Notícias

PROCESSO ESPECIAL DE REVITALIZAÇÃO NA COOPERATIVA DE IDANHA-A-NOVA

Escrito por RCM/Lusa em 2016-02-29 17:27:14

PROCESSO ESPECIAL DE REVITALIZAÇÃO NA COOPERATIVA DE IDANHA-A-NOVA

A Cooperativa de produtores de queijo da Beira Baixa, em Idanha-a-Nova, vai ser alvo de um Processo Especial de Revitalização. Depois da rescisão do contrato de trabalho com 20 funcionários, devido a cinco meses de salários em atraso e do fim da produção, na sequência de um problema sanitário que levou à destruição de várias toneladas de queijo a ideia deste processo é tentar recuperar a empresa da difícil situação económica que atravessa. A informação foi avançada por Armindo Jacinto na assembleia municipal de Idanha-a-Nova. Segundo o presidente da Câmara, o Processo Especial de Revitalização já foi aprovado pelo tribunal. O autarca explicou que este processo é diferente de uma insolvência. No Processo Especial de Revitalização há uma hipótese de solução. Armindo Jacinto diz que é isso que está a ser estudado com os credores, envolvendo um gestor judicial. Fonte sindical confirmou esta semana que os trabalhadores da Cooperativa de Produtores de Queijo da Beira Baixa vão avançar com um pedido de créditos, visto que a cooperativa vai recorrer a um processo especial de revitalização. “Fomos informados de que a cooperativa pediu o PER. Neste momento, os trabalhadores, para todos os efeitos, é como se não estivessem na empresa. O que têm a fazer é avançar com o pedido de créditos” disse à agência Lusa Clara de Sousa, do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura, Alimentação, Bebidas e Tabaco (SINTAB). A sindicalista explicou ainda que o pedido de créditos só pode ser feito após a empresa declarar a insolvência ou solicitar um processo especial de revitalização, o que veio a acontecer.

EMPRESÁRIOS, UTENTES E SINDICATOS REIVINDICAM ABOLIÇÃO DAS PORTAGENS NA A23

Escrito por LUSA em 2016-02-26 13:49:45

EMPRESÁRIOS, UTENTES E SINDICATOS REIVINDICAM ABOLIÇÃO DAS PORTAGENS NA A23

Empresários, utentes e sindicatos da Beira Interior garantem que estão unidos na luta contra as portagens na A23 e anunciaram que vão pedir uma audiência ao ministro do Planeamento e das Infra-estruturas. Numa conferência de imprensa realizada no Fundão e que reuniu representantes de diferentes entidades e movimentos contra as portagens - o que foi classificado como "simbólico e inédito" - os participantes explicaram que ainda acreditam na "via do diálogo", mas também sublinharam que "o período de contributo da região relativamente às dificuldades nacionais já terminou" e que esta questão terá de ser revista. "Houve um período de 'troika', nós demos o nosso contributo, estivemos a pagar uma infra-estrutura que nos foi prometida como gratuita, mas já terminou o nosso período de ajustamento e daqui para afrente não poderá acontecer mais a mesma coisa", afirmou José Gameiro, da Associação de Empresários da Beira Baixa. Todos reiteram argumentos contra o pagamento de portagens na Auto-estrada da Beira Interior (A23) e lembraram que esta ex-scut é actualmente a auto-estrada mais cara do país, o que prejudica a actividade económica, o desenvolvimento regional, os trabalhadores e até as relações familiares.

GOVERNO PREPARA PLANO PARA REINTRODUZIR LINCE NA SERRA DA MALCATA

Escrito por RCM/Lusa em 2016-02-25 18:46:26

GOVERNO PREPARA PLANO PARA REINTRODUZIR LINCE NA SERRA DA MALCATA

O Governo está a preparar um plano para reintroduzir o lince ibérico na Serra da Malcata, o que poderá acontecer dentro de três a cinco anos, afirmou nesta quinta-feira o ministro do Ambiente. "Vamos em Maio, quando abrem as próximas candidaturas do POSEUR [programa operacional sustentabilidade e eficiência no uso de recurso] no domínio da conservação da natureza, apresentar uma candidatura para reintroduzir o lince na Serra da Malcata", disse à agência Lusa João Matos Fernandes. O presidente da Câmara de Penamacor congratulou-se com o anúncio do Governo relativo à elaboração de um plano para a reintrodução do lince na Serra da Malcata e considerou que está a fazer-se justiça àquele território. "Lamentavelmente, no ano transacto, a Reserva Natural da Serra da Malcata (RNSM) foi excluída do pacto para a libertação do lince em Portugal e com esta tomada de decisão do Ministério do Ambiente está a repor-se a justiça para este território", afirmou António Luís Beites em declarações à agência Lusa.

FENCAÇA CONTESTA ATRIBUIÇÃO DA ZONA DE CAÇA DA MALCATA À CÂMARA DE PENAMACOR

Escrito por RCM/Jornal Público em 2016-02-24 15:27:36

FENCAÇA CONTESTA ATRIBUIÇÃO DA ZONA DE CAÇA DA MALCATA À CÂMARA DE PENAMACOR

A atribuição de uma Zona de Caça Municipal (ZCM) na Reserva Natural da Serra da Malcata à Câmara de Penamacor apanhou de surpresa “todas as entidades ligadas ao sector de caça da região”, disse ao PÚBLICO Jacinto Amaro, presidente da Federação Nacional de Caça (Fencaça). O processo foi classificado de “pouco transparente” por não ter dado oportunidade a outras associações de caçadores de apresentar candidatura à reserva de caça no parque natural. O dirigente associativo salientou que “não é a criação desta zona de caça que preocupa, mas a forma como o processo foi desenvolvido”. A renovação das licenças para zonas de caça associativas e turísticas “demora para cima de 90 dias, enquanto a criação da zona de caça na Malcata foi de um dia para o outro”, disse, classificando a atribuição da ZCM como um processo “pouco transparente que não deu oportunidade a mais ninguém de se candidatar.”  O presidente da Câmara de Penamacor pretende dinamizar a caça grossa com a realização de montarias ao javali, mas esta opção cinegética “pode vir a ter impactos negativos na perturbação das espécies”, admitem algumas associações de caçadores da região. Com efeito, uma batida ao javali leva para o interior da Malcata entre 100 a 200 cães, um tipo de intervenção que “é nociva para outras espécies animais no interior do parque natural”, adverte Jacinto Amaro.

MUNICIPIOS DA BEIRA INTERIOR REDUZEM DESPESAS COM ENERGIA

Escrito por RCM/Lusa em 2016-02-24 12:45:15

MUNICIPIOS DA BEIRA INTERIOR REDUZEM DESPESAS COM ENERGIA

A Agência Regional de Energia e Ambiente do Interior (ENERAREA) anunciou que tem a decorrer vários projectos na região que visam a redução das emissões de dióxido de carbono (CO2) através da poupança de energia eléctrica. Os projectos são realizados no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Eléctrica, refere a ENERAREA, que tem sede em Belmonte e é liderada por José Manuel Biscaia, presidente da Câmara Municipal de Manteigas. Dos vários investimentos, aquela entidade destaca o projecto de Iluminação Eficiente em Edifícios Municipais, que visa “promover a instalação de soluções de iluminação mais eficiente em edifícios públicos, promovendo a utilização racional de energia eléctrica e o combate ao desperdício”. O presidente do Conselho de Administração da ENERAREA, José Manuel Biscaia, citado no documento, explica que a agência “investirá 800 mil euros em várias medidas de eficiência energética, ao longo deste ano”. A fonte refere na nota que a medida já foi implementada nos municípios de Celorico da Beira, Penamacor e Manteigas, onde foram substituídas 583, 443 e 312 lâmpadas e balastros, respectivamente.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 |

FESTIVAL DOS CAMINHOS DA TRANSUMÂNCIA ANIMA ALPEDRINHA

Facebook

Escrito por LUSA em 2017-09-14 15:54:05

FESTIVAL DOS CAMINHOS DA TRANSUMÂNCIA ANIMA ALPEDRINHA

A vila de Alpedrinha, no concelho do Fundão, recebe de sexta-feira a domingo mais uma edição do Chocalhos - Festival dos Caminhos da Transumância, que mantém a aposta na diferenciação e qualidade. "Queremos passar do tempo em que se falava essencialmente no elevado número de participantes para um tempo em que o destaque se prende com a qualidade, a fruição e o grau de satisfação que os visitantes podem tirar da variadíssima oferta que se lhes apresenta", referiu, em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal do Fundão, Paulo Fernandes. Organizado em parceria pela autarquia e pela Junta de Freguesia de Alpedrinha, este festival dedica grande atenção à temática da pastorícia e à rota que, outrora, os pastores tinham de fazer para procurarem novas pastagens para os rebanhos. Uma tradição que todos os anos é recriada neste festival, com a realização de uma caminha acompanhada por um rebanho e na qual se faz a ligação entre o Fundão e Alpedrinha, percorrendo um trilho da Serra da Gardunha, que este ano foi dizimada por um violento incêndio.

Ler mais

CAPELA EM IDANHA-A-NOVA COM FORMATO DE TENDA ISPIRADA NO LENÇO ESCUTISTA

Facebook

Escrito por MadreMedia / Lusa em 2017-09-12 13:45:25

CAPELA EM IDANHA-A-NOVA COM FORMATO DE TENDA ISPIRADA NO LENÇO ESCUTISTA

Os arquitectos e antigos escuteiros Pedro Ferreira e Helena Vieira são os autores do projecto da nova capela construída no Campo Nacional de Actividades Escutistas (CNAE), no Monte Trigo, em Idanha-a-Nova. "Para além do formato de tenda, as formas apontam também para o próprio lenço escutista e o modo como este assenta no pescoço", explica, em comunicado, Helena Vieira. A arquitecta realça ainda os sentimentos potenciados pelo lugar: "A protecção, o encontro, o silêncio perante a paisagem, tudo é espectacular perante este sistema de vistas tão interessante". O projecto pretende valorizar o ambiente intimista do local, aliado ao espírito escutista de comunhão com a natureza, sendo que a nova capela encontra-se no Campo Nacional de Actividades Escutistas (CNAE) em Idanha-a-Nova e teve a sua cerimónia de dedicação durante o 23.º acampamento nacional de escuteiros (ACANAC). Este novo templo, dedicado a Nossa Senhora de Fátima, assenta numa estrutura de madeira, símbolo também das construções dos escuteiros, protegida apenas por um revestimento em zinco escuro.

Ler mais

FESTIVAL DE TEATRO AJIDANHA ATÉ 17 DE SETEMBRO NO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-12 13:43:53

FESTIVAL DE TEATRO AJIDANHA ATÉ 17 DE SETEMBRO NO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Idanha-a-Nova recebe até 17 de setembro mais uma edição do Festival de Teatro Ajidanha. Aproximar a cultura do público continua a ser a aposta deste festival, com a realização de espectáculos em palcos espalhados por Idanha-a-Nova, nomeadamente na sede de concelho, em Medelim, na Aldeia de Santa Margarida, em São Miguel D’Acha e no Ladoeiro. Serão apresentadas nove peças de sete companhias oriundas da Madeira, Esposende, Esmoriz, Lagos, Pombal, da Galiza e de Lanzarote. Destaque ainda para o concerto musical de abertura e para a exibição do filme “O Canto do Galo”, do realizador Ramón de los Santos. A segunda semana do festival prossegue com "O Anexo" (Ajidanha) dia 11 em Idanha-a-Nova; "Até ao Canto do Galo" (filme de Ramón de los Santos) dia 12 em Idanha-a-Nova; "La Novia de D. Quixote" (EME2) dia 13 em Idanha-a-Nova; "Posta de Leitão" (stand-up comedy) dia 14 na Aldeia de Santa Margarida; "Gaviotas Subterraneas" (Comik Teatro) dia 15 em Idanha-a-Nova; "As Minhas Sogras" (Teatro Renascer de Esmoriz) dia 16 no Ladoeiro; e "O Lobo Vermelho" (Teatro Experimental de Lagos) dia 17 em São Miguel D'Acha. O Festival de Teatro da Ajidanha é uma organização conjunta da Ajidanha e da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, com o apoio das freguesias que recebem os espectáculos. O programa completo está disponível na internet em: www.ajidanha.com.

Ler mais

INSCRIÇÕES ABERTAS NA ACADEMIA DE ARTES CATARINA CHITAS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-07 14:04:39

INSCRIÇÕES ABERTAS NA ACADEMIA DE ARTES CATARINA CHITAS

Em Idanha-a-Nova, estão abertas as inscrições na Academia de Artes Catarina Chitas. O projecto é gratuito e desenvolvido pela Filarmónica Idanhense em parceria com a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova.  Em termos de Teoria Musical, poderá inscrever-se em aulas de Formação Musical (todas as idades), Informática Aplicada à Música (todas as idades), Música Tradicional (todas as idades), Iniciação Rítmica (dos 2 aos 5 anos) e Musicalização Infantil (dos 0 aos 5 anos).  Há ainda disciplinas dedicadas a instrumentos: Sopros (flauta, clarinete, saxofone, trompete, trompa, trombone e tuba), Percussão (bateria e glockenspiel), Cordas (guitarra clássica e cavaquinho) e Instrumentos Tradicionais (viola beiroa, palheta e adufe).   As aulas começam no dia 25 de setembro.  Pode obter mais informações através do e-mail geral@filarmonicaidn.com ou do telefone 926 938 535.

Ler mais

OBRIGADO A TODOS QUE, COM EMPENHO E AMOR, VOTARAM EM MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-04 12:04:27

OBRIGADO A TODOS QUE, COM EMPENHO E AMOR, VOTARAM EM MONSANTO

As aldeias de Dornes, Sistelo, Fajã dos Cubres, Piódão, Castelo Rodrigo, Monsaraz e Rio de Onor foram, na noite de ontem domingo, as vencedoras do concurso Sete Maravilhas de Portugal. A organização da iniciativa revelou, numa cerimónia no Piódão, no concelho de Arganil (distrito de Coimbra), transmitida pela RTP, as sete vencedoras, das 14 finalistas, duas por categoria: Dornes na categoria de Aldeias Ribeirinhas, Sistelo de Aldeias Rurais, Fajã dos Cubres de Aldeias de Mar, Piódão na categoria de Aldeias Remotas, Castelo Rodrigo de Aldeias Autênticas, Monsaraz na categoria de Aldeias Monumento e Rio de Onor de Aldeias em Áreas Protegidas. PARABÉNS ÁS ALDEIAS VENCEDORAS. A edição das Sete Maravilhas dedicada às aldeias portuguesas teve como objectivo promover o património histórico, natural e gastronómico. INDEPENDENTEMENTE DESTE E DOUTROS CONCURSOS, MONSANTO CONTINUARÁ SEMPRE A SER A ALDEIA MAIS PORTUGUESA – VERDADEIRO MONUMENTO NATURAL DA HUMANIDADE, COM JUSTO RECONHECIMENTO NACIONAL E INTERNACIONAL.

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line