Livro de Visitas

Assine o Livro de Visitas

Contacte através de:
SEDE
Rua dos Cebolinhos, 6
6060 - 091 MONSANTO IDN
PORTUGAL

Tel.: (+351) 277 314 415 / 418
Fax: (+351) 277 314 254
Tlm: (+351) 96 921 63 05


DELEGAÇÃO EM CASTELO BRANCO
Urbanização Quinta Nova
Rua Mons. Alfredo Serra Magalhães
Lote 6 - 3º Frente
6000-494 Castelo Branco
PORTUGAL

Tlm: (+351) 96 921 63 05

Email: geral@radiomonsanto.pt

Veja quem assinou

JOAQUIM SOUSA QUEIRÓS – LISBOA


Caros amigos da Rádio Monsanto:

Pela passagem de mais um aniversário, este ano de modo especial por comemorarem as Bodas de Prata, envio um abraço amigo para todos quantos têm sabido fazer uma autêntica rádio local ao serviço de todos.

Parabéns e continuem.

Sousa Queirós

(Ex-Presidente da Direcção
da Aric – Associação Portuguesa
de Rádios de Inspiração Cristã))



2010-05-25

JOAQUIM PRUDÊNCIO - AMIEIRINHA - MARINHA GRANDE

Olá Rádio Monsanto:

Boa Noite.

Porque estão em Monsanto existem muitos motivos para produzirem uma página óptima, mas a do RCM está simplesmente fantástica,
PARABÉNS a todos aqueles que laboram nessa maravilhosa rádio local.

Bem hajam.


Joaquim Prudêncio

2010-05-24

PEDRO ROQUE – PRAIA DE MIRA

Caro Dr. Fonseca:

Os meus parabéns pelos 25 anos da Rádio Clube de Monsanto.
É com muita pena que não estou presente neste dia 23 de Maio para o cumprimentar em pessoa.

Ao longo destes anos que acompanho o percurso da RCM, o Dr. Fonseca cada vez se destaca mais como um dos (poucos) verdadeiros defensores das rádios locais em Portugal, com uma programação e conteúdos feitos para os seus ouvintes, e não de acordo com os gostos vindos sabe-se lá de onde.

Espero que pelos próximos anos o meu amigo Fonseca continue a ser este exemplo único de coragem e seriedade neste nosso meio.

Mais uma vez, os nossos sinceros parabéns para toda a equipa que torna possível a Rádio Clube de Monsanto, e em especial um forte abraço para si!

Os seus amigos,

Pedro e Cláudia

2010-05-24

CRISTINA CAMBEZES – LISBOA

Senhor Professor,

Contrariando todos os meus planos, e, acredite, com muita, muita pena, infelizmente outros compromissos impedem-me de estar presente na sessão do próximo dia 23 no Centro Cultural Raiano, pelo que desde já felicito essa Instituição pela iniciativa bem como pelo 25º aniversário da Rádio Clube de Monsanto.

Estou certa do sucesso desta iniciativa que se vem juntar a tantas outras que têm feito da RCM um lugar privilegiado de discussão e debate sobre questões importantes para a sociedade portuguesa.

A Rádio Clube de Monsanto foi, é e continua a ser um exemplo no quadro radiofónico português pois cresceu à medida do desenvolvimento e da modernização do país. É merecido o reconhecimento do esforço desenvolvido e dos sucessos alcançados.

Não há empresas sem homens. Foi naturalmente graças à sua capacidade de imaginação, visão futura e sofisticada gestão que permitiu à RCM ocupar o lugar que hoje tem vai e que deixará uma marca relevante que nunca será esquecida.

Desejo-lhe as maiores felicidades futuras e eu felicito-me por o ter conhecido e ter acompanhado e apreciado a sua obra.
Bem haja.

Um abraço

Cristina Cambezes

2010-05-21

MANUEL DANIEL – VILA NOVA DE FOZ CÔA


Meu grande Amigo:

25 anos já!... Quem diria!... O tempo é cruel, quando começa a rodar. Mas é uma graça de Deus quando a gente, ao menos, vai vendo o movimento dos ponteiros...
Um quarto de século decorreu na sua vida, minuto a minuto, segundo a segundo. Duas décadas e meia, nada menos, como se os anos apenas fossem vincando rugas e entorpecendo movimentos. Valeu o sonho, essa força impulsionadora, essa semente, talvez tão pequena como o grão de mostarda, quase escondida entre os penedos de Monsanto, mas que cresceu tanto, tanto, que hoje, frondosa árvore, podemos apreciar a sua sombra em qualquer canto do mundo.
O Rádio Clube de Monsanto, obra nascida do seu coração e da sua vontade, é hoje um valor que se afirma no panorama da comunicação social portuguesa. Tem características próprias e únicas, informa e dá voz às aspirações e à vida das gentes do interior do interior, fazendo ouvir os seus queixumes e as suas alegrias por quanto é Portugal e para além dele.
E tudo o que ele é nasceu do querer de alguém que se deixou seduzir pelo gosto e pela alegria de estar em contacto com todos os outros, conhecidos ou desconhecidos, brancos, pretos ou vermelhos, cidadãos do mundo, portugueses como ele, amalgamados na paixão pelas suas raízes ancestrais.
O Rádio Clube de Monsanto é um dos mais belos frutos de tal sonho.
Joaquim Manuel da Fonseca ouviu, no alvor dos anos 60, uma das personagens do meu “Auto da Juventude”, de que foi um impagável intérprete, a chamá-lo para o que seria a sua vocação: “Caminha por aqui! / Estou á tua espera / nesta florida e eterna Primavera!” Ouviu e transformou em realidade o que então se lhe anunciava, muito difícil embora, mas possível: uma estação de rádio, como voz do nosso povo mais genuíno, difundindo emoções em forma de música, mas música originada e repercutida no próprio coração dos ouvintes.
Não obstante os seus êxitos, este sonho em forma de aventura teve também momentos de sofrimento. Solidariamente sofremos também. O sofrimento é como a argamassa que liga pedras e tijolos e os une solidamente, tornando mais forte o que porventura ficou destroçado. Como o Anjo do “Auto da Juventude”, que, de forma honrosa e grata para mim, o Joaquim Fonseca não mais esquece, soube erradicar o pesadelo e fazer ressurgir a esperança no futuro. Aliás, tem sido esta luta, esta batalha de todos os dias, pelo sonho de uma vida que eu aprecio, louvo e de que, de alguma maneira, nos bastidores da amizade, me faz igualmente feliz.
Parabéns, querido Amigo!
E parabéns também a todos quantos vêm alimentando consigo, durante estes anos, a força anímica que tornou real o grande Mensageiro do Sentimento Português, que é o “Rádio Clube de Monsanto”. Venham mais 25 e mais 25 anos, sucessivamente, enquanto houver quem queira manter através dos tempos a força deste sonho original.

***********

Meu prezadíssimo Amigo:

Peço-lhe que me desculpe por faltar a uma festa tão justa no dia 23 de Maio, no auditório de Idanha-a-Nova.
Amarga-me o facto de nesse dia não poder dar-lhe o abraço forte que merece. Só em espírito o posso fazer, ficando reservado aquele que fisicamente lhe não posso dar por agora.

O seu velho amigo,
Manuel Daniel



2010-05-19

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 |

CONTRA O LÍTIO

Facebook

Escrito por LUSA em 2019-06-01 10:14:07

CONTRA O LÍTIO

Idanha-a-Nova manifesta-se contra pedidos de prospecção mineira no concelho A Câmara de Idanha-a-Nova manifestou-se contra a possibilidade de prospecção e pesquisa de depósitos minerais no concelho por considerar que irá prejudicar a estratégia de desenvolvimento do município.   A nossa posição, nesta fase, foi de estar contra este tipo de acção, apesar de saber que estamos a falar de um fase inicial de prospecção", afirmou hoje à agência Lusa, o presidente deste município do distrito de Castelo Branco.   Armindo Jacinto explica que a autarquia tomou uma posição que teve em conta as questões técnicas do processo e teve em linha de conta a forma como poderia ser defendida a posição de Idanha-a-Nova.   "Tomámos uma posição pública contra [a prospecção] e tecnicamente defendemos esta nossa posição", sustentou. O autarca entende que, apesar de se falar de prospecção, o processo pode pôr em causa a estratégia de desenvolvimento delineada para o concelho. "O que temos conseguido em Idanha-a-Nova, de valorização do património histórico, cultural e natural, estes processos de prospecção, em tudo vem prejudicar a nossa estratégia de desenvolvimento sustentado e colocar em causa toda a estratégia delineada pelo município", concluiu. A área em causa é a denominada "Carrapeteiro" e abrange os concelhos de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Fundão e Penamacor, num total de 429,014 quilómetros quadrados. A empresa Fortescue Metals Group Exploration Pty Ltd. requereu direitos de prospecção e pesquisa de depósitos minerais de ouro, prata, chumbo, zinco, cobre, lítio, tungsténio, estanho e outros depósitos minerais ferrosos e minerais metálicos associados neste concelho. LUSA

Ler mais

FESTIVAL GIACOMETTI

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-14 15:11:05

FESTIVAL GIACOMETTI

FESTIVAL DE HOMENAGEM A MICHEL GIACOMETTI EM FERREIRA DO ALENTEJO – 30 de Maio a 2 de Junho MÚSICA, GASTRONOMIA, ARTES & OFÍCIOS, DANÇA, ANTROPOLOGIA E CINEMA. Este evento anual, acolhe para si desafios culturais ao chamar um espectacular cartaz nacional e internacional de várias expressões contemporâneas, fazendo co-habitar tradição e atitude inovadora. O incontornável etno-musicólogo da salvaguarda da Cultura Popular Portuguesa, Michel Giacometti, oriundo da Córsega, deixou-nos um manancial de documentos fotográficos, sonoros e escritos, assim como uma extraordinária colecção de instrumentos musicais e objectos etnográficos, uma herança patrimonial determinante para o entendimento do contexto social, político e cultural do mundo português arcaico, infelizmente em desintegração.  Este homem tanto nos inspira e nos estimula na preservação da NOSSA TRADIÇÃO.   ………………………………………………………………   AS GUARDIÃS DA ARTE DE TOCAR ADUFE Dia 1 de Junho em Ferreira do Alentejo   Concerto pelas Adufeiras de Monsanto, numa interligação especial da artista Celina da Piedade, que toca também com dois grupos corais femininos de Ferreira do Alentejo e com o seu convidado especial Tim (vocalista dos Xutos e Pontapés), que invulgarmente vai tocar viola campaniça. O icónico Tim dos Xutos e Pontapés, diz estar encantado de se juntar às Adufeiras de Monsanto, tanto mais que vai ser um momento triunfal pois estarão dois grupos femininos de cante alentejano também em cima do palco.  O grupo das Adufeiras de Monsanto é reconhecido internacionalmente e faz jus às suas raízes nas tradições ancestrais da Aldeia Mais Portuguesa, uma terra rica em lendas ligadas aos rituais da Primavera.  Promovendo o extraordinário património cultural de Monsanto com os seus fatos coloridos, canções e ritmos do adufe, um instrumento feminino por excelência que trespassou contextos religiosos e teve a sua proliferação na Península Ibérica nos séculos XI e XII.  Na sua constituição actual, as Adufeiras de Monsanto, oferecem um autêntico privilégio para os que assistem às suas actuações. A não perder pelas 21:30 na PRAÇA COMENDADOR INFANTE PASSANHA EM FERREIRA DO ALENTEJO.

Ler mais

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-05 14:12:17

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Ler mais

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-02 19:32:20

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

  Rádio Clube de Monsanto há 34 anos ao Serviço do Território da Idanha, no País e no Mundo. “O nosso passado é a nossa MEMÓRIA e o que a nossa MEMÓRIA não guarda nunca ocorreu ainda que tenha ocorrido”.

Ler mais

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Facebook

Escrito por CMIN em 2019-04-30 14:43:54

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line