Notícias

IMATOSGIL PEDE INFORMAÇÕES À LA SEDA SOBRE FÁBRICA DE PORTALEGRE

Escrito por Lusa / RCM em 2009-07-31 05:44:45

IMATOSGIL PEDE INFORMAÇÕES À LA SEDA SOBRE FÁBRICA DE PORTALEGRE

O grupo Imatosgil pediu informações à La Seda Barcelona sobre a fábrica de Portalegre e caso sejam "interessantes" poderá vir a comprar a unidade que a empresa catalã quer alienar, disse à Lusa fonte do grupo.
Pedimos informações técnicas, económicas e financeiras à La Seda sobre a fábrica de Portalegre. Vamos analisar e, se forem interessantes, poderemos vir a comprar", disse à agência Lusa fonte do grupo Imatosgil.
Através da subsidiária Artenius Portugal, a La Seda detém uma unidade de PET - matéria-prima utilizada no fabrico de embalagens de plástico - em Portalegre, a antiga Selenis, que foi comprada pelo grupo à Imatosgil, em 2002.
A mesma fonte sublinhou que ainda "é prematuro" dizer que o grupo Imatosgil está interessado na compra, uma vez que ainda está a aguardar as informações da La Seda.
Quanto à eventual aquisição de capital da Artenius Sines [totalmente detida pela La Seda], o grupo Imatosgil "não está no momento a equacionar essa possibilidade" e frisa não ter "capacidade de influenciar a estratégia, o plano de reestruturação ou de investimentos" da La Seda, onde detém uma posição indirecta através do Fundo Jupiter SGPS. Este fundo possui uma participação de 10,86 por cento no grupo catalão.
"O projecto de Sines parece ser interessante e válido. No entanto, não estamos a equacionar estudar a sua compra. Temos outros eixos de desenvolvimento prioritários: na área petroquímica, sobretudo no Médio Oriente, na América do Norte e na Europa", disse a fonte do grupo português, que chegou a deter cerca de 20 por cento da La Seda em 2007.
A La Seda anunciou segunda-feira a assinatura de um acordo com a Caixa Geral de Depósitos (accionista do grupo catalão), através do qual o banco público português adquire capital da Artenius (onde a CGD é accionista minoritária) por 40 milhões de euros, tendo o grupo catalão como objectivo a longo prazo limitar a sua posição a uma participação minoritária no investimento.
A La Seda vai manter o know-how no desenvolvimento da tecnologia e do projecto industrial de PTA (ácido tereftálico purificado), a principal matéria-prima do produto estratégico da empresa - PET (polímero, termoplástico ou plástico utilizado em embalagens), e em conjunto com a Caixa Geral de Depósitos terá de encontrar um "sócio maioritário especializado no sector".
A nova fábrica de petroquímica em Sines arrancou em Março de 2008 e representa um investimento de 400 milhões de euros.
O acordo foi assinado no âmbito da aprovação de um plano de reestruturação da empresa que prevê a alienação de cinco unidades, entre elas a de Portalegre, o despedimento de 300 colaboradores e um aumento de capital na ordem dos 150 milhões de euros.
O Conselho de Administração do grupo catalão aprovou em Junho as contas da empresa relativas a 2008, que registam perdas de 565 milhões de euros, com a dívida a ascender a 868 milhões de euros.

Voltar para a página de notícias

IDANHA-A-NOVA: CANDIDATURAS ABERTAS AO PRÉMIO FORÚM MUNDIAL DE INOVAÇÃO RURAL

Facebook

Escrito por em 2017-06-27 13:59:41

IDANHA-A-NOVA: CANDIDATURAS ABERTAS AO PRÉMIO FORÚM MUNDIAL DE INOVAÇÃO RURAL

O Município de Idanha-a-Nova está aceitar candidaturas até 10 de julho para o Prémio Fórum Mundial de Inovação Rural que vai premiar empresas que inovam, geram riqueza, emprego e fixação de população, preservam o equilíbrio ambiental e valorizam a utilização dos recursos endógenos. Podem candidatar-se empresas inovadoras do território EUROACE (eurorregião composta por Alentejo - Centro – Extremadura espanhola), constituídas há pelo menos 6 meses. A iniciativa decorre do III Fórum de Inovação Rural que acontece em simultâneo com a XXI Feira Raiana, em Idanha-a-Nova, e tem um propósito de valorização de experiências empresariais inovadoras que potenciam a criação de riqueza e desenvolvimento sustentável no mundo rural. De 26 a 30 de julho de 2017, o evento é organizado em conjunto pelo Município de Idanha-a-Nova, o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento de Idanha-a-Nova, o Ayuntamiento de Moraleja e a Diputación de Cáceres. Serão distinguidas cinco empresas, uma com o Prémio Fórum de Inovação Rural e quatro menções honrosas, destacando jovens e mulheres empreendedores. As candidaturas são abertas por iniciativa das empresas, via preenchimento de formulário online disponível em https://form.jotformeu.com/71697156884372  

Ler mais

EMPRESÁRIOS, UTENTES E SINDICATOS EXIGEM ABOLIÇÃO DAS PORTAGENS NA A23

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-06-26 14:30:29

EMPRESÁRIOS, UTENTES E SINDICATOS EXIGEM ABOLIÇÃO DAS PORTAGENS NA A23

Empresários, utentes e sindicatos da Beira Interior anunciaram hoje que vão avançar com acções comuns pela abolição das portagens na A23 e reivindicaram que o próximo Orçamento do Estado já contemple essa situação ou uma nova redução. "Pensamos que agora há condições para que se extingam as portagens ou, pelo menos, para que se reduzam significativa e gradualmente, até à abolição", afirmou José Gameiro, presidente da Associação de Empresarial da Beira Baixa. Este responsável falava numa conferência de imprensa realizada hoje na Covilhã, distrito de Castelo Branco, na qual também marcaram presença porta-vozes da Comissão de Utentes Contra as Portagens na A23, da União de Sindicatos de Castelo Branco e do Movimento de Empresários pela Subsistência do Interior.

Ler mais

QUINTA EDIÇÃO DO CINEMA PORTUGUÊS EM MOVIMENTO COMEÇA EM MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-06-22 15:21:45

QUINTA EDIÇÃO DO CINEMA PORTUGUÊS EM MOVIMENTO COMEÇA EM MONSANTO

A aldeia de Monsanto, em Idanha-a-Nova, é o ponto de partida no dia 29 da quinta edição do Cinema Português em Movimento, uma iniciativa para levar filmes portugueses a localidades com pouca oferta cinematográfica. De acordo com o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), o programa começa no miradouro daquela localidade com a exibição da curta-metragem "Amélia & Duarte", de Alice Guimarães e Mónica Matos, e da comédia "Refrigerantes e canções de amor", de Luís Galvão Teles. O Cinema Português em Movimento decorrerá até 25 de agosto com a exibição de dez filmes portugueses - alguns repetidos de anos anteriores - em localidades de 12 concelhos. As 53 exibições previstas serão sempre ao ar livre. Este ano, o programa exibirá em complemento episódios gravados por Tiago Pereira no projecto A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria, de registo da música portuguesa de tradição oral.

Ler mais

POLITÉCNICO DE CASTELO BRANCO VAI TER CURSO DE DRONES

Facebook

Escrito por RCM/Lusa em 2017-06-16 16:09:43

POLITÉCNICO DE CASTELO BRANCO VAI TER CURSO DE DRONES

O Instituto Politécnico de Castelo Branco vai ministrar no próximo ano lectivo o curso técnico superior profissional em Fabrico e Manutenção de Drones. "Trata-se de mais uma aposta da instituição numa oferta formativa numa área de vanguarda e em expansão", refere em comunicado o presidente do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), Carlos Maia. O novo curso técnico superior profissional (CTeSP) em Fabrico e Manutenção de Drones foi recentemente aprovado e vai ser ministrado na Escola Superior de Tecnologia de Castelo Branco (ESTCB). Carlos Maia explica que a instituição tem um corpo docente qualificado e conta com várias parcerias com empresas já bem implantadas no mercado, factores que tornaram possível a aprovação desta formação que poderá ser estrutural para o IPCB e para a região. As inscrições para este curso podem ser realizadas de 1 de agosto a 6 de setembro de 2017, nos serviços do IPCB.

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: ECOFESTIVAL JUNTA 150 ARTISTAS EM SALVATERRA DO EXTREMO

Facebook

Escrito por em 2017-06-01 15:10:31

IDANHA-A-NOVA: ECOFESTIVAL JUNTA 150 ARTISTAS EM SALVATERRA DO EXTREMO

O Ecofestival Salva a Terra que decorre de 22 a 25 de junho em Salvaterra do Extremo no concelho de Idanha-a-Nova, conta com a participação de 150 artistas. As receitas do festival revertem a 100% para o Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Castelo Branco (CERAS). O evento bienal que vai na quarta edição é organizado pela associação ambientalista Quercus, União de freguesias de Monfortinho e Salvaterra do Extremo e pelo município de Idanha-a-Nova. "As receitas obtidas revertem efectivamente a 100% para o CERAS, fazendo do Ecofestival Salva a Terra o seu principal mecenas. Com a edição de 2015, conseguimos angariar fundos para recuperar 400 animais", refere a Quercus em comunicado. O festival é composto por inúmeras actividades que vão desde os concertos, 'workshops', percursos interpretativos, observação de vida selvagem, conferências, cinema documental e animação diversa.

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line