Notícias

ARMINDO JACINTO RECEBE PRÉMIO QUERCUS 2016

Escrito por CMIN em 2016-11-02 18:11:56

ARMINDO JACINTO RECEBE PRÉMIO QUERCUS 2016

A Quercus atribuiu o seu prémio anual a Armindo Jacinto, presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, pelo trabalho que tem desenvolvido na promoção do desenvolvimento social, económico e ambiental deste concelho. O Prémio Quercus 2016 foi entregue esta semana em Lisboa, durante o jantar comemorativo do 31.º aniversário da associação ambientalista. “O Engº Armindo Jacinto, enquanto presidente do Executivo do Município de Idanha-a-Nova, assumiu um forte compromisso, desde a realização da Agenda 21 Local, na promoção do desenvolvimento social, económico e ambiental deste concelho”, diz em comunicado a Quercus. A Quercus destaca projetos da autarquia como a Incubadora de Empresas e a Incubadora de Base Rural, criados para promover o “desenvolvimento económico e a inovação” e captar “novos investimentos empresariais para o concelho”. A Quercus realça ainda que “Idanha-a-Nova foi considerado o segundo concelho mais ecológico de Portugal, reunindo aqui uma das maiores áreas de produção em ambiente biológico do país, bem como diferentes projetos inovadores da economia verde, agricultura natural, permacultura, casas ecológicas (Casa Sustentável Modelo Idanha), festivais ecológicos (Boom Festival e Eco Festival Salva A Terra) e casas de banho sustentáveis

FESTIVAL DE TEATRO DA COVILHÃ APRESENTA EM NOVEMBRO 13 ESPECTÁCULOS

Escrito por RCM/Lusa em 2016-10-28 14:35:26

FESTIVAL DE TEATRO DA COVILHÃ APRESENTA EM NOVEMBRO 13 ESPECTÁCULOS

 O Festival de Teatro da Covilhã, que se realiza nos dias 03 a 12 de novembro, vai apresentar 13 espectáculos, 12 de teatro e um de música, anunciou hoje a organização. "É um festival de resistência e também de insistência face aos cortes que o teatro e a cultura têm sofrido no nosso país, situação que infelizmente ainda não se alterou", afirmou Fernando Sena, director do Teatro das Beiras, companhia profissional que organiza o evento, há mais de 30 anos. Este responsável salientou, contudo, que, apesar de não poder ter o número de espectáculos ou a diversificação de locais que a organização gostaria, o festival continua a apostar na qualidade, nos grandes autores, na diversificação da oferta e na internacionalização, mediante as possibilidades. O festival arranca no dia 03, às 21:30, com a apresentação da peça "Operários da utopia", a última produção do Teatro das Beiras que questiona para que serve o teatro e a utopia, e que tem como fontes de inspiração obras de Thomas More, George Orwell e Aldous Huxley, bem como o trabalho realizado com alunos da região, numa reflexão sobre estas questões. O bilhete, para o público em geral, custa seis euros, sujeito a desconto de 50% para sócios do Teatro das Beiras, maiores de 65 anos e jovens até aos 25 anos. Nas apresentações para escolas, custa um euro, para o primeiro ciclo, e dois euros, para o secundário.

ESPECIALISTAS E INVESTIGADORES DEBATEM EM CASTELO BRANCO SITUAÇÃO DO LOBO IBÉRICO

Escrito por em 2016-10-27 14:17:07

ESPECIALISTAS E INVESTIGADORES DEBATEM EM CASTELO BRANCO SITUAÇÃO DO LOBO IBÉRICO

O Grupo Lobo vai realizar, a partir desta quinta-feira e até sábado, o IV Congresso Ibérico do Lobo, que decorre na Escola Superior Agrária (ESA) de Castelo Branco. Esta iniciativa, que vai juntar cerca de 130 especialistas e investigadores da Península Ibérica envolvidos no estudo e na gestão do lobo ibérico, tem como objectivo dar a conhecer os resultados e os avanços mais recentes no estudo deste predador, bem como a sua situação populacional, as formas de conservação e medidas de resolução de conflitos. O congresso insere-se no âmbito das acções do projecto "LIFE MedWolf - Boas Práticas para a Conservação do Lobo em regiões Mediterrânicas", cujo objectivo passa pela diminuição das situações de conflito entre as actividades humanas e a presença do lobo, em regiões rurais onde os hábitos culturais de coexistência se perderam. A organização do evento é da responsabilidade do “Grupo Lobo” e conta com o apoio de entidades nacionais: Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco; cE3c – Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa; CIBIO/InBio – Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos; e de entidades espanholas: Asociación Galega de Custodia do Territorio; A.RE.NA – Asesores en Recursos Naturales S.L.; ASCEL – Asociación para la conservación y estudio del lobo ibérico e SECEM - Sociedad Española para la Conservación y Estudio de los Mamíferos. Para mais informações consulte http://www.congressolobo.pt/pt/

BALANÇO POSITIVO DO PRIMEIRO ANO DE ACTIVIDADE DA SEMENTES VIVAS EM IDANHA-A-NOVA

Escrito por RCM em 2016-10-24 15:01:13

BALANÇO POSITIVO DO PRIMEIRO ANO DE ACTIVIDADE DA SEMENTES VIVAS EM IDANHA-A-NOVA

Faz este mês um ano que a Sementes Vivas começou a sua actividade em Idanha-a-Nova. A empresa dedica-se à produção e comercialização de sementes biológicas de hortícolas, frutos e ervas aromáticas e medicinais. Foi em Outubro do ano passado que a empresa se instalou na incubadora de base rural. Situada na Herdade do Couto da Várzea a incubadora acolhe mais de meia centena de empresas ligadas ao mundo rural e oferece lotes de terreno a preços convidativos para serem berço de projectos inovadores. A produção de sementes em Idanha já começou, agora a Living Seeds-Sementes Vivas S.A. está na fase da colheita. A empresa produz actualmente mais de 100 variedades de diversas espécies. De momento a Living Seeds vende apenas sementes que importa da Alemanha. Estão disponíveis na sua página da internet e em algumas lojas de Idanha-a-Nova. Quanto às sementes que estão a ser produzidas no concelho, vão apenas estar disponíveis no segundo trimestre do próximo ano. André Tranquilini, gerente agrícola da Living Seeds, considera que o balanço deste primeiro ano de actividade foi bastante positivo. 

AGRICULTURA BIOLÓGICA E BIODINÂMICA EM DEBATE NO CENTRO CULTURAL RAIANO

Escrito por RCM em 2016-10-24 14:54:54

AGRICULTURA BIOLÓGICA E BIODINÂMICA EM DEBATE NO CENTRO CULTURAL RAIANO

Durante dois dias especialistas nacionais e internacionais estiveram reunidos em Idanha-a-Nova para debater a importância da agricultura biológica e biodinâmica. O auditório do Centro Cultural Raiano foi o local escolhido para a realização da conferência “Agricultura com futuro, Hoje!”. Em debate esteve a biodinâmica e o ciclo de vida orgânico da agricultura numa conferência que pretendeu sensibilizar para as vantagens dos produtos biológicos. Diversos temas cruciais para a agricultura sustentável foram apresentados, discutidos e aprofundados em 6 workshops. O encontro que terminou no sábado foi organizado pela Living Seeds Sementes Vivas S.A, Câmara Municipal Idanha-a-Nova e Associação Biodinâmica de Portugal (ABIOP), juntou em Idanha-a-Nova, vários especialistas mundiais em agricultura biológica e biodinâmica. Para André Tranquilini, o gerente agrícola da Living Seeds este ciclo de conferência pretendeu promover a partilha de conhecimento. A proximidade com a comunidade local é para a Living Seeds um elemento importante e a ideia de organizar a conferência é exemplo desse mesmo conceito.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 |

CINCO MUNICÍPIOS DA REGIÃO CENTRO LANÇAM PROJECTO CULTURAL EM REDE

Facebook

Escrito por Lusa em 2018-01-08 15:22:40

CINCO MUNICÍPIOS DA REGIÃO CENTRO LANÇAM PROJECTO CULTURAL EM REDE

Os municípios de Idanha-a-Nova, Águeda, Lousã, Óbidos e São Pedro do Sul apresentaram o projecto "5 municípios, 5 culturas, 5 sentidos", cujo objectivo é afirmar novas centralidades culturais fora dos grandes centros urbanos. O projecto liderado pela Câmara de Idanha-a-Nova, envolve mais quatro municípios da Região Centro e tem uma duração de três anos, sendo que os objectivos passam pela promoção de iniciativas culturais inovadoras, estimulação da criação artística e a reinterpretação cultural, através da imagem externa dos municípios envolvidos enquanto territórios que acolhem as artes e a criatividade.  

Ler mais

MONSANTO RECEBE UM MILHÃO DE EUROS DE INVESTIMENTO PARA VALORIZAÇÃO TURÍSTICA

Facebook

Escrito por Lusa em 2018-01-08 15:19:31

MONSANTO RECEBE UM MILHÃO DE EUROS DE INVESTIMENTO PARA VALORIZAÇÃO TURÍSTICA

A aldeia histórica de Monsanto, em Idanha-a-Nova, vai receber um milhão de euros de investimento para a sua valorização e qualificação enquanto destino turístico no âmbito do programa Valorizar. O contrato assinado no posto de turismo de Monsanto, entre o município de Idanha-a-Nova e o Turismo de Portugal, tem como objectivos principais valorizar o acesso à aldeia histórica, a instalação de um sistema inteligente de gestão de tráfego e de estacionamento, aquisição e instalação de uma ferramenta digital com informação sobre Monsanto e sobre a rede de aldeias históricas de Portugal. "Este projecto com o Turismo de Portugal visa valorizar Monsanto. Estamos a ter problemas de crescimento. Temos queixas por falta de estacionamento que têm causado muito desconforto a quem nos visita", explicou o presidente do município de Idanha-a-Nova durante a apresentação do projecto. Armindo Jacinto explicou que este investimento, no âmbito do programa Valorizar, é feito em cooperação com outros que a Rede de Aldeias Históricas de Portugal está a promover.  

Ler mais

MORREU O PINTOR, MESTRE JOSÉ MANUEL SOARES

Facebook

Escrito por RCM em 2017-12-31 16:42:46

MORREU O PINTOR, MESTRE JOSÉ MANUEL SOARES

PARTIU O PINTOR DA PORTUGALIDADE O Grande Mestre José Manuel Soares, com 85 anos de idade, terminou, nesta madrugada, do último dia do ano de 2017, em sua casa, na Rua de Timor, na Costa de Caparica, um Calvário de grande sofrimento, por doença desde 2002. Merecia (em vida) ter sido melhor HONRADO, JUSTIÇADO E LEMBRADO, premiando a sua vastíssima obra, com representação em museus nacionais e estrangeiros, bem como em galerias e colecções particulares.  O Pintor JOSÉ MANUEL SOARES encarnou o verdadeiro espírito épico de Portugal.  Exemplarmente pincelado por um dos maiores artistas contemporâneos. NESTA HORA, DE LUTO E DOR,VEM-ME AO PENSAMENTO O ESCRITO DE MIGUEL ESTEVES CARDOSO, IN “ÚLTIMO VOLUME”: “Como é que se esquece alguém que se ama? Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa - como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está? As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar. Sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar. Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre…. Ninguém aguenta estar triste. Ninguém aguenta estar sozinho. Tomam-se conselhos e comprimidos. Procuram-se escapes e alternativas. Mas a tristeza só há-de passar entristecendo-se. Não se pode esquecer alguém antes de terminar de lembrá-lo. Quem procura evitar o luto, prolonga-o no tempo e desonra-o na alma. A saudade é uma dor que pode passar depois de devidamente doída, devidamente honrada. É uma dor que é preciso aceitar, primeiro, aceitar. É preciso aceitar esta mágoa esta moinha, que nos despedaça o coração e que nos mói mesmo e que nos dá cabo do juízo. É preciso aceitar o amor e a morte, a separação e a tristeza, a falta de lógica, a falta de justiça, a falta de solução. Quantos problemas do mundo seriam menos pesados se tivessem apenas o peso que têm em si, isto é, se os livrássemos da carga que lhes damos, aceitando que não têm solução… Dizem-nos, para esquecer, para ocupar a cabeça, para trabalhar mais, para distrair a vista, para nos divertirmos mais, mas quanto mais conseguimos fugir, mais temos mais tarde de enfrentar. Fica tudo à nossa espera. Acumula-se-nos tudo na alma, fica tudo desarrumado. O esquecimento não tem arte. Os momentos de esquecimento, conseguidos com grande custo, com comprimidos e amigos e livros e copos, pagam-se depois em condoídas lembranças a dobrar. Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar. " Um sentido abraço solidário à esposa, Dona Ângela Vimonte, e aos muitos admiradores e amigos do Mestre Soares. Para a posteridade, ficam as milhares de obras de arte, nomeadamente no Museu com o seu nome, na cidade de Pinhel Falcão, desde 2014. Que a sua Alma repouse em Paz.

Ler mais

AUTARQUIA E BOOM FESTIVAL ACORDAM COOPERAÇÃO PARA OS PRÓXIMOS 10 ANOS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-12-21 10:10:31

AUTARQUIA E BOOM FESTIVAL ACORDAM COOPERAÇÃO PARA OS PRÓXIMOS 10 ANOS

A Câmara de Idanha-a-Nova e a organização do Boom Festival assinaram um protocolo de cooperação para os próximos 10 anos com o objectivo de tornar o concelho na “Capital do Bem-Estar em 2028”. Num comunicado conjunto, o município de Idanha-a-Nova reconhece a importância dos eventos organizados pela Associação IdanhaCulta, responsável pela gestão da Herdade da Granja e do Boom Festival, para a economia local. A autarquia compromete-se a colaborar com a organização e a criar condições favoráveis a vários projectos de sustentabilidade ambiental com base na herdade de 150 hectares. Para o efeito, a associação IdanhaCulta quer criar um Parque de Artes e Natureza que seja um ícone mundial e contribuir deste modo para tornar Idanha-a-Nova na “Capital do Bem-Estar em 2028”.  

Ler mais

CENTRO REPETIDOR DAS TERMAS DE MONFORTINHO TEVE EMISSÃO INTERROMPIDA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-12-13 14:25:10

CENTRO REPETIDOR DAS TERMAS DE MONFORTINHO TEVE EMISSÃO INTERROMPIDA

Na noite do passado dia 10, o Centro Emissor da Rádio Clube de Monsanto, nas Termas de Monfortinho ficou sem emissão por causa das adversas condições climatéricas e devido a algumas interrupções de energia eléctrica, que afectaram os nossos equipamentos e as antenas naquela localidade de fronteira.   Também por dificuldades de acesso à serra contígua, só hoje, cerca das 11 horas foi possível normalizar a emissão, e a desejada retoma da cobertura da zona raiana, que inclui a estremadura espanhola, que a RCM assegura regularmente desde o ano de 1999.   Apresentamos desculpas aos senhores ouvintes pelos transtornos.  

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2018 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line