Notícias

PARTIDO SOCIALISTA CONTRA ORÇAMENTO DO ESTADO

Escrito por RCM/Negócios em 2012-09-14 11:03:07

PARTIDO SOCIALISTA CONTRA ORÇAMENTO DO ESTADO

O deputado socialista Sérgio Sousa Pinto afirmou hoje que a decisão do PS votar contra a proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2013, representa uma "mudança de trajectória" do seu partido face à maioria PSD/CDS. Sérgio Sousa Pinto falava no final da reunião da Comissão Política Nacional do PS, que aprovou por unanimidade o voto contra dos socialistas no Orçamento do próximo ano, assim como a ameaça de moção de censura ao Governo.  "Fiquei muito satisfeito, porque a decisão do voto contra o Orçamento do Estado para 2013 marca uma alteração na trajectória do PS, demarcando-se agora claramente, de forma inequívoca, de uma linha de governação ruinosa para o país", declarou o antigo líder da JS, conotado com o sector crítico face à direcção de António José Seguro.

MANUELA FERREIRA LEITE ATACA GOVERNO

Escrito por CM/ Ana Luísa Nascimento em 2012-09-13 10:31:51

MANUELA FERREIRA LEITE ATACA GOVERNO

Manuela Ferreira Leite, ex-líder do PSD e ex-ministra das Finanças, próxima de Cavaco Silva, lançou ontem um forte ataque ao Governo de Passos Coelho, devido às novas medidas de austeridade, que classificou como "brutalidade". "Esta receita não está a resultar e o País está a ficar destroçado", disse Ferreira Leite, que acusou o Executivo de falta de "bom senso". "Nunca vi um ministro gerir a tesouraria das empresas privadas. Senti-me na União Soviética", afirmou na TVI, a propósito da declaração de Vítor Gaspar sobre o destino das receitas da redução da Taxa Social Única. A ex-ministra sublinhou que ninguém defende esta medida. "Não podemos transformar o País num exercício de experimentação", disse, alertando para o empobrecimento da classe média. As declarações de Ferreira Leite surgem após críticas de Alexandre Relvas e Bagão Félix.      

SIZA VIEIRA DIZ QUE EM PORTUGAL SE CONSTRÓI MAL

Escrito por DN em 2012-09-12 09:59:30

SIZA VIEIRA DIZ QUE EM PORTUGAL SE CONSTRÓI MAL

O arquitecto português Álvaro Siza Vieira afirmou que, "ultimamente", a sensação em Portugal é de se viver "de novo em ditadura", numa mensagem gravada para a 8.ª Bienal Ibero-Americana de Arquitectura e Urbanismo que decorre em Cádiz. Na declaração hoje divulgada, Siza Vieira, que se recusa a ser considerado um patriarca dos arquitectos, explica que está num constante processo de aprendizagem e que, "ultimamente" a aprendizagem "mais dura e mais forte" é assumir que, em Portugal, "se vive de novo em ditadura". "Aqui (em Portugal) temos uma ditadura" que, "aparentemente", prevê "uma negociação", mas "onde não se vê essa negociação", disse o arquitecto português, considerando que Espanha "pode estar próximo de uma situação semelhante". Sobre o sector da arquitectura, Siza Vieira disse que, em Portugal, "em geral, se constrói mal e, apesar das regulações, parece não haver interesse em construir bem".

ABERTURA DO MUSEU RURAL DO SÉCULO XXI NO PORTO

Escrito por RCM em 2012-09-06 21:29:20

ABERTURA DO MUSEU RURAL DO SÉCULO XXI NO PORTO

A abertura do “21st Century Rural Museum” terá lugar no dia 3 de Novembro às 15.00h no Palácio das Artes - Fábrica de Talentos, no Porto. Uma reflexão sobre o interior de Portugal que conta, entre muitas outras, com as extraordinárias imagens do Grupo de Adufeiras de Monsanto.   “A maioria dos habitantes de Idanha-a-Nova tem uma idade mínima de 65 anos, e são eles que preservam algumas das tradições mais antigas de Portugal. Acreditando ser crucial gravar e documentar as manifestações culturais deste povo de forma a evitar um genocídio cultural, Cristina Rodrigues propôs-se criar o “Museu Rural do Século XXI”, uma exposição itinerante que leva a cultura rural a grandes centros urbanos em países que atravessam processos semelhantes de despovoamento e desertificação.  Este museu leva a voz destas gerações aos centros urbanos, frenéticos e intensamente populados.” Pode ver mais pormenores em: http://www.youtube.com/watch?v=rasQH8Fmb0M&feature=youtu.be

IMAGEM DA PORTUGAL TELECOM EM MONSANTO

Escrito por RCM em 2012-09-05 21:08:22

IMAGEM  DA PORTUGAL TELECOM EM MONSANTO

Os serviços da PT em Castelo Branco já há vários meses que têm vindo a ser alertados e têm, portanto, conhecimento do estado de degradação deste “armário” em Monsanto-Vila, no concelho de Idanha-a-Nova. Quando há chuvas ou trovoadas os utentes ficam sem telefone e sem internet durante alguns dias. A PT  promete a deslocalização e a sua substituição por um “armário” estanque e mais moderno, de modo a evitar a inflitração de água, com os inconvenientes da humidade e as consequentes e regulares avarias nas comunicações. Mas nada é feito ! Agora o “armário” até está totalmente aberto e à mercê de um qualquer indivíduo sem escrúpulos e que numa atitude de sabotagem ou de malvadez queira deixar toda uma população sem este bem público do serviço de comunicações…

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 |

CINCO MUNICÍPIOS DA REGIÃO CENTRO LANÇAM PROJECTO CULTURAL EM REDE

Facebook

Escrito por Lusa em 2018-01-08 15:22:40

CINCO MUNICÍPIOS DA REGIÃO CENTRO LANÇAM PROJECTO CULTURAL EM REDE

Os municípios de Idanha-a-Nova, Águeda, Lousã, Óbidos e São Pedro do Sul apresentaram o projecto "5 municípios, 5 culturas, 5 sentidos", cujo objectivo é afirmar novas centralidades culturais fora dos grandes centros urbanos. O projecto liderado pela Câmara de Idanha-a-Nova, envolve mais quatro municípios da Região Centro e tem uma duração de três anos, sendo que os objectivos passam pela promoção de iniciativas culturais inovadoras, estimulação da criação artística e a reinterpretação cultural, através da imagem externa dos municípios envolvidos enquanto territórios que acolhem as artes e a criatividade.  

Ler mais

MONSANTO RECEBE UM MILHÃO DE EUROS DE INVESTIMENTO PARA VALORIZAÇÃO TURÍSTICA

Facebook

Escrito por Lusa em 2018-01-08 15:19:31

MONSANTO RECEBE UM MILHÃO DE EUROS DE INVESTIMENTO PARA VALORIZAÇÃO TURÍSTICA

A aldeia histórica de Monsanto, em Idanha-a-Nova, vai receber um milhão de euros de investimento para a sua valorização e qualificação enquanto destino turístico no âmbito do programa Valorizar. O contrato assinado no posto de turismo de Monsanto, entre o município de Idanha-a-Nova e o Turismo de Portugal, tem como objectivos principais valorizar o acesso à aldeia histórica, a instalação de um sistema inteligente de gestão de tráfego e de estacionamento, aquisição e instalação de uma ferramenta digital com informação sobre Monsanto e sobre a rede de aldeias históricas de Portugal. "Este projecto com o Turismo de Portugal visa valorizar Monsanto. Estamos a ter problemas de crescimento. Temos queixas por falta de estacionamento que têm causado muito desconforto a quem nos visita", explicou o presidente do município de Idanha-a-Nova durante a apresentação do projecto. Armindo Jacinto explicou que este investimento, no âmbito do programa Valorizar, é feito em cooperação com outros que a Rede de Aldeias Históricas de Portugal está a promover.  

Ler mais

MORREU O PINTOR, MESTRE JOSÉ MANUEL SOARES

Facebook

Escrito por RCM em 2017-12-31 16:42:46

MORREU O PINTOR, MESTRE JOSÉ MANUEL SOARES

PARTIU O PINTOR DA PORTUGALIDADE O Grande Mestre José Manuel Soares, com 85 anos de idade, terminou, nesta madrugada, do último dia do ano de 2017, em sua casa, na Rua de Timor, na Costa de Caparica, um Calvário de grande sofrimento, por doença desde 2002. Merecia (em vida) ter sido melhor HONRADO, JUSTIÇADO E LEMBRADO, premiando a sua vastíssima obra, com representação em museus nacionais e estrangeiros, bem como em galerias e colecções particulares.  O Pintor JOSÉ MANUEL SOARES encarnou o verdadeiro espírito épico de Portugal.  Exemplarmente pincelado por um dos maiores artistas contemporâneos. NESTA HORA, DE LUTO E DOR,VEM-ME AO PENSAMENTO O ESCRITO DE MIGUEL ESTEVES CARDOSO, IN “ÚLTIMO VOLUME”: “Como é que se esquece alguém que se ama? Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa - como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está? As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar. Sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar. Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre…. Ninguém aguenta estar triste. Ninguém aguenta estar sozinho. Tomam-se conselhos e comprimidos. Procuram-se escapes e alternativas. Mas a tristeza só há-de passar entristecendo-se. Não se pode esquecer alguém antes de terminar de lembrá-lo. Quem procura evitar o luto, prolonga-o no tempo e desonra-o na alma. A saudade é uma dor que pode passar depois de devidamente doída, devidamente honrada. É uma dor que é preciso aceitar, primeiro, aceitar. É preciso aceitar esta mágoa esta moinha, que nos despedaça o coração e que nos mói mesmo e que nos dá cabo do juízo. É preciso aceitar o amor e a morte, a separação e a tristeza, a falta de lógica, a falta de justiça, a falta de solução. Quantos problemas do mundo seriam menos pesados se tivessem apenas o peso que têm em si, isto é, se os livrássemos da carga que lhes damos, aceitando que não têm solução… Dizem-nos, para esquecer, para ocupar a cabeça, para trabalhar mais, para distrair a vista, para nos divertirmos mais, mas quanto mais conseguimos fugir, mais temos mais tarde de enfrentar. Fica tudo à nossa espera. Acumula-se-nos tudo na alma, fica tudo desarrumado. O esquecimento não tem arte. Os momentos de esquecimento, conseguidos com grande custo, com comprimidos e amigos e livros e copos, pagam-se depois em condoídas lembranças a dobrar. Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar. " Um sentido abraço solidário à esposa, Dona Ângela Vimonte, e aos muitos admiradores e amigos do Mestre Soares. Para a posteridade, ficam as milhares de obras de arte, nomeadamente no Museu com o seu nome, na cidade de Pinhel Falcão, desde 2014. Que a sua Alma repouse em Paz.

Ler mais

AUTARQUIA E BOOM FESTIVAL ACORDAM COOPERAÇÃO PARA OS PRÓXIMOS 10 ANOS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-12-21 10:10:31

AUTARQUIA E BOOM FESTIVAL ACORDAM COOPERAÇÃO PARA OS PRÓXIMOS 10 ANOS

A Câmara de Idanha-a-Nova e a organização do Boom Festival assinaram um protocolo de cooperação para os próximos 10 anos com o objectivo de tornar o concelho na “Capital do Bem-Estar em 2028”. Num comunicado conjunto, o município de Idanha-a-Nova reconhece a importância dos eventos organizados pela Associação IdanhaCulta, responsável pela gestão da Herdade da Granja e do Boom Festival, para a economia local. A autarquia compromete-se a colaborar com a organização e a criar condições favoráveis a vários projectos de sustentabilidade ambiental com base na herdade de 150 hectares. Para o efeito, a associação IdanhaCulta quer criar um Parque de Artes e Natureza que seja um ícone mundial e contribuir deste modo para tornar Idanha-a-Nova na “Capital do Bem-Estar em 2028”.  

Ler mais

CENTRO REPETIDOR DAS TERMAS DE MONFORTINHO TEVE EMISSÃO INTERROMPIDA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-12-13 14:25:10

CENTRO REPETIDOR DAS TERMAS DE MONFORTINHO TEVE EMISSÃO INTERROMPIDA

Na noite do passado dia 10, o Centro Emissor da Rádio Clube de Monsanto, nas Termas de Monfortinho ficou sem emissão por causa das adversas condições climatéricas e devido a algumas interrupções de energia eléctrica, que afectaram os nossos equipamentos e as antenas naquela localidade de fronteira.   Também por dificuldades de acesso à serra contígua, só hoje, cerca das 11 horas foi possível normalizar a emissão, e a desejada retoma da cobertura da zona raiana, que inclui a estremadura espanhola, que a RCM assegura regularmente desde o ano de 1999.   Apresentamos desculpas aos senhores ouvintes pelos transtornos.  

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2018 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line