Notícias

VANDALISMOS NO CABEÇO DO CASTELO DE MONSANTO

Escrito por RCM em 2012-12-24 13:30:15

VANDALISMOS NO CABEÇO DO CASTELO DE MONSANTO

Foi recentemente vandalizada a placa de granito colocada no novo centro emissor da RCM, inaugurado no passado dia 8 de Junho, no cabeço do castelo de Monsanto, em homenagem ao sócio Reinaldo Serra. Do facto já foi apresentada queixa para procedimento judicial contra desconhecidos. Também há poucos dias a Capela de S. Miguel, um monumento românico do século XII foi alvo de vandalismo, na forma tentada de arrombamento para invasão do espaço, numa malvadez felizmente gorada de destruição do cadeado da porta principal. A pia baptismal ali existente foi destruída há anos, tendo sido igualmente profanada a sepultura de um bispo. De salientar que o Castelo de Monsanto e as suas capelas se situam numa zona classificada como reserva ecológica nacional mas não tem qualquer vigilância, encontrando-se em quase total abandono e à mercê de vândalos sem escrúpulos e sem respeito pelo nosso património histórico e secular. Isto já para não falar do mau gosto de certos "turistas" que se regalam em deitar a rebolar as pedras das muralhas, de paredes e de outros muros que encontram pelo caminho...

FERNANDO PAULOURO NEVES DEIXA O JORNAL DO FUNDÃO

Escrito por RCM em 2012-12-20 11:57:51

FERNANDO PAULOURO NEVES DEIXA O JORNAL DO FUNDÃO

Fernando Paulouro Neves anunciou, por decisão pessoal, colocar um ponto final como Director do Jornal do Fundão. No escrito publicado na última edição do semanário fundanense e dirigindo-se aos seus queridos leitores, Fernando Paulouro Neves, depois de um ciclo profissional de quarenta anos, abandona o barco com amargura e desilusão, bem patentes no seu texto de despedida: “Então, quem hoje lhe acena um adeus, tem obrigação de lhes dizer a verdade sobre a razão essencial por que parte. A reforma é pretexto, mas não é fundamento. Há, decerto, na decisão, reação firme contra atropelos editoriais e práticas que colidem com o património e a exigência da história do JF…” Já há muito se sabia das divergências entre o jornalista e escritor (sobrinho do fundador do Jornal do Fundão , António Paulouro ) e o director-geral  do título, Vasco Pinto Leite, do grupo Controlinveste. O mesmo grupo que há poucos meses encerrou a Rádio Jornal do Fundão! Será que estamos perante simples coincidências??? “O poder financeiro comanda tudo e o jornalismo tornou-se numa área de difíceis equilíbrios onde não faltam sujeitos sem escrúpulos capazes de vender a alma ao demónio, com a justificação de “salvar o negócio”, referiu , recentemente, Fernando Paulouro Neves numa sessão de apresentação do seu último livro “Crónica de um país relativo”.

RELAÇÃO RECUSA JULGAR JORNALISTA E DIRECTOR REGIONAL PROCESSADOS POR AUTARCA DA COVILHÃ

Escrito por Lusa / RCM em 2012-12-18 14:52:47

RELAÇÃO RECUSA JULGAR JORNALISTA E DIRECTOR REGIONAL PROCESSADOS POR AUTARCA DA COVILHÃ

O Tribunal da Relação de Coimbra decidiu não levar a julgamento o jornalista Miguel Gonçalves e o antigo director regional de agricultura Rui Moreira, processados pelo presidente da Câmara da Covilhã por denúncia caluniosa e difamação. Em causa está uma notícia intitulada “Casa de autarca na mira da fiscalização”, escrita pelo jornalista Miguel Gonçalves em Dezembro de 2008 no Jornal de Notícias, num texto em citava documentos e incluía declarações do director regional de Agricultura Rui Moreira, sobre uma denúncia e a respectiva investigação. O presidente da Camara da Covilhã, Carlos Pinto, diz ter sido lesado pela notícia, mas a Relação de Coimbra considera que o jornalista “limitou-se a dar conhecimento de que existia uma denúncia e a subsequente investigação”, refere o acórdão, de 05 de Dezembro, a que a agência Lusa teve acesso.

EXPOSIÇÃO E MOSTRA DE PRESÉPIOS SOLIDÁRIA COM FAMÍLIAS

Escrito por RCM em 2012-12-14 15:51:41

EXPOSIÇÃO E MOSTRA DE PRESÉPIOS SOLIDÁRIA COM FAMÍLIAS

O edifício dos Paços do Concelho de Penamacor apresenta, até 31 de Dezembro, uma exposição e venda de presépios, cujas receitas revertem para famílias carenciadas do concelho. O anúncio foi feito pelo município. A mostra apresenta cerca de 300 presépios elaborados por artesãos de vários pontos do país e em diversos materiais, como xisto, cerâmica, tecido ou cortiça. Uma percentagem das vendas reverte para aquisição de cabazes de Natal que serão entregues a famílias necessitadas.  

CASTELO BRANCO: TRIBUNAL DÁ RAZÃO À AUTARQUIA

Escrito por em 2012-12-13 15:45:54

CASTELO BRANCO: TRIBUNAL DÁ RAZÃO À AUTARQUIA

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Castelo Branco deu razão à Câmara Municipal albicastrense em duas acções instauradas pelo Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL), em representação dos seus associados. Em comunicado enviado à imprensa, a autarquia albicastrense refere que esta decisão decorre no âmbito dos processos instaurados na sequência da aplicação da designada Opção Gestionária. O Tribunal absolveu a autarquia em duas das três acções instauradas. Em comunicado o STAL diz que vai recorrer dessas decisões.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 |

NOVO ANO – MELHORES DIAS PARA AS RÁDIOS LOCAIS?

Facebook

Escrito por RCM em 2018-12-31 16:34:21

NOVO ANO – MELHORES DIAS PARA AS RÁDIOS LOCAIS?

  Sendo a radiodifusão um serviço cultural de interesse público não tem merecido o devido reconhecimento pelo Estado Português, sendo até praticamente ignorado nos últimos anos.  Poderá dizer-se numa óptica optimista que o sector está estabilizado, mas também não será incorrecto afirmar que ele se encontra estagnado. É bom ter a noção da realidade. O Estado parece apostado na “morte lenta” das micro e pequenas empresas, onde se incluem a maioria das rádios portuguesas. Foi, aliás, aproveitando as leis desfavoráveis para as rádios, mas altamente benéficas para os representantes do direito de autor e direitos conexos, que a PassMúsica desencadeou uma ofensiva perante as rádios locais para além de tudo o que é razoável. Continua a ser correcto e actual afirmar-se que as rádios locais se encontram confrontadas com quatro grandes ameaças: 1. Ofensiva da PassMúsica, referente aos direitos conexos; 2. Constrangimentos causados pelo Estado, nomeadamente, excesso de regulamentação, regulação e fiscalização; 3. Dificuldades de mercado, causadas pela crise económica, sem perspécticas de regressão; 4. Concorrência de novos meios tecnológicos, através da internet. A Rádio Clube de Monsanto desde sempre tem sobrevivido com graves dificuldades financeiras e carência de recursos humanos, próprias duma aldeia do interior profundo. Esperamos que no Novo Ano de 2019 a situação melhore um pouquinho…para podermos comemorar os 34 anos ao serviço do Regionalismo e da Música Portuguesa, na sua companhia amiga. Vamos resistir enquanto tivermos forças, em homenagem e preito de reconhecimento ao nosso fiel auditório, que muito nos tem ajudado desde 1985. Bem hajam e votos de excelente Ano Novo, sobretudo com saúde, paz, esperança e luz, não esquecendo as comunidades da diáspora, que nos acompanham, em todo o mundo, através do nosso site www.radiomonsanto.pt já com 9.397.034 de visitas.  

Ler mais

IDANHA APROVA ORÇAMENTO DE 24 MILHÕES PARA 2019

Facebook

Escrito por RCM em 2018-12-03 10:10:07

IDANHA APROVA ORÇAMENTO DE 24 MILHÕES PARA 2019

  A Câmara de Idanha-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, aprovou a proposta de orçamento para 2019, no valor de 24 milhões de euros, mais dois milhões face ao orçamento deste ano, foi hoje anunciado. O orçamento foi aprovado por maioria pelo executivo de maioria socialista, com o voto contra do vereador do PSD. Segundo o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, o orçamento para 2019 reflecte o investimento na captação de programas comunitários que o executivo conseguiu durante este ano. "2019 será um ano de muita exigência para a concretização dos projectos que temos em curso, nomeadamente no âmbito da economia verde e na afirmação de Idanha-a-Nova como biorregião", disse. O autarca adianta que vai ser um orçamento de continuidade e de afirmação da estratégia definida pelo município em áreas como a social ou a economia, com destaque para sectores como a educação, saúde e habitação. "Estamos apostados na captação de empresas inovadoras no sentido de criar mais riqueza e emprego e trazer e fixar mais famílias para o concelho", sustentou. Armindo Jacinto sublinha ainda o "forte investimento" que vai ser feito na habitação, sobretudo com a implementação de planos de acção para a reabilitação urbana em todas as freguesias de Idanha-a-Nova e não apenas na sede de concelho.  

Ler mais

NÃO QUEREMOS SUBSÍDIOS DO ESTADO.

Facebook

Escrito por RCM em 2018-11-29 15:15:28

NÃO QUEREMOS SUBSÍDIOS DO ESTADO.

SENHOR PRESIDENTE DA REPÚBLICA NÓS, COMO RÁDIO LOCAL, NÃO QUEREMOS SUBSÍDIOS DO ESTADO. ................................................................................................. Queremos tão só e apenas que não nos castiguem com taxas e taxinhas, e cada dia com mais e mais exigências, inadmissíveis e absolutamente injustificadas. Até porque prestamos um SERVIÇO DE UTILIDADE PÚBLICA.   A Rádio Clube de Monsanto – A VOZ DA PORTUGALIDADE - tem um historial de 33 anos de sobrevivências com as maiores dificuldades financeiras e graves carências de recursos humanos. Simplesmente porque teimamos em resistir neste interior profundo e abandonado pelos mandantes do poder nacional e local. Estamos também a pagar o preço de sempre ter querido estar ao lado dos mais humildes, dos que lutam pela liberdade e pelos seus elementares direitos a uma digna vivência social. A liberdade é muito bonita…mas tem-nos dado muitas chatices. Mas queremos continuar a ser livres. Só não sabemos até quando temos forças para nos aguentar nesta dura batalha. Mas duma coisa temos a certeza: SÓ CAIREMOS DE PÉ. E se verdadeiramente quer ajudar a Comunicação Social, senhor Presidente da República, faça chegar este nosso angustiante apelo ao Governo que o senhor Professor Marcelo Rebelo de Sousa “teima em trazer ao colo”, com todo o devido respeito que nos merece o Supremo Magistrado da Nação.

Ler mais

O MADEIRO EM PENAMACOR

Facebook

Escrito por RCM em 2018-11-22 09:36:09

O MADEIRO EM PENAMACOR

  Recorde-se o Penamacor Vila Madeiro ganhou fama de ser o maior do país. Todos os anos, com o aproximar do Natal, por todas as freguesias do concelho, os jovens em idade de cumprir o serviço militar unem-se para cortar e transportar os troncos que alimentarão a fogueira para aquecer o Menino Jesus. O grande monte de madeira, depositado no adro da igreja, é ateado ao cair da noite do dia 24, à excepção de Penamacor, que arde de 23 para 24, e mantém-se aceso durante vários dias. Depois da ceia de Natal, a população reúne-se em redor da fogueira, num gesto ritual de fraterno encontro. Em Penamacor, a chegada do Madeiro tem data marcada e o acto assume foros de festividade. De facto, no dia 8 de Dezembro, a população acorre generosamente à rua para saudar o cortejo de tractores e reboques, em número que procura sempre bater o antecedente, onde os jovens do ano, dantes só os rapazes e agora também as raparigas, empoleirados nos troncos, atiram à rebatina os frutos do ramo de laranjeira que a praxe manda trazer, cantando acompanhados à concertina.      

Ler mais

7º FESTIVAL FORA DO LUGAR 2018 POR TERRAS DE IDANHA

Facebook

Escrito por CMIN em 2018-11-14 18:32:30

7º FESTIVAL FORA DO LUGAR  2018 POR TERRAS DE IDANHA

A sexta edição do Fora do Lugar volta a "ocupar" Idanha-a-Nova - UNESCO Cidade Criativa da Música - de 23 de Novembro a 8 de Dezembro de 2018 - com música, histórias, passeios, desenho, viagens, conversa, troca e aprendizagem, bagagem de cá e de lá e descoberta no "lugar mais bonito do mundo"! Resultado da parceria entre a Arte das Musas e o Município de Idanha-a-Nova (e com o apoio do Ministério da Cultura e da Direcção Geral das Artes), este Festival assume-se como uma proposta do mundo rural virado para o país, para a Península Ibérica e para a Europa.  Com a direcção artística de Filipe Faria, o Fora do Lugar – Festival Internacional de Músicas Antigas é hoje um dos projectos culturais mais relevantes na área da música no país. Pondo em diálogo diferentes formas e tempos da música desafia a uma atitude perante as músicas antigas, e aborda, de um forma inovadora, os diálogos decorrentes dos conceitos binómios de erudito/popular e antigo/contemporâneo.   

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line