Notícias

MORREU JOSÉ DA SILVA GOMES AMANTE DA ARQUEOLOGIA

Escrito por RCM em 2012-10-31 11:46:09

MORREU JOSÉ DA SILVA GOMES AMANTE DA ARQUEOLOGIA

Faleceu ontem, dia 30 de Outubro, José da Silva Gomes, um dos maiores impulsionadores da arqueologia na região do Médio Tejo. Nascido na freguesia do Paço (Torres Novas), em 25 de Janeiro de 1942, José da Silva Gomes esteve ligado à Arqueologia desde a adolescência, tendo sido o fundador do núcleo de Arqueologia do Grupo Recreativo Soudoense. O Sr. Gomes não era doutor; tinha sido ranger e ferroviário. Fez carreira na arqueologia por paixão e dedicação. Calmo, metódico, com o sorriso debaixo de uma barba branca cerrada, falava pausadamente. Conseguia assim que as suas palavras ficassem pregadas na memória a quem se dirigia e ganhar o seu respeito.   Este era o Professor Gomes...apesar de não ser Doutor, Professor de muitos doutores e acima de tudo uma boa pessoa. O seu jeitão militar pôs na linha uma geração de putos e alguns deles são hoje profissionais em arqueologia por que a velha paixão do Gomes os contagiou.   O Sr. Gomes, como respeitosamente lhe chamavam, era um daqueles verdadeiros heróis da arqueologia portuguesa. Sem estudos superiores era o exemplo vivo de como a experiência e a inteligência podem valer muitos "canudos". Conhecia o seu território como ninguém e ensinou a gerações de jovens os princípios da prospecção e da arqueologia. Morreu no seu gabinete no CIAR, em Vila Nova da Barquinha, o que nos deixa uma certa consolação nestes tempo de doentes abandonados em corredores de hospitais ou sem cuidados médicos, afirmou Mila Simões de Abreu, da Unidade de Arqueologia da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

IDANHA-A-NOVA: DEPUTADOS DO PS QUESTIONAM ASSUNÇÃO CRISTAS SOBRE MEDIDAS PARA CONTER TOUROS SELVAGENS

Escrito por Lusa / RCM em 2012-10-30 13:10:56

IDANHA-A-NOVA: DEPUTADOS DO PS QUESTIONAM ASSUNÇÃO CRISTAS SOBRE MEDIDAS PARA CONTER TOUROS SELVAGENS

Um grupo de deputados socialistas questionou esta semana a ministra da Agricultura sobre que medidas vão ser tomadas para conter touros selvagens que estão a ameaçar a população e já terão matado um pastor em Segura, Idanha-a-Nova. Numa pergunta escrita enviada à ministra da Agricultura, Assunção Cristas, cuja primeira subscritora é a deputada socialista Hortense Martins, questionam a governante sobre "quando poderá a situação ficar definitivamente resolvida". Um pastor foi encontrado morto, em setembro, com sinais de ter sido atacado por gado bravo e já no início deste mês um caçador foi ferido com gravidade por um outro animal. A Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) estima que haja 250 cabeças de gado a vaguear sem controlo pela zona, numa situação de abandono de gado que se prolonga há vários anos e que já originou várias contraordenações ao alegado proprietário.

A VERGONHA DAS EQUIVALÊNCIAS

Escrito por Jornal de Notícias em 2012-10-27 11:44:17

A VERGONHA DAS EQUIVALÊNCIAS

Miguel Relvas teve equivalência a cadeiras que não existiam em 2006/2007, segundo revela, este sábado, o jornal Expresso. O semanário escreve que a Inspeção-geral da Educação e Ciência analisou os processos de 120 alunos que desde 2006 obtiveram a licenciatura na Universidade Lusófona com créditos atribuídos por reconhecimento da experiência profissional, onde se inclui o atual ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares. Na auditoria, Miguel Relvas é apontado como não só o aluno a quem foram atribuídas mais equivalências (32 num total de 36) como o estudante a quem foram dadas equivalências a disciplinas que nem sequer existiam no ano em que estava matriculado. Recorde-se que o ministro da Educação já admitiu que a Universidade Lusófona venha a anular graus de licenciatura ou outros que tenha atribuído, se ficar comprovado que houve ilegalidades no processo de atribuição de creditações a alunos. O Ministério da Educação e Ciência aplicou uma sanção de advertência formal à Universidade Lusófona pelo não cumprimento das recomendações feitas em 2009 pela Inspeção Geral a respeito dos procedimentos de creditação profissional. O processo de creditações atribuídas pela Universidade Lusófona esteve envolvido em polémica no verão, quando se conheceu o caso da licenciatura do ministro Miguel Relvas, a quem foram atribuídos 160 créditos no ano letivo 2006/2007.  

MINISTRO PODE AUTORIZAR GRAVAR MANIFESTAÇÕES

Escrito por RCM/ Lusa em 2012-10-26 09:15:56

MINISTRO PODE AUTORIZAR GRAVAR MANIFESTAÇÕES

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, admitiu ontem que poderá autorizar as forças de segurança a utilizarem câmaras de filmar portáteis em futuras manifestação, sempre que haja informação policial que o justifique. "O recurso a este mecanismo não é um recurso que deve ser afastado de qualquer forma e com preconceito", disse Miguel Macedo na Comissão Parlamentar dos Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias. O ministro adiantou que o recurso a câmaras de filmar está previsto na lei e "poderá favorecer o comportamento das forças de segurança" em determinadas situações. Na Comissão Parlamentar, Miguel Macedo foi questionado pelos deputados do BE e PCP sobre a utilização de câmaras de vídeo portáteis, pela PSP, nas manifestações de 21 e de 29 de setembro, após o parecer negativo da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD). O ministro explicou que autorizou as filmagens para essas manifestações, perante o pedido do diretor nacional da PSP, tendo remetido esse pedido para a CNPD, que recusou dar parecer positivo. Perante o parecer da CNPD, que não é vinculativo, Miguel Macedo mandou destruiu as imagens recolhidas nessas duas manifestações. No entanto, alertou para as consequências da destruição dessas imagens, sublinhando que "recusar por sistema o recurso que está previsto na lei pode significar, em determinados casos, a não responsabilização criminal de cidadãos que colocaram em perigo a integridade física de outras manifestantes". O ministro disse ainda que a realização de uma manifestação "não é razão automática" para que se proceda a filmagens, mas deve-se recorrer a esse mecanismo sempre que houver informação policial que o justifique.  

DURANTE TRÊS DIAS 22 ESCRITORES E ILUSTRADORES VÃO ÀS ESCOLAS DE CASTELO BRANCO

Escrito por RCM / Público em 2012-10-24 13:04:30

DURANTE TRÊS DIAS 22 ESCRITORES E ILUSTRADORES VÃO ÀS ESCOLAS DE CASTELO BRANCO

Desde esta quarta-feira e durante três dias, 22 autores portugueses vão espalhar-se por várias escolas de Castelo Branco para conversar com alunos de todos os níveis de escolaridade, do 1.º ciclo ao ensino superior. À noite, encontram-se no Cine-Teatro Avenida e no instituto politécnico da cidade, falam uns com os outros e com a plateia. Escutam guitarra clássica, guitarra portuguesa e viola beiroa. “A educação que não se preocupe com a literatura não é educação. A cultura que não se preocupe com a educação no seu todo não é cultura”, diz José Pires, professor, escritor e comissário do 1.º Festival Literário de Castelo Branco, que começa nesta quarta-feira.  Na cidade, vão estar os escritores Mário Zambujal, Teolinda Gersão, Ana Maria Magalhães, Adélia Carvalho, José Jorge Letria, Patrícia Reis, Isabel Stilwell, Afonso Cruz, entre outros; os ilustradores Alex Gozblau, Danuta Wojciechowska, André Letria e Yara Kono e o cenógrafo José Manuel Castanheira também marcam presença. A organização do festival foi partilhada entre a Câmara Municipal de Castelo Branco e a Booktailors, que escolheu os escritores e ilustradores participantes. O programa completo pode ser consultado no sitio da internet da autarquia.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 |

IDANHA-A-NOVA: ALDEIA DE SANTA MARGARIDA RECEBE FESTIVAL DAS FLORES

Facebook

Escrito por RCM em 2017-05-20 12:09:27

IDANHA-A-NOVA: ALDEIA DE SANTA MARGARIDA RECEBE FESTIVAL DAS FLORES

A sexta edição do Festival das Flores vai ter lugar em Aldeia de Santa Margarida entre os dias 26 e 28. A abertura do evento acontece no dia 26, às 17:00, onde os arranjos florais feitos pelas mãos dos populares enfeitam as ruas e casas desta aldeia beirã, que se apresenta “vestida” com milhares de flores naturais e artificiais. No dia 26, a partir das 21:30, decorre a noite de fados com as vozes de Maura Aires e Luís Capão. O festival continua ao longo do fim de semana, com muita música e com actividades para toda a família.

Ler mais

PGR ENTREGA BRASÃO DE MONSANTO FURTADO EM 2008 E RECUPERADO EM MUSEU ESPANHOL

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-05-19 13:16:03

PGR ENTREGA BRASÃO DE MONSANTO FURTADO EM 2008 E RECUPERADO EM MUSEU ESPANHOL

A Procuradora-geral da República (PGR) procedeu hoje à entrega do brasão de armas de Monsanto. Furtada de uma das entradas desta aldeia histórica a pedra foi localizada em 2014, num museu de Badajoz, em Espanha. Joana Marques Vidal explicou que o furto por desconhecidos do brasão de armas de Monsanto foi participado em 2008 pelo presidente da junta de freguesia. O brasão de armas foi objecto de restauro por parte da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. Esta sexta feira foi devolvido à comunidade de Monsanto por Joana Marques Vidal. Vai ficar no Posto de Turismo desta aldeia histórica do concelho de Idanha-a-Nova.

Ler mais

REDE DE UNIVERSIDADES SÉNIORES COMEMORA DIA NACIONAL EM IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-05-15 10:36:58

REDE DE UNIVERSIDADES SÉNIORES COMEMORA DIA NACIONAL EM IDANHA-A-NOVA

A Universidade Sénior de Idanha-a-Nova, um projecto da Filarmónica Idanhense, do Município de Idanha-a-Nova e do CMCD, foi escolhida para receber este ano as comemorações nacionais do Dia das Universidades Seniores em Portugal. As comemorações vão realizar-se a 21 de maio (domingo), em Idanha-a-Nova, e contarão com a presença da RUTIS, entidade responsável pelas universidades seniores em Portugal, e de 8 universidades seniores de todo o país. A manhã será dedicada ao território de Idanha-a-Nova e à tarde o Centro Cultural Raiano receberá uma tarde cultural onde subirão ao palco as 8 universidades participantes. A entrada nos espectáculos é gratuita. Para ver a partir das 14h00 no CCR.

Ler mais

MAIS DE UMA CENTENA DE SOPAS A CONCURSO EM PROENÇA-A-VELHA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-05-10 10:07:50

MAIS DE UMA CENTENA DE SOPAS A CONCURSO EM PROENÇA-A-VELHA

A aldeia de Proença-a-Velha, no concelho de Idanha-a-Nova, volta a receber o Festival das Sopas Tradicionais. A XV edição do evento é já este próximo fim de semana e promete ultrapassar, mais uma vez, a centena de sopas a concurso. A prova das sopas está marcada para domingo, a partir das 13:00 horas. Concorrem restaurantes e talentos de toda a região e caberá aos visitantes votar nas sopas mais saborosas. Antes, no sábado, o XV Festival das Sopas Tradicionais é antecedido pelo Encontro de Acordeonistas e Tocadores de Concertina. As actuações incluem ainda um espectáculo de cantares ao desafio e desgarradas minhotas, com os melhores artistas de Portugal, e fecham com uma noite de arraial.

Ler mais

PLATAFORMA VAI DENUNCIAR ENVENTUAIS ATENTADOS AMBIENTAIS EM ALBUFEIRA DE CASTELO BRANCO

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-05-03 13:40:03

PLATAFORMA VAI DENUNCIAR ENVENTUAIS ATENTADOS AMBIENTAIS EM ALBUFEIRA DE CASTELO BRANCO

Quatro associações e movimentos cívicos de Castelo Branco criaram a Plataforma de Defesa da Albufeira de Santa Águeda com o objectivo de denunciarem eventuais atentados ambientais, foi hoje anunciado. Em comunicado enviado à agência Lusa, a Plataforma de Defesa da Albufeira de Santa Águeda explica que tem como objectivo defender aquele equipamento público da "voragem de interesses particulares insensíveis à conservação dos valores ambientais e ecológicos". A associação ambientalista Quercus denunciou, no ano passado e por diversas vezes, a existência de fenómenos de poluição e de erosão na albufeira de Santa Águeda, em consequência de movimentações de terra e destruição de carvalhais. A plataforma diz que vai apresentar uma queixa por crime ambiental no Ministério Público, situação cujos fundamentos irá dar a conhecer publicamente no dia 10 de maio.

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line