Notícias

UMA PANELA DE PRESSÃO – Por Ferreira Fernandes – DN

Escrito por Ferreira Fernandes - DN/RCM em 2013-04-20 15:33:15

UMA PANELA DE PRESSÃO  – Por Ferreira Fernandes – DN

A dona Ermelinda, da minha rua, tem uma panela de pressão Fagor. As panelas de pressão Fagor são espanholas e vendem-se muito em Portugal. E em Boston também, soube-se agora pelos irmãos Tamerlan e Dzhokhar. O mais velho, Tamerlan, tinha o hábito de usar um boné preto, de pala para os olhos. O caçula tinha boné branco, mas pala para trás, clássico. No meu bairro também há rapazes com bonés americanos. Olha, aproveitando aquilo das bombas na maratona, dava uma grande reportagem, aqui, com o Fagulhas, esse é pala sempre para trás, e o Tony do mercado, de pala à frente. É pena não serem irmãos, mas a coincidência é tremenda. Ainda por cima, o Fagulhas viveu em Boston. Quer dizer, não foi bem assim, mas quase: um primo é que esteve para ir para Newark e não teve visto. Nisto de reportagens precisamos de ser rigorosos, por isso não meto o Bertinho porque esse põe a pala de lado e não tenho nenhum checheno para comparar. Outra coisa que falha: por cá ninguém anda com panelas de pressão nas mochilas. Mas tendo chegado à fala com a dona Ermelinda, ela revelou-me: "Na mochila, não, mas quando fui comprar a minha Fagor ao Continente trouxe-a num saco de plástico." Parem as máquinas: tenho uma grande história! Num saco de plástico, dona Ermelinda? "Isso, e atrás vinha a minha cunhada com outra Fagor. Estavam em promoção", disse ela. Incrível, eram só cunhadas e não usavam boné, mas é uma história igualzinha à da América.    

VILA DE REI: TRIBUNAL ABSOLVE IRENE BARATA E OUTROS QUATRO ARGUIDOS

Escrito por Lusa / RCM em 2013-04-19 13:21:53

VILA DE REI: TRIBUNAL ABSOLVE IRENE BARATA E OUTROS QUATRO ARGUIDOS

O Tribunal da Sertã decidiu esta semana absolver os cinco arguidos no processo que envolvia a presidente da Câmara de Vila de Rei por alegados benefícios ilegais atribuídos a instituições sociais do concelho. O colectivo de juízes não atribuiu às provas documentais e testemunhais apresentadas pelo Ministério Público a mesma intenção de praticar prevaricação ou falsificação, dois dos crimes de que eram acusados a presidente Irene Barata e o vereador Paulo César. "O tribunal não conseguiu chegar lá, só se especulássemos ou fizéssemos uma caça as bruxas", referiu Augusta Palma, juíza presidente do colectivo. Por outro lado, em relação ao crime de peculato de que a autarca também era acusada, o tribunal entendeu que Irene Barata agiu de forma legítima, "em prol da acção social" no âmbito da qual os municípios têm "liberdade de escolher as formas" de apoio a instituições

TEJO INTERNACIONAL: QUERCUS CONTESTA PROPOSTA DE PLANO DE ORDENAMENTO

Escrito por Lusa / RCM em 2013-04-18 14:08:17

TEJO INTERNACIONAL: QUERCUS CONTESTA PROPOSTA DE PLANO DE ORDENAMENTO

A associação ambientalista Quercus vai contestar a possibilidade de navegação durante todo o ano nos rios no Parque Natural do Tejo Internacional, medida prevista na proposta de plano de ordenamento que está em consulta pública. Samuel Infante, dirigente da Quercus em Castelo Branco, disse à agência Lusa que a navegação deve continuar interdita entre os meses de Março e Julho, como hoje acontece, para não prejudicar a nidificação de aves protegidas: Cegonha Preta, Abutre Negro e Abutre do Egipto. Aquele responsável lamenta que o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) já tenha aberto uma excepção, ao autorizar desde 2011 a navegação durante todo o ano de um barco turístico entre Espanha e Castelo Branco e refere que a Quercus vai lutar contra quaisquer outras medidas no mesmo sentido.

ANULADA DECLARAÇÃO DE IMPACTE AMBIENTAL QUE PERMITIA BARRAGEM NA SERRA DA ESTRELA

Escrito por Lusa / RCM em 2013-04-17 14:54:57

ANULADA DECLARAÇÃO DE IMPACTE AMBIENTAL QUE PERMITIA BARRAGEM NA SERRA DA ESTRELA

O secretário de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território, Paulo Lemos, anulou a Declaração de Impacte Ambiental (DIA) que permitiria construir uma nova barragem na Serra da Estrela, disse à agência Lusa fonte governamental. O pedido da Câmara da Covilhã para prorrogação do prazo de validade daquela declaração "foi indeferido com base em questões formais do processo", que previa a construção da Barragem da Ribeira das Cortes, referiu a mesma fonte. Em causa estão aspectos analisados numa "auditoria jurídica" ao processo, pedida pelo Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (MAMAOT), acrescenta a fonte, mas sem especificar quais.

VILA DE REI: IRENE BARATA OUVE ACORDÃO ESTA QUINTA-FEIRA

Escrito por em 2013-04-16 14:09:26

VILA DE REI: IRENE BARATA OUVE ACORDÃO ESTA QUINTA-FEIRA

O Tribunal da Sertã agendou para esta quinta-feira às 14:00 a leitura do acórdão no processo em que é arguida a presidente da Câmara da Vila de Rei, Irene Barata, e outras quatro pessoas. Os cinco arguidos são suspeitos de ter concedido benefícios ilegais a obras de instituições sociais do concelho. Na única sessão de julgamento, realizada no início da semana, a defesa alegou que os benefícios terão sido apoios legítimos à acção social e o procurador do Ministério Público pediu a aplicação de penas suspensas. Os arguidos são acusados de falsificar o processo de obras de cinco apartamentos para idosos anexos às instalações da Santa Casa da Misericórdia de Vila de Rei e que foram feitos sem licenças entre 2004 e 2005.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 |

FAMÍLIA PAULOURO SAI DO “JORNAL DO FUNDÃO”

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-22 12:51:56

FAMÍLIA PAULOURO SAI DO “JORNAL DO FUNDÃO”

Na quinta-feira, 12 de Abril, a família Paulouro vendeu à Global Media Group os 39% de capital que mantinha no Jornal do Fundão (JF). Termina, deste modo, a história ímpar de uma publicação, nascida em 1946, que, pela defesa da Beira interior e, sobretudo, pela qualidade dos seus suplementos culturais, teve uma dimensão nacional e de referência na luta contra a ditadura. Há tempos calaram a Rádio Jornal do Fundão...por sinal ligada, directa ou indirectamente, ao mesmo grupo. ………………………………………… “Agora, pela primeira vez, a família de António Paulouro deixará, com mágoa, de ter qualquer responsabilidade nos destinos do “Jornal do Fundão”, que configura um património inestimável na história da imprensa portuguesa. Termina um ciclo de 72 anos.” Aqui fica o nosso muito sincero abraço solidário.

Ler mais

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-17 18:56:45

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

PATRIMÓNIO CULTURAL E TURISMO SUSTENTÁVEL DE GERAÇÃO PARA GERAÇÃO   O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se celebra a 18 de Abril, este ano tem como tema “Conhecer, Explorar, Partilhar”, pretende promover os monumentos e sítios históricos e valorizar o património português, ao mesmo tempo que tenta alertar para a necessidade da sua conservação e protecção. Em cada terra, erguem-se monumentos que nos levam para as nossas origens, para as nossas raízes.  Castelos, muralhas, pelourinhos, pontes, museus, igrejas, alminhas e casas senhoriais dão forma e beleza a tantos povos espalhados nas encostas, nas planícies e nos vales de um território tão esquecido.  “Património Cultural e Turismo Sustentável” é o desafio do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se assinala, na quarta-feira, 18 de Abril de 2018. A data pretende promover os monumentos e sítios históricos e valorizar o património português, ao mesmo tempo que tenta alertar para a necessidade da sua conservação e protecção. Instituída a 18 de Abril de 1982 pelo ICOMOS – Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios, uma associação de profissionais da conservação do património, esta data foi aprovada pela UNESCO em 1983.  

Ler mais

MONSANTO ELEITO DESTINO CINCO ESTRELAS

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-14 20:38:50

MONSANTO ELEITO DESTINO CINCO ESTRELAS

A aldeia histórica de Monsanto foi distinguida com o galardão Portugal Cinco Estrelas, que visa premiar o que de melhor existe no país, desde marcas empresariais aos ícones do património nacional. O galardão foi entregue a 12 de Abril em Lisboa, numa gala no Teatro Thalia, e recebido por Armindo Jacinto, Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. “Este é mais um reconhecimento de Monsanto como destino de excelência, a somar a outros igualmente espontâneos como a eleição de Monsanto nas 30 aldeias e vilas mais bonitas da Europa por 300 profissionais da Associação de Agências de Viagem do Japão ou a reportagem elogiosa que a BBC dedica este mês a Monsanto”, refere Armindo Jacinto. Após as distinções internacionais que Monsanto tem merecido nos últimos anos, o reconhecimento acontece agora também no mercado interno. O prémio Cinco Estrelas vem reforçar o prestígio e a notoriedade de Monsanto, mas também do concelho de Idanha-a-Nova e do território do Geopark Naturtejo – Geoparque Mundial da UNESCO, que tem na “Aldeia Mais Portuguesa” um dos seus principais ícones. Esta foi a primeira edição do galardão Portugal Cinco Estrelas, criado para distinguir os principais recursos patrimoniais que caracterizam e valorizam o nosso país e o tornam num destino verdadeiramente cinco estrelas, bem como as marcas exclusivamente de origem portuguesa. Monsanto foi um dos vencedores ao nível do património nacional, na categoria “Aldeias e Vilas”, após mais de 200 mil votos online.

Ler mais

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO

Facebook

Escrito por rcm em 2018-04-06 10:58:10

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO

RECONHECIMENTO E GRATIDÃO EM MONSANTO...Vale mais tarde do que nunca... Maria Leonor Carvalhão Buescu (1932-1999), investigadora, ensaísta e professora universitária, foi homenageada, a título póstumo, com a atribuição do seu nome a um largo em Monsanto, sua terra natal. A cerimónia teve lugar no passado dia 31 de Março, reunindo familiares e amigos num largo junto da casa onde residiram os seus falecidos pais. Pelo seu trabalho em prol da cultura portuguesa, o nome desta Monsantina, já há muito que também faz parte da toponímia de Lisboa e da Amadora.  

Ler mais

PALESTRA " A CULTURA CELTA NA BEIRA BAIXA"

Facebook

Escrito por RCM em 2018-04-02 16:19:08

PALESTRA

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2018 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line