Marcos da história dos 24 anos da RCM

Primeiros emissores e primeiros estúdios improvisados da RCM (1985). 

8 de Junho de 1985

Emissões experimentais da Rádio Clube de Monsanto nos primeiros estúdios improvisados.

14 de Agosto de 1985

Início das emissões regulares.

15 de Junho de 1986

Convívio dos sócios e amigos ouvintes da RCM na vila de Alpedrinha.

A caminho da inauguração dos novos emissores no cabeço do Castelo de Monsanto.

14 de Agosto de 1986

Inauguração dos novos emissores a meia encosta do cabeço  do Castelo de Monsanto.

28 de Abril de 1987

Constituição de Rádio Clube de Monsanto como Cooperativa de Responsabilidade Limitada por Escritura Pública, no Cartório Notarial de Penamacor.

17 de Setembro de 1987

Publicação dos Estatutos da Cooperativa em Diário da República (III Série).

28 de Junho de 1988

Convívio dos sócios e amigos ouvintes da RCM na vila do Teixoso.

NOVOS EMISSORES DA RCM.

14 de Agosto de 1988

Entrada em funcionamento dos novos emissores de 1 kW, no ponto mais alto do Castelo de Monsanto, para melhor cobertura da região.

24 de Dezembro de 1988

Suspensão das emissões por imperativo da Lei da Rádio 338/88, de 28 de Setembro.

12 de Junho de 1989

Atribuição do Alvará para legalização do exercício da actividade de radiodifusão.

25 de Junho de 1989

Convívio popular, em Monsanto, para assinalar a atribuição do Alvará de legalização da RCM.

Compra da casa, em ruínas, da Família Mendonça Garcia para sede da Cooperativa RCM.

25 de Junho de 1989

Compra da casa, em ruínas, à família Mendonça Garcia, para sede da Cooperativa RCM.

Casa da Rádio já reconstruída

12 de Agosto de 1990

Inauguração das obras de reconstrução da Casa da Rádio Clube de Monsanto.

28 de Abril de 1991

Inauguração, na vila de Marvão, da carrinha de reportagem da RCM.

28 de Abril de 1991

Convívio dos sócios e amigos ouvintes da RCM em Santo António das Areias.

11 de Agosto de 1991

Convívio dos sócios e amigos ouvintes da RCM no Parque de Merendas da Floresta da Covilhã (Serra da Estrela).

Visita do senhor Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva à Emissora

6 de Setembro de 1992

Visita do senhor Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva à Emissora e entrevista em exclusivo à Rádio Clube de Monsanto.

23 de Maio de 1996

Atribuição à Rádio Clube de Monsanto do Diploma de Instituição de Utilidade Pública, concedido pelo senhor Primeiro Ministro, Engenheiro António Guterres.

16 de Agosto de 1997

Convívio em Monsanto, para assinalar o 12º. Aniversário da RCM, com os artistas que integraram o espectáculo “Raízes Rurais, Paixões Urbanas”, do Teatro Nacional S. João no Porto, sob a direcção do Dr. Ricardo Pais."

16 de Julho de 1999

No único estudo nacional encomendado pela Secretaria de Estado da Comunicação Social, a Rádio Clube de Monsanto aparece creditada como líder distrital de audiência, no Relatório Anual Bareme da Marketest.

CENTRO DE MICRO-COBERTURA DA RCM NAS TERMAS DE MONFORTINHO.

12 de Agosto de 2000

Inauguração do Emissor de Micro-cobertura das Termas de Monfortinho.

13 de Agosto de 2001

Constituição da Sociedade MonsantoRádio-Rádio Clube de Monsanto, Unipessoal, Limitada, por Escritura Pública, realizada no Cartório Notarial de Idanha-a-Nova.

28 de Maio de 2003

Actualização dos Estatutos da MonsantoRádio.

4 de Julho de 2003

O sócio Joaquim Manuel da Fonseca adquire a totalidade do capital social da empresa MonsantoRádio. Publicação em Diário da República (III Série), de 16 de Setembro de 2003.

14 de Agosto de 2004

Encerramento e liquidação da Cooperativa Rádio Clube de Monsanto. Publicação em Diário da República, III Série, de 1 de Junho de 2006.

Inauguração do Centro de Produção da Delegação da MONSANTORÁDIO-Rádio Clube de Monsanto

20 de Janeiro de 2005

Inauguração do Centro de Produção da Delegação da MonsantoRádio-Rádio Clube de Monsanto, Unipessoal, Limitada, na cidade de Castelo Branco.

10 de Novembro de 2005

Apresentação do site oficial da Rádio Clube de Monsanto, no Arquivo Distrital de Castelo Branco.

1 de Dezembro de 2005

A Rádio Clube de Monsanto, iniciou as suas emissões on-line, via Internet, transmitindo para todo o mundo, com o apoio da Associação Portuguesa de Radiodifusão/ROLI.

30 de Novembro de 2006

O site oficial da Rádio Clube de Monsanto passou a estar disponível, também, em versão inglesa.

Pagina do Sistema Broadcaster na RCM

15 de Agosto de 2007

Entrada em funcionamento do novo sistema de automação de emissão "Digital Broadcaster". Apresentação do novo logótipo da RCM e convívio dos amigos e ouvintes da RCM na “Aldeia Mais Portuguesa”.

9 de Abril de 2008

Cerca das 21 horas e 30 minutos uma violenta descarga eléctrica provocou a destruição quase total do Centro Emissor do Alto do Castelo de Monsanto e prejuízos muito graves nos estúdios. A emissão da RCM esteve interrompida durante quatro dias, sendo recomeçada com equipamentos de reserva. Os prejuízos foram avaliados em mais de quarenta mil euros, só parcialmente cobertos pelo seguro.

28 de Novembro de 2008

O senhor Presidente da República, Professor Aníbal Cavaco Silva inaugurou, na cidade de Mêda, a exposição “Ditosa Pátria Lusitana”, do Pintor Mestre José Manuel Soares, com o mais alto patrocínio, concepção e organização da RCM.

13 de Maio de 2009

Renovação da Licença à MonsantoRádio-Rádio Clube de Monsanto, Unipessoal, Limitada, para o exercício da actividade de radiodifusão por mais dez anos.

O site oficial da RCM

14 de Agosto de 2009

O site oficial da RCM atingiu já mais de meio milhão de visitantes (605.760) de todos os continentes e foi totalmente reestruturado, num melhor aproveitamento das novas tecnologias e ferramentas informáticas.

*

Transportes dentro do concelho e ligação a Castelo Branco recomeçam a 6 de Julho

Facebook

Escrito por CMIN em 2020-07-03 17:38:23

Transportes dentro do concelho e ligação a Castelo Branco recomeçam a 6 de Julho

Transportes dentro do concelho e ligação a Castelo Branco recomeçam a 6 de Julho   O transporte de autocarro dentro do concelho de Idanha-a-Nova e a ligação rodoviária entre Idanha-a-Nova e Castelo Branco vão recomeçar no dia 6 de Julho, após interrupção forçada devido à pandemia de COVID-19. A disponibilização das carreiras será faseada de acordo com a evolução da situação epidemiológica, sabendo-se que os transportes públicos são fundamentais para a qualidade de vida das pessoas, mas potenciam a transmissão da COVID-19 e a salvaguarda da saúde da população é a grande prioridade desta autarquia. A Carreira Intermunicipal, entre Idanha-a-Nova e Castelo Branco, tem saída do terminal rodoviário de Idanha-a-Nova pelas 8h10 e saída do terminal de Castelo Branco pelas 17h15, de segunda a sexta-feira (dias úteis). Este transporte é gerido pela Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa, enquanto Autoridade de Transporte competente quanto aos serviços públicos de transporte de passageiros intermunicipais na área geográfica que abrange. A rede de transportes rodoviários do Cartão Raiano também vai retomar no dia 6 de Julho. Liga todas as localidades do concelho à vila de Idanha-a-Nova, com horários e itinerários que permitem dar resposta às necessidades de mobilidade da população e minimizar a concentração de passageiros. Os percursos e horários vão estar disponíveis na Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, nas Juntas de Freguesias, nos Postos de Turismo e nos sites oficiais do Município, nomeadamente em www.cm-idanhanova.pt e www.idanha.pt. Importa referir que a legislação em vigor limita o número de pessoas nos autocarros e determina a adoção de normas preventivas de segurança e higiene, nomeadamente a obrigatoriedade do uso de máscara e o distanciamento social entre os passageiros. Estão ainda previstos transportes excepcionais de acordo com necessidades pontuais da população (consultas médicas, por exemplo), sujeitos a marcação prévia junto da Linha de Apoio Psicossocial (966 032 484), com a antecedência mínima de oito dias e condicionados à disponibilidade dos serviços do Município.

Ler mais

PROGRAMA AFIRMA-TE

Facebook

Escrito por RCM em 2020-07-01 14:08:28

PROGRAMA AFIRMA-TE

"Desde abril deste ano, durante praticamente todo o período de confinamento pela Covid 19, o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento de Idanha-a-Nova, através do Projeto Afirma-te (co-financiado pelo SICAD - Serviço de Intervenção em Comportamentos e Dependências), tem mantido contacto com as crianças, jovens e famílias com quem trabalha habitualmente em meio escolar. Este contacto à distância tem ocorrido através da difusão semanal de programas de rádio, nas quintas-feiras pelas 19h10m,  na frequência da Rádio Clube de Monsanto. Os conteúdos radiofónicos foram preparados e produzidos graças ao envolvimento e à colaboração dos educadores, professores, parceiros, famílias e suas crianças.   Amanhã poderão escutar uma emissão relacionada com o final do ano letivo 2019/2020 e também com a abertura das fronteiras terrestres entre Portugal e Espanha. Apelamos também à audição dos programas das próximas semanas com a colaboração do psicólogo Alfredo Leite do Mundo Brilhante e de Maria João Andrade da FEPODELE - Federação Portuguesa de Desporto Eletrónico. Os temas a abordar nas duas próximas semanas serão: Como Motivar e Estar Motivado na Escola e na Vida; Competências Essenciais: Do que é que os jovens precisam para serem felizes e terem sucesso.   Consultem outras informações do Afirma-te em: https://www.facebook.com/Afirmate-275486142621483/?hc_ref=ARQqkQqPm7T4V2qhCdkq3__UlqUSqGPzNjNA9y5ewFM0QGLH5ojomhRCh5wvwyeGahE&ref=nf_target&__tn__=kC-R "

Ler mais

COMUNICAÇÃO SOCIAL EM GESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA

Facebook

Escrito por RCM em 2020-04-16 10:48:01

COMUNICAÇÃO SOCIAL EM GESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA

COMUNICAÇÃO SOCIAL EM GESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA   ...........Apenas num mês, a pandemia está a infectar, e muito, a comunicação social regional e local. Uma situação de agonia que se agrava a cada dia que passa. Está a ter sérios problemas de sobrevivência por causa do forte impacto da pandemia da Covid-19. As poucas receitas de publicidade escasseiam agora ainda mais, e estão a fazer com que várias emissoras ponderem o seu encerramento a curto prazo. Sabemos que algumas até já suspenderam mesmo as suas emissões. Numa altura em que muita gente só tem acesso a este tipo de informação e companhia, as direcções das rádios locais contam os cêntimos para poderem continuar em antena. E o que se passa com os companheiros dos jornais, a quem manifestamos a nossa solidariedade? O semanário Nordeste, de Bragança, esteve para não sair. Só uma compra de última hora, de duas páginas, pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, evitou o pior. "Que fez com que nós pudéssemos manter a impressão do jornal e cumprir os nossos compromissos, pelo menos as próximas duas edições", desabafa Paulo Afonso, director do jornal, que fala numa gestão de sobrevivência que poderá extinguir muitos órgãos de comunicação social no país. "Não é um negócio rentável, que se está a fazer na medida da possibilidade e numa gestão de sobrevivência. Não quero arriscar números mas dezenas de jornais no nosso país, de âmbito regional, julgo que irão desaparecer depois desta crise". Em Bragança, o Mensageiro é o outro semanário. Está registado, como mais 180 publicações portuguesas na AIIC- Associação de Imprensa de Inspiração Cristã. Já fizeram chegar às Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia um pedido de "sensibilidade" para ajudarem com publicações das acções que fazem e informações à comunidade "muito importantes neste tempo de Pandemia", salienta o director António Rodrigues que é também vogal da direcção da Associação de Imprensa de Inspiração Cristã. "Uma publicidade institucional de forma a compensar graves perdas de receitas e que possa permitir algum desafogo para que mantenham a sua actividade porque é importante para os cidadãos terem acesso a informação credível e verificada". Os dois semanários são impressos numa gráfica em Braga, pertença do Diário do Minho que imprime cerca de 100 títulos nacionais. Luís Carlos é o responsável e lembra que 15 desses jornais já suspenderam as edições por dificuldades de tesouraria. Também têm reduzido significativamente o número de páginas. Tudo isso está a ter um impacto bastante negativo na comunicação de proximidade". Apenas num mês, a pandemia está a infectar, e muito, a comunicação social regional e local.   Ajude se quiser e puder. O nosso bem-haja a todos os estimados ouvintes e anunciantes. E, sinceros desejos de muita saúde e paz, sobretudo com esperança e confiança em dias melhores, na companhia da família e amigos.  

Ler mais

MAIS UMA DISTINÇÃO PARA MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM em 2020-04-15 18:56:44

MAIS UMA DISTINÇÃO PARA MONSANTO

MAIS UMA DISTINÇÃO PARA MONSANTO   A aldeia histórica de Monsanto, no concelho de Idanha-a-Nova, acaba de vencer o Prémio Nacional “Cinco Estrelas” Regiões 2020, pelo terceiro ano consecutivo. Numa votação nacional que envolveu mais de 300 mil participantes, Monsanto foi novamente eleito Ícone de Referência Nacional na categoria de Aldeias e Vilas. Em 2018 e 2019, a denominada ‘Aldeia Mais Portuguesa de Portugal’ já havia conquistado o Prémio Cinco Estrelas, renovando o título nesta terceira edição do concurso. A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova expressa, em nota de imprensa que nos foi enviada, a sua satisfação por mais este prémio atribuído a Monsanto e congratula-se com todos os monsantinos, idanhenses, empresários, investidores, agentes culturais e turísticos, visitantes e turistas que orgulhosamente fazem de Monsanto um destino de referência em todo o Mundo. De acordo com a organização, o Prémio Cinco Estrelas Regiões é um sistema de avaliação que identifica, segundo a população portuguesa, o melhor que existe em cada uma das 20 regiões (18 distritos + 2 regiões autónomas) ao nível de recursos naturais, gastronomia, arte e cultura, património e outros ícones regionais de referência nacional; bem como premeia empresas portuguesas que se diferenciam a nível regional. Através de uma votação nacional, que contou com 313 450 participantes, os portugueses identificaram, para cada região, o que consideram Cinco Estrelas a vários níveis. Tendo em conta a actual conjuntura em Portugal e no Mundo, a organização adianta que este ano não se irá realizar a habitual Cerimónia de Entrega dos Prémios.

Ler mais

REPETIDOR DAS TERMAS DE MONFORTINHO RETOMOU AS EMISSÕES DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM em 2020-04-11 15:31:54

REPETIDOR DAS TERMAS DE MONFORTINHO RETOMOU AS EMISSÕES DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO

REPETIDOR DAS TERMAS DE MONFORTINHO RETOMOU AS EMISSÕES DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO     Desde o passado dia 6 (segunda-feira) que, por motivos de grave avaria técnica, a estação repetidora da RCM, instalada no cume da serra das Termas de Monfortinho, estava inoperacional.   Só hoje conseguimos proceder à sua reparação (muito dispendiosa) e já está em funcionamento normal e GRATUITO, particular e especialmente para as populações da zona fronteiriça.   (Devido ao mau estado dos acessos, lá fomos, mais uma vez, a pé, deste o Hotel Fonte Santa até ao alto da serra, com os equipamentos às costas…)   A nossa prioridade é manter, enquanto possível, este repetidor no ar, levando até si o melhor da nossa Música Portuguesa e as notícias da região, do país e do mundo.   Queremos contribuir com o nosso redobrado ânimo e o continuado esforço constituindo um estímulo no progredir para um futuro que queremos se tornará tão risonho quanto nós e vós queridos ouvintes acreditarmos nele.   Muitos foram aqueles que, nestes dias, nos telefonaram manifestando a falta da sua rádio preferida. BEM-HAJA pelas palavras de alento e de esperança em dias melhores.   A todos o nosso obrigado, e não levem a mal por aqui deixarmos uma saudação especial para a ouvinte Maria Jose, de setenta anos de idade, e que muito nos agradeceu por sermos a sua companhia diária.   Felizmente que temos por essas terras de Monfortinho muitas e outras boas pessoas como a senhora Maria José…   Os tempos difíceis que presentemente se vivem e os que seguramente se avizinham da mesma faceta, fazem-nos reflectir profundamente, reavaliando a nossa permanência em antena.   Em boa verdade, as dificuldades financeiras, agora agravadas com a pandemia, são mesmo muitas e não sabemos até quando vamos poder resistir.   Apesar desta tragédia que a disseminação do COVID-19 está a ter na vida de todos – os nossos anunciantes e ouvintes em geral, ligados mormente ao sector das rádios locais levam-nos a fazer, embora com redobrados sacrifícios, o dia-a-dia, com a regularidade que nos é peculiar ao longo destes quase 35 anos.   CONTAMOS CONSIGO PARA SEGUIR EM FRENTE.    

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2020 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line