Notícias

TRADIÇÕES DE IDANHA-A-NOVA NA CATEDERAL DE MANCHESTER

Escrito por RCM / Diário Digital Castelo Branco em 2014-06-27 12:29:25

TRADIÇÕES DE IDANHA-A-NOVA NA CATEDERAL DE MANCHESTER

A exposição “Mulheres do Meu País”, da artista Cristina Rodrigues, vai ser inaugurada no próximo dia 3 de Julho na Catedral de Manchester, no Reino Unido, onde permanecerá aberta ao público até 21 de Setembro.

É composta por três instalações de arte contemporânea inspiradas pelas tradições de Idanha-a-Nova, produzidas em colaboração com artesãs do concelho e com portuguesas a residir no Reino Unido.

Serão exibidas as obras “A Manta”, "A Rainha" e "Enlightenment”. A primeira é a instalação mais icónica da artista, sendo feita de adufes unidos com coloridas fitas de seda entrançadas e renda portuguesa. "A Rainha" é definida por Cristina Rodrigues como um tributo ao sublime na mulher. Utiliza as flores em papel características de Aldeia de Santa Margarida e irá coroar a entrada da Catedral de Manchester que tradicionalmente é reservada à Rainha de Inglaterra. "Enlightenment", a mais recente criação da artista, será estreada nesta exposição.

A iniciativa tem o apoio do Município de Idanha-a-Nova e da Fábrica de Rendas Portuense e o patrocínio do Arts Council of England. A curadoria é de Paulo Longo, curador e antropólogo do Centro Cultural Raiano.

O Embaixador de Portugal no Reino Unido, João Varella, será o convidado de honra da abertura da exposição.

Recentemente Cristina Rodrigues surpreendeu com a inauguração de outra exposição, no Consulado Geral de Portugal em Manchester, a propósito da celebração do Dia de Portugal.

O evento registou a maior afluência de sempre e, mais uma vez, várias narrativas sobre Idanha-a-Nova inspiraram as luxuosas criações da artista.

Podem agora ser visitadas naquele consulado as mais recentes obras de Cristina Rodrigues: “Egitania”, “A Casa de Marrocos“, “Bourgeois”, “Mother”, “Dining The Heart” e “Marzipan”.

Cristina Rodrigues é arquitecta e investigadora no MIRIAD (centro de investigação da Manchester Metropolitan University), e professora na Manchester School of Architecture.

Tem colaborado com a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova em projectos nos domínios do desenvolvimento rural sustentável, das artes e da arquitectura, sempre com o envolvimento da comunidade local e o apoio da autarquia.

Voltar para a página de notícias

CONTRA O LÍTIO

Facebook

Escrito por LUSA em 2019-06-01 10:14:07

CONTRA O LÍTIO

Idanha-a-Nova manifesta-se contra pedidos de prospecção mineira no concelho A Câmara de Idanha-a-Nova manifestou-se contra a possibilidade de prospecção e pesquisa de depósitos minerais no concelho por considerar que irá prejudicar a estratégia de desenvolvimento do município.   A nossa posição, nesta fase, foi de estar contra este tipo de acção, apesar de saber que estamos a falar de um fase inicial de prospecção", afirmou hoje à agência Lusa, o presidente deste município do distrito de Castelo Branco.   Armindo Jacinto explica que a autarquia tomou uma posição que teve em conta as questões técnicas do processo e teve em linha de conta a forma como poderia ser defendida a posição de Idanha-a-Nova.   "Tomámos uma posição pública contra [a prospecção] e tecnicamente defendemos esta nossa posição", sustentou. O autarca entende que, apesar de se falar de prospecção, o processo pode pôr em causa a estratégia de desenvolvimento delineada para o concelho. "O que temos conseguido em Idanha-a-Nova, de valorização do património histórico, cultural e natural, estes processos de prospecção, em tudo vem prejudicar a nossa estratégia de desenvolvimento sustentado e colocar em causa toda a estratégia delineada pelo município", concluiu. A área em causa é a denominada "Carrapeteiro" e abrange os concelhos de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Fundão e Penamacor, num total de 429,014 quilómetros quadrados. A empresa Fortescue Metals Group Exploration Pty Ltd. requereu direitos de prospecção e pesquisa de depósitos minerais de ouro, prata, chumbo, zinco, cobre, lítio, tungsténio, estanho e outros depósitos minerais ferrosos e minerais metálicos associados neste concelho. LUSA

Ler mais

FESTIVAL GIACOMETTI

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-14 15:11:05

FESTIVAL GIACOMETTI

FESTIVAL DE HOMENAGEM A MICHEL GIACOMETTI EM FERREIRA DO ALENTEJO – 30 de Maio a 2 de Junho MÚSICA, GASTRONOMIA, ARTES & OFÍCIOS, DANÇA, ANTROPOLOGIA E CINEMA. Este evento anual, acolhe para si desafios culturais ao chamar um espectacular cartaz nacional e internacional de várias expressões contemporâneas, fazendo co-habitar tradição e atitude inovadora. O incontornável etno-musicólogo da salvaguarda da Cultura Popular Portuguesa, Michel Giacometti, oriundo da Córsega, deixou-nos um manancial de documentos fotográficos, sonoros e escritos, assim como uma extraordinária colecção de instrumentos musicais e objectos etnográficos, uma herança patrimonial determinante para o entendimento do contexto social, político e cultural do mundo português arcaico, infelizmente em desintegração.  Este homem tanto nos inspira e nos estimula na preservação da NOSSA TRADIÇÃO.   ………………………………………………………………   AS GUARDIÃS DA ARTE DE TOCAR ADUFE Dia 1 de Junho em Ferreira do Alentejo   Concerto pelas Adufeiras de Monsanto, numa interligação especial da artista Celina da Piedade, que toca também com dois grupos corais femininos de Ferreira do Alentejo e com o seu convidado especial Tim (vocalista dos Xutos e Pontapés), que invulgarmente vai tocar viola campaniça. O icónico Tim dos Xutos e Pontapés, diz estar encantado de se juntar às Adufeiras de Monsanto, tanto mais que vai ser um momento triunfal pois estarão dois grupos femininos de cante alentejano também em cima do palco.  O grupo das Adufeiras de Monsanto é reconhecido internacionalmente e faz jus às suas raízes nas tradições ancestrais da Aldeia Mais Portuguesa, uma terra rica em lendas ligadas aos rituais da Primavera.  Promovendo o extraordinário património cultural de Monsanto com os seus fatos coloridos, canções e ritmos do adufe, um instrumento feminino por excelência que trespassou contextos religiosos e teve a sua proliferação na Península Ibérica nos séculos XI e XII.  Na sua constituição actual, as Adufeiras de Monsanto, oferecem um autêntico privilégio para os que assistem às suas actuações. A não perder pelas 21:30 na PRAÇA COMENDADOR INFANTE PASSANHA EM FERREIRA DO ALENTEJO.

Ler mais

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-05 14:12:17

FESTIVAL DA FLORES EM ALDEIA DE SANTA MARGARIDA

Ler mais

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

Facebook

Escrito por RCM em 2019-05-02 19:32:20

PÁGINAS DAS HISTÓRIA DA RÁDIO DA PORTUGALIDADE

  Rádio Clube de Monsanto há 34 anos ao Serviço do Território da Idanha, no País e no Mundo. “O nosso passado é a nossa MEMÓRIA e o que a nossa MEMÓRIA não guarda nunca ocorreu ainda que tenha ocorrido”.

Ler mais

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Facebook

Escrito por CMIN em 2019-04-30 14:43:54

FESTA DA DIVINA SANTA CRUZ EM MONSANTO

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2019 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line