Notícias

VILA VELHA DE RODÃO: DESCARGAS INDUSTRIAIS POLUENTES AFECTAM O RIO TEJO

Escrito por RCM em 2011-08-26 13:16:59

VILA VELHA DE RODÃO: DESCARGAS INDUSTRIAIS POLUENTES AFECTAM O RIO TEJO

A Direcção do Núcleo Regional de Castelo Branco da Quercus revelou numa nota de imprensa que na quinta-feira foram detectados indícios fortes de descargas de origem industrial que contaminaram o Rio Tejo em Vila Velha de Ródão. A GNR e o Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB) estão a averiguar a origem da descarga. O Rio Tejo apresentava uma cor roxa e um forte odor a produtos químicos, tendo mesmo afectado as vias respiratórias de alguns utentes que se encontravam no cais fluvial de Vila Velha de Ródão. Segundo os ambientalistas no local apareceram também peixes mortos, o que indicia uma forte carga tóxica dos efluentes despejados no Rio.

CASTELO BRANCO: COMANDANTE DISTRITAL DIZ QUE É “URGENTE REVER DISPOSITIVO DA GNR”

Escrito por Lusa / RCM em 2011-08-24 13:24:08

CASTELO BRANCO: COMANDANTE DISTRITAL DIZ QUE É “URGENTE REVER DISPOSITIVO DA GNR”

A poucos dias de deixar o cargo de comandante distrital da GNR de Castelo Branco, Hélder Almeida afirma ser «urgente rever dispositivo da Guarda no distrito», considerando ser necessário adaptá-lo às mudanças demográficas, novas acessibilidades e meios tecnológicos, noticia a Lusa. Para Hélder Almeida, o dispositivo «data de há 40 ou 50 anos», sem se adaptar às novas necessidades da região, sublinhando a importância de reanalisar «a malha de postos no distrito, tanto o número de postos como a sua localização, assim como o número de efectivos em cada um». O comando da GNR de Castelo Branco é responsável por cinco zonas (Covilhã, Fundão, Castelo Branco, Idanha-a-Nova e Sertã) e uma unidade de trânsito, suportando 31 postos territoriais e 690 efectivos.

GEOPARK NATURTEJO CRIA PEÇAS DE OURIVESARIA COM FORMA DE FÓSSEIS

Escrito por Lusa / RCM em 2011-08-24 13:21:45

GEOPARK NATURTEJO CRIA PEÇAS DE OURIVESARIA COM FORMA DE FÓSSEIS

Réplicas de fósseis com quase 500 milhões de anos, que se encontram no Geopark Naturtejo, vão ser transformadas em peças de ourivesaria, constituindo um novo produto com o selo “geoproduto”. Peças de ourivesaria com a forma de fósseis emblemáticos que se encontram no Geopark Naturtejo são o novo produto a ostentar o selo de “geoproduto”, anunciou aquela entidade turística. As trilobites que remontam há quase 500 milhões de anos e que são conhecidas pelos fósseis em Penha Garcia, Vila Velha de Ródão e Oleiros, vão ser reproduzidos em metais nobres, como a prata e o ouro. As peças estão a ser produzidas “com carácter experimental e esperamos em breve colocá-las à venda”, disse à agência Lusa, Armindo Jacinto, presidente da Naturtejo. O Geopark estabeleceu uma parceria com Paulo Dias, ourives das oficinas de Febres, concelho de Cantanhede.

RCM VENDIDA A LUÍS MONTEZ

Escrito por RCM em 2011-08-20 12:44:35

RCM VENDIDA A LUÍS MONTEZ

O empresário Luís Montez comprou recentemente a Rádio Europa Lisboa à Rádio France Internationale (RFI) para a transformar numa emissora dedicada aos êxitos dos anos 1960, 1970 e 1980, a Rádio Nostalgia, que agora passará a emitir também na região norte na frequência 91 MHz, utilizada há mais de 20 anos pela Rádio Clube Matosinhos. De acordo com a deliberação da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), o empresário Luís Montez adquiriu uma quota no valor de 23 mil euros, representativa de 93,6 por cento do capital social da sociedade denominada Radiodifusão -- Publicidade e Espectáculos, que é titular da licença da Rádio Clube de Matosinhos. O regulador deu também autorização para a “modificação do projecto licenciado no que se refere à alteração da classificação quanto ao conteúdo da programação do serviço de programas da RCM, de generalista para temático musical, e alteração da sua denominação para Rádio Nostalgia”. João Lourival disse que vendeu a sua participação maioritária na RCM por ter 70 anos de idade e se sentir “cansado”. Acrescentou que as rádios locais “vêm todas definhando e, com esta brutal crise, as entidades, por mais que queiram apoiar, não o podem fazer”.  

ÁREA ARDIDA ATÉ MEADOS DE AGOSTO É A TERCEIRA MAIS BAIXA DA ÚLTIMA DÉCADA

Escrito por Público em 2011-08-18 15:39:42

ÁREA ARDIDA ATÉ MEADOS DE AGOSTO É A TERCEIRA MAIS BAIXA DA ÚLTIMA DÉCADA

Os 24 mil hectares contabilizados no último relatório provisório da Autoridade Florestal Nacional (AFN) publicado esta semana mostram que até metade deste mês as chamas devastaram menos de um quarto dos perto de 104 mil hectares que arderam em média desde 2001. Isto apesar da diminuição de meios do dispositivo de combate aos incêndios, que conta este ano com menos 15 aeronaves entre Julho e Setembro, a pior época dos fogos. Agosto está a ser um mês menos problemático que Julho, que contabiliza a maior área ardida do ano: 10.908 hectares. Na primeira quinzena deste mês arderam 3249 hectares, um número ainda provisório que, mesmo assim, já o torna o segundo pior mês deste ano. A maior parte da área ardida ocorreu em zonas de mato (16.187 hectares), tendo perto de um terço do total (7812 hectares) destruído povoamentos florestais. O maior incêndio do ano aconteceu em meados de Julho, em Idanha-a-Nova, Castelo Branco, e devastou 1568 hectares, um valor muito inferior ao maior incêndio de sempre, em Niza, que em 2003 destruiu mais de 40 mil hectares.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 |

IDANHA-A-NOVA RECEBE SEXTA EDIÇÃO DO FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICAS ANTIGAS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-11-15 10:05:09

IDANHA-A-NOVA RECEBE SEXTA EDIÇÃO DO FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICAS ANTIGAS

O Fora do Lugar - Festival Internacional de Músicas Antigas realiza-se em Idanha-a-Nova, entre os dias 24 de novembro e 09 de dezembro, e apresenta nomes como Pino De Vittorio ou Danças Ocultas. A sexta edição do Fora do Lugar volta a Idanha-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, com música, histórias, passeios, desenho, viagens, conversa, troca e aprendizagem. A par da programação principal com Danças Ocultas (Portugal), Musick`s Recreation (Alemanha, Colômbia e Austrália), Scaramuccia (Portugal e Espanha), Erin/Iran (Irlanda, Irão, Catalunha e Hungria), Filipe Raposo e Charlie Chaplin (Portugal e Inglaterra) e Pino De Vittorio (Itália), o festival promove ainda um conjunto alargado de actividades paralelas nas áreas da natureza, desenho, programa educativo, `masterclasses`, `workshops`, gastronomia, entre outros.

Ler mais

NOVOS ORGÃOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO DE MUNICIPIOS DA COVA DA BEIRA.

Facebook

Escrito por RCM em 2017-11-14 12:48:00

NOVOS ORGÃOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO DE MUNICIPIOS DA COVA DA BEIRA.

    No passado dia 13 de Novembro, reuniu a Assembleia Intermunicipal da Associação de Municípios da Cova da Beira, onde foram eleitos os novos órgãos sociais para o mandato, com a seguinte constituição:   Mesa da Assembleia Intermunicipal   Presidente: António Luís Beites Soares – Presidente do Município de Penamacor Vice-Presidente: Anselmo Antunes de Sousa – Presidente do Município de Mêda Secretário: Esmeraldo Carvalhinho – Presidente do Município de Manteigas   Conselho Directivo   Presidente: Antonio Dias Rocha – Presidente do Município de Belmonte Vogal: Antonio José Machado – Presidente do Município de Almeida Vogal: Rui Manuel Saraiva Ventura – Presidente do Município de Pinhel Vogal: Paulo José Langrouva – Presidente do Município de Fig. Castelo Rodrigo Vogal: Paulo Alexandra Bernardo Fernandes – Presidente do Município de Fundão

Ler mais

i-DANHA FOOD

Facebook

Escrito por RCM em 2017-10-29 10:17:23

i-DANHA FOOD

O Município de Idanha-a-Nova, o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento e a Building Global Innovators (BGI), aceleradora do ISCTE-IUL e MIT Portugal, vão patrocinar o evento anual i-Danha Food Lab, que decorrerá de 10 a 12 de Novembro em Idanha-a-Nova, na Escola Superior de Gestão. Este evento marcará o fim do programa de aceleração i-Danha Food Lab 2017, o primeiro acelerador alimentar da Península Ibérica, localizado no coração do mundo rural português: Idanha-a-Nova. Deste modo, acontecerá ao mesmo tempo o International Bootcamp do EIT Climate-KIC que trará a Portugal 63 Clean Tech startups. Após a maior conferência de tecnologia (Web Summit), a decorrer em Portugal entre 6 a 9 de Novembro, a BGI irá reunir neste evento investidores, empresas, startups, empresários, empreendedores e parceiros políticos, e levá-los numa aventura única a decorrer em Idanha. O evento define-se pelo seu carácter pioneiro e diferenciado. Durante estes três dias, poderá assistir e participar em inúmeras sessões relacionadas com AgriTech, FoodTech e CleanTech. O dia 11 será um dia de sessões com especialistas, e já no dia 12 poderá visitar as tecnologias instaladas em Idanha-a-Nova pelas 6 startups do Acelerador i-Danha Food Lab. Todas as viagens entre Lisboa e Idanha-a-Nova são garantidas pela organização de forma gratuita. A iniciativa é promovida pelo Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento e co-financiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. A organização é da BGI e conta ainda com o apoio do Município de Idanha-a-Nova, Ministério do Ambiente, EIT Climate-KIC e Fundação Ellen MacArthur. O evento estará aberto ao público, deste modo, pode registar-se e encontrar a agenda completa em: https://www.eventbrite.com/e/i-danha-food-lab-annual-event-tickets-37487168129 .  

Ler mais

CONFERÊNCIA SOBRE AGRICULTURA BIOLÓGICA EM IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-10-25 11:02:09

CONFERÊNCIA SOBRE AGRICULTURA BIOLÓGICA EM IDANHA-A-NOVA

‘Nova Ruralidade – reviver o Interior de forma biológica’ é o tema da conferência que terá lugar nos dias 27 e 28 de outubro, no Centro Cultural Raiano, em Idanha-a-Nova. A iniciativa conta com a presença do secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas. Tendo por base a agricultura biológica como pilar da economia local, vão participar conferencistas vindos de todo o mundo e reconhecidos pelo seu trabalho na área do desenvolvimento rural e construção sustentável. Este evento é promovido pelo Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento de Idanha-a-Nova e tem como parceiros na organização a Living Seeds – Sementes Vivas, uma empresa de produção de sementes em modo biológico e biodinâmico, o Município de Idanha-a-Nova e o ThinkCamp, uma organização alemã sem fins lucrativos.

Ler mais

HORA DE INVERNO

Facebook

Escrito por RCM em 2017-10-23 10:23:05

HORA DE INVERNO

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line