava feliz por nos ver.    Numa certa noite chegou mesmo a desabafar: «Ainda bem que vocês apareceram. Estou sem paciência para escrever, não sai nada de jeito... Vamos comemorar, ouvir música e conversar. A escrita fica para amanhã...». E os três acabávamos, assim, por entrar pela Noite dentro, ao som de música Clássica (na maioria das vezes, com trechos de Chopin), tendo como única companhia uma garrafa de Whisky.Velho -- 12 Anos, um pacote de Bolacha Maria e muita conversa animada e bem disposta.   Ambos já não estão entre nós, infelizmente.Tenho Saudades, imensas Saudades deles e daquele Tempo.  São tempos que não voltam mais... nunca mais... Ficaram "enterrados" no Passado...   Recordo-os, agora e hoje, com os olhos marejados de lágrimas, estes dois bons Amigos Nobres --- e que faziam o favor de me aturar e acolher nos seus convívios e serões inesquecíveis...   Paz à Vossa Alma e até um Dia!   Afonso Almeida Brandão

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line