Notícias

ASSIM VAI A LIBERDADE DE INFORMAR EM PORTUGAL

Escrito por RCM/Dário Economómico em 2012-05-19 12:18:00

ASSIM VAI A LIBERDADE DE INFORMAR EM PORTUGAL

Miguel Relvas terá pressionado a direcção do jornal "Público" para evitar a publicação de uma notícia, diz o Conselho de Redacção. Ministro rejeita acusação. Segundo o comunicado do Conselho de Redacção do jornal, o ministro-adjunto dos Assuntos Parlamentares terá ameaçando provocar um boicote de todos os ministros ao "Público" e divulgar, na Internet, dados da vida privada da jornalista Maria José Oliveira. Em causa estava uma notícia sobre eventuais contradições no testemunho do ministro na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, na passada terça-feira, num âmbito do caso das "secretas". Contactado pelo Diário Económico, o gabinete de Miguel Relva admite que o ministro terá feito os referidos telefonemas, mas desmente as ameaças. "É totalmente falso, não houve ameaças. Houve um telefonema para a directora e para a editora de política, mas a decisão de não publicar a notícia foi do jornal". Fonte oficial do ministro-adjunto dos Assuntos Parlamentares diz ainda tratar-se de "uma questão interna do Público".

NA TVI O RADIALISTA QUE AMA MONSANTO

Escrito por RCM em 2012-04-26 11:02:35

NA TVI O RADIALISTA QUE AMA MONSANTO

Reconhecendo o trabalho que a modesta equipa da RCM tem desenvolvido ao longo de mais de um quarto de século, ao serviço do concelho de Idanha-a-Nova e da região, promovendo no país e no mundo este território raiano, a TVI, no programa "A TARDE É SUA, DE FÁTIMA LOPES", transmitiu, recentemente, um grande destaque dedicado à Emissora da Aldeia Mais Portuguesa e ao "RADIALISTA QUE AMA MONSANTO". Pode ser visionado na secção de vídeos no site da RCM e também  ver o video clicando AQUI

25 DE ABRIL DE 1974 - 25 DE ABRIL DE 2012

Escrito por Palmira Marques em 2012-04-25 14:40:09

25 DE ABRIL DE 1974 - 25 DE ABRIL DE 2012

MAIS UM DIA EM DILI - TIMOR LESTE.................................................Lembrei-me pela manhã que hoje é 25 de Abril, feriado em Portugal, mas em Timor Leste, é um normal dia de trabalho. Passo a manhã no Instituto onde trabalhei, e depois de almoço, para atender ao pedido duma amiga, vou procurar arranjar material da campanha presidencial, para ela levar a um seu amigo coleccionador, em Portugal. Começo pela sede de campanha de Taur Matan Ruak, que penso (penso, digo eu!) seja perto de Santa Cruz, onde vivo. Passo pela igreja de Balide e subo depois para o mercado. Continuo pela encosta acima, mas a páginas tantas acho que não será por ali e pergunto a um casal que fala muito bem o português, onde estou eu. “Em Lahane”, respondem, “tem que descer e ir para Taibessi”. Agradeço e recomeço a marcha. Em Díli faço tudo a pé e já estou a ver que hoje vai ser um daqueles dias de andar quilómetros…

TAUR MATAN RUAK NOVO PRESIDENTE DE TIMOR-LESTE

Escrito por Palmira Marques, em Dili - Timor-Leste em 2012-04-20 12:50:56

TAUR MATAN RUAK NOVO PRESIDENTE DE TIMOR-LESTE

O ex-Chefe das Forças Armadas Timorenses, Taur Matan Ruak, foi eleito Presidente da República de Timor-Leste. Taur Matan Ruak (dois olhos vivos, nome de guerra de José Maria de Vasconcelos), conquistou 61,23% dos votos, ao passo que o seu adversário, o ex-Presidente do Parlamento Francisco Lu Olo Guterres (apoiado pela histórica Fretilin – Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente) se ficou pelos 38,77% dos votos. O novo Presidente de Timor-Leste acredita que conseguirá aplicar na política a "transição bem sucedida" que concretizou nas Forças Armadas. O General e antigo Chefe das Forças Armadas de Timor-Leste, com  56 anos de idade, quer ser um exemplo para os mais novos. "Acredito nos jovens que estão aqui", afirmou aquando do anúncio da sua candidatura às Presidenciais, que acabou por vencer agora, à segunda volta, contra Francisco Lu Olo Guterres e de ter destronado, na primeira volta, o Presidente em funções, José Ramos-Horta. Na mesma altura, o ex-Chefe das Forças Armadas disse que recebeu três pedidos dos cidadãos timorenses para o futuro: prosperidade, grandes mudanças e transição geracional. Também lhe pediram um "programa estratégico com grandes linhas de orientação" visando o desenvolvimento do país nos próximos 20 anos e uma liderança forte, que inspire os timorenses e contribua para "prestigiar o povo". A 7 de Julho os timorenses vão novamente às urnas eleger um novo Parlamento.

CRÓNICA DE UM REGRESSO A TIMOR-LESTE

Escrito por Palmira Marques, em Dili - Timor-Leste em 2012-04-19 17:58:16

CRÓNICA DE UM REGRESSO A TIMOR-LESTE

“(Co)missão em Timor”ou “Laços Inesquecíveis” “Na verdade não foram malfadadas As horas que em Timor foram contadas. Mesmo esta longa e morna solidão Estes dias felizes de verdade horas boas e más, nos ficarão gravadas para toda a eternidade.” (in pág,31, “Comissão em Timor” de Joaquim M. Fonseca )  ................................................................................... Como ficou prometido aos microfones da Rádio Clube de Monsanto, aqui estou a enviar umas palavrinhas em jeito de “cronicando” como diria o meu amigo Mia Couto. Encontro-me pois, a escrever estas primeiras notas, hoje dia 13 de abril, sexta feira, no aeroporto de Singapura, onde cheguei às 16h e vou passar a noite para partir de manhã em direção ao aeroporto Internacional Nicolau Lobato, em Díli.      Vou passar a noite em claro, lendo o livro de Joaquim M. Fonseca “Comissão em Timor” e tal como o título indica, o autor fez a tropa em Timor entre 1969/1971. Fala-nos ele da sua experiência na Ilha onde foi a “Voz de Portugal na Oceânia”, tal como agora é a ”Voz da Região Monsantina” com a diferença de que naquela época a sua voz só se ouvia em Timor e nos arredores e hoje, com a evolução da tecnologia, a Rádio Clube de Monsanto, escuta-se em todo o mundo através da internet. Ao longo das páginas, o autor relata-nos o seu dia a dia e explica situações que aconteceram. Digno de nota é que o autor para além de descrever o que foi acontecendo nesses 24 meses em Timor, traz ao de cima a veia poética de Joaquim M. Fonseca, deixando assim impresso no livro “Comissão em Timor”, poesia linda, sentida e espontânea.     

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 |

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-21 11:33:06

Ler mais

FESTIVAL DOS CAMINHOS DA TRANSUMÂNCIA ANIMA ALPEDRINHA

Facebook

Escrito por LUSA em 2017-09-14 15:54:05

FESTIVAL DOS CAMINHOS DA TRANSUMÂNCIA ANIMA ALPEDRINHA

A vila de Alpedrinha, no concelho do Fundão, recebe de sexta-feira a domingo mais uma edição do Chocalhos - Festival dos Caminhos da Transumância, que mantém a aposta na diferenciação e qualidade. "Queremos passar do tempo em que se falava essencialmente no elevado número de participantes para um tempo em que o destaque se prende com a qualidade, a fruição e o grau de satisfação que os visitantes podem tirar da variadíssima oferta que se lhes apresenta", referiu, em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal do Fundão, Paulo Fernandes. Organizado em parceria pela autarquia e pela Junta de Freguesia de Alpedrinha, este festival dedica grande atenção à temática da pastorícia e à rota que, outrora, os pastores tinham de fazer para procurarem novas pastagens para os rebanhos. Uma tradição que todos os anos é recriada neste festival, com a realização de uma caminha acompanhada por um rebanho e na qual se faz a ligação entre o Fundão e Alpedrinha, percorrendo um trilho da Serra da Gardunha, que este ano foi dizimada por um violento incêndio.

Ler mais

CAPELA EM IDANHA-A-NOVA COM FORMATO DE TENDA ISPIRADA NO LENÇO ESCUTISTA

Facebook

Escrito por MadreMedia / Lusa em 2017-09-12 13:45:25

CAPELA EM IDANHA-A-NOVA COM FORMATO DE TENDA ISPIRADA NO LENÇO ESCUTISTA

Os arquitectos e antigos escuteiros Pedro Ferreira e Helena Vieira são os autores do projecto da nova capela construída no Campo Nacional de Actividades Escutistas (CNAE), no Monte Trigo, em Idanha-a-Nova. "Para além do formato de tenda, as formas apontam também para o próprio lenço escutista e o modo como este assenta no pescoço", explica, em comunicado, Helena Vieira. A arquitecta realça ainda os sentimentos potenciados pelo lugar: "A protecção, o encontro, o silêncio perante a paisagem, tudo é espectacular perante este sistema de vistas tão interessante". O projecto pretende valorizar o ambiente intimista do local, aliado ao espírito escutista de comunhão com a natureza, sendo que a nova capela encontra-se no Campo Nacional de Actividades Escutistas (CNAE) em Idanha-a-Nova e teve a sua cerimónia de dedicação durante o 23.º acampamento nacional de escuteiros (ACANAC). Este novo templo, dedicado a Nossa Senhora de Fátima, assenta numa estrutura de madeira, símbolo também das construções dos escuteiros, protegida apenas por um revestimento em zinco escuro.

Ler mais

FESTIVAL DE TEATRO AJIDANHA ATÉ 17 DE SETEMBRO NO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-12 13:43:53

FESTIVAL DE TEATRO AJIDANHA ATÉ 17 DE SETEMBRO NO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Idanha-a-Nova recebe até 17 de setembro mais uma edição do Festival de Teatro Ajidanha. Aproximar a cultura do público continua a ser a aposta deste festival, com a realização de espectáculos em palcos espalhados por Idanha-a-Nova, nomeadamente na sede de concelho, em Medelim, na Aldeia de Santa Margarida, em São Miguel D’Acha e no Ladoeiro. Serão apresentadas nove peças de sete companhias oriundas da Madeira, Esposende, Esmoriz, Lagos, Pombal, da Galiza e de Lanzarote. Destaque ainda para o concerto musical de abertura e para a exibição do filme “O Canto do Galo”, do realizador Ramón de los Santos. A segunda semana do festival prossegue com "O Anexo" (Ajidanha) dia 11 em Idanha-a-Nova; "Até ao Canto do Galo" (filme de Ramón de los Santos) dia 12 em Idanha-a-Nova; "La Novia de D. Quixote" (EME2) dia 13 em Idanha-a-Nova; "Posta de Leitão" (stand-up comedy) dia 14 na Aldeia de Santa Margarida; "Gaviotas Subterraneas" (Comik Teatro) dia 15 em Idanha-a-Nova; "As Minhas Sogras" (Teatro Renascer de Esmoriz) dia 16 no Ladoeiro; e "O Lobo Vermelho" (Teatro Experimental de Lagos) dia 17 em São Miguel D'Acha. O Festival de Teatro da Ajidanha é uma organização conjunta da Ajidanha e da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, com o apoio das freguesias que recebem os espectáculos. O programa completo está disponível na internet em: www.ajidanha.com.

Ler mais

INSCRIÇÕES ABERTAS NA ACADEMIA DE ARTES CATARINA CHITAS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-07 14:04:39

INSCRIÇÕES ABERTAS NA ACADEMIA DE ARTES CATARINA CHITAS

Em Idanha-a-Nova, estão abertas as inscrições na Academia de Artes Catarina Chitas. O projecto é gratuito e desenvolvido pela Filarmónica Idanhense em parceria com a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova.  Em termos de Teoria Musical, poderá inscrever-se em aulas de Formação Musical (todas as idades), Informática Aplicada à Música (todas as idades), Música Tradicional (todas as idades), Iniciação Rítmica (dos 2 aos 5 anos) e Musicalização Infantil (dos 0 aos 5 anos).  Há ainda disciplinas dedicadas a instrumentos: Sopros (flauta, clarinete, saxofone, trompete, trompa, trombone e tuba), Percussão (bateria e glockenspiel), Cordas (guitarra clássica e cavaquinho) e Instrumentos Tradicionais (viola beiroa, palheta e adufe).   As aulas começam no dia 25 de setembro.  Pode obter mais informações através do e-mail geral@filarmonicaidn.com ou do telefone 926 938 535.

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line