Notícias

AUTARCA CONSIDERA ESTRANHO NOVAS CHAMAS NA ALDEIA DE MONSANTO

Escrito por TSF em 2013-08-13 13:05:32

AUTARCA CONSIDERA ESTRANHO NOVAS CHAMAS NA ALDEIA DE MONSANTO

O presidente da câmara de Idanha-a-Nova considerou estranho o aparecimento de chamas novamente às portas da aldeia histórica de Monsanto, depois de um dia de rescaldo. Armindo Jacinto explicou que a «prioridade é apagar o mais rapidamente possível o incêndio de modo a preservar o mais possível todos este património natural e também as casas dos habitantes de Monsanto». Questionado sobre a possibilidade de fogo posto, este autarca não confirmou este facto, mas lembrou que é estranho o fogo ter aparecido num dia de um lado e no dia seguinte do outro. «É de facto muito suspeito e demos nota disso às autoridades policiais», acrescentou Armindo Jacinto, que confirmou que as chamas chegaram ao castelo.

ESTADO DO BOMBEIRO FERIDO EM MONSANTO EVOLUI FAVORAVELMENTE

Escrito por em 2013-08-12 12:34:17

ESTADO DO BOMBEIRO FERIDO EM MONSANTO EVOLUI FAVORAVELMENTE

O Subchefe Luís Batalha, da Equipa de Intervenção Permanente, Bombeiros de Castelo Branco, foi internado no Hospital Amato Lusitano, em consequência das queimaduras de 1º grau que sofreu quando combatia um incêndio ontem, domingo, em Monsanto. Segundo o comandante dos Bombeiros de Castelo Branco o estado do Bombeiro é estável, e poderá ter alta em breve, “as queimaduras foram na zona do peito, e aconteceram devido ao calor a que esteve exposto”. O incêndio que deflagrou às 13:32, ficou controlado ao final da tarde. Estiveram envolvidos no combate, 139 homens de 11 cooperações, com o apoio de 6 meios aéreos.

GUARDA NACIONAL REPUBLICANA PERDE EFECTIVOS

Escrito por RCM em 2013-08-09 10:28:00

GUARDA NACIONAL REPUBLICANA PERDE EFECTIVOS

A GNR perdeu, ao longo dos últimos quatro anos, 2454 guardas, cerca de 10 por cento do efectivo total. Os dados constam do relatório de actividades daquela força de segurança, no qual se pode ler que "estas perdas têm ênfase no número de efectivos que passaram à reserva e no facto de não ter sido atenuado, tanto quanto necessário, por novas entradas". Em 2008, a GNR contava com 24 736 militares, um número que foi reduzido gradualmente, até aos 22 282 do ano passado. A maior queda registou-se em 2010, ano em que a GNR perdeu 1286 militares. Analisado o documento por categoria profissional, a maior perda registou-se nos guardas que, em quatro anos, viram o efectivo reduzir-se em 2462. Para este ano está previsto o ingresso de 280 militares nesta categoria. À GNR cabe, naturalmente, a missão de prevenir os actos de subversão das leis que garantem a convivência civilizada e moralmente distinta entre pessoas que se respeitam, com a recomendação de que não descurem o saudável e aplaudido bom hábito do antigo patrulhamento a pé pelos lugarejos rurais do nosso concelho. Estas forças de segurança são tradicionalmente pacatas, bem comportadas e exemplares. Se a grande maioria da população é gente bem formada e incapaz de cometer actos reprováveis contra a honra e património dos seus semelhantes, convirá que as excepções ultraminoritárias dos eventuais atrevidos, abusadores da tolerância alheia ou simples malcomportados por inconsciência dos seus deves em sociedade percebam e sintam que não têm na autoridade policial uma atitude passiva de desatenção, de excesso de confiança ou de condescendência na vigilância e repressão legítimas. Por legítima entenda-se a actuação dos “nossos” guardas que não seja persecutória ou despropositada, mas pedagógica e ajustada, simultaneamente firme, responsável e sensata, e sempre no escrupuloso cumprimento das leis que protejam e estimulam o exercício livre e legítimo da cidadania.

ESCUTEIROS ACAMPAM NA BARRAGEM DE IDANHA-A-NOVA

Escrito por RCM em 2013-08-08 12:32:09

ESCUTEIROS ACAMPAM NA BARRAGEM DE IDANHA-A-NOVA

São 550 escuteiros marítimos, entre os 7 e os 23 anos, que vão navegar na barragem até sábado. Participam em várias actividades náuticas, coordenadas por uma equipa de 50 escuteiros adultos numa actividade que envolve 74 embarcações à vela e 30 canoas, apoiadas por oito barcos a motor. O acampamento está montado junto à Barragem Marechal Carmona, num espaço próximo do Campo Nacional de Actividades Escutistas (CNAE) de Idanha-a-Nova, que, em 2012, acolheu o acampamento nacional de escuteiros (ACANAC). Além dos jogos náuticos, o programa de actividades inclui passeios pedonais, acampamentos em terrenos vizinhos e visitas às povoações de Idanha-a-Nova e Idanha-a-Velha.

TRADIÇÂO GASTRONÓMICA DE IDANHA-A-NOVA EM LIVRO

Escrito por RCM em 2013-08-06 16:08:26

TRADIÇÂO GASTRONÓMICA DE IDANHA-A-NOVA EM LIVRO

O melhor da tradição gastronómica do concelho de Idanha-a-Nova acaba de ser editado num livro que reúne mais de 50 receitas típicas da região. Perdiz de Escabeche, filhós recheadas, cabrito assado no forno ou miga de peixe são algumas das iguarias reunidas nesta obra, intitulada “Sabores de Idanha-a-Nova – Gastronomia Raiana em Quatro Estações”. O conceito do livro, uma edição da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e Centro Cultural Raiano, foi desenvolvido por Benedita Trindade, jornalista natural de São Miguel de Acha, freguesia do concelho de Idanha-a-Nova. O livro pretende perpetuar o receituário que melhor representa a tradição gastronómica do concelho de Idanha-a-Nova, de forma a garantir que estes sabores nunca faltem à mesa das futuras gerações.

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 |

FESTIVAL DOS CAMINHOS DA TRANSUMÂNCIA ANIMA ALPEDRINHA

Facebook

Escrito por LUSA em 2017-09-14 15:54:05

FESTIVAL DOS CAMINHOS DA TRANSUMÂNCIA ANIMA ALPEDRINHA

A vila de Alpedrinha, no concelho do Fundão, recebe de sexta-feira a domingo mais uma edição do Chocalhos - Festival dos Caminhos da Transumância, que mantém a aposta na diferenciação e qualidade. "Queremos passar do tempo em que se falava essencialmente no elevado número de participantes para um tempo em que o destaque se prende com a qualidade, a fruição e o grau de satisfação que os visitantes podem tirar da variadíssima oferta que se lhes apresenta", referiu, em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal do Fundão, Paulo Fernandes. Organizado em parceria pela autarquia e pela Junta de Freguesia de Alpedrinha, este festival dedica grande atenção à temática da pastorícia e à rota que, outrora, os pastores tinham de fazer para procurarem novas pastagens para os rebanhos. Uma tradição que todos os anos é recriada neste festival, com a realização de uma caminha acompanhada por um rebanho e na qual se faz a ligação entre o Fundão e Alpedrinha, percorrendo um trilho da Serra da Gardunha, que este ano foi dizimada por um violento incêndio.

Ler mais

CAPELA EM IDANHA-A-NOVA COM FORMATO DE TENDA ISPIRADA NO LENÇO ESCUTISTA

Facebook

Escrito por MadreMedia / Lusa em 2017-09-12 13:45:25

CAPELA EM IDANHA-A-NOVA COM FORMATO DE TENDA ISPIRADA NO LENÇO ESCUTISTA

Os arquitectos e antigos escuteiros Pedro Ferreira e Helena Vieira são os autores do projecto da nova capela construída no Campo Nacional de Actividades Escutistas (CNAE), no Monte Trigo, em Idanha-a-Nova. "Para além do formato de tenda, as formas apontam também para o próprio lenço escutista e o modo como este assenta no pescoço", explica, em comunicado, Helena Vieira. A arquitecta realça ainda os sentimentos potenciados pelo lugar: "A protecção, o encontro, o silêncio perante a paisagem, tudo é espectacular perante este sistema de vistas tão interessante". O projecto pretende valorizar o ambiente intimista do local, aliado ao espírito escutista de comunhão com a natureza, sendo que a nova capela encontra-se no Campo Nacional de Actividades Escutistas (CNAE) em Idanha-a-Nova e teve a sua cerimónia de dedicação durante o 23.º acampamento nacional de escuteiros (ACANAC). Este novo templo, dedicado a Nossa Senhora de Fátima, assenta numa estrutura de madeira, símbolo também das construções dos escuteiros, protegida apenas por um revestimento em zinco escuro.

Ler mais

FESTIVAL DE TEATRO AJIDANHA ATÉ 17 DE SETEMBRO NO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-12 13:43:53

FESTIVAL DE TEATRO AJIDANHA ATÉ 17 DE SETEMBRO NO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Idanha-a-Nova recebe até 17 de setembro mais uma edição do Festival de Teatro Ajidanha. Aproximar a cultura do público continua a ser a aposta deste festival, com a realização de espectáculos em palcos espalhados por Idanha-a-Nova, nomeadamente na sede de concelho, em Medelim, na Aldeia de Santa Margarida, em São Miguel D’Acha e no Ladoeiro. Serão apresentadas nove peças de sete companhias oriundas da Madeira, Esposende, Esmoriz, Lagos, Pombal, da Galiza e de Lanzarote. Destaque ainda para o concerto musical de abertura e para a exibição do filme “O Canto do Galo”, do realizador Ramón de los Santos. A segunda semana do festival prossegue com "O Anexo" (Ajidanha) dia 11 em Idanha-a-Nova; "Até ao Canto do Galo" (filme de Ramón de los Santos) dia 12 em Idanha-a-Nova; "La Novia de D. Quixote" (EME2) dia 13 em Idanha-a-Nova; "Posta de Leitão" (stand-up comedy) dia 14 na Aldeia de Santa Margarida; "Gaviotas Subterraneas" (Comik Teatro) dia 15 em Idanha-a-Nova; "As Minhas Sogras" (Teatro Renascer de Esmoriz) dia 16 no Ladoeiro; e "O Lobo Vermelho" (Teatro Experimental de Lagos) dia 17 em São Miguel D'Acha. O Festival de Teatro da Ajidanha é uma organização conjunta da Ajidanha e da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, com o apoio das freguesias que recebem os espectáculos. O programa completo está disponível na internet em: www.ajidanha.com.

Ler mais

INSCRIÇÕES ABERTAS NA ACADEMIA DE ARTES CATARINA CHITAS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-07 14:04:39

INSCRIÇÕES ABERTAS NA ACADEMIA DE ARTES CATARINA CHITAS

Em Idanha-a-Nova, estão abertas as inscrições na Academia de Artes Catarina Chitas. O projecto é gratuito e desenvolvido pela Filarmónica Idanhense em parceria com a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova.  Em termos de Teoria Musical, poderá inscrever-se em aulas de Formação Musical (todas as idades), Informática Aplicada à Música (todas as idades), Música Tradicional (todas as idades), Iniciação Rítmica (dos 2 aos 5 anos) e Musicalização Infantil (dos 0 aos 5 anos).  Há ainda disciplinas dedicadas a instrumentos: Sopros (flauta, clarinete, saxofone, trompete, trompa, trombone e tuba), Percussão (bateria e glockenspiel), Cordas (guitarra clássica e cavaquinho) e Instrumentos Tradicionais (viola beiroa, palheta e adufe).   As aulas começam no dia 25 de setembro.  Pode obter mais informações através do e-mail geral@filarmonicaidn.com ou do telefone 926 938 535.

Ler mais

OBRIGADO A TODOS QUE, COM EMPENHO E AMOR, VOTARAM EM MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM em 2017-09-04 12:04:27

OBRIGADO A TODOS QUE, COM EMPENHO E AMOR, VOTARAM EM MONSANTO

As aldeias de Dornes, Sistelo, Fajã dos Cubres, Piódão, Castelo Rodrigo, Monsaraz e Rio de Onor foram, na noite de ontem domingo, as vencedoras do concurso Sete Maravilhas de Portugal. A organização da iniciativa revelou, numa cerimónia no Piódão, no concelho de Arganil (distrito de Coimbra), transmitida pela RTP, as sete vencedoras, das 14 finalistas, duas por categoria: Dornes na categoria de Aldeias Ribeirinhas, Sistelo de Aldeias Rurais, Fajã dos Cubres de Aldeias de Mar, Piódão na categoria de Aldeias Remotas, Castelo Rodrigo de Aldeias Autênticas, Monsaraz na categoria de Aldeias Monumento e Rio de Onor de Aldeias em Áreas Protegidas. PARABÉNS ÁS ALDEIAS VENCEDORAS. A edição das Sete Maravilhas dedicada às aldeias portuguesas teve como objectivo promover o património histórico, natural e gastronómico. INDEPENDENTEMENTE DESTE E DOUTROS CONCURSOS, MONSANTO CONTINUARÁ SEMPRE A SER A ALDEIA MAIS PORTUGUESA – VERDADEIRO MONUMENTO NATURAL DA HUMANIDADE, COM JUSTO RECONHECIMENTO NACIONAL E INTERNACIONAL.

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line