Notícias

O POETA ANTÓNIO SALVADO FOI DISTINGUIDO NO BRASIL

Escrito por RCM em 2011-02-23 13:59:58

O POETA ANTÓNIO SALVADO FOI DISTINGUIDO NO BRASIL

A obra “Outono”/ “Outoño do ilustre poeta albicastrense António Salvado foi contemplado com o prémio internacional 2010 “Lyad de Almeida” da União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro.  Com pinturas do japonês Kousei Tanaka, “Outono” foi editado em Madrid e traduzido para espanhol e japonês por Alfredo Pérez Alencart e An Oshiro. O juri formado por Margarida Finkel, Luiz Gondim de Araújo Lins e Stella Leonardos salientou a originalidade poética do distinto albicastrense António Salvado, com um percurso de mais de meio século, plasmado em dezenas de títulos.

ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL

Escrito por RCM em 2011-02-18 10:51:48

ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL

Tomaram posse, no Mosteiro dos Jerónimos, os Corpos Sociais da AHP, para o triénio de 2011/2013. Preside à Assembleia Geral o Dr. Luís Filipe de Matos Raposo; na Direcção o Dr. Roman S. Von Rupp; no Conselho Fiscal o Almirante António Alberto Rodrigues Cabral. É Presidente do Conselho Directivo do Património a Dr.ª Maria Isabel Pereira da Silva da Veiga Cabral, cuja intervenção, no Mosteiro dos Jerónimos, pode ser escutada em:

TERMAS DO CRÓ-SABUGAL

Escrito por RCM em 2011-02-17 19:41:12

TERMAS DO CRÓ-SABUGAL

Segundo declarações de António Robalo, Presidente da Câmara do Sabugal, a autarquia vai ter de explorar o complexo já na próxima época termal, que se vai iniciar em Maio. «Aquilo que é referido por pessoas que não concorreram mas que visitaram as instalações é que as condições financeiras actuais não são as melhores e o momento não é o melhor para fazer este tipo de investimento», explicitou o Presidente António Robalo.

PRIMEIRO PRESIDENTE DA AHP – ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL

Escrito por RCM em 2011-01-30 17:08:38

PRIMEIRO PRESIDENTE DA AHP – ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL

Roman S. von Rupp nasceu na Alemanha e fez o seu percurso académico nos Estados Unidos onde se formou em Gestão e residiu durante 30 anos. Gestor profissional e produtor executivo cinematográfico, concilia estas actividades com um grande sentido de responsabilidade cívica e humanitária. Actualmente é presidente da MEI Europa, (Micro Electrónica Internacional), empresa fundada no Japão em 1950. Em 1992, estendeu a empresa, centrada no mercado japonês e norte-americano, à Europa tendo escolhido Portugal para instalar a sede, onde se encontra desde então. Roman S. von Rupp é Director Executivo e Fundador do conceito da HLDF; Humanitarian Landmine Disposal System. (Fundação Humanitária Portuguesa de Desminagem), registada em 1999, no Instituto da Cooperação do Ministério dos Negócios Estrangeiros Português, a qual mereceu o apoio e reconhecimento de grandes personalidades internacionais, nomeadamente da princesa Diana de Gales. Roman von Rupp é o primeiro Presidente da Direcção da AHP - Aldeias Históricas de Portugal, Associação cuja apresentação pública teve lugar no Mosteiro dos Jerónimos, no dia 27 de Janeiro de 2011, onde foi eleito na Assembleia Geral. Veja o vídeo  

APRESENTAÇÃO PÚBLICA DA AHP, ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL, NO MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS, DIA 27 DE JANEIRO .

Escrito por AHP/RCM em 2011-01-25 11:06:35

APRESENTAÇÃO PÚBLICA DA AHP, ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL, NO MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS, DIA 27 DE JANEIRO .

CORPOS SOCIAIS DA AHP, ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL   DIRECÇÃO ·  Presidente Roman S. von Rupp (Dr.) · Vice – Presidente  Maria Isabel Pereira da Silva da Veiga Cabral (Dr.ª) · 1º Vogal Joaquim Manuel da Fonseca (Prof.) · 2º Vogal Carlos Evaristo (Dr.) · Tesoureiro Carlos Manuel Pereira Boavida (Dr.) ·  Secretário Américo dos Santos André (Dr.) ·  Secretário Luísa Reis Paulo (Arquitecta)  ASSEMBLEIA – GERAL  ·  Presidente Luís Filipe de Matos Raposo (Dr.) · Vice – Presidente Armindo Moreira Palma Jacinto (Eng.º) ·  Secretário Carlos Ângelo Amaral Botelho (Dr.)  CONSELHO FISCAL  ·  Presidente António Alberto Rodrigues Cabral (Contra-Almirante) ·  Vice – Presidente José Manuel Marques Nunes (Dr.) · Secretário Dom Lourenço de Almada (Dr.)  .................................................................................. A tomada de posse teve lugar no Mosteiro dos Jerónimos, no dia 27 de Janeiro de 2011. ...................................................................................      Constituída no dia 8 de Novembro na Batalha - augúrio porventura das batalhas que vamos travar - tem âmbito nacional e como missão a preservação das nossas memórias culturais comuns, a sua revivificação e a sua devolução à comunidade. Monumentos, sítios, aldeias históricas, tradições – tudo é património, tudo são memórias culturais de um povo. Têm uma função social. Nele se revê e identifica a comunidade local e nacional. Constitui um meio de reconhecimento e de coesão social. É Missão última da AHP salvaguardar o património cultural e revalorizar o capital humano. Sem ele não há memórias, não cultura, não há património. Não há esperança no futuro, não há Portugal. Ao repto da globalização e da “normalização” cultural, a palavra de ordem é envolvimento e mobilização da sociedade civil e das comunidades locais, organizando-se na defesa do seu insubstituível património cultural - edificado, histórico, tradicional... Há que dar voz às comunidades. Há que estabelecer uma estratégia coerente que não passe apenas pelo investimento improfícuo de milhões de euros - esquecem-se as gentes privilegia-se o edificado e tudo fica na mesma!

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 |

FESTIVAL DE ARTE URBANA REGRESSA À COVILHÃ EM JUNHO

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-05-25 14:53:25

FESTIVAL DE ARTE URBANA REGRESSA À COVILHÃ EM JUNHO

O WOOL - Covilhã Arte Urbana regressa em junho às ruas daquela cidade, após um ano de paragem imposto pela falta de apoios financeiros, anunciou hoje a organização deste festival, que voltará a contar com artistas internacionais. "Após o interregno de um ano, o centro histórico da cidade será novamente o palco de actuação dos artistas Bosoletti (Argentina), DOA OA (Espanha), Halfstudio e Third (Portugal), que nos brindarão com trabalhos onde as temáticas e inspirações se prenderão com o todo que compõe o território histórico, social, arquitectónico, cultural e/ou natural único desta região, sendo precisamente esta uma das consequências e características de diferenciação este evento", refere a organização em nota de imprensa enviada hoje à agência Lusa. Segundo a informação, esta quarta edição decorrerá entre os dias 03 e 11 de junho e terá uma sessão adicional no dia 17 de junho.

Ler mais

EDUCAÇÃO: ESTUDO REVELA QUE IDANHA-A-NOVA E PENAMACOR TÊM MAIS CHUMBOS QUE MÉDIA NACIONAL

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-05-23 09:16:47

EDUCAÇÃO: ESTUDO REVELA QUE IDANHA-A-NOVA E PENAMACOR TÊM MAIS CHUMBOS QUE MÉDIA NACIONAL

O insucesso escolar no 1.º ciclo do ensino básico atinge cerca de dois terços dos concelhos portugueses e 14 por cento das escolas públicas deste nível. Os dados constam num estudo sobre retenção no 1.º ciclo em Portugal, da associação EPIS. O estudo da associação Empresário pela Inclusão Social teve como principal objetivo aprofundar o conhecimento sobre o problema do insucesso escolar nos primeiros anos de escolaridade. Uma das questões era perceber qual a incidência geográfica, social e organizacional do fenómeno do insucesso escolar nos primeiros anos de escolaridade. Segundo os autores, a análise de dados estatísticos permitiu verificar que o insucesso não atinge de forma idêntica todas as escolas do país, não é um fenómeno disseminado, antes circunscrito, que se manifesta de forma desigual no território nacional, parecendo ser tributário das desigualdades territoriais e sociais que caracterizam a sociedade portuguesa. Há uma incidência e disseminação mais forte em concelhos do interior e de reduzida dimensão tanto no Sul como no Norte e Centro do país. No Centro destacam-se os concelhos de Idanha-a-Nova, Penamacor, Sabugal, Vila Velha de Rodão e Seia, concelhos em que a maioria das escolas são de insucesso.

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: ALDEIA DE SANTA MARGARIDA RECEBE FESTIVAL DAS FLORES

Facebook

Escrito por RCM em 2017-05-20 12:09:27

IDANHA-A-NOVA: ALDEIA DE SANTA MARGARIDA RECEBE FESTIVAL DAS FLORES

A sexta edição do Festival das Flores vai ter lugar em Aldeia de Santa Margarida entre os dias 26 e 28. A abertura do evento acontece no dia 26, às 17:00, onde os arranjos florais feitos pelas mãos dos populares enfeitam as ruas e casas desta aldeia beirã, que se apresenta “vestida” com milhares de flores naturais e artificiais. No dia 26, a partir das 21:30, decorre a noite de fados com as vozes de Maura Aires e Luís Capão. O festival continua ao longo do fim de semana, com muita música e com actividades para toda a família.

Ler mais

PGR ENTREGA BRASÃO DE MONSANTO FURTADO EM 2008 E RECUPERADO EM MUSEU ESPANHOL

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-05-19 13:16:03

PGR ENTREGA BRASÃO DE MONSANTO FURTADO EM 2008 E RECUPERADO EM MUSEU ESPANHOL

A Procuradora-geral da República (PGR) procedeu hoje à entrega do brasão de armas de Monsanto. Furtada de uma das entradas desta aldeia histórica a pedra foi localizada em 2014, num museu de Badajoz, em Espanha. Joana Marques Vidal explicou que o furto por desconhecidos do brasão de armas de Monsanto foi participado em 2008 pelo presidente da junta de freguesia. O brasão de armas foi objecto de restauro por parte da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. Esta sexta feira foi devolvido à comunidade de Monsanto por Joana Marques Vidal. Vai ficar no Posto de Turismo desta aldeia histórica do concelho de Idanha-a-Nova.

Ler mais

REDE DE UNIVERSIDADES SÉNIORES COMEMORA DIA NACIONAL EM IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-05-15 10:36:58

REDE DE UNIVERSIDADES SÉNIORES COMEMORA DIA NACIONAL EM IDANHA-A-NOVA

A Universidade Sénior de Idanha-a-Nova, um projecto da Filarmónica Idanhense, do Município de Idanha-a-Nova e do CMCD, foi escolhida para receber este ano as comemorações nacionais do Dia das Universidades Seniores em Portugal. As comemorações vão realizar-se a 21 de maio (domingo), em Idanha-a-Nova, e contarão com a presença da RUTIS, entidade responsável pelas universidades seniores em Portugal, e de 8 universidades seniores de todo o país. A manhã será dedicada ao território de Idanha-a-Nova e à tarde o Centro Cultural Raiano receberá uma tarde cultural onde subirão ao palco as 8 universidades participantes. A entrada nos espectáculos é gratuita. Para ver a partir das 14h00 no CCR.

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line