Notícias

A LENTA AGONIA DAS RÁDIOS LOCAIS

Escrito por Joaquim Fonseca em 2015-01-12 14:08:01

A LENTA AGONIA DAS RÁDIOS LOCAIS

Penso eu que neste ano de 2015 continuaremos a viver num cenário de dificuldades e de desemprego, pintado com cores sombrias e negras. Muitas rádios locais vão mesmo ter que parar as suas emissões. Nomeadamente ao nível dalguns concelhos do interior, onde certos caciques não resistem à tentação de impor a sua força e a sua vontade discricionária e prepotente, os detentores de Alvarás de Radiodifusão Sonora estão a ser empurrados para o encerramento definitivo duma actividade reconhecida e querida pelas populações. Porém, e, de forma impiedosa, as Rádios Locais estão a fechar e curiosamente alguns responsáveis do território parecem pouco se preocupar. Claro que é difícil resistir, em tais condições, à asfixia financeira, às pressões e às chantagens, ainda que veladas, mormente nesta complexa altura de grave crise económica, que teima em não passar…Nós não temos MEDO. Jamais viveremos de joelhos. Quando chegar a nossa hora morreremos de pé, com toda a DIGNIDADE. Ansiamos poder celebrar, com alguma tranquilidade, os 30 anos em prol da divulgação e da promoção da nossa terra e da Música Portuguesa, no país e no mundo. Se as coisas não se alterarem, para melhor, no final de Dezembro, admitimos fazer um balanço, para jamais ser importunados pelos senhores do fisco, da Segurança Social ou por qualquer vampiro. Se as Rádios das grandes cidades vão fechando, mesmo estando encostadas a poderosos grupos económicos ou políticos...qual a sorte das Rádios das pequenas aldeias? Recordamos que a RCM sempre sobreviveu com sérias dificuldades humanas e financeiras desde 1985... Uma luta diária caldeada com muitos sacrifícios e renúncias. Mas com ORGULHO. Não queremos subsídios do Estado. Pedimos que não nos castiguem com impostos e taxas injustas e insuportáveis, e, assim podermos continuar, por mais alguns meses ou anos, a prestar um serviço de utilidade pública e a ser a voz dos que não têm voz e a ajudar a combater a SOLIDÃO das gentes simples destas terras do interior profundo, desertificado e abandonado...onde tudo parece estar condenado a ENCERRAR... Queremos continuar a prestar um SERVIÇO DE INTERESSE PÚBLICO e temos direito ao reconhecimento e estímulo institucional. Deixem-nos trabalhar em paz.

ATAQUE Á RÁDIO VOZ DO NEIVA

Escrito por RCM em 2015-01-11 11:28:06

ATAQUE Á RÁDIO VOZ DO NEIVA

DISTO AS TELEVISÕES, AS RÁDIOS E OS JORNAIS NÃO FALAM… VÂNDALOS À SOLTA. EXECRÁVEL BARBARIDADE. ABRAÇO SOLIDÁRIO AOS COMPANHEIROS DE VILA VERDE. ........................................................... A Rádio Voz do Neiva, em Vila Verde, foi alvo de um ataque que interrompeu logo a emissão, tendo sido destruídos computadores e outro equipamento, segundo apurou o SOL. O ataque foi desferido por dois homens, que teriam a colaboração de um terceiro, nas imediações da Rádio Voz do Neiva, em Duas Igrejas, Vila Verde. Apesar de o golpe ter sido cometido na quinta-feira, só hoje foi conhecido, alegadamente para não haver uma qualquer conotação com os acontecimentos de Paris, na Redacção do Charlie Hebdo. Foram destruídos computadores, mesas de mistura, microfones, auscultadores e outros equipamentos do estúdio principal da Rádio Voz do Neiva, de Duas Igrejas, Vila Verde. Fontes contactadas pelo SOL, que solicitaram o anonimato, referiram “tratar-se de um claro ataque à liberdade de expressão”, mas não acreditam haver qualquer emulação em face dos assassínios de jornalistas em Paris. “A Rádio Voz do Neiva já incomoda muita gente”, acrescentou uma das fontes ligadas ao projecto radiofónico de Ribeira do Neiva. Segundo apurou o SOL, haverá pelo menos já dois suspeitos referenciados e o caso foi comunicado à GNR de Vila Verde. A Rádio Voz do Neiva é uma das estações regionais com maior audiência no país e tem uma grande ligação às populações e aos emigrantes.

JOAQUIM MORÃO NA ANTENA DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO

Escrito por RCM em 2015-01-09 17:43:52

JOAQUIM MORÃO NA ANTENA DA RÁDIO CLUBE DE MONSANTO

No próximo dia 15, quinta-feira, pelas 21 horas, na antena da Rádio Clube de Monsanto, em Estúdio Um – Tribuna do Povo, como convidado Joaquim Morão Lopes Dias, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Idanha-a-Nova. Comendador Joaquim Morão, uma vida dedicada ao serviço da causa pública em autarquias, nas colectividades, nas associações e nas instituições de solidariedade social. A entrevista é transmitida nos 98.7 FM e 107....8 FM, no próximo dia 15, pelas 21 horas e também pode ser ouvida através da internet em: www.radiomonsanto.pt  

HOMENAGEM AO QUE FOI O V MARQUÊS DA GRACIOSA

Escrito por Antonio Costa em 2015-01-06 17:01:38

HOMENAGEM AO QUE FOI O V MARQUÊS DA GRACIOSA

Com a devida vénia do Blogue “SORTES DE GAIOLA”, ......................................................................................... Ao partir, o Engenheiro Fernando, que foi o quinto Marquês da Graciosa, deixou como legado, a imagem da verticalidade sem mácula. Homem culto, de grande afabilidade, sentia Portugal por ter a pátria na alma. Profundo conhecedor do toiro, do cavalo e da equitação, falava destes temas com naturalidade, sabendo ouvir, e sem que nunca querer impôr as suas ideias muito menos exibindo qualquer réstia de arrogância. Foi um verdadeiro fidalgo que viveu uma vida desapaixonada e culta, ao relento das ideias, sonhando e pensando numa vida suficientemente lenta para estar sempre à beira de tudo o que rodeava, bastante meditada para se nunca encontrar fora do mundo do seu tempo. Viveu essa vida com emoções e nobres pensamentos, e exclusivamente só no pensamento das emoções e na emoção dos pensamentos. Poisou ao sol do dia-a-dia, tendo, na sombra, aquela fidalguia da individualidade que consiste em não insistir para nada com a vida, e muito menos revoltar-se com o destino. Foi tudo isto com um conhecimento seguro, nem alegre nem triste, não querendo ser mais, não querendo ter mais, não querendo mais... do que o seu Deus lhe deu... Num País, onde nestes tempos que vivemos, há um enorme défice de senhorio, senti-me na obrigação de prestar esta singela homenagem ao SENHOR Marquês da Graciosa, "P'ra que a terra não esqueça."

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DA FESTA DA HISTÓRIA

Escrito por RCM em 2014-12-29 20:59:40

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DA FESTA DA HISTÓRIA

A Federação Portuguesa da Festa da História foi constituída por escritura pública esta semana, com o objectivo de congregar esforços em prol da actividade de promoção e divulgação das diversas manifestações e representações culturais e artísticas públicas que recriem feitos e ambientes históricos observando critérios de apuro e rigor histórico. Com sede na aldeia histórica de Idanha-a-Velha, concelho de Idanha-a-Nova, esta associação cultural visa ainda promover a troca de experiências e partilha de informações dos seus associados no estudo, preservação e divulgação do património artístico, histórico e cultural de Portugal. Pretende-se, também, promover a representação nacional em actividades e agremiações internacionais. A Federação Portuguesa da Festa da História irá promover as festas, espectáculos e recriações com argumento histórico que sejam testemunho do património nacional, pondo em relevo o seu valor cultural, artístico e lúdico. Ao mesmo tempo irá produzir e apoiar iniciativas que contribuam para melhorar a imagem e o conhecimento desses eventos e a sua divulgação nos meios turísticos nacionais e internacionais.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 |

FESTIVAL DE ARTE URBANA REGRESSA À COVILHÃ EM JUNHO

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-05-25 14:53:25

FESTIVAL DE ARTE URBANA REGRESSA À COVILHÃ EM JUNHO

O WOOL - Covilhã Arte Urbana regressa em junho às ruas daquela cidade, após um ano de paragem imposto pela falta de apoios financeiros, anunciou hoje a organização deste festival, que voltará a contar com artistas internacionais. "Após o interregno de um ano, o centro histórico da cidade será novamente o palco de actuação dos artistas Bosoletti (Argentina), DOA OA (Espanha), Halfstudio e Third (Portugal), que nos brindarão com trabalhos onde as temáticas e inspirações se prenderão com o todo que compõe o território histórico, social, arquitectónico, cultural e/ou natural único desta região, sendo precisamente esta uma das consequências e características de diferenciação este evento", refere a organização em nota de imprensa enviada hoje à agência Lusa. Segundo a informação, esta quarta edição decorrerá entre os dias 03 e 11 de junho e terá uma sessão adicional no dia 17 de junho.

Ler mais

EDUCAÇÃO: ESTUDO REVELA QUE IDANHA-A-NOVA E PENAMACOR TÊM MAIS CHUMBOS QUE MÉDIA NACIONAL

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-05-23 09:16:47

EDUCAÇÃO: ESTUDO REVELA QUE IDANHA-A-NOVA E PENAMACOR TÊM MAIS CHUMBOS QUE MÉDIA NACIONAL

O insucesso escolar no 1.º ciclo do ensino básico atinge cerca de dois terços dos concelhos portugueses e 14 por cento das escolas públicas deste nível. Os dados constam num estudo sobre retenção no 1.º ciclo em Portugal, da associação EPIS. O estudo da associação Empresário pela Inclusão Social teve como principal objetivo aprofundar o conhecimento sobre o problema do insucesso escolar nos primeiros anos de escolaridade. Uma das questões era perceber qual a incidência geográfica, social e organizacional do fenómeno do insucesso escolar nos primeiros anos de escolaridade. Segundo os autores, a análise de dados estatísticos permitiu verificar que o insucesso não atinge de forma idêntica todas as escolas do país, não é um fenómeno disseminado, antes circunscrito, que se manifesta de forma desigual no território nacional, parecendo ser tributário das desigualdades territoriais e sociais que caracterizam a sociedade portuguesa. Há uma incidência e disseminação mais forte em concelhos do interior e de reduzida dimensão tanto no Sul como no Norte e Centro do país. No Centro destacam-se os concelhos de Idanha-a-Nova, Penamacor, Sabugal, Vila Velha de Rodão e Seia, concelhos em que a maioria das escolas são de insucesso.

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: ALDEIA DE SANTA MARGARIDA RECEBE FESTIVAL DAS FLORES

Facebook

Escrito por RCM em 2017-05-20 12:09:27

IDANHA-A-NOVA: ALDEIA DE SANTA MARGARIDA RECEBE FESTIVAL DAS FLORES

A sexta edição do Festival das Flores vai ter lugar em Aldeia de Santa Margarida entre os dias 26 e 28. A abertura do evento acontece no dia 26, às 17:00, onde os arranjos florais feitos pelas mãos dos populares enfeitam as ruas e casas desta aldeia beirã, que se apresenta “vestida” com milhares de flores naturais e artificiais. No dia 26, a partir das 21:30, decorre a noite de fados com as vozes de Maura Aires e Luís Capão. O festival continua ao longo do fim de semana, com muita música e com actividades para toda a família.

Ler mais

PGR ENTREGA BRASÃO DE MONSANTO FURTADO EM 2008 E RECUPERADO EM MUSEU ESPANHOL

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-05-19 13:16:03

PGR ENTREGA BRASÃO DE MONSANTO FURTADO EM 2008 E RECUPERADO EM MUSEU ESPANHOL

A Procuradora-geral da República (PGR) procedeu hoje à entrega do brasão de armas de Monsanto. Furtada de uma das entradas desta aldeia histórica a pedra foi localizada em 2014, num museu de Badajoz, em Espanha. Joana Marques Vidal explicou que o furto por desconhecidos do brasão de armas de Monsanto foi participado em 2008 pelo presidente da junta de freguesia. O brasão de armas foi objecto de restauro por parte da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. Esta sexta feira foi devolvido à comunidade de Monsanto por Joana Marques Vidal. Vai ficar no Posto de Turismo desta aldeia histórica do concelho de Idanha-a-Nova.

Ler mais

REDE DE UNIVERSIDADES SÉNIORES COMEMORA DIA NACIONAL EM IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-05-15 10:36:58

REDE DE UNIVERSIDADES SÉNIORES COMEMORA DIA NACIONAL EM IDANHA-A-NOVA

A Universidade Sénior de Idanha-a-Nova, um projecto da Filarmónica Idanhense, do Município de Idanha-a-Nova e do CMCD, foi escolhida para receber este ano as comemorações nacionais do Dia das Universidades Seniores em Portugal. As comemorações vão realizar-se a 21 de maio (domingo), em Idanha-a-Nova, e contarão com a presença da RUTIS, entidade responsável pelas universidades seniores em Portugal, e de 8 universidades seniores de todo o país. A manhã será dedicada ao território de Idanha-a-Nova e à tarde o Centro Cultural Raiano receberá uma tarde cultural onde subirão ao palco as 8 universidades participantes. A entrada nos espectáculos é gratuita. Para ver a partir das 14h00 no CCR.

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line