Notícias

VÍTIMAS DA A23 QUEREM 7 MILHÕES DE EUROS EM INDEMNIZAÇÕES

Escrito por Lusa / RCM em 2010-11-11 15:33:27

VÍTIMAS DA A23 QUEREM 7 MILHÕES DE EUROS EM INDEMNIZAÇÕES

As vítimas do acidente de 2007 na A23 querem sete milhões de euros em indemnizações, disse à Lusa um dos advogados. Mas apenas uma das seguradoras admitiu pagar e repartir uma verba inferior. O desastre de 5 de Novembro de 2007 resultou do embate entre um ligeiro, segurado pela Zurich, e um autocarro da Câmara de Castelo Branco que transportava alunos da Universidade Sénior, com apólice da Allianz. A condutora do veículo foi condenada pelo Tribunal de Castelo Branco em Dezembro de 2009 a quatro anos e quatro meses de prisão, com pena suspensa, enquanto o motorista do autocarro foi absolvido. A condutora recorreu da sentença para o Tribunal da Relação de Coimbra, assim como o Ministério Público, mas ambos os recursos foram negados.

PROCRIAÇÃO MEDICAMENTE ASSISTIDA ESCAPA AOS CORTES ORÇAMENTAIS E RECEBE 12 MILHÕES EM 2011

Escrito por Lusa / RCM em 2010-11-09 14:04:51

PROCRIAÇÃO MEDICAMENTE ASSISTIDA ESCAPA AOS CORTES ORÇAMENTAIS E RECEBE 12 MILHÕES EM 2011

O Ministério da Saúde vai investir 12 milhões de euros na área da procriação medicamente assistida em 2011, o mesmo valor deste ano, escapando assim aos cortes orçamentais, anunciou hoje o secretário de Estado da Saúde, Óscar Gaspar. "Nesta área não vai haver cortes", assegurou o governante durante a inauguração do Centro de Procriação Medicamente Assistida (PMA) nas instalações do Hospital da Covilhã, o primeiro a poder fazer fertilização in vitro fora dos grandes centros. Além de se manterem os 12 milhões de euros de orçamento em 2011, as verbas dedicadas a investimento que não forem usadas até final do ano, transitam para o próximo, destacou o secretário de Estado da Saúde.

AMBIENTE: BOOM CONQUISTA PRÉMIO DE SUSTENTABILIDADE

Escrito por RCM em 2010-11-03 12:02:45

AMBIENTE: BOOM CONQUISTA PRÉMIO DE SUSTENTABILIDADE

O Boom Festival venceu pela segunda vez consecutiva o Greener Festival Award. O prémio é conferido por uma organização inglesa que nomeia um júri que viaja por todo o mundo a avaliar festivais. O resultado é obtido a partir visitas presenciais que têm em conta aspectos como emissões de CO2, uso da água, saneamento, gestão de resíduos, promoção de transporte público, utilização de materiais e energia, entre outros. Sobre o prémio, Aylin McNamara, da ONG Greener Festival, que avaliou o Boom 2010 afirmou que o festival «tem um modelo único no mundo de organização de um festival sustentável que junta a consciência ambiental com um elevado detalhe estético». Esta prática materializa-se, por exemplo, em «dar oportunidade a artistas de criar estruturas naturais com bambú, barro, cana, adobe ou materiais reciclados numa escala que não existe em mais nenhum lugar no mundo».  

NOVAS TECNOLOGIAS IMPEDEM COMUNICAÇÕES EM SIMULACRO

Escrito por Diário de Notícias / RCM em 2010-11-03 11:59:50

NOVAS TECNOLOGIAS IMPEDEM COMUNICAÇÕES EM SIMULACRO

O contacto por videoconferência é a primeira falha detectada no simulacro que ontem se iniciou entre o distrito de Castelo Branco e a província da Extremadura em Espanha com vista a testar meios de socorro e protecção civil em caso de sismo perto da fronteira. O Centro de Coordenação de Operações Distrital de Castelo Branco tentou entrar em contacto com a coordenação dos meios instalados em Espanha, mas o diálogo, assistiu o DN, foi impossível para saber aquilo que estava a acontecer na barragem de Valdecañas e na Central Nuclear de Almaraz, em Espanha. Esta é a zona para onde estava marcada iniciar-se hoje de madrugada uma série de cenários de catástrofe que terão o seu desfecho em Vila Velha de Ródão, Castelo Branco. Os perigos de uma ruptura da central não serão testados neste exercício.

IDANHA-A-NOVA: CÂMARA CORTA NO ALMOÇO E NAS ILUMINAÇÕES DE NATAL

Escrito por As Beiras / RCM em 2010-11-02 12:47:09

IDANHA-A-NOVA: CÂMARA CORTA NO ALMOÇO E NAS ILUMINAÇÕES DE NATAL

Os funcionários da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova não terão, este ano, o tradicional almoço de Natal. Por causa da crise económica haverá também redução na iluminação natalícia. Perante a crise económica que o país atravessa, o presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, Álvaro Rocha, decidiu, não realizar este ano, o tradicional almoço de Natal dos funcionários da autarquia. “Num cenário de crise como esta que estamos a atravessar, não resta outra solução, dado que temos de economizar para fazer face às despesas correntes. Deste modo, neste Natal, decidimos que o almoço dos funcionários não se realizará”, explicou o autarca.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 |

PANORAMA DA ARTE CONTEMPORÂNEA PORTUGUESA EM EXPOSIÇÃO NA ALDEIA HISTÓRICA DE IDANHA-A-VELHA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-07-14 15:47:52

PANORAMA DA ARTE CONTEMPORÂNEA PORTUGUESA EM EXPOSIÇÃO NA ALDEIA HISTÓRICA DE IDANHA-A-VELHA

O panorama recente da arte contemporânea em Portugal vai estar em exposição em Idanha-a-Velha, a partir de 22 de julho, com obras de uma dezena de artistas. A exposição, com curadoria de Paulo Longo e Mariana Salgueiro, vai estar patente até 01 de outubro, resultado de uma iniciativa conjunta do Projeto Travessa da Ermida com o município de Idanha-a-Nova. As obras expostas são provenientes da colecção da Travessa da Ermida, projecto cultural que, desde 2008, intervém em Lisboa, sob a direcção de Eduardo Fernandes.  

Ler mais

COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO APRESENTA ESPECTÁCULO EM IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-07-05 16:25:40

COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO APRESENTA ESPECTÁCULO EM IDANHA-A-NOVA

No âmbito da digressão nacional da Companhia Nacional de Bailado o concelho de Idanha-a-Nova recebe de 13 a 15 de julho, o espectáculo “A Perna Esquerda de Tchaikovski”. A Companhia Nacional de Bailado a propósito da celebração dos 40 anos de existência, pretende com esta digressão passar pelos palcos e lugares por onde se apresentou ao longo deste tempo. Em Idanha-a-Velha vai ter lugar no dia 13 de Julho a projecção do documentário “No escuro do cinema descalço os sapatos” de Cláudia Varejão, pelas 21h30 no largo da Sé. O mesmo documentário será projectado no dia 14 no Centro Cultural Raiano. No dia 15 será realizado o espectáculo “A Perna Esquerda de Tchaikovski”. Esta é uma peça para uma bailarina e um pianista com texto e direcção de Tiago Rodrigues. Em palco vai estar a bailarina Barbora Hruskova e ao piano Mário Laginha.

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: CANDIDATURAS ABERTAS AO PRÉMIO FORÚM MUNDIAL DE INOVAÇÃO RURAL

Facebook

Escrito por em 2017-06-27 13:59:41

IDANHA-A-NOVA: CANDIDATURAS ABERTAS AO PRÉMIO FORÚM MUNDIAL DE INOVAÇÃO RURAL

O Município de Idanha-a-Nova está aceitar candidaturas até 10 de julho para o Prémio Fórum Mundial de Inovação Rural que vai premiar empresas que inovam, geram riqueza, emprego e fixação de população, preservam o equilíbrio ambiental e valorizam a utilização dos recursos endógenos. Podem candidatar-se empresas inovadoras do território EUROACE (eurorregião composta por Alentejo - Centro – Extremadura espanhola), constituídas há pelo menos 6 meses. A iniciativa decorre do III Fórum de Inovação Rural que acontece em simultâneo com a XXI Feira Raiana, em Idanha-a-Nova, e tem um propósito de valorização de experiências empresariais inovadoras que potenciam a criação de riqueza e desenvolvimento sustentável no mundo rural. De 26 a 30 de julho de 2017, o evento é organizado em conjunto pelo Município de Idanha-a-Nova, o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento de Idanha-a-Nova, o Ayuntamiento de Moraleja e a Diputación de Cáceres. Serão distinguidas cinco empresas, uma com o Prémio Fórum de Inovação Rural e quatro menções honrosas, destacando jovens e mulheres empreendedores. As candidaturas são abertas por iniciativa das empresas, via preenchimento de formulário online disponível em https://form.jotformeu.com/71697156884372  

Ler mais

EMPRESÁRIOS, UTENTES E SINDICATOS EXIGEM ABOLIÇÃO DAS PORTAGENS NA A23

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-06-26 14:30:29

EMPRESÁRIOS, UTENTES E SINDICATOS EXIGEM ABOLIÇÃO DAS PORTAGENS NA A23

Empresários, utentes e sindicatos da Beira Interior anunciaram hoje que vão avançar com acções comuns pela abolição das portagens na A23 e reivindicaram que o próximo Orçamento do Estado já contemple essa situação ou uma nova redução. "Pensamos que agora há condições para que se extingam as portagens ou, pelo menos, para que se reduzam significativa e gradualmente, até à abolição", afirmou José Gameiro, presidente da Associação de Empresarial da Beira Baixa. Este responsável falava numa conferência de imprensa realizada hoje na Covilhã, distrito de Castelo Branco, na qual também marcaram presença porta-vozes da Comissão de Utentes Contra as Portagens na A23, da União de Sindicatos de Castelo Branco e do Movimento de Empresários pela Subsistência do Interior.

Ler mais

QUINTA EDIÇÃO DO CINEMA PORTUGUÊS EM MOVIMENTO COMEÇA EM MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-06-22 15:21:45

QUINTA EDIÇÃO DO CINEMA PORTUGUÊS EM MOVIMENTO COMEÇA EM MONSANTO

A aldeia de Monsanto, em Idanha-a-Nova, é o ponto de partida no dia 29 da quinta edição do Cinema Português em Movimento, uma iniciativa para levar filmes portugueses a localidades com pouca oferta cinematográfica. De acordo com o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), o programa começa no miradouro daquela localidade com a exibição da curta-metragem "Amélia & Duarte", de Alice Guimarães e Mónica Matos, e da comédia "Refrigerantes e canções de amor", de Luís Galvão Teles. O Cinema Português em Movimento decorrerá até 25 de agosto com a exibição de dez filmes portugueses - alguns repetidos de anos anteriores - em localidades de 12 concelhos. As 53 exibições previstas serão sempre ao ar livre. Este ano, o programa exibirá em complemento episódios gravados por Tiago Pereira no projecto A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria, de registo da música portuguesa de tradição oral.

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line