Notícias

ACIDENTE A23: TESTE DE ALCOOLEMIA FORA DO PROCESSO POR “LAPSO” DA GNR

Escrito por Lusa RCM em 2009-11-25 12:26:59

ACIDENTE A23: TESTE DE ALCOOLEMIA FORA DO PROCESSO POR “LAPSO” DA GNR

O motorista do autocarro do acidente da A23, em que morreram 17 pessoas, pode ter feito um teste de alcoolemia que não consta do processo por "lapso" da GNR, referiram esta terça-feira dois militares da ex-Brigada de Trânsito em julgamento. O cabo Manuel Gomes disse em tribunal que presumiu que o Hospital de Castelo Branco tivesse justificado com um atestado médico a falta de um teste de alcoolemia na noite do acidente, em 2007, quando afinal esse atestado só justificava a ausência de testes a substâncias psicotrópicas. Nos autos passou a constar que não tinha havido teste de alcoolemia, sem nenhum documento que justificasse essa falta.

FUNDÃO: INCÊNDIO EM LOCOMOTIVA OBRIGA INTERCIDADES A PARAR

Escrito por Diário de Notícias em 2009-11-24 13:01:47

FUNDÃO: INCÊNDIO EM LOCOMOTIVA OBRIGA INTERCIDADES A PARAR

Apesar  do susto, a situação  de pânico não provocou quaisquer feridos nem danos. No comboio  seguiam cerca de 120 passageiros. Os 119 passageiros que no domingo pouco depois das 23.00 seguiam no Comboio Intercidades Lisboa-Covilhã apanharam um valente susto quando, perto da estação de Vale de Prazeres (Fundão), viram a locomotiva do comboio incendiar-se. O fogo terá tido início no turbo da máquina, mas não se alastrou às restantes carruagens, pelo que a situação não provocou feridos. Mesmo assim, como medida de precaução, os funcionários da CP optaram por suspender a viagem, conforme confirmou ao DN, Bruno Martins, porta-voz daquela entidade.

CASTELO BRANCO: ALZIRA SERRASQUEIRO CONTINUA COMO GOVERNADORA CIVIL DO DISTRITO

Escrito por RCM em 2009-11-20 12:53:05

CASTELO BRANCO: ALZIRA SERRASQUEIRO CONTINUA COMO GOVERNADORA CIVIL DO DISTRITO

O Conselho de Ministros nomeou ontem os novos governadores civis dos 18 distritos do país, tendo reconduzido Alzira Serrasqueiro em Castelo Branco. A Governadora Civil da Guarda, Maria do Carmo Borges, que vinha sofrendo muita contestação pela sua manutenção no cargo após um acidente de viação que a deixou com dificuldades físicas, o que a levava a faltar a reuniões e a deslocações oficiais, acabou agora por ser substituída no cargo por António Santinho Pacheco.

CASTELO BRANCO/A23: CONDUTORES EMPURRAM CULPAS SOBRE TRÁGICO ACIDENTE

Escrito por Diário de Notícias em 2009-11-20 12:40:07

CASTELO BRANCO/A23: CONDUTORES EMPURRAM CULPAS SOBRE TRÁGICO ACIDENTE

Os dois arguidos apresentaram versões diferentes das causas que fizeram o autocarro despistar-se, provocando 17 vítimas mortais e 23 feridos. Qual era a posição do autocarro nos segundos que antecederam o primeiro embate entre os dois veículos? Foi esta a questão que durante todo o dia de ontem esteve no centro da primeira sessão do julgamento relativo ao acidente ocorrido na A23, em Novembro de 2007, envolvendo um ligeiro de passageiros e um autocarro da Câmara de Castelo Branco, que causou a morte a 17 pessoas, todas a estudar na Universidade Sénior Albicastrense. Número que se traduziu numa acusação de 17 crimes por negligência pelos quais respondem Carina Rodrigo, condutora do carro, e Fernando Serra, motorista do autocarro, que ontem apresentaram versões diferentes dos factos.

IDANHA-A-NOVA: FEIRA RAIANA PODERÁ MUDAR DE MOLDES E JUNTAR-SE ÁS FESTAS DA VILA

Escrito por RCM em 2009-11-19 12:30:51

IDANHA-A-NOVA: FEIRA RAIANA PODERÁ MUDAR DE MOLDES E JUNTAR-SE ÁS FESTAS DA VILA

Álvaro Rocha quer saber se pode ou não contar com Espanha para a realização da Feira Raiana. Durante a cerimónia de revisão de fronteiras entre o concelho de Idanha-a-Nova e a zona da raia espanhola, o presidente da câmara lembrou que já por duas vezes os espanhóis falharam na realização desta feira. Álvaro Rocha alertou que caso Espanha não demonstre interesse em organizar o evento condignamente Idanha-a-Nova não vai esperar muito mais tempo e assume a responsabilidade de organizar anualmente a feira.   “Podemos não fazer uma feira tão grande como aquela, mas fazemos uma feira mais dedicada a um produto artesanal de excelência. Tentaremos juntar as festas de Idanha com a feira e se calhar a conjugação dos dois esforços leva a que se possa vir a fazer a Feira Raiana todos os anos “ concluiu o autarca.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 |

QUINTA EDIÇÃO DO CINEMA PORTUGUÊS EM MOVIMENTO COMEÇA EM MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-06-22 15:21:45

QUINTA EDIÇÃO DO CINEMA PORTUGUÊS EM MOVIMENTO COMEÇA EM MONSANTO

A aldeia de Monsanto, em Idanha-a-Nova, é o ponto de partida no dia 29 da quinta edição do Cinema Português em Movimento, uma iniciativa para levar filmes portugueses a localidades com pouca oferta cinematográfica. De acordo com o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), o programa começa no miradouro daquela localidade com a exibição da curta-metragem "Amélia & Duarte", de Alice Guimarães e Mónica Matos, e da comédia "Refrigerantes e canções de amor", de Luís Galvão Teles. O Cinema Português em Movimento decorrerá até 25 de agosto com a exibição de dez filmes portugueses - alguns repetidos de anos anteriores - em localidades de 12 concelhos. As 53 exibições previstas serão sempre ao ar livre. Este ano, o programa exibirá em complemento episódios gravados por Tiago Pereira no projecto A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria, de registo da música portuguesa de tradição oral.

Ler mais

POLITÉCNICO DE CASTELO BRANCO VAI TER CURSO DE DRONES

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-06-16 16:09:43

POLITÉCNICO DE CASTELO BRANCO VAI TER CURSO DE DRONES

O Instituto Politécnico de Castelo Branco vai ministrar no próximo ano lectivo o curso técnico superior profissional em Fabrico e Manutenção de Drones. "Trata-se de mais uma aposta da instituição numa oferta formativa numa área de vanguarda e em expansão", refere em comunicado o presidente do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), Carlos Maia. O novo curso técnico superior profissional (CTeSP) em Fabrico e Manutenção de Drones foi recentemente aprovado e vai ser ministrado na Escola Superior de Tecnologia de Castelo Branco (ESTCB). Carlos Maia explica que a instituição tem um corpo docente qualificado e conta com várias parcerias com empresas já bem implantadas no mercado, factores que tornaram possível a aprovação desta formação que poderá ser estrutural para o IPCB e para a região. As inscrições para este curso podem ser realizadas de 1 de agosto a 6 de setembro de 2017, nos serviços do IPCB.

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: ECOFESTIVAL JUNTA 150 ARTISTAS EM SALVATERRA DO EXTREMO

Facebook

Escrito por em 2017-06-01 15:10:31

IDANHA-A-NOVA: ECOFESTIVAL JUNTA 150 ARTISTAS EM SALVATERRA DO EXTREMO

O Ecofestival Salva a Terra que decorre de 22 a 25 de junho em Salvaterra do Extremo no concelho de Idanha-a-Nova, conta com a participação de 150 artistas. As receitas do festival revertem a 100% para o Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Castelo Branco (CERAS). O evento bienal que vai na quarta edição é organizado pela associação ambientalista Quercus, União de freguesias de Monfortinho e Salvaterra do Extremo e pelo município de Idanha-a-Nova. "As receitas obtidas revertem efectivamente a 100% para o CERAS, fazendo do Ecofestival Salva a Terra o seu principal mecenas. Com a edição de 2015, conseguimos angariar fundos para recuperar 400 animais", refere a Quercus em comunicado. O festival é composto por inúmeras actividades que vão desde os concertos, 'workshops', percursos interpretativos, observação de vida selvagem, conferências, cinema documental e animação diversa.

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: GRUPO DE TEATRO APRESENTA PEÇA SOBRE REFUGIADOS E DIREITOS DAS CRIANÇAS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-05-30 12:15:49

IDANHA-A-NOVA: GRUPO DE TEATRO APRESENTA PEÇA SOBRE REFUGIADOS E DIREITOS DAS CRIANÇAS

O Grupo de Teatro do Agrupamento de Escolas de Idanha-a-Nova (IDEATRO), em parceria com o projecto CLDS 3G-Gente Raiana, promovido pelo Centro de Cultura e Desenvolvimento, leva a cena esta quarta-feira na junta de freguesia da vila uma peça de teatro sobre refugiados e direitos das crianças, Em comunicado, o município de Idanha-a-Nova explica que a peça “Era uma vez… na Vila” foi construída, sob proposta da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Idanha-a-Nova (CPCJ), no âmbito do mês internacional da prevenção dos maus tratos na infância, celebrado anualmente em abril. Após a análise da declaração dos direitos do homem e das crianças, os alunos iniciaram a criação de uma história onde se pudessem encontrar definidos os diferentes direitos e de que forma os mesmos são ou não respeitados na sociedade. A apresentação da peça acontece na quarta-feira, pelas 20:00, no estúdio Teatro Ajidanha, na junta de Freguesia de Idanha-a-Nova.

Ler mais

FESTIVAL DE ARTE URBANA REGRESSA À COVILHÃ EM JUNHO

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-05-25 14:53:25

FESTIVAL DE ARTE URBANA REGRESSA À COVILHÃ EM JUNHO

O WOOL - Covilhã Arte Urbana regressa em junho às ruas daquela cidade, após um ano de paragem imposto pela falta de apoios financeiros, anunciou hoje a organização deste festival, que voltará a contar com artistas internacionais. "Após o interregno de um ano, o centro histórico da cidade será novamente o palco de actuação dos artistas Bosoletti (Argentina), DOA OA (Espanha), Halfstudio e Third (Portugal), que nos brindarão com trabalhos onde as temáticas e inspirações se prenderão com o todo que compõe o território histórico, social, arquitectónico, cultural e/ou natural único desta região, sendo precisamente esta uma das consequências e características de diferenciação este evento", refere a organização em nota de imprensa enviada hoje à agência Lusa. Segundo a informação, esta quarta edição decorrerá entre os dias 03 e 11 de junho e terá uma sessão adicional no dia 17 de junho.

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line