Notícias

GOVERNO PREPARA PLANO PARA REINTRODUZIR LINCE NA SERRA DA MALCATA

Escrito por RCM/Lusa em 2016-02-25 18:46:26

GOVERNO PREPARA PLANO PARA REINTRODUZIR LINCE NA SERRA DA MALCATA

O Governo está a preparar um plano para reintroduzir o lince ibérico na Serra da Malcata, o que poderá acontecer dentro de três a cinco anos, afirmou nesta quinta-feira o ministro do Ambiente. "Vamos em Maio, quando abrem as próximas candidaturas do POSEUR [programa operacional sustentabilidade e eficiência no uso de recurso] no domínio da conservação da natureza, apresentar uma candidatura para reintroduzir o lince na Serra da Malcata", disse à agência Lusa João Matos Fernandes. O presidente da Câmara de Penamacor congratulou-se com o anúncio do Governo relativo à elaboração de um plano para a reintrodução do lince na Serra da Malcata e considerou que está a fazer-se justiça àquele território. "Lamentavelmente, no ano transacto, a Reserva Natural da Serra da Malcata (RNSM) foi excluída do pacto para a libertação do lince em Portugal e com esta tomada de decisão do Ministério do Ambiente está a repor-se a justiça para este território", afirmou António Luís Beites em declarações à agência Lusa.

FENCAÇA CONTESTA ATRIBUIÇÃO DA ZONA DE CAÇA DA MALCATA À CÂMARA DE PENAMACOR

Escrito por RCM/Jornal Público em 2016-02-24 15:27:36

FENCAÇA CONTESTA ATRIBUIÇÃO DA ZONA DE CAÇA DA MALCATA À CÂMARA DE PENAMACOR

A atribuição de uma Zona de Caça Municipal (ZCM) na Reserva Natural da Serra da Malcata à Câmara de Penamacor apanhou de surpresa “todas as entidades ligadas ao sector de caça da região”, disse ao PÚBLICO Jacinto Amaro, presidente da Federação Nacional de Caça (Fencaça). O processo foi classificado de “pouco transparente” por não ter dado oportunidade a outras associações de caçadores de apresentar candidatura à reserva de caça no parque natural. O dirigente associativo salientou que “não é a criação desta zona de caça que preocupa, mas a forma como o processo foi desenvolvido”. A renovação das licenças para zonas de caça associativas e turísticas “demora para cima de 90 dias, enquanto a criação da zona de caça na Malcata foi de um dia para o outro”, disse, classificando a atribuição da ZCM como um processo “pouco transparente que não deu oportunidade a mais ninguém de se candidatar.”  O presidente da Câmara de Penamacor pretende dinamizar a caça grossa com a realização de montarias ao javali, mas esta opção cinegética “pode vir a ter impactos negativos na perturbação das espécies”, admitem algumas associações de caçadores da região. Com efeito, uma batida ao javali leva para o interior da Malcata entre 100 a 200 cães, um tipo de intervenção que “é nociva para outras espécies animais no interior do parque natural”, adverte Jacinto Amaro.

MUNICIPIOS DA BEIRA INTERIOR REDUZEM DESPESAS COM ENERGIA

Escrito por RCM/Lusa em 2016-02-24 12:45:15

MUNICIPIOS DA BEIRA INTERIOR REDUZEM DESPESAS COM ENERGIA

A Agência Regional de Energia e Ambiente do Interior (ENERAREA) anunciou que tem a decorrer vários projectos na região que visam a redução das emissões de dióxido de carbono (CO2) através da poupança de energia eléctrica. Os projectos são realizados no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Eléctrica, refere a ENERAREA, que tem sede em Belmonte e é liderada por José Manuel Biscaia, presidente da Câmara Municipal de Manteigas. Dos vários investimentos, aquela entidade destaca o projecto de Iluminação Eficiente em Edifícios Municipais, que visa “promover a instalação de soluções de iluminação mais eficiente em edifícios públicos, promovendo a utilização racional de energia eléctrica e o combate ao desperdício”. O presidente do Conselho de Administração da ENERAREA, José Manuel Biscaia, citado no documento, explica que a agência “investirá 800 mil euros em várias medidas de eficiência energética, ao longo deste ano”. A fonte refere na nota que a medida já foi implementada nos municípios de Celorico da Beira, Penamacor e Manteigas, onde foram substituídas 583, 443 e 312 lâmpadas e balastros, respectivamente.

MUNICIPIO DE IDANHA APRESENTA “LIVRO DAS FORTALEZAS”

Escrito por RCM em 2016-02-23 13:31:30

MUNICIPIO DE IDANHA APRESENTA “LIVRO DAS FORTALEZAS”

Na Torre do Tombo, em Lisboa, foi apresentado recentemente o “Livro das Fortalezas” de Duarte de Armas. Trata-se de uma edição em moldes inéditos e cientificamente cuidados do célebre manuscrito quinhentista, que contém os desenhos dos castelos fronteiriços do reino de Portugal, revelando o interesse do Rei D. Manuel I em conhecer o estado de conservação das fortalezas. O livro foi lançado numa sessão a que se associaram o Ministério da Cultura, a Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, a editora Caleidoscópio e a Academia Internacional de Cenografia. Autor do prefácio, Armindo Jacinto, destacou a importância da reedição desta obra. O presidente da Câmara referiu que Idanha-a-Nova surge no 'Livro das Fortalezas' como o município com mais castelos desenhados, num documento que traduz muito da riqueza histórica do concelho. Esta nova edição foi patrocinada pela Câmara Municipal de Idanha-a-Nova.

TRABALHADORES DA COOPERATIVA DE QUEIJOS DE IDANHA-A-NOVA PEDEM RESCISÃO DE CONTRATOS

Escrito por LUSA em 2016-02-22 12:55:18

TRABALHADORES DA COOPERATIVA DE QUEIJOS DE IDANHA-A-NOVA PEDEM RESCISÃO DE CONTRATOS

Cerca de 20 trabalhadores da Cooperativa de Produtores de Queijo da Beira Baixa, em Idanha-a-Nova, decidiram avançar para a rescisão dos contratos com base em cinco meses de salários em atraso. Clara Sousa, do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura, Alimentação, Bebidas e Tabaco (SINTAB), disse à agência Lusa que a decisão dos trabalhadores foi tomada por unanimidade. Entretanto, fonte do Ministério da Agricultura confirmou à agência Lusa que a cooperativa “foi encerrada pela DGAV, na medida em que não cumpria os requisitos de segurança alimentar e de salubridade necessárias para operar”. “Para reabrir, terão que proceder às desinfecções e adaptações necessárias. Se o fizerem, terão todas as condições para voltar a laborar. Enquanto não for feito, foi encerrada”, concluiu.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 |

PANORAMA DA ARTE CONTEMPORÂNEA PORTUGUESA EM EXPOSIÇÃO NA ALDEIA HISTÓRICA DE IDANHA-A-VELHA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-07-14 15:47:52

PANORAMA DA ARTE CONTEMPORÂNEA PORTUGUESA EM EXPOSIÇÃO NA ALDEIA HISTÓRICA DE IDANHA-A-VELHA

O panorama recente da arte contemporânea em Portugal vai estar em exposição em Idanha-a-Velha, a partir de 22 de julho, com obras de uma dezena de artistas. A exposição, com curadoria de Paulo Longo e Mariana Salgueiro, vai estar patente até 01 de outubro, resultado de uma iniciativa conjunta do Projeto Travessa da Ermida com o município de Idanha-a-Nova. As obras expostas são provenientes da colecção da Travessa da Ermida, projecto cultural que, desde 2008, intervém em Lisboa, sob a direcção de Eduardo Fernandes.  

Ler mais

COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO APRESENTA ESPECTÁCULO EM IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-07-05 16:25:40

COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO APRESENTA ESPECTÁCULO EM IDANHA-A-NOVA

No âmbito da digressão nacional da Companhia Nacional de Bailado o concelho de Idanha-a-Nova recebe de 13 a 15 de julho, o espectáculo “A Perna Esquerda de Tchaikovski”. A Companhia Nacional de Bailado a propósito da celebração dos 40 anos de existência, pretende com esta digressão passar pelos palcos e lugares por onde se apresentou ao longo deste tempo. Em Idanha-a-Velha vai ter lugar no dia 13 de Julho a projecção do documentário “No escuro do cinema descalço os sapatos” de Cláudia Varejão, pelas 21h30 no largo da Sé. O mesmo documentário será projectado no dia 14 no Centro Cultural Raiano. No dia 15 será realizado o espectáculo “A Perna Esquerda de Tchaikovski”. Esta é uma peça para uma bailarina e um pianista com texto e direcção de Tiago Rodrigues. Em palco vai estar a bailarina Barbora Hruskova e ao piano Mário Laginha.

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: CANDIDATURAS ABERTAS AO PRÉMIO FORÚM MUNDIAL DE INOVAÇÃO RURAL

Facebook

Escrito por em 2017-06-27 13:59:41

IDANHA-A-NOVA: CANDIDATURAS ABERTAS AO PRÉMIO FORÚM MUNDIAL DE INOVAÇÃO RURAL

O Município de Idanha-a-Nova está aceitar candidaturas até 10 de julho para o Prémio Fórum Mundial de Inovação Rural que vai premiar empresas que inovam, geram riqueza, emprego e fixação de população, preservam o equilíbrio ambiental e valorizam a utilização dos recursos endógenos. Podem candidatar-se empresas inovadoras do território EUROACE (eurorregião composta por Alentejo - Centro – Extremadura espanhola), constituídas há pelo menos 6 meses. A iniciativa decorre do III Fórum de Inovação Rural que acontece em simultâneo com a XXI Feira Raiana, em Idanha-a-Nova, e tem um propósito de valorização de experiências empresariais inovadoras que potenciam a criação de riqueza e desenvolvimento sustentável no mundo rural. De 26 a 30 de julho de 2017, o evento é organizado em conjunto pelo Município de Idanha-a-Nova, o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento de Idanha-a-Nova, o Ayuntamiento de Moraleja e a Diputación de Cáceres. Serão distinguidas cinco empresas, uma com o Prémio Fórum de Inovação Rural e quatro menções honrosas, destacando jovens e mulheres empreendedores. As candidaturas são abertas por iniciativa das empresas, via preenchimento de formulário online disponível em https://form.jotformeu.com/71697156884372  

Ler mais

EMPRESÁRIOS, UTENTES E SINDICATOS EXIGEM ABOLIÇÃO DAS PORTAGENS NA A23

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-06-26 14:30:29

EMPRESÁRIOS, UTENTES E SINDICATOS EXIGEM ABOLIÇÃO DAS PORTAGENS NA A23

Empresários, utentes e sindicatos da Beira Interior anunciaram hoje que vão avançar com acções comuns pela abolição das portagens na A23 e reivindicaram que o próximo Orçamento do Estado já contemple essa situação ou uma nova redução. "Pensamos que agora há condições para que se extingam as portagens ou, pelo menos, para que se reduzam significativa e gradualmente, até à abolição", afirmou José Gameiro, presidente da Associação de Empresarial da Beira Baixa. Este responsável falava numa conferência de imprensa realizada hoje na Covilhã, distrito de Castelo Branco, na qual também marcaram presença porta-vozes da Comissão de Utentes Contra as Portagens na A23, da União de Sindicatos de Castelo Branco e do Movimento de Empresários pela Subsistência do Interior.

Ler mais

QUINTA EDIÇÃO DO CINEMA PORTUGUÊS EM MOVIMENTO COMEÇA EM MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-06-22 15:21:45

QUINTA EDIÇÃO DO CINEMA PORTUGUÊS EM MOVIMENTO COMEÇA EM MONSANTO

A aldeia de Monsanto, em Idanha-a-Nova, é o ponto de partida no dia 29 da quinta edição do Cinema Português em Movimento, uma iniciativa para levar filmes portugueses a localidades com pouca oferta cinematográfica. De acordo com o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), o programa começa no miradouro daquela localidade com a exibição da curta-metragem "Amélia & Duarte", de Alice Guimarães e Mónica Matos, e da comédia "Refrigerantes e canções de amor", de Luís Galvão Teles. O Cinema Português em Movimento decorrerá até 25 de agosto com a exibição de dez filmes portugueses - alguns repetidos de anos anteriores - em localidades de 12 concelhos. As 53 exibições previstas serão sempre ao ar livre. Este ano, o programa exibirá em complemento episódios gravados por Tiago Pereira no projecto A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria, de registo da música portuguesa de tradição oral.

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line