Notícias

PRODUÇÃO DE CEREJA NA COVA DA BEIRA DEVE RONDAR AS 6 MIL TONELADAS

Escrito por RCM / Lusa em 2014-05-24 14:27:15

PRODUÇÃO DE CEREJA NA COVA DA BEIRA DEVE RONDAR AS 6 MIL TONELADAS

A produção de cereja na Cova da Beira deverá, este ano, rondar as 6.000 toneladas, apesar das quebras e se as condições meteorológicas não se agravarem até ao fim da campanha, disse Filipe Costa, produtor e engenheiro agrónomo. «Actualmente, em anos normais, a produção já ultrapassará as 8.000 toneladas. Portanto, tendo em conta as quebras deste ano, podemos afirmar que a Cova da Beira deverá produzir entre 5.500 a 6.000 toneladas de cereja», apontou. Em declarações à agência Lusa, este técnico com mestrado em fruticultura explicou que a estimativa tem em conta uma quebra de cerca de 30% na produção de cereja, provocada pela chuva que caiu na região durante a fase de floração e que comprometeu o «vingamento», principalmente nas variedades intermédias.

GOVERNO QUER ENCERRAR 41 ESCOLAS NO DISTRITO DE CASTELO BRANCO

Escrito por RCM em 2014-05-22 19:12:51

GOVERNO QUER ENCERRAR 41 ESCOLAS NO DISTRITO DE CASTELO BRANCO

O Ministério da Educação propõe para encerramento 41 escolas do primeiro ciclo no distrito de Castelo Branco. O concelho da Covilhã é o que tem mais escolas na lista, num total de 12, seguido de Castelo Branco com 10, Fundão seis, e Sertã cinco. Para Dulce Pinheiro, dirigente distrital do Sindicato dos Professores da Região Centro, a confirmarem-se estes encerramentos, será uma catástrofe para o distrito “nós neste momento temos 122 escolas no distrito e se encerrarem as 41 que estão previstas é uma catástrofe para o interior, para estas populações, e também uma catástrofe em termos de emprego porque sabemos que esta redução de escolas vai corresponder a um abate cego de número de professores e número de auxiliares de acção educativa, que vão ficar sem emprego”.  Das escolas propostas para encerramento há casos em que já eram salas de apoio e onde existem apenas 5 alunos, de que é exemplo o Barco, no concelho da Covilhã, mas há três casos em que a proposta de encerramento vai para escolas com um número acima dos 21 alunos previstos na lei “por exemplo Aldeia do Bispo, em Penamacor, que tem 23 alunos, o jardim-de-infância tem 6, portanto há uma perspectiva de continuidade e também está previsto o seu encerramento, a única coisa que aqui se entende nesta orientação é a orientação economicista”. No caso de Penamacor, apesar do compromisso assumido pelo anterior executivo de encerrar as escolas depois da construção do centro escolar da vila, o número de crianças que frequentam a escola de Aldeia do Bispo ainda não justifica esse encerramento. Uma situação já contestada pela autarquia junto da delegação regional de educação do centro. 

O PARLAMENTO EUROPEU EXPLICADO AOS JOVENS

Escrito por RCM em 2014-05-22 17:59:15

O PARLAMENTO EUROPEU EXPLICADO AOS JOVENS

PENAMACOR QUER CATIVAR ALUNOS ESPANHÓIS

Escrito por Lusa / RCM em 2014-05-22 12:29:09

PENAMACOR QUER CATIVAR ALUNOS ESPANHÓIS

A Câmara de Penamacor quer potenciar as respostas formativas e de ensino, designadamente profissional, das escolas daquele concelho, para conseguir cativar alunos espanhóis, referiu o presidente da autarquia, António Luís Beites. "A legislação educativa já não coloca entraves a que alunos do lado de lá da fronteira possam frequentar o ensino em Portugal, mesmo que aqui não tenham residência. Portanto, queremos aproveitar essa oportunidade para conseguirmos atrair jovens para as nossas escolas", referiu hoje o autarca durante a reunião de executivo. António Luís Beites recordou que algumas das localidades espanholas mais próximas já não têm ensino complementar e referiu que, nos primeiros contactos, as entidades educativas espanholas demonstraram interesse em que a ideia fosse viabilizada.

CASTELO BRANCO: CENTRO DE ANIMAIS SELVAGENS RECEBEU 213 ANIMAIS

Escrito por RCM / Lusa em 2014-05-21 15:01:34

CASTELO BRANCO: CENTRO DE ANIMAIS SELVAGENS RECEBEU 213 ANIMAIS

O Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens (CERAS) de Castelo Branco, da Quercus, recebeu 213 animais em 2013, com uma taxa de recuperação de 62%. Segundo o relatório CERAS 2013, a que a agência Lusa teve agora acesso, a maior afluência de animais registou-se entre os meses de Junho e Setembro, sendo que 62% dos animais que deram entrada no centro eram provenientes do distrito de Castelo Branco, 21% de Portalegre, 11% de Santarém e 06% de outras proveniências. As aves constituíram a grande maioria dos animais que deram entrada no CERAS (92%). De acordo com o relatório, em 2013 registou-se uma entrada atípica de crias de grifo por debilidade, mais do dobro do que em anos anteriores (33 indivíduos), quando habitualmente ingressam entre 12-15 crias por ano. A Quercus explica que este facto pode estar relacionado com a falta de alimento nos campos face à retirada de cadáveres pelo Sistema de Recolha de Cadáveres de Animais Mortos na Exploração (SIRCA).

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 |

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-21 11:33:06

Ler mais

FESTIVAL DOS CAMINHOS DA TRANSUMÂNCIA ANIMA ALPEDRINHA

Facebook

Escrito por LUSA em 2017-09-14 15:54:05

FESTIVAL DOS CAMINHOS DA TRANSUMÂNCIA ANIMA ALPEDRINHA

A vila de Alpedrinha, no concelho do Fundão, recebe de sexta-feira a domingo mais uma edição do Chocalhos - Festival dos Caminhos da Transumância, que mantém a aposta na diferenciação e qualidade. "Queremos passar do tempo em que se falava essencialmente no elevado número de participantes para um tempo em que o destaque se prende com a qualidade, a fruição e o grau de satisfação que os visitantes podem tirar da variadíssima oferta que se lhes apresenta", referiu, em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal do Fundão, Paulo Fernandes. Organizado em parceria pela autarquia e pela Junta de Freguesia de Alpedrinha, este festival dedica grande atenção à temática da pastorícia e à rota que, outrora, os pastores tinham de fazer para procurarem novas pastagens para os rebanhos. Uma tradição que todos os anos é recriada neste festival, com a realização de uma caminha acompanhada por um rebanho e na qual se faz a ligação entre o Fundão e Alpedrinha, percorrendo um trilho da Serra da Gardunha, que este ano foi dizimada por um violento incêndio.

Ler mais

CAPELA EM IDANHA-A-NOVA COM FORMATO DE TENDA ISPIRADA NO LENÇO ESCUTISTA

Facebook

Escrito por MadreMedia / Lusa em 2017-09-12 13:45:25

CAPELA EM IDANHA-A-NOVA COM FORMATO DE TENDA ISPIRADA NO LENÇO ESCUTISTA

Os arquitectos e antigos escuteiros Pedro Ferreira e Helena Vieira são os autores do projecto da nova capela construída no Campo Nacional de Actividades Escutistas (CNAE), no Monte Trigo, em Idanha-a-Nova. "Para além do formato de tenda, as formas apontam também para o próprio lenço escutista e o modo como este assenta no pescoço", explica, em comunicado, Helena Vieira. A arquitecta realça ainda os sentimentos potenciados pelo lugar: "A protecção, o encontro, o silêncio perante a paisagem, tudo é espectacular perante este sistema de vistas tão interessante". O projecto pretende valorizar o ambiente intimista do local, aliado ao espírito escutista de comunhão com a natureza, sendo que a nova capela encontra-se no Campo Nacional de Actividades Escutistas (CNAE) em Idanha-a-Nova e teve a sua cerimónia de dedicação durante o 23.º acampamento nacional de escuteiros (ACANAC). Este novo templo, dedicado a Nossa Senhora de Fátima, assenta numa estrutura de madeira, símbolo também das construções dos escuteiros, protegida apenas por um revestimento em zinco escuro.

Ler mais

FESTIVAL DE TEATRO AJIDANHA ATÉ 17 DE SETEMBRO NO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-12 13:43:53

FESTIVAL DE TEATRO AJIDANHA ATÉ 17 DE SETEMBRO NO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Idanha-a-Nova recebe até 17 de setembro mais uma edição do Festival de Teatro Ajidanha. Aproximar a cultura do público continua a ser a aposta deste festival, com a realização de espectáculos em palcos espalhados por Idanha-a-Nova, nomeadamente na sede de concelho, em Medelim, na Aldeia de Santa Margarida, em São Miguel D’Acha e no Ladoeiro. Serão apresentadas nove peças de sete companhias oriundas da Madeira, Esposende, Esmoriz, Lagos, Pombal, da Galiza e de Lanzarote. Destaque ainda para o concerto musical de abertura e para a exibição do filme “O Canto do Galo”, do realizador Ramón de los Santos. A segunda semana do festival prossegue com "O Anexo" (Ajidanha) dia 11 em Idanha-a-Nova; "Até ao Canto do Galo" (filme de Ramón de los Santos) dia 12 em Idanha-a-Nova; "La Novia de D. Quixote" (EME2) dia 13 em Idanha-a-Nova; "Posta de Leitão" (stand-up comedy) dia 14 na Aldeia de Santa Margarida; "Gaviotas Subterraneas" (Comik Teatro) dia 15 em Idanha-a-Nova; "As Minhas Sogras" (Teatro Renascer de Esmoriz) dia 16 no Ladoeiro; e "O Lobo Vermelho" (Teatro Experimental de Lagos) dia 17 em São Miguel D'Acha. O Festival de Teatro da Ajidanha é uma organização conjunta da Ajidanha e da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, com o apoio das freguesias que recebem os espectáculos. O programa completo está disponível na internet em: www.ajidanha.com.

Ler mais

INSCRIÇÕES ABERTAS NA ACADEMIA DE ARTES CATARINA CHITAS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-07 14:04:39

INSCRIÇÕES ABERTAS NA ACADEMIA DE ARTES CATARINA CHITAS

Em Idanha-a-Nova, estão abertas as inscrições na Academia de Artes Catarina Chitas. O projecto é gratuito e desenvolvido pela Filarmónica Idanhense em parceria com a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova.  Em termos de Teoria Musical, poderá inscrever-se em aulas de Formação Musical (todas as idades), Informática Aplicada à Música (todas as idades), Música Tradicional (todas as idades), Iniciação Rítmica (dos 2 aos 5 anos) e Musicalização Infantil (dos 0 aos 5 anos).  Há ainda disciplinas dedicadas a instrumentos: Sopros (flauta, clarinete, saxofone, trompete, trompa, trombone e tuba), Percussão (bateria e glockenspiel), Cordas (guitarra clássica e cavaquinho) e Instrumentos Tradicionais (viola beiroa, palheta e adufe).   As aulas começam no dia 25 de setembro.  Pode obter mais informações através do e-mail geral@filarmonicaidn.com ou do telefone 926 938 535.

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line