Notícias

PORTUGAL VIVE DIA DE GREVE GERAL

Escrito por RCM em 2010-11-24 12:21:11

PORTUGAL VIVE DIA DE GREVE GERAL

Esta quarta-feira Portugal volta a viver uma greve geral, que une as duas centrais sindicais do país. A CGTP e UGT juntam-se para protestar contra as medidas de austeridade impostas pelo governo. As centrais sindicais protestam desta forma contra o pacote de austeridade para 2011 apresentado pelo Governo, que prevê o corte de salários na administração pública, das prestações sociais e o aumento dos impostos. Os serviços públicos deverão ser os mais afectados pela paralisação, que conta ainda com forte adesão nos transportes. Na região Centro, a meio da manhã desta quarta-feira, a greve geral fazia sentir-se em todos os concelhos e sectores, desde a recolha de lixo ao ensino, passando pela Justiça e empresas privadas, segundo os sindicatos. A greve levou ao encerramento das Câmaras de Castelo Branco e de Coimbra.

A23: INSTALAÇÃO DE PÓRTICOS ARRANCA NO INÍCIO DE 2011

Escrito por Lusa / RCM em 2010-11-19 12:33:30

A23: INSTALAÇÃO DE PÓRTICOS ARRANCA NO INÍCIO DE 2011

A Scutvias, concessionária da SCUT Beira Interior disse à Lusa que a instalação dos pórticos para a cobrança de portagens na A23 deverá arrancar no início de 2011, enquanto as concessionárias das restantes três SCUT não avançaram datas. O Governo anunciou que a cobrança de portagens nas SCUT Interior Norte, Beiras Litoral e Alta, Beira Interior e Algarve terá início até 15 de Abril de 2011, mas o ministro das Obras Públicas já disse que se houver condições para que a cobrança comece antes desta data, o Governo trabalhará nesse sentido. Contactadas pela Lusa, as concessionárias das quatro SCUT afirmaram, por escrito, que ainda não começaram a instalar os pórticos que permitirão a cobrança de portagens.

CASTELO BRANCO: GREVE DOS IMPOSTOS COM ADESÃO DE 60 POR CENTO

Escrito por Lusa / RCM em 2010-11-17 14:19:03

CASTELO BRANCO: GREVE DOS IMPOSTOS COM ADESÃO DE 60 POR CENTO

A adesão à greve dos trabalhadores dos impostos no distrito de Castelo Branco foi “ligeiramente superior” a 60 por cento, disse à agência Lusa o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI), Marcelo Castro. Segundo aquele responsável, a paralisação distrital levou ao encerramento de oito das 14 repartições de finanças da região. Para Marcelo Castro, a adesão registou valores “francamente positivos”. O dirigente sindical mostra-se satisfeito, sobretudo devido ao facto de esta ser já “a terceira semana de greve e continuarmos a manter a mobilização a níveis muito elevados”. O protesto dos trabalhadores dos impostos começou no dia 03, com uma paralisação nacional, continuando até ao fim do mês com greves a nível distrital.

ASSOCIAÇÃO DAS ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL FOI OFICIALMENTE CONSTITUIDA NA VILA DA BATALHA

Escrito por RCM em 2010-11-14 09:57:59

ASSOCIAÇÃO DAS ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL FOI OFICIALMENTE CONSTITUIDA NA VILA DA BATALHA

A assinatura da escritura notarial da AHP - Associação das Aldeias Históricas de Portugal - teve lugar no dia 8 do corrente mês de Novembro, na Histórica Vila da Batalha. A  AHP – Aldeias Históricas de Portugal, Associação de Defesa, Reabilitação e Salvaguarda do Património, de âmbito nacional, é uma pessoa colectiva de direito privado, constituída sob a forma de Associação, sem fins lucrativos, apolítica e não religiosa. Tem a sua sede na Aldeia Histórica e Secular de Monsanto da Beira. Fazem parte da AHP como sócios fundadores, personalidades de alta craveira, cujos conhecimentos e prestígio são motivo de orgulho e de esperança num futuro promissor para a AHP. Entre outros, conta com Sua Alteza Real, Dom Duarte Nuno de Bragança; Professor Doutor Augusto Pereira Brandão, Vice-Reitor da Universidade Lusófona; Dr. Luís Raposo, Director do Museu Nacional de Arqueologia; Dr. Carlos Barroso Guerra, advogado; Almirante António Alberto Rodrigues Cabral; Carlos Ângelo Amaral Botelho, Pintor e Escultor, Dr. Alberto Silva Fernandes, Presidente da Associação dos Amigos de Pereiro; Professor Doutor Jorge Paiva, Professor da Universidade de Coimbra; Dom Lourenço de Almada; Dr.ª Vanessa Botto Cerqueira, advogada; Câmara Municipal do Sardoal, Dr. José Marques Nunes, empresário de restauro do Património “Quadrifólio”; Dr.ª Isabel Meireles, Professora Universitária e advogada; Dr. Carlos Manuel Boavida, arqueólogo, Dr.ª Maria Isabel de Lima Pereira da Silva da Veiga Cabral, Técnica Superior do IGESPAR, Eng.º Armindo Jacinto, Administrador da Naturtejo, Dr. João Carlos Martins Mendonça da Fonseca, Psicólogo, Dr. Américo André, Etnólogo,  Professor Joaquim Manuel da Fonseca, Radialista.

ÁGUAS DO ALARDO SEM ELECTRICIDADE E COM ORDENADO DOS TRABALHADORES EM ATRASO

Escrito por Lusa / RCM em 2010-11-11 15:41:34

ÁGUAS DO ALARDO SEM ELECTRICIDADE E COM ORDENADO DOS TRABALHADORES EM ATRASO

A unidade de engarrafamento de água mineral, que pertencia até ao ano passado a Sousa Cintra, tem passado por dificuldades, “está paralisada desde Setembro e nós fomos abandonados”, disse hoje Manuel Paulino, trabalhador da fábrica e delegado sindical. O salário de Outubro ainda não foi pago e está também em dívida 25 por cento do subsídio de férias. “Conseguimos os outros 75 por cento graças a recebimentos de clientes, que contactámos pelos nossos telemóveis”, mas a tarefa não foi fácil, porque “muitos já têm os pagamentos à empresa penhorados”. Manuel Paulino considera a situação tanto mais grave porque há cinco casais que trabalham na fábrica, sendo o sindicalista e a mulher um deles. “Por enquanto temos algumas economias, mas se isto não se resolve não sei como vai ser porque o rendimento em nossa casa depende todo da fábrica”, destacou.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 |

QUERCUS ALERTA QUE UM QUARTO DOS MUNICIPIOS NÃO TEM PLANO CONTRA INCÊNDIOS

Facebook

Escrito por em 2017-08-22 13:04:34

QUERCUS ALERTA QUE UM QUARTO DOS MUNICIPIOS NÃO TEM PLANO CONTRA INCÊNDIOS

Mais de um quarto dos municípios não tem um plano municipal contra incêndios. O alerta foi lançado esta semana pela associação ambientalista Quercus. “A Quercus considera em comunicado muito preocupante que um quarto dos municípios de Portugal Continental não cumpra as suas obrigações no âmbito da legislação de defesa da floresta contra incêndios”. A associação esclareceu que a existência desses planos implica “um planeamento e calendarização de acções de silvicultura preventiva”, designadamente limpezas, “com o objectivo de evitar que os fogos atinjam grandes proporções e o de proteger eficazmente pessoas e bens”. De acordo com a Quercus, “na lista dos 72 municípios que não estão a cumprir a legislação estão alguns que este Verão ficaram bem conhecidos pelas piores razões, como Alijó, Fundão, Vila de Rei, Castanheira de Pêra e Pedrógão Grande”. Ainda segundo a associação ambientalista, existem somente três distritos do continente nos quais 100% dos municípios têm o seu Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios em vigor e operacional: Viseu, Guarda e Portalegre. Os municípios de Alijó e do Fundão já contestaram o alerta da Quercus.

Ler mais

BEM-HAJA AMIGO OUVINTE

Facebook

Escrito por RCM em 2017-08-15 12:32:18

BEM-HAJA AMIGO OUVINTE

Um sincero bem-haja a todos os amigos que ontem se lembraram do dia do aniversário da Rádio Clube de Monsanto – a Voz da Portugalidade, ao Serviço do Regionalismo e da Música Portuguesa. Que Deus nos proteja e os nossos ouvintes nos ajudem a chegar até aos 33 anos…o que está muito difícil.

Ler mais

MONSANTO NA FINAL DO CONCURSO DAS 7 MARAVILHAS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-08-15 12:13:21

MONSANTO NA FINAL DO CONCURSO DAS 7 MARAVILHAS

Monsanto passou no último domingo à final do concurso 7 Maravilhas de Portugal na categoria Aldeias Monumento. O anúncio foi feito durante a Gala da RTP transmitida em directo a partir de Relva-Monsanto. Graças ao voto dos portugueses, Monsanto foi uma das duas finalistas apuradas nesta Gala em que estiveram a votação 7 aldeias, incluindo Idanha-a-Velha, igualmente no concelho de Idanha-a-Nova. Assim, Monsanto conquistou o direito a disputar a grande final. A continuação para a votação para o concurso das 7 Maravilhas de Portugal vai decorrer entre 27 de Agosto e 3 de Setembro, dia da Gala Final, na aldeia do Piódão, em que serão anunciadas as 7 aldeias vencedoras, nas respectivas categorias. Modestamente, e em verdade, as Adufeiras de Monsanto, fizeram a sua parte e, por isso, estamos naturalmente felizes por continuarem a levar bem alto e muito longe o nome da "Aldeia Mais Portuguesa" a todo o mundo. 

Ler mais

32 ANOS A LUTAR

Facebook

Escrito por RCM em 2017-08-14 09:19:21

32 ANOS A LUTAR

CONSIGO DESDE 14 DE AGOSTO DE 1985 EM EMISSÕES REGULARES…32 ANOS A LUTAR. BEM-HAJA POR NOS TER AJUDADO A CAMINHAR.   Se comemorámos, no dia 8 de Junho, 32 anos das primeiras emissões experimentais da RCM foi, também, graças ao apoio altruísta e generoso das gentes da nossa terra. Desde 1985, a sua ajuda teve uma importância fundamental para mantermos no ar este som popular ao serviço do regionalismo, da Música Portuguesa e dos nossos valores tradicionais. Fazer Rádio é muito mais do que transmitir música. Ao longo destas dezenas de anos a Rádio Clube de Monsanto tem feito AMIGOS e eles são a nossa principal razão de estarmos no ar. Uma palavra de homenagem e de gratidão para os sócios fundadores, dirigentes, técnicos e colaboradores da extinta Cooperativa e benfeitores da Liga dos Amigos da RCM. Alguns já nos deixaram e, infelizmente, não podem comungar da alegria deste tão singelo aniversário, sem festa, nem foguetes.  Para eles, aqui fica a nossa lembrança de imensa e indelével saudade e carinho. Uma saudação especial para os nossos emigrantes e para os Povos da Lusofonia que em todo o Mundo nos acompanham, através da Internet, em www.radiomonsanto.pt (já com mais de sete milhões de visitas de cibernautas de todos os continentes!). É muito gratificante saber que os cidadãos da Diáspora se sentem mais próximos de Portugal quando, lá tão longe, encontram na Rádio Clube de Monsanto uma companhia amiga e familiar. A todos os queridos ouvintes em geral e aos amigos anunciantes em particular, envolvemos num abraço de penhorado reconhecimento: marcas, empresas e empresários, autarquias dos concelhos da região raiana que a nós se juntaram porque acreditam na nossa Missão um SINCERO OBRIGADO.

Ler mais

VOTAÇÃO NO CONCURSO DAS 7 MARAVILHAS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-08-13 14:18:55

VOTAÇÃO NO CONCURSO DAS 7 MARAVILHAS

A votação do concurso das 7 Maravilhas de Portugal nas Aldeias Monumento já começou. As linhas telefónicas estão abertas ao longo de todo o dia e a votação termina esta noite, cerca das 23 horas, na Gala transmitida pela RTP directamente de Monsanto. Pode votar as vezes que quiser.

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line