Notícias

AIDA RECHENA NOVA DIRECTORA DO MUSEU NACIONAL DE ARTE CONTEMPORÂNEA – MUSEU DO CHIADO

Escrito por RCM em 2015-12-22 10:44:49

AIDA RECHENA NOVA DIRECTORA DO MUSEU NACIONAL DE ARTE CONTEMPORÂNEA – MUSEU DO CHIADO

A museóloga Aida Rechena, natural de Monsanto – a Aldeia Mais Portuguesa, foi escolhida para directora do Museu do Chiado, em Lisboa, substituindo no cargo David Santos, disse à agência Lusa fonte da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC).  De acordo com o subdirector da DGPC, Samuel Rego, Aida Rechena foi seleccionada por concurso público tendo sido a que apresentou "o projecto mais consistente e inovador para os desafios do futuro" do Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado. Doutorada em Museologia, Aida Rechena era, desde 2005, directora do Museu Francisco Tavares Proença Júnior, em Castelo Branco. Entre 2012 e Setembro passado acumulou também a direcção do Museu da Guarda.  Desde os anos 1990, a par do percurso académico, Aida Rechena foi técnica superior na Direcção-Geral de Educação, no Museu de Angra do Heroísmo, no antigo Instituto Português do Património Arquitectónico e na Câmara Municipal de Odivelas. Em 2012, Aida Rechena foi distinguida pela Associação Portuguesa de Museologia pela tese de doutoramento "Sociomuseologia e Género. Imagens da Mulher em exposições de Museus Portugueses". Aida Rechena assume a direcção do Museu do Chiado meses depois de concluída a primeira fase do projecto de ampliação do museu para as antigas instalações do extinto Governo Civil de Lisboa, um projecto ambicionado há mais de duas décadas pelos sucessivos directores que geriram aquele espaço museológico.  O Museu do Chiado tem sob a sua tutela a Casa Museu Dr. Anastácio Gonçalves, também em Lisboa. Felicitamos a ilustre monsantina e desejamos-lhe os maiores sucessos nesta sua nova e honrosa missão. Um abraço de muita admiração e respeito para esta distinta colaboradora da Rádio Clube de Monsanto. BOAS FESTAS e parabéns também para a sua Família.  

ARTE MODERNA EM EXPOSIÇÃO NO CENTRO CULTURAL RAIANO EM IDANHA-A-NOVA

Escrito por RCM em 2015-12-21 15:36:04

ARTE MODERNA EM EXPOSIÇÃO NO CENTRO CULTURAL RAIANO EM IDANHA-A-NOVA

O Centro Cultural Raiano, em Idanha-a-Nova, tem patente uma nova exposição, até 31 de janeiro de 2016. A mostra traz a público alguns dos nomes mais representativos da arte moderna feita em Portugal no século XX, com obras de Vieira da Silva, Paula Rego, Júlio Resende ou Mário Cesariny. Intitulada “Perspectiva: Coleccionador – A arte moderna em Portugal na colecção de Paulo Lopo”, a exposição é constituída por obras pertencentes a Paulo Lopo. O coleccionador cresceu em São Miguel d’Acha, mas fez carreira em Lisboa. A mostra pode ser visitada de terça-feira a domingo (a área de exposições encerra à segunda-feira).

IDANHA-A-NOVA: CRISTINA RODRIGUES ANUNCIA EXPOSIÇÕES NA EUROPA

Escrito por RCM em 2015-12-15 14:20:57

IDANHA-A-NOVA: CRISTINA RODRIGUES ANUNCIA EXPOSIÇÕES NA EUROPA

A arquitecta e artista plástica Cristina Rodrigues escolheu o seu atelier no Centro Cultural Raiano, em Idanha-a-Nova, para apresentar a Tour Internacional de 2016, que passará por Espanha, Itália e França. A partir do seu atelier, no Centro Cultural Raiano, a artista plástica tem concebido e projectado obras que levam Idanha-a-Nova a espaços culturais da Europa e do Mundo, apoiadas, sobretudo, em elementos culturais do concelho e na vivência da mulher raiana. Cristina Rodrigues refere que uma nova versão da famosa Manta de Adufes, inspirada no símbolo maior da riqueza e da tradição musical do concelho, será “a grande estrela” do primeiro projecto da digressão de 2016, A exposição acontece em Sevilha, na primavera, e vai ocupar oito edifícios da cidade, desde museus e monumentos, ao Consulado Geral de Portugal. A artista plástica adianta também que estão previstos outros projectos expositivos, a apresentar em Itália e em França no segundo semestre de 2016. Uma outra exposição, no Japão, começará a ser concebida no próximo ano para inaugurar em 2017.

IDANHA-A-NOVA ENTRA NAS "CIDADES DA MÚSICA" DA UNESCO

Escrito por RCM/Lusa em 2015-12-11 15:53:47

IDANHA-A-NOVA ENTRA NAS

Idanha-a-Nova foi hoje oficialmente aceite no grupo de Cidades da Música da UNESCO, no âmbito da rede de Cidades Criativas. A Câmara de Idanha-a-Nova preparou durante um ano e meio a candidatura, que teve o envolvimento de diversos intervenientes nacionais e internacionais. Entre as entidades que apoiam esta candidatura encontra-se o Governo português, a Associação Portuguesa de Educação Musical, o Sindicato dos Músicos, dos Profissionais do Espectáculo e do Audiovisual, a Comissão Portuguesa da UNESCO e várias cidades que já têm o título de Cidade da Música, com destaque para Mannheim, Bolonha, Sevilha e Hamamatsu. O objectivo desta rede de cidades é promover o desenvolvimento social, económico e cultural destas comunidades, tendo por base as indústrias criativas. A vila de Óbidos foi também considerada uma das novas "cidades da literatura", no âmbito das cidades criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

CAVACO SILVA RECONHECE QUE AUTARCAS FIZERAM “TRABALHO NOTÁVEL”NAS ALDEIAS HISTÓRICAS

Escrito por RCM/Lusa em 2015-12-11 15:28:51

CAVACO SILVA RECONHECE QUE AUTARCAS FIZERAM “TRABALHO NOTÁVEL”NAS ALDEIAS HISTÓRICAS

O Presidente da República reconheceu hoje que os autarcas das 12 aldeias históricas fizeram um “trabalho notável” na sua recuperação e que a aposta contribuiu para “reforçar a coesão social” e atrair turistas. Aníbal Cavaco Silva falava aos jornalistas na vila de Almeida, no distrito da Guarda, onde hoje iniciou uma visita a três aldeias históricas do distrito da Guarda, no âmbito das comemorações dos 20 anos do lançamento do Programa das Aldeias Históricas de Portugal, que impulsionou quando era primeiro-ministro. Linhares da Beira, Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso fazem parte da rede das Aldeias Históricas de Portugal que abrange municípios do interior do país. “Foi aqui na Beira Alta e em particular aqui em Almeida que começou o projecto das aldeias históricas que hoje vamos assinalar os 20 anos desse projecto”, disse o chefe de Estado aos jornalistas durante a visita ao Museu Histórico Militar de Almeida. Depois de Almeida, Cavaco Silva desloca-se às Aldeias Históricas de Linhares da Beira, no concelho de Celorico da Beira (16:00), e de Marialva, no município de Mêda (17:45).

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 |

PANORAMA DA ARTE CONTEMPORÂNEA PORTUGUESA EM EXPOSIÇÃO NA ALDEIA HISTÓRICA DE IDANHA-A-VELHA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-07-14 15:47:52

PANORAMA DA ARTE CONTEMPORÂNEA PORTUGUESA EM EXPOSIÇÃO NA ALDEIA HISTÓRICA DE IDANHA-A-VELHA

O panorama recente da arte contemporânea em Portugal vai estar em exposição em Idanha-a-Velha, a partir de 22 de julho, com obras de uma dezena de artistas. A exposição, com curadoria de Paulo Longo e Mariana Salgueiro, vai estar patente até 01 de outubro, resultado de uma iniciativa conjunta do Projeto Travessa da Ermida com o município de Idanha-a-Nova. As obras expostas são provenientes da colecção da Travessa da Ermida, projecto cultural que, desde 2008, intervém em Lisboa, sob a direcção de Eduardo Fernandes.  

Ler mais

COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO APRESENTA ESPECTÁCULO EM IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-07-05 16:25:40

COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO APRESENTA ESPECTÁCULO EM IDANHA-A-NOVA

No âmbito da digressão nacional da Companhia Nacional de Bailado o concelho de Idanha-a-Nova recebe de 13 a 15 de julho, o espectáculo “A Perna Esquerda de Tchaikovski”. A Companhia Nacional de Bailado a propósito da celebração dos 40 anos de existência, pretende com esta digressão passar pelos palcos e lugares por onde se apresentou ao longo deste tempo. Em Idanha-a-Velha vai ter lugar no dia 13 de Julho a projecção do documentário “No escuro do cinema descalço os sapatos” de Cláudia Varejão, pelas 21h30 no largo da Sé. O mesmo documentário será projectado no dia 14 no Centro Cultural Raiano. No dia 15 será realizado o espectáculo “A Perna Esquerda de Tchaikovski”. Esta é uma peça para uma bailarina e um pianista com texto e direcção de Tiago Rodrigues. Em palco vai estar a bailarina Barbora Hruskova e ao piano Mário Laginha.

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: CANDIDATURAS ABERTAS AO PRÉMIO FORÚM MUNDIAL DE INOVAÇÃO RURAL

Facebook

Escrito por em 2017-06-27 13:59:41

IDANHA-A-NOVA: CANDIDATURAS ABERTAS AO PRÉMIO FORÚM MUNDIAL DE INOVAÇÃO RURAL

O Município de Idanha-a-Nova está aceitar candidaturas até 10 de julho para o Prémio Fórum Mundial de Inovação Rural que vai premiar empresas que inovam, geram riqueza, emprego e fixação de população, preservam o equilíbrio ambiental e valorizam a utilização dos recursos endógenos. Podem candidatar-se empresas inovadoras do território EUROACE (eurorregião composta por Alentejo - Centro – Extremadura espanhola), constituídas há pelo menos 6 meses. A iniciativa decorre do III Fórum de Inovação Rural que acontece em simultâneo com a XXI Feira Raiana, em Idanha-a-Nova, e tem um propósito de valorização de experiências empresariais inovadoras que potenciam a criação de riqueza e desenvolvimento sustentável no mundo rural. De 26 a 30 de julho de 2017, o evento é organizado em conjunto pelo Município de Idanha-a-Nova, o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento de Idanha-a-Nova, o Ayuntamiento de Moraleja e a Diputación de Cáceres. Serão distinguidas cinco empresas, uma com o Prémio Fórum de Inovação Rural e quatro menções honrosas, destacando jovens e mulheres empreendedores. As candidaturas são abertas por iniciativa das empresas, via preenchimento de formulário online disponível em https://form.jotformeu.com/71697156884372  

Ler mais

EMPRESÁRIOS, UTENTES E SINDICATOS EXIGEM ABOLIÇÃO DAS PORTAGENS NA A23

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-06-26 14:30:29

EMPRESÁRIOS, UTENTES E SINDICATOS EXIGEM ABOLIÇÃO DAS PORTAGENS NA A23

Empresários, utentes e sindicatos da Beira Interior anunciaram hoje que vão avançar com acções comuns pela abolição das portagens na A23 e reivindicaram que o próximo Orçamento do Estado já contemple essa situação ou uma nova redução. "Pensamos que agora há condições para que se extingam as portagens ou, pelo menos, para que se reduzam significativa e gradualmente, até à abolição", afirmou José Gameiro, presidente da Associação de Empresarial da Beira Baixa. Este responsável falava numa conferência de imprensa realizada hoje na Covilhã, distrito de Castelo Branco, na qual também marcaram presença porta-vozes da Comissão de Utentes Contra as Portagens na A23, da União de Sindicatos de Castelo Branco e do Movimento de Empresários pela Subsistência do Interior.

Ler mais

QUINTA EDIÇÃO DO CINEMA PORTUGUÊS EM MOVIMENTO COMEÇA EM MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-06-22 15:21:45

QUINTA EDIÇÃO DO CINEMA PORTUGUÊS EM MOVIMENTO COMEÇA EM MONSANTO

A aldeia de Monsanto, em Idanha-a-Nova, é o ponto de partida no dia 29 da quinta edição do Cinema Português em Movimento, uma iniciativa para levar filmes portugueses a localidades com pouca oferta cinematográfica. De acordo com o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), o programa começa no miradouro daquela localidade com a exibição da curta-metragem "Amélia & Duarte", de Alice Guimarães e Mónica Matos, e da comédia "Refrigerantes e canções de amor", de Luís Galvão Teles. O Cinema Português em Movimento decorrerá até 25 de agosto com a exibição de dez filmes portugueses - alguns repetidos de anos anteriores - em localidades de 12 concelhos. As 53 exibições previstas serão sempre ao ar livre. Este ano, o programa exibirá em complemento episódios gravados por Tiago Pereira no projecto A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria, de registo da música portuguesa de tradição oral.

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line