Livro de Visitas

Assine o Livro de Visitas

Os campos assinalados com (*), são de preenchimento obrigatório.

Código de Segurança

Veja quem assinou

MANUEL DANIEL – VILA NOVA DE FOZ CÔA


Querido Amigo:

Afazeres inadiáveis alteraram-me a oportunidade de lhe mandar, logo, logo, o abraço de parabéns que lhe é devido - a si e a toda a Família.
Como já calculava não ter possibilidade de ver directamente (na hora) o programa "A vida é sua", programei o MEO e, quando cheguei a casa, lá o estive a ver, na companhia da minha mulher.
Foi delicioso ver-vos e ouvir-vos. Um grande testemunho de dedicação a uma causa e de amor conjugal e familiar. Ficámos muito felizes por tudo quanto vimos. Tive a sorte de destacar a gravação da vossa intervenção e já repeti o visionamento. Agora, tenho-vos em casa quando desejo ver-vos!
A Fátima Lopes fez um brilharete com a vossa intervenção e soube tirar proveito disso. De uma maneira geral, os espectadores sentiram, ao ver-vos, que o mundo das boas causas contribui, sem dúvida, para o mundo melhor que desejamos construir.
Essa é a mensagem que se colhe - testemunho maravilhoso de umas tantas vidas apaixonadas pelo bem da comunidade.

É agradável saber de um conterrâneo Medense que, pela sua caminhada, a todos nos enriquece, como é o seu caso. Acho que o poder político e religioso, face aos princípios que tem defendido e pelo trabalho que tem tido, têm agora o dever de assinalar e retribuir, com gestos do devido relevo, a obra da sua vida.
Quem viu a TVI acaba por pensar isso mesmo: não pode ficar sem um gesto de reconhecimento público quem assim se tem oferecido à nossa comunidade.
Que não tardem a colocar a cereja no bolo...!

Gostei também de saber pelos mais recentes passos do vosso filho Rui Pedro, nos Himalaias. Muitos parabéns também por ele. E que Deus o acompanhe sempre e o ajude.

Foi um bem saber, atempadamente, do programa da Fátima Lopes, na TVI, dedicado à RCM.
Para mim foi uma prenda encantadora.

Minha mulher manda um beijo para o casal, e eu a minha consideração de muito respeito para a Esposa, com um fortíssimo abraço para si.

Manuel Daniel

2012-04-27

AIDA RECHENA – CASTELO BRANCO

Estimado Amigo,


Não podia deixar de lhe dizer o quanto gostei da sua entrevista /conversa no programa da Fátima Lopes e transmitida, na TVI, na passada terça feira.

De facto, o Joaquim Fonseca é um grande embaixador de Monsanto, que divulga e defende como ninguém, bem como um grande profissional da Rádio.

Mais admirável ainda é o facto de ser uma pessoa que não sente "medo" ou "vergonha" em expor os seus sentimentos publicamente, alguém que fala com o coração e com a verdade expressa no olhar.

Gostei muito e deixo-lhe aqui um abraço e um beijinho à sua esposa Amélia.

Aida Rechena



ANTÓNIO CATANA – IDANHA-A-NOVA

Caro Colega e Amigo:

Está sempre de parabéns pelo seu heroísmo, ao longo da história da sua vida, mas, nestes tempos de crise, não se pode esquecer que da roseira brotam encantadoras e lindas rosas, alcandoradas em braços semeados de inúmeros espinhos.
Deus lhe continue a dar força interior para prosseguir na defesa e divulgação dos nossos bens naturais, culturais e espirituais, como agora , tão maravilhosamente, o fez na TVI, no programa da Fátima Lopes.

Abraço forte de apreço,

António Catana

2012-04-27

ROSA MARIA CARLOS PEREIRA FIDALGO - VILARINHO DO BAIRRO


Boa tarde

Acabei de assistir na «A tarde é sua» da TVI aos comentários feitos pelo Sr. Director da Rádio Clube de Monsanto.
Numa recente viagem visitei essa magnifica aldeia do nosso bonito Portugal, tive o prazer de, noutro momento, assistir a uma reportagem televisiva sobre a aldeia passando na reportagem a senhora, que de bata azul aos quadradinhos, sentada numas escadas junto à igreja, vendia as suas bonecas, «Marafonas» e de sorriso rasgado me contou as bonitas lendas de Monsanto.
Pensava eu que tinha ficado a conhecer Monsanto, engano o meu, não conheci o excelente trabalho deste grandioso senhor, que sem apoios, se preocupa em levar para o ar uma rádio que passa amor, alegria, boa disposição.
Sinto-me na obrigação de voltar a Monsanto.
Parabéns pelo excelente trabalho, que seja um guia para os meios de comunicação social de maior dimensão.

Saudações da
Rosa Maria


TERESA DIONÍSIO – LISBOA

Meus queridos amigos,

Foi com grande emoção que vos vi hoje na TVI!

Amélia: estava LINDA, gostei muito de a ver mas, gostei ainda mais de ver a forma como exprimiu o amor que sente pelo Homem com quem escolheu partilhar a sua vida.
Senti um grande orgulho quando a ouvi falar com tanto carinho pelo seu marido e também pelas pessoas que dependem da Rádio Clube de Monsanto para terem uma vida um pouco menos triste.
Obrigada por ser quem é.

Prof. Fonseca: Nem sei que lhe diga… A sua emoção e simplicidade deixaram-me de lágrimas nos olhos desde o inicio do programa.
Ainda agora há pouco, mostrei a gravação do programa ao meu marido e à minha filha, e lá veio outra vez a lágrima travessa.
O senhor é mais Monsantino que muitos Monsantinos que só o são geograficamente, não acrescentado nada à historia da nossa terra e, se o fazem, é pela negativa.
A maneira como falou do seu trabalho e dos sacrifícios que o senhor e a sua família fazem para levar este belo projecto por diante é no mínimo comovedor e deixa-nos a todos de “peito inchado” Só por podermos dizer que o conhecemos e somos da sua terra, terra que o senhor defende e divulga mesmo que ás vezes as más criaturas tentem (ingloriamente) denegrir o seu trabalho.

Neste momento não consigo dizer mais nada, faltam-me as palavras para exprimir o que sinto.

Um grande bem hajam aos dois pelo vosso belo testemunho de amor um pelo outro que se reflecte em tudo aquilo que fazem.

Um grande beijinho aos dois cheio de orgulho, gratidão e saudades,

Teresa Dionísio


ANTÓNIO - COSTA LISBOA

Bom Dia:

Parabéns pela entrevista na TVI.

Também eu me emocionei ontem durante a sua entrevista na TVI, com a Fátima Lopes. Gostámos muito de o ver e ouvir, assim como a Amélia que também falou muito bem! Estávamos a Vê-los e a ouvi-los e dos nossos olhos corriam lágrimas de alegria! Sabe bem sentir o reconhecimento do vosso trabalho e a dedicação que têm posto ao serviço público, na Rádio Clube de Monsanto!
Também nós o reconhecemos e agradecemos.
Os nossos sinceros Parabéns, e o nosso Bem-Haja!

Um Abraço
Tó Costa


ELIAS MARTINS VAZ - LISBOA

Meu Ilustre Amigo:

Venho transmitir-lhe a minha admiração e apreço pelo grande
Profissional da Rádio que, hoje, demonstrou
ser no Programa da TVI. Gostei também da feliz e sentida intervenção da D.Amélia.
Parabéns aos dois pela divulgação do nosso Monsanto.

Um abraço de amizade
Elias Vaz


2012-04-24

TERESA DIONÍSIO – LISBOA

Parabéns!

É Sempre bom vermos o nosso trabalho ser reconhecido não é?
O senhor merece todo o reconhecimento pela sua dedicação à nossa querida terra que, por opção, é a sua terra do coração.

Um grande bem haja pelo árduo trabalho que tem vindo a desenvolver há mais de 25 anos na Rádio Clube de Monsanto, trabalho esse que tem fortemente contribuído para a divulgação da nossa terra, dando a conhecer ao mundo o que de melhor temos para oferecer a quem nos visita.

Um grande abraço para si e para a sua família de uma Monsantina orgulhosa da sua terra e de quem luta por ela.

Teresa Dionísio


2012-04-19

JOÃO VASCO DE ÁVILA DE SOUSA BARCELOS – PONTA DELGADA - AÇORES


Meu caro Joaquim Fonseca,

Alegra-me ouvir de si na TVI e sobretudo por mais um reconhecimento do trabalho tão meritório prestado por si, como seu fundador, e pela Rádio Monsanto desde 1985 à aldeia de Monsanto, à zona Raiana e a Portugal. Também felicito a restante equipa de colaboradores, e entre eles os seus filhos, um deles jornalista, de que li há dias um artigo sobre Timor, enviado por amiga comum .
Gostei muito de o rever, e continua de aspecto jovial nos seus 67 anos e desejo-lhe muita saúde e força para continuar a aguentar as chatices com paciência como um preço que paga pela sua Liberdade de radialista, numa causa que é de dedicação e paixão e que proporciona companhia a tanta gente nesse Portugal genuíno, profundo, raiano.
Obrigado e Parabéns!!

Receba também uma genuína mensagem de reconhecimento pelo seu/vosso trabalho, dum Português açoriano que, mesmo longe, no meio do Atlântico, tem o privilégio de ouvir a sua rádio, com a sua voz duma sonoridade tão agradável, de boa música e de causas humanas e de boa fé!
Felicitações e para si um Grande Abraço de Amizade!

João Barcelos

2012-04-19

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 |

CTT LANÇAM SELOS DE IDANHA-A-NOVA E ÓBIDOS CIDADES CRIATIVAS DA UNESCO

Facebook

Escrito por RCM em 2017-10-20 09:28:41

CTT LANÇAM SELOS DE IDANHA-A-NOVA E ÓBIDOS CIDADES CRIATIVAS DA UNESCO

Os CTT homenageiam Idanha-a-Nova e Óbidos numa emissão filatélica que foi lançada ontem dia 19 de Outubro, a propósito da rede de Cidades Criativas da UNESCO. Ambas as localidades receberam este reconhecimento, em virtude da promoção de iniciativas de carácter musical e literário, respectivamente, que protagonizam. Ambas têm em comum uma enorme história e tradição mas também o facto de terem sabido reinventar-se ao longo do tempo.   Idanha-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, foi reconhecida pela UNESCO por apostar em novas infra-estruturas e promover activamente a investigação das suas tradições. Esta localidade promove ao longo do ano uma grande quantidade de eventos musicais.   Óbidos, no distrito de Leiria, está assente nos fortes alicerces do seu castelo, da sua muralha e da sua história e é considerada pela UNESCO uma cidade criativa para a Literatura. Vários projectos antecederam este reconhecimento, caso da transformação de uma igreja em livraria ou de um mercado onde livros ocuparam as paredes e as bancas das frutas e dos legumes.   Estas classificações da UNESCO são um reconhecimento e um estímulo que pretendem reforçar a estratégia de desenvolvimento destas áreas, estimular a criação de riqueza e emprego e contribuir para a fixação e captação de pessoas nestas localidades.   Com esta emissão, os CTT prosseguem os objectivos de divulgação da riqueza da herança cultural, social e arquitectónica portuguesa, fixando-a em selos.   Esta emissão é composta por dois selos, ambos com o valor facial de 0,85€ e uma tiragem de 105 000 exemplares cada. O design esteve a cargo de Vasco Martins.  

Ler mais

ANTIGO COMANDANTE DA PROTECÇÃO CIVIL DESVIOU MEIOS DO INCÊNDIO DE MAÇÃO

Facebook

Escrito por TSF/RCM em 2017-10-20 09:11:38

ANTIGO COMANDANTE DA PROTECÇÃO CIVIL DESVIOU MEIOS DO INCÊNDIO DE MAÇÃO

O antigo Comandante Operacional Nacional da Protecção Civil, Rui Esteves, desviou meios do grande incêndio que, em julho, devastou o concelho de Mação, contrariando o comandante distrital que alertava para a gravidade das chamas. A suspeita sempre existiu e foi levantada na altura pelo presidente da autarquia que agora recebeu a "fita do tempo" deste fogo, encaminhada pelo Ministério da Administração Interna. O documento, a que a TSF teve acesso, é claro ao dizer que o Grupo de Reforço para Incêndios Florestais vindo de Aveiro foi retirado do teatro de operações por ordem do Comandante Operacional Nacional (CONAC) da Autoridade Nacional de Protecção Civil, à época Rui Esteves, que entretanto se demitiu após o caso da licenciatura com equivalências. A retirada de meios aconteceu numa altura em que as chamas já lavravam há cerca de 20 horas e ao início de um dia que a seguir foi "devastador" para o concelho de Mação.

Ler mais

INCÊNDIOS: GRUPO DE CIDADÃOS CONVOCA MANIFESTAÇÃO PACÍFICA EM CASTELO BRANCO

Facebook

Escrito por RCM em 2017-10-18 11:29:27

INCÊNDIOS: GRUPO DE CIDADÃOS CONVOCA MANIFESTAÇÃO PACÍFICA EM CASTELO BRANCO

Os incêndios que têm acontecido este ano estão a causar revolta entre a população. Por essa razão, estão marcadas, através da rede social Facebook, várias manifestações para os próximos dias um pouco por todo o país. Os portugueses exigem a melhoria do sistema, para que as tragédias deste ano não se voltem a repetir. Em Castelo Branco um grupo de cidadãos do distrito marcou para o próximo sábado, dia 21, pelas 16 horas, no Campo Mártires da Pátria, uma manifestação pacífica contra a "incompetência e irresponsabilidade com que tem sido tratado pelo Governo Português o flagelo dos incêndios em Portugal". O grupo criado no Facebook pretende deixar claro que não aceita lições de resiliência de gabinete e acrescenta que “os beirões têm uma resistência à adversidade que muitos desconhecem nos salões da capital. Perdemos grande parte da nossa floresta, da floresta que enchia os pulmões do presente e do futuro, que sustentava as nossas gentes. A nossa paisagem é cinza e desolação. Não hesitaremos em construir e plantar de novo, mas o mínimo que nos podem oferecer é a garantia de que a nossa tenacidade será acompanhada por equivalente empenho e honestidade dos poderes públicos na prevenção e no combate aos incêndios."  

Ler mais

17 DE OUTUBRO – DIA INTERNACIONAL PARA A ERRADICAÇÃO DA POBREZA

Facebook

Escrito por RCM em 2017-10-16 17:37:20

17 DE OUTUBRO – DIA INTERNACIONAL PARA A ERRADICAÇÃO DA POBREZA

É uma obrigação legal na União Europeia e é um compromisso dos estados-membros. Em 2008, a Assembleia da República Portuguesa considerou que a pobreza “conduz à violação dos Direitos Humanos”. Mas, desde então, pouco ou nada mudou. Um combate sempre adiado. Mais de 25% das pessoas que vivem em Portugal estão em risco de pobreza. Os dados são do Instituto Nacional de Estatística (INE) e referem-se a 2016. Esta percentagem tem o rosto de 2 595 000 pessoas. E do total, o Inquérito às Condições de Vida e Rendimento do INE revela que “18,8 por cento (cerca de 487 mil) eram menores de 18 anos e 18 por cento (cerca de 468 mil) eram pessoas com 65 ou mais anos”. As crianças e os idosos são os mais afectados. Um dos principais problemas neste ano foi o aumento das despesas em habitação, que afectou quase 30% dos mais pobres. Quase dez anos depois, Pedro Vaz Patto, o actual Presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz, diz que “essa resolução caiu no esquecimento. A resolução do Parlamento recomendava a definição do limiar de pobreza em função do rendimento nacional e dos padrões de vida correntes e a avaliação periódica das políticas de erradicação da pobreza tendo por base a definição desse limiar”.      

Ler mais

REI VAMBA E CASQUEIRO JUNTOS EM IDANHA-A-VELHA

Facebook

Escrito por em 2017-10-14 10:07:09

REI VAMBA E CASQUEIRO JUNTOS EM IDANHA-A-VELHA

O pão casqueiro, famoso produto da região, é a estrela da festa que tem lugar este fim de semana em Idanha-a-Velha. Terá sido na antiga Egitânia, algures no séc. VII, que nasceu Vamba, rei dos visigodos. O lendário Rei Vamba e o Casqueiro, ícone da gastronomia regional, protagonizam mais um momento do ciclo de eventos oficiais das Aldeias Históricas de Portugal, sobre o tema “Nas Terras do Rei Vamba… Há Casqueiro!”. A iniciativa surge no âmbito do ciclo de eventos promovida pela Aldeias Históricas de Portugal, que tem como intuito identificar uma personagem, uma lenda ou um facto histórico, ligado a cada uma das aldeias, e a partir daí, é construído um programa com a duração, de pelo menos 2 dias. O fim de semana leva às ruas da aldeia uma festa que consagra o produto mais emblemático da zona, o pão casqueiro, entre animações de rua, música, worskhops e bancas de artesanato. A festa que tem como palco as ruínas de uma antiga cidade romana está integrada no 12 Em Rede – Aldeias em Festa, o ciclo de eventos que anima as Aldeias Históricas de Portugal.

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line