Notícias

AS PRIMEIRAS AMEAÇAS DO ANO

Escrito por José Faustino em 2017-01-04 13:17:32

AS PRIMEIRAS AMEAÇAS DO ANO

Sem querer lançar o pânico, antes pelo contrário, vou falar das duas primeiras ameaças que desde já temos de enfrentar.

Uma delas já era esperada, a outra é uma surpresa pela maneira e circunstâncias em que aparece.

A esperada é o aumento do salário mínimo nacional – com todas as implicações que terá na massa salarial do sector – constituindo o primeiro desafio que as rádios têm pela frente, conseguindo vencê-lo, ou não, sem recorrerem ao despedimento de funcionários.

Apesar de tudo, acredito que, com um esforço hercúleo, as rádios mais uma vez vencerão este desafio, pelo menos, nesta primeira investida de início de ano, mas como é facilmente previsível a ofensiva contra as micro empresas não vai ficar por aqui, sendo possível ainda um novo aumento durante este ano, tudo dependendo da força dos Sindicatos e dos parceiros da coligação que suportam parlamentarmente o Governo.

As rádios têm conseguido aguentar até aqui, com grande sacrifício, as sucessivas investidas que o Estado tem infligido ao sector – constituído maioritariamente por micro e pequenas empresas – não se sabendo até quando será isso possível.

A outra, inesperada, grande ameaça que paira sobre as rádios, não vindo do Governo, vem daqueles que deviam olhar para as rádios como suas parceiras e aliadas e não como mera fonte, de rendimentos, mas que o Estado tanto tem protegido através de diversa legislação produzida sobre a matéria ao longo dos tempos, ostracizando as rádios e prejudicando os seus direitos.

Refiro-me às entidades representantes dos direitos conexos ao direito de autor, GDA – Cooperativa de Gestão dos Direitos dos Artistas, Intérpretes ou Executantes, CRL e Audiogest – Associação para a Gestão e Distribuição de Direitos (produtores fonográficos), unidas na plataforma “PassMúsica” que resolveram, após um silêncio de cinco anos, colocar as rádios locais perante uma enorme ameaça, apresentando a exigência da cobrança de direitos a estas pequenas rádios.

É natural que cada sector defenda os seus interesses e que o Estado procure uma melhoria de vida para os cidadãos, mas os direitos de uns não podem ser o fim ou a morte de outros e o Estado deve defender todos por igual e quando tiver de discriminar que o faça em favor dos mais desprotegidos.

Ora acontece que as rádios são a parte mais fraca e, infelizmente, a menos protegida.

Como sabemos estamos sozinhos, por nossa própria conta e risco, não podemos contar com a ajuda do Estado, a única força que dispomos é a da nossa unidade e a capacidade que tivermos de mobilizar os cidadãos para as nossas causas.

Temos de pensar bem na nossa vida e defender o nosso direito de existência.

 

JOSÉ FAUSTINO – Presidente da Associação Portuguesa de Radiodifusão

Voltar para a página de notícias

Convenção Nacional de Rádios 2019

Facebook

Escrito por RCM em 2019-10-10 18:27:51

Convenção Nacional de Rádios 2019

    A Associação Portuguesa de Radiodifusão organiza, no próximo dia 26 de Outubro, na Vila de Mafra, a Convenção Nacional de Rádios 2019.   Este evento no salão Nobre do Edifício Municipal de Serviços (Loja do Cidadão), conta com o apoio da Rádio do Concelho de Mafra, da Câmara Municipal de Mafra, da ERC, da Sitemaster, da Delta Cafés e da Fastprint.   Neste dia de trabalho destinado apenas aos associados da APR serão analisadas as seguintes matérias:   Manhã:   - Análise da situação actual; - Medidas a tomar; - Contencioso com a PassMúsica.   Tarde:   - Galgar o futuro próximo; - Da programação linear para a não linear; - Produção de conteúdos híbridos; - Plataforma digital.

Ler mais

TAMBÉM NA BEIRA INTERIOR O PS GANHA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-10-07 10:07:17

TAMBÉM NA BEIRA INTERIOR O PS GANHA

FELICITAÇÕES E PARABÉNS AOS VENCEDORES. Aos “derrotados” desejamos que tenham energia e motivação para continuarem na luta em prol dum Portugal mais justo e próspero, em paz social. Os 45,5 % de abstencionistas que meditem nas consequências por não terem cumprido o seu dever cívico… O Partido Socialista, vencedor das eleições legislativas de ontem, é também o grande dominador nos resultados da Beira Interior, ganhando nos distritos de Castelo Branco e Guarda e aumentando o número de deputados de quatro para cinco. O PSD elege apenas dois. Se em Castelo Branco o triunfo é uma repetição do que aconteceu em 2015, na Guarda é uma reviravolta, pois há quatro anos tinha sido o PSD a vencer. No distrito de Castelo Branco, o PS reforçou ainda mais o seu domínio, conseguindo este ano uma vitória esmagadora com 40,88% dos votos, contra apenas 26,33% do PSD. É uma diferença superior a 14 por cento, quando em 2015 tinha sido apenas de três por cento. Em termos de eleição de deputados pelo círculo, os socialistas elegem Hortense Martins, Eurico Brilhante Dias e Nuno Fazenda. O PSD elege apenas Cláudia André. Na terceira posição continua o Bloco de Esquerda (11,05%), seguido de CDU (4,75%), CDS (3,71%), PAN (2,38%) e Chega (1,27%). Por concelho, os socialistas mantêm as vitórias no Fundão, Covilhã, Belmonte, Castelo Branco, Idanha-a-Nova e Vila velha de Ródão e conquistam Penamacor e Proença-a-Nova (que há quatro anos haviam votado PSD). O PSD vence em três concelhos “habituais” na zona do Pinhal: Oleiros, Sertã e Vila de Rei. A abstenção no distrito subiu e foi de 44,91% (em 2015 foi 42,54%).  

Ler mais

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-14 13:04:30

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

             O SITE DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO JÁ ULTRAPASSOU OS 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES DE CIBERNAUTAS DO PAÍS E DO MUNDO.     Pode escutar a RCM em :   FM: 98.7 Mhz e 107.8 Mhz   em   www.radiomonsanto.pt   ou:   www.radiomonsanto.radios.pt   e ainda acompanhar a RCM na página   www.facebook.com/radiomonsanto    

Ler mais

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-08 19:54:23

RCM COM MAIS DE 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

O SITE DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO JÁ ULTRAPASSOU OS 10 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES DE CIBERNAUTAS DO PAÍS E DO MUNDO.     Pode escutar a RCM em :   FM: 98.7 Mhz e 107.8 Mhz   em:   www.radiomonsanto.pt   ou:   www.radiomonsanto.radios.pt   e ainda acompanhar a RCM na página:   www.facebook.com/radiomonsanto                

Ler mais

TOLERÂNCIA ZERO PARA A PROPAGANDA DOS POLÍTICOS

Facebook

Escrito por RCM em 2019-09-03 17:49:33

TOLERÂNCIA ZERO PARA A PROPAGANDA DOS POLÍTICOS

  A RÁDIO CLUBE DE MONSANTO não vai acompanhar as iniciativas locais no âmbito das eleições do próximo dia 6 de Outubro. A RCM decidiu voltar a boicotar a cobertura jornalística às iniciativas desenvolvidas localmente pelos vários candidatos às eleições legislativas.  À semelhança daquela que foi a posição assumida noutras circunstâncias por esta emissora, e por várias outras rádios locais do país, e recentemente na campanha para as eleições europeias, a RCM vai continuar sem acompanhar as acções de campanha promovidas localmente pelos candidatos a deputados à Assembleia da República. Na base desta decisão estão uma série de entraves que têm vindo a ser colocados às rádios locais, com decisões que podem levar, no limite, ao fechar de portas de várias estações emissoras.  “Os problemas das rádios portuguesas já são há muito tempo conhecidos pela classe política, mas a situação das rádios de proximidade está, em nosso entender, numa fase crítica, decisiva até". A não emissão de tempos de antena e a situação dos pagamentos dos direitos conexos são apenas duas das matérias referidas, sendo que "O Estado não defende os direitos das rádios locais", e que "os políticos não ouvem as rádios", por isso, "chegou o momento das rádios não ouvirem os políticos".

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line