Notícias

BIBLIOMÓVEL DE PROENÇA-A-NOVA DIVULGADA NO CHILE

Escrito por RCM em 2014-11-13 15:23:30

BIBLIOMÓVEL DE PROENÇA-A-NOVA DIVULGADA NO CHILE

A experiência da Bibliomóvel, que desde 2006 percorre o concelho de Proença-a-Nova, foi divulgada na semana passada em dois eventos relacionados com a leitura realizados no Chile.  No II encontro nacional da rede de Bibliotecas Itinerantes do Chile, a biblioteca móvel partilhou, como convidada estrangeira, as estratégias e actividades desenvolvidas. O encontro, por sua vez, esteve integrado no III Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas, cujo programa incluiu um painel em que a Bibliomóvel, uma biblioteca itinerante do sul do Chile e a rede de bibliotecas itinerantes da Catalunha foram apresentadas como exemplos de boas práticas.  Este ano com o tema “Leituras em movimento”, o seminário internacional decorreu durante quatro dias e debateu temas relacionados com a função social das bibliotecas, os novos formatos de leitura, a inovação no fomento da leitura e as extensões bibliotecárias.  

ACADEMIA SÉNIOR DE PENAMACOR CELEBROU DIA DE S. MARTINHO

Escrito por RCM em 2014-11-13 15:22:35

ACADEMIA SÉNIOR DE PENAMACOR CELEBROU DIA DE S. MARTINHO

A Academia Sénior de Penamacor celebrou, na passada 3ª-feira, o Dia de S. Martinho com o tradicional magusto, onde foram recriados antigos costumes e hábitos ancestrais. Comer castanhas e beber jeropiga fizeram parte da festa popular que está associada a uma lenda, a qual dizia que um soldado romano de nome Martinho (mais tarde conhecido como São Martinho), ao passar a cavalo por um mendigo quase nú, como não tinha nada para lhe dar, cortou a sua capa ao meio com a sua espada, estava um dia chuvoso e diz-se que, nesse preciso momento, parou de chover, derivando daí a expressão, “Verão de São Martinho”. Para além da castanha, os alunos e professores juntaram à mesa a mais diversa doçaria confeccionada pelos próprios e degustada numa tarde diferente que conjugou o sabor das castanhas assadas com o ritmo da animação. O primeiro magusto da Academia Sénior de Penamacor faz parte do plano de actividades e representa uma resposta aos desejos dos alunos e professores, permitindo a partilha de momentos únicos de animação e convívio.  

IDANHA-A-NOVA PRESIDE À SECÇÃO DE MUNICÍPIOS DE BAIXA DENSIDADE E DO MUNDO RURAL

Escrito por RCM em 2014-11-13 15:21:43

IDANHA-A-NOVA PRESIDE À SECÇÃO DE MUNICÍPIOS DE BAIXA DENSIDADE E DO MUNDO RURAL

O presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, foi eleito presidente da Mesa da Secção de Municípios de Baixa Densidade e do Mundo Rural, criada no âmbito da Associação Nacional dos Municípios Portugueses (ANMP). A Mesa, eleita por unanimidade, é ainda composta por vice-presidente: Paulo Fernandes (presidente da Câmara do Fundão); vice-presidente: José Calixto (presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz); secretário: Fernando Queiroga (presidente da Câmara de Boticas); secretário: António Valério (presidente da Câmara de Alvito). A Secção envolve 129 municípios de norte a sul do país e irá trabalhar sobre as problemáticas da baixa densidade e do mundo rural. No quadro do plano de actividades da Secção, que inicia agora o mandato 2014-2017, Armindo Jacinto considera que existe um conjunto de outros assuntos a trabalhar, nomeadamente no que toca ao direito a serviços de proximidade, entre os quais a educação, a saúde, a segurança e a justiça.  

DOCUMENTÁRIO SOBRE JOEL PINA ESTREIA NO MUSEU DO FADO

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-11-04 16:13:59

DOCUMENTÁRIO SOBRE JOEL PINA ESTREIA NO MUSEU DO FADO

Um documentário sobre o músico Joel Pina, de 94 anos, ainda em actividade, viola baixo que acompanhou, entre outros, Amália Rodrigues, Maria Teresa de Noronha e Frei Hermano da Câmara, estreia esta quarta-feira, em Lisboa. O músico, que começou por tocar guitarra portuguesa e bandolim, é um dos pioneiros da introdução da viola baixo no fado, por iniciativa de Martinho d`Assunção, de quem era aluno. Joel Branco fez parte do Conjunto de Guitarras de Martinho d`Assunção, assim como do de Raul Nery e, durante 38 anos, até à morte da fadista, acompanhou Amália Rodrigues. O documentário, intitulado "Joel Pina, o professor", de Ivan Dias, que já realizou outros trabalhos fílmicos sobre o fado, é apresentado na quarta-feira, às 19:00, no Museu do Fado, em Lisboa, com a presença do músico e do realizador. João Borges Pina, de nome de baptismo, nasceu na aldeia de Rosmaninhal, no concelho de Idanha-a-Nova, profissionalizou-se em 1949, e ainda hoje toca. As Adufeiras de Monsanto realizaram vários concertos com o conceituado viola baixo, nomeadamente no espectáculo “Raízes rurais paixões urbanas” da autoria de Ricardo Pais, com apresentações no Olimpia de Paris e que esteve em cena em diversos palcos nacionais.

NEVE CAIU PELA PRIMEIRA VEZ E ENCERRA ESTRADAS NA SERRA DA ESTRELA

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-11-04 13:02:57

NEVE CAIU PELA PRIMEIRA VEZ E ENCERRA ESTRADAS NA SERRA DA ESTRELA

A neve caiu hoje pela primeira vez este outono na Serra da Estrela e obrigou ao corte de estradas do maciço central, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda. Segundo o CDOS, os troços Piornos/Cruzamento da Torre (troço 11), Cruzamento da Torre/Torre (12) e Lagoa Comprida/Cruzamento da Torre (13) foram encerrados pelas 05:00 de hoje. Devido à queda de neve, pelas 08:30 também foram fechados à circulação rodoviária os troços Portela do Arão/Lagoa Comprida (troço 01) e Lagoa Comprida/Sabugueiro (troço 02). Fonte do Centro de Limpeza de Neve da Estradas de Portugal disse à Lusa, pelas 09:00, que continuava a nevar e na área das suas instalações, nos Piornos, os termómetros marcavam um grau negativo. A primeira neve do outono, que começou a cair pelas 04:30, «é pouca coisa», referiu a fonte, embora suficiente para fechar as estradas do ponto mais alto da Serra da Estrela. «Se continuar a nevar, é difícil reabrir as estradas», disse, não adiantando previsões para a reabertura dos troços encerrados à circulação automóvel. Em relação ao último ano, este primeiro nevão surge mais cedo, pois em 2013 as primeiras neves aconteceram a 16 de novembro.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 |

CINCO MUNICÍPIOS DA REGIÃO CENTRO LANÇAM PROJECTO CULTURAL EM REDE

Facebook

Escrito por Lusa em 2018-01-08 15:22:40

CINCO MUNICÍPIOS DA REGIÃO CENTRO LANÇAM PROJECTO CULTURAL EM REDE

Os municípios de Idanha-a-Nova, Águeda, Lousã, Óbidos e São Pedro do Sul apresentaram o projecto "5 municípios, 5 culturas, 5 sentidos", cujo objectivo é afirmar novas centralidades culturais fora dos grandes centros urbanos. O projecto liderado pela Câmara de Idanha-a-Nova, envolve mais quatro municípios da Região Centro e tem uma duração de três anos, sendo que os objectivos passam pela promoção de iniciativas culturais inovadoras, estimulação da criação artística e a reinterpretação cultural, através da imagem externa dos municípios envolvidos enquanto territórios que acolhem as artes e a criatividade.  

Ler mais

MONSANTO RECEBE UM MILHÃO DE EUROS DE INVESTIMENTO PARA VALORIZAÇÃO TURÍSTICA

Facebook

Escrito por Lusa em 2018-01-08 15:19:31

MONSANTO RECEBE UM MILHÃO DE EUROS DE INVESTIMENTO PARA VALORIZAÇÃO TURÍSTICA

A aldeia histórica de Monsanto, em Idanha-a-Nova, vai receber um milhão de euros de investimento para a sua valorização e qualificação enquanto destino turístico no âmbito do programa Valorizar. O contrato assinado no posto de turismo de Monsanto, entre o município de Idanha-a-Nova e o Turismo de Portugal, tem como objectivos principais valorizar o acesso à aldeia histórica, a instalação de um sistema inteligente de gestão de tráfego e de estacionamento, aquisição e instalação de uma ferramenta digital com informação sobre Monsanto e sobre a rede de aldeias históricas de Portugal. "Este projecto com o Turismo de Portugal visa valorizar Monsanto. Estamos a ter problemas de crescimento. Temos queixas por falta de estacionamento que têm causado muito desconforto a quem nos visita", explicou o presidente do município de Idanha-a-Nova durante a apresentação do projecto. Armindo Jacinto explicou que este investimento, no âmbito do programa Valorizar, é feito em cooperação com outros que a Rede de Aldeias Históricas de Portugal está a promover.  

Ler mais

MORREU O PINTOR, MESTRE JOSÉ MANUEL SOARES

Facebook

Escrito por RCM em 2017-12-31 16:42:46

MORREU O PINTOR, MESTRE JOSÉ MANUEL SOARES

PARTIU O PINTOR DA PORTUGALIDADE O Grande Mestre José Manuel Soares, com 85 anos de idade, terminou, nesta madrugada, do último dia do ano de 2017, em sua casa, na Rua de Timor, na Costa de Caparica, um Calvário de grande sofrimento, por doença desde 2002. Merecia (em vida) ter sido melhor HONRADO, JUSTIÇADO E LEMBRADO, premiando a sua vastíssima obra, com representação em museus nacionais e estrangeiros, bem como em galerias e colecções particulares.  O Pintor JOSÉ MANUEL SOARES encarnou o verdadeiro espírito épico de Portugal.  Exemplarmente pincelado por um dos maiores artistas contemporâneos. NESTA HORA, DE LUTO E DOR,VEM-ME AO PENSAMENTO O ESCRITO DE MIGUEL ESTEVES CARDOSO, IN “ÚLTIMO VOLUME”: “Como é que se esquece alguém que se ama? Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa - como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está? As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar. Sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar. Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre…. Ninguém aguenta estar triste. Ninguém aguenta estar sozinho. Tomam-se conselhos e comprimidos. Procuram-se escapes e alternativas. Mas a tristeza só há-de passar entristecendo-se. Não se pode esquecer alguém antes de terminar de lembrá-lo. Quem procura evitar o luto, prolonga-o no tempo e desonra-o na alma. A saudade é uma dor que pode passar depois de devidamente doída, devidamente honrada. É uma dor que é preciso aceitar, primeiro, aceitar. É preciso aceitar esta mágoa esta moinha, que nos despedaça o coração e que nos mói mesmo e que nos dá cabo do juízo. É preciso aceitar o amor e a morte, a separação e a tristeza, a falta de lógica, a falta de justiça, a falta de solução. Quantos problemas do mundo seriam menos pesados se tivessem apenas o peso que têm em si, isto é, se os livrássemos da carga que lhes damos, aceitando que não têm solução… Dizem-nos, para esquecer, para ocupar a cabeça, para trabalhar mais, para distrair a vista, para nos divertirmos mais, mas quanto mais conseguimos fugir, mais temos mais tarde de enfrentar. Fica tudo à nossa espera. Acumula-se-nos tudo na alma, fica tudo desarrumado. O esquecimento não tem arte. Os momentos de esquecimento, conseguidos com grande custo, com comprimidos e amigos e livros e copos, pagam-se depois em condoídas lembranças a dobrar. Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar. " Um sentido abraço solidário à esposa, Dona Ângela Vimonte, e aos muitos admiradores e amigos do Mestre Soares. Para a posteridade, ficam as milhares de obras de arte, nomeadamente no Museu com o seu nome, na cidade de Pinhel Falcão, desde 2014. Que a sua Alma repouse em Paz.

Ler mais

AUTARQUIA E BOOM FESTIVAL ACORDAM COOPERAÇÃO PARA OS PRÓXIMOS 10 ANOS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-12-21 10:10:31

AUTARQUIA E BOOM FESTIVAL ACORDAM COOPERAÇÃO PARA OS PRÓXIMOS 10 ANOS

A Câmara de Idanha-a-Nova e a organização do Boom Festival assinaram um protocolo de cooperação para os próximos 10 anos com o objectivo de tornar o concelho na “Capital do Bem-Estar em 2028”. Num comunicado conjunto, o município de Idanha-a-Nova reconhece a importância dos eventos organizados pela Associação IdanhaCulta, responsável pela gestão da Herdade da Granja e do Boom Festival, para a economia local. A autarquia compromete-se a colaborar com a organização e a criar condições favoráveis a vários projectos de sustentabilidade ambiental com base na herdade de 150 hectares. Para o efeito, a associação IdanhaCulta quer criar um Parque de Artes e Natureza que seja um ícone mundial e contribuir deste modo para tornar Idanha-a-Nova na “Capital do Bem-Estar em 2028”.  

Ler mais

CENTRO REPETIDOR DAS TERMAS DE MONFORTINHO TEVE EMISSÃO INTERROMPIDA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-12-13 14:25:10

CENTRO REPETIDOR DAS TERMAS DE MONFORTINHO TEVE EMISSÃO INTERROMPIDA

Na noite do passado dia 10, o Centro Emissor da Rádio Clube de Monsanto, nas Termas de Monfortinho ficou sem emissão por causa das adversas condições climatéricas e devido a algumas interrupções de energia eléctrica, que afectaram os nossos equipamentos e as antenas naquela localidade de fronteira.   Também por dificuldades de acesso à serra contígua, só hoje, cerca das 11 horas foi possível normalizar a emissão, e a desejada retoma da cobertura da zona raiana, que inclui a estremadura espanhola, que a RCM assegura regularmente desde o ano de 1999.   Apresentamos desculpas aos senhores ouvintes pelos transtornos.  

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2018 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line