Notícias

EDUCAÇÃO: ESTUDO REVELA QUE IDANHA-A-NOVA E PENAMACOR TÊM MAIS CHUMBOS QUE MÉDIA NACIONAL

Escrito por RCM/Lusa em 2017-05-23 09:16:47

EDUCAÇÃO: ESTUDO REVELA QUE IDANHA-A-NOVA E PENAMACOR TÊM MAIS CHUMBOS QUE MÉDIA NACIONAL

O insucesso escolar no 1.º ciclo do ensino básico atinge cerca de dois terços (61,5 por cento) dos concelhos portugueses e 14 por cento das 3.886 escolas públicas deste nível, segundo um estudo sobre retenção no 1.º ciclo em Portugal, da associação EPIS.

Um total de 541 escolas públicas do 1.º ciclo de um total de 3.886 têm níveis de repetência superiores à média nacional, em todos os anos de escolaridade.

O estudo da associação Empresário pela Inclusão Social(EPIS) foi realizado por Maria de Lurdes Rodrigues (coordenação), Isabel Alçada, João Mata e Teresa Calçada e será apresentado hoje em Lisboa, na Fundação Calouste Gulbenkian.

 

Este projecto de investigação denominado “Aprender a ler e escrever em Portugal” tem como principal objectivo aprofundar o conhecimento sobre o problema do insucesso escolar nos primeiros anos de escolaridade.

Uma das questões era perceber qual a incidência geográfica, social e organizacional do fenómeno do insucesso escolar nos primeiros anos de escolaridade, tendo sido identificadas 541 escolas com níveis de repetência superiores à média nacional, em todos os anos de escolaridade. Foram classificadas como “escolas do insucesso”.

Segundo os autores, a análise de dados estatísticos permitiu verificar que o insucesso não atinge de forma idêntica todas as escolas do país, não é um fenómeno disseminado, antes circunscrito, que se manifesta de forma desigual no território nacional, parecendo ser tributário das desigualdades territoriais e sociais que caracterizam a sociedade portuguesa.

Na verdade não se regista o fenómeno da repetência em mais de 900 escolas do primeiro ciclo e cerca de quatro em cada 10 concelhos (38,5%) não têm estabelecimentos de ensino com elevado insucesso escolar.

No entanto, o problema ocorre em cerca de dois terços (61,5%) das unidades concelhias de Portugal continental.

Um total de 107 concelhos não têm escolas de insucesso e 171 vive essa realidade, mas uma análise mais aprofundada revelou que há uma concentração deste insucesso em determinados concelhos.

Seis em cada dez escolas estão em 40 concelhos ou seja quase dois terços das escolas com elevada retenção e desistência situam-se em 14,4 por cento do território nacional, com maior incidência no sul e menor incidência e circunscrição nos concelhos do norte.

A título de exemplo o estudo revela que Lisboa tem 39 das 541 escolas de insucesso que representam 42 por cento do total das suas escolas e que o Porto tem 10 escolas de insucesso que representam 20 por cento do seu parque escolar.

Ainda segundo o estudo há também uma incidência e disseminação mais forte em concelhos do interior e de reduzida dimensão tanto no Sul como no Norte e Centro do país.

Em Elvas, Beja, Silves, Crato, Serpa, Sines, Moura e Castro Marim, concelhos de interior, com baixa densidade populacional, a maioria das escolas destes concelhos são de insucesso.

No Norte e Centro destacam-se os concelhos de Mirandela, Idanha-a-Nova, Penamacor, Sabugal, Freixo de Espada à Cinta, Vila Velha de Rodão, Vila Flor, Seia e Bragança, concelhos em que a maioria das escolas são de insucesso.

O estudo identifica ainda incidência e disseminação mais forte em alguns concelhos da periferia da cidade de Lisboa nomeadamente em Loures (45 por cento das escolas com insucesso), Amadora (37 por cento), Almada (37 por cento), Setúbal (27 por cento), o que contratas com menor incidência noutros como Vila Franca de Xira (23 por cento), Oeiras (24 por cento), Odivelas (20 por cento), Cascais (17 por cento) e Sintra (16 por cento).

O problema do insucesso no segundo ano de escolaridade, revela a investigação, assume proporções mais dramáticas em escolas do interior do país e da periferia da cidade de Lisboa e é tributário de desigualdades territoriais que as escolas não conseguem contrariar.

São assim escolas expostas e vulneráveis às desigualdades dos contextos territorial e social em que se inserem.

Dentro dos concelhos, sobretudo os de maior dimensão, o problema do insucesso escolas localiza-se apenas em determinadas escolas, em regra, as que prestam serviço educativo em territórios com problemas críticos.

Voltar para a página de notícias

QUERCUS ALERTA QUE UM QUARTO DOS MUNICIPIOS NÃO TEM PLANO CONTRA INCÊNDIOS

Facebook

Escrito por em 2017-08-22 13:04:34

QUERCUS ALERTA QUE UM QUARTO DOS MUNICIPIOS NÃO TEM PLANO CONTRA INCÊNDIOS

Mais de um quarto dos municípios não tem um plano municipal contra incêndios. O alerta foi lançado esta semana pela associação ambientalista Quercus. “A Quercus considera em comunicado muito preocupante que um quarto dos municípios de Portugal Continental não cumpra as suas obrigações no âmbito da legislação de defesa da floresta contra incêndios”. A associação esclareceu que a existência desses planos implica “um planeamento e calendarização de acções de silvicultura preventiva”, designadamente limpezas, “com o objectivo de evitar que os fogos atinjam grandes proporções e o de proteger eficazmente pessoas e bens”. De acordo com a Quercus, “na lista dos 72 municípios que não estão a cumprir a legislação estão alguns que este Verão ficaram bem conhecidos pelas piores razões, como Alijó, Fundão, Vila de Rei, Castanheira de Pêra e Pedrógão Grande”. Ainda segundo a associação ambientalista, existem somente três distritos do continente nos quais 100% dos municípios têm o seu Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios em vigor e operacional: Viseu, Guarda e Portalegre. Os municípios de Alijó e do Fundão já contestaram o alerta da Quercus.

Ler mais

BEM-HAJA AMIGO OUVINTE

Facebook

Escrito por RCM em 2017-08-15 12:32:18

BEM-HAJA AMIGO OUVINTE

Um sincero bem-haja a todos os amigos que ontem se lembraram do dia do aniversário da Rádio Clube de Monsanto – a Voz da Portugalidade, ao Serviço do Regionalismo e da Música Portuguesa. Que Deus nos proteja e os nossos ouvintes nos ajudem a chegar até aos 33 anos…o que está muito difícil.

Ler mais

MONSANTO NA FINAL DO CONCURSO DAS 7 MARAVILHAS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-08-15 12:13:21

MONSANTO NA FINAL DO CONCURSO DAS 7 MARAVILHAS

Monsanto passou no último domingo à final do concurso 7 Maravilhas de Portugal na categoria Aldeias Monumento. O anúncio foi feito durante a Gala da RTP transmitida em directo a partir de Relva-Monsanto. Graças ao voto dos portugueses, Monsanto foi uma das duas finalistas apuradas nesta Gala em que estiveram a votação 7 aldeias, incluindo Idanha-a-Velha, igualmente no concelho de Idanha-a-Nova. Assim, Monsanto conquistou o direito a disputar a grande final. A continuação para a votação para o concurso das 7 Maravilhas de Portugal vai decorrer entre 27 de Agosto e 3 de Setembro, dia da Gala Final, na aldeia do Piódão, em que serão anunciadas as 7 aldeias vencedoras, nas respectivas categorias. Modestamente, e em verdade, as Adufeiras de Monsanto, fizeram a sua parte e, por isso, estamos naturalmente felizes por continuarem a levar bem alto e muito longe o nome da "Aldeia Mais Portuguesa" a todo o mundo. 

Ler mais

32 ANOS A LUTAR

Facebook

Escrito por RCM em 2017-08-14 09:19:21

32 ANOS A LUTAR

CONSIGO DESDE 14 DE AGOSTO DE 1985 EM EMISSÕES REGULARES…32 ANOS A LUTAR. BEM-HAJA POR NOS TER AJUDADO A CAMINHAR.   Se comemorámos, no dia 8 de Junho, 32 anos das primeiras emissões experimentais da RCM foi, também, graças ao apoio altruísta e generoso das gentes da nossa terra. Desde 1985, a sua ajuda teve uma importância fundamental para mantermos no ar este som popular ao serviço do regionalismo, da Música Portuguesa e dos nossos valores tradicionais. Fazer Rádio é muito mais do que transmitir música. Ao longo destas dezenas de anos a Rádio Clube de Monsanto tem feito AMIGOS e eles são a nossa principal razão de estarmos no ar. Uma palavra de homenagem e de gratidão para os sócios fundadores, dirigentes, técnicos e colaboradores da extinta Cooperativa e benfeitores da Liga dos Amigos da RCM. Alguns já nos deixaram e, infelizmente, não podem comungar da alegria deste tão singelo aniversário, sem festa, nem foguetes.  Para eles, aqui fica a nossa lembrança de imensa e indelével saudade e carinho. Uma saudação especial para os nossos emigrantes e para os Povos da Lusofonia que em todo o Mundo nos acompanham, através da Internet, em www.radiomonsanto.pt (já com mais de sete milhões de visitas de cibernautas de todos os continentes!). É muito gratificante saber que os cidadãos da Diáspora se sentem mais próximos de Portugal quando, lá tão longe, encontram na Rádio Clube de Monsanto uma companhia amiga e familiar. A todos os queridos ouvintes em geral e aos amigos anunciantes em particular, envolvemos num abraço de penhorado reconhecimento: marcas, empresas e empresários, autarquias dos concelhos da região raiana que a nós se juntaram porque acreditam na nossa Missão um SINCERO OBRIGADO.

Ler mais

VOTAÇÃO NO CONCURSO DAS 7 MARAVILHAS

Facebook

Escrito por RCM em 2017-08-13 14:18:55

VOTAÇÃO NO CONCURSO DAS 7 MARAVILHAS

A votação do concurso das 7 Maravilhas de Portugal nas Aldeias Monumento já começou. As linhas telefónicas estão abertas ao longo de todo o dia e a votação termina esta noite, cerca das 23 horas, na Gala transmitida pela RTP directamente de Monsanto. Pode votar as vezes que quiser.

Ler mais

Mais Notícias

© Rádio Clube de Monsanto 2017 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line